Competitividade e Trabalho em Equipe...


Recebí hoje pela manhã uma mensagem que transcrevo abaixo e que me acordou para uma coisa:

Neste mundo cada vez mais louco e competitivo em que vivemos poucas vezes paramos para dar ênfase e lugar a palavras como UNIÃO. Os dirigentes políticos e comerciais nos incitam sempre a superar o nosso irmão, incutindo em nossas mentes idéias de personalismo, individualismo e de uma agressividade que sempre me leva a querer derrotar os que estão ombro a ombro comigo...


Os profissionais de Marketing e vendas nos querem fazer comprar valores que na maioria das vezes não são os nossos, mas nos convencem a fazermos esforços imensos para adquirir coisas que não queremos, com dinheiro que não temos, para atender a necessidades que não existem e adquirirmo assim um status que é vendido a grosso pela mídia...

E no final, nós sem entender bem o que acontece, percebemos que existe algo maior a ser realizado, mas não tendo valores nossos e tendo esquecido de seguir os valores reais e invariáveis que nos foram ensinados há 2000 anos, optamos por não dividir as tarefas e conjugar as forças em torno de um mesmo ideal, porque esquecemos como se faz isso.

O Mestre Nazareno nos deu um enorme exemplo de humildade e união quando mesmo podendo levar sua mensagem ao mundo sozinho trouxe para perto de sí 12 homens simples e os formou em uma equipe de tabalho que iria modificar o mundo como conhecemos.


A história nos mostra imensos exemplos de união de forças para solução de problemas simples ou complexos, tenhamos também a sabedoria e a humildade demosntradas por Jesus e façamos a nossa parte.

Suportemos opiniões divergentes, amparemos aos que não tem nosso ritmo, ajuntemos tesouros e valores que possam ser divididos e usufruidos coletivamente, formemos TODOS um grupo único de trabalho em prol do ideal maior do amor e da paz.

Seja no seu lar, tabalho, local de oração, grupo de amigos, não importa... aprendamos a compreender os erros e a valorizar as qualidades dos indivíduos ao nosso redor para que tenhamos um grupo sincero, motivado, coeso e unido.

Muita Paz


Espírito de Equipe...

Conta uma lenda que Deus convidou um homem para conhecer o céu e o inferno.
Foram primeiro ao inferno. Ao abrirem uma porta, o homem viu uma sala em cujo centro havia um caldeirão de substanciosa sopa e à sua volta estavam sentadas pessoas famintas e desesperadas.

Cada uma delas segurava uma colher, porém de cabo muito comprido, que lhes possibilitava alcançar o caldeirão, mas não permitia que colocassem a sopa na própria boca.
O sofrimento era grande.

Em seguida, Deus levou o homem para conhecer o céu. Entraram em uma sala idêntica à primeira: havia o mesmo caldeirão, as pessoas em volta e as colheres de cabo comprido. A diferença é que todos estavam saciados. Não havia fome, nem sofrimento.
"Eu não compreendo", disse o homem a Deus, "por que aqui as pessoas estão felizes enquanto na outra sala morrem de aflição, se é tudo igual?”.

Deus sorriu e respondeu:
"Você não percebeu? É porque aqui eles aprenderam a dar comidas uns aos outros."

Temos três situações que merecem profunda reflexão:
Egoísmo: As pessoas no "inferno" estavam altamente preocupadas com a sua própria fome, impedindo que se pensasse em alternativas para equacionar a situação;
Criatividade: Como todos estavam querendo se safar da situação caótica que se encontravam, não tiveram a iniciativa de buscar alternativas que pudessem resolver o problema de todos;
Equipe: Se tivesse havido o espírito solidário e ajuda mútua, a situação teria sido rapidamente resolvida.


CONCLUSÃO
Dificilmente o individualismo consegue transpor barreiras. O espírito de equipe é essencial para o alcance do sucesso. Uma equipe participativa, homogênea, coesa, vale mais do que um batalhão de pessoas com posicionamentos isolados. Isso vale para qualquer área da nossa vida, especialmente a profissional.

De: Cleto Brutes

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...