Exilados de Capela 5...


Exilados de Capela
(parte final)

Os Hebreus

Dos povos que migraram da estrela Capela para o orbe terreste talvez os mais orgulhosos tenham sido os integrantes da raça hebraica. Rudes e bravos, porém corajosos e perseverantes este povo tinha em seu seio o grande marco para ao início da transformação da terra: a crença num Deus único.

Este foi um dos grandes fatores que levaram a espiritualidade maior a dedicar e preparar a vinda do Messias em um povo ainda muito materialista e violento.

Para esta preparação foram enviados vários emissários divinos, os Profetas, que realizaram o trabalho de construção da Base do que hoje conhecemos como cristianismo. Entre eles podemos destacar Moisés, o grande legislador, que guiou seu povo pelo exílio no deserto para melhor adaptá-los às novas verdades divulgadas por ele e pelos que os seguiriam...

Moisés, Daniel, Elias, João Batista e vários outros se seguiram reencarnando mesmo por vezes seguidas no seio do povo Hebreu, para solidificar a fé em um Deus único, muitas vezes ameaçada pela fraqueza da fé do povo.

Quando tudo estava pronto veio Jesus em pessoa e trouxe a sua revelação de amor e paz. Infelizmente o povo hebreu, orgulhoso e guerreiro, havia idealizado um messias de atos violentos que levasse seu povo a liberdade das mãos dos opressores e Jesus era exatamente o contrário, seu reino não era deste mundo e sua liberdade era muito maior que os hebreus estavam preparados para entender.

Porém sua mensagem não foi jogada em vão, nem perdida através dos milênios, ela foi semeada em terreno fértil, onde vários homens e mulheres seguiram propagando e transmitindo seus ensinamentos através dos séculos, até que pela paz, sem clamar vingança ou revidar, o Cristianismo conquistou Roma, e com ela o mundo.

Muitos desses espíritos trabalham hoje em prol da humanidade e do desenvolvimento do orbe terrestre. Muitos outros, entretanto, permanecem ainda nas sendas da reencarnação, retornando ao corpo carnal de acordo com as suas necessidades de aprendizagem.

Aos Hebreus foi dada a grande oportunidade de se tornar o povo que iria guiar e orientar a humanidade dentro dos parãmetros evangelizadores do Cristo, porém preferiu escolher as armas e a guerra, e ainda hoje espera a vinda do messias como acreditam.


Porém, Deus que a ninguém desampara, sabe de nossas limitações e sempre nos dá oportunidades de aprendermos mais e resgatarmos os erros cometidos; Jesus continua servindo de guia amorável e pastor cuidadoso para as ovelhas desgarradas da terra de Israel, que hoje sabemos se tratar de todo o mundo.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...