Mediunidade e Luta...


Diz você que a mediunidade parece não encontrar recanto entre os homens e, decerto, você argumenta com sobejas razões.

Basta que a criatura evidencie percepções inabituais, entrando em contato com as Inteligências desencarnadas, para que sofra policiamento constante. Examina-se-lhe a ficha social, pede-se-lhe o grau de instrução, analisam-se-lhe os hábitos de leitura e emprestam-se-lhe qualidades imaginárias para que se lhe cataloguem os serviços de intercâmbio no capítulo de fraude inconsciente. E encontrada essa ou aquela brecha naturalmente humana, no conjunto da personalidade medianímica, por mais convincentes hajam sido as demonstrações da vida espiritual por seu intermédio, vê-se marcado o sensitivo à conta de embusteiro confesso.


Sabe-se que as irmãs Fox, pioneiras do Espiritismo, quando em plenitude das forças psíquicas, foram ameaçadas de linchamento, num salão de Rochester, porque distinta comissão de pessoas insuspeitas se manifestou à legitimidade das comunicações de que se faziam intérpretes, e, mais tarde, quando fatigadas da incompreensão e sofrimento se afizeram ao uso de certos aperitivos, como acontece a algumas damas distintas e infelizes da sociedade moderna, foram consideradas ébrias impenitentes, que fraudaram a vida toda.

Convença-se, contudo, de que não é propriamente o médium o objeto da injúria e sim a realidade da sobrevivência além-túmulo, que a maioria dos homens, atolada no egoísmo, não quer aceitar.

Depois de soberbas e irrecusáveis demonstrações da imortalidade da alma, com a chancela de sábios eminentes, nas mais cultas nações do Globo, a ciência terrestre, manobrando inconcebíveis sutilezas de raciocínio, procurou desterrar a Doutrina Espírita e seus areópagos e experimentos, fundando a metapsíquica e a parapsicologia, com o intuito evidente de procrastinar a verdade.

Há mais de um século, doutos pesquisadores, dignos, aliás, do maior respeito, observam médiuns e fenômenos mediúnicos quais cobaias e reações do laboratório, mas, com raras exceções, se inquiridos quanto à existência da alma, esboçam clássico sorriso de superioridade e desprezo.

O que o homem, por enquanto, não deseja absolutamente admitir é a responsabilidade de viver.

Entretanto, isso não é motivo para esmorecimento de nossa parte.

A idéia da imortalidade foi apaixonadamente perseguida em nosso Divino Mestre.

A humanidade pressentiu que Ele trazia a maior mensagem da Vida Eterna, por todos os meios, hostilizou-lhe a presença.

Contemplado à distância, Jesus apareceu como alguém injustamente corrido de toda parte.

Recusado pelas estalagens de Belém, é constrangido a buscas as sombras da estrebaria para nascer. Mal descerra os olhos, é transportado por Maria e José, em demanda do Egito, fugindo à espada de inesperadas humilhações. Detém-se, de retorno, nas alegrias de Nazaré, fruindo a convivência dos familiares mais íntimos, no entanto, em pleno ministério de amor, é escarnecido pelos seus. Qual mestre sem lar, jornadeia de vila em vila, consagrando-se aos sofredores. Ele mesmo registra a dureza de Betsaida e lastima os remoques que lhe são desfechados em Corazim e em Cafarnaum. Em todos os lugares, há quem lhe ironize o trabalho. Encontra por refúgio a casa da Natureza e mobiliza, por tribunas da Boa Nova, pobres barcos de alguns amigos. Após inolvidáveis ações, em que positiva a perpetuidade do espírito, visita Jerusalém, mais uma vez, para o testemunho de fé santificante; contudo, malquisto no Templo, por dizer a verdade, é preso e conduzido ao Sinédrio. Os grandes sacerdotes, tentando turvar-lhe o ânimo, enviam-no a Pilatos para julgamento sub-reptício. O magistrado, entretanto, receando-lhe a força moral, remete-o ao exame de Herodes. Mas este, irônico e matreiro, devolveu-o ao Juiz inseguro que o entrega, então, à ira do populacho que, não sabendo onde mais o coloque, dependura-o no lenho da ignomínia como vulgar malfeitor. Glorificado, volta Jesus, redivido, à intimidade dos homens, mas ainda aí, os principais do templo subornaram soldados e guardiães com dinheiro de contado para desmoralizarem a mensagem da ressurreição do Senhor.

E, no transcurso de quase três séculos, todos os seguidores fiéis do Nazareno, por lhe guardarem o ensinamento puro, foram batidos, vilipendiados, espoliados, caluniados, encarcerados ou lançados às feras, nos espetáculos públicos, até que a política e o profissionalismo religioso escondessem a Divina Revelação na intrincada vestimenta do culto externo.

Como vê, meu caro, a perseguição gratuita a que se refere é de todos os tempos. Sirvamos, contudo, à realidade do espírito com destemor e seriedade, porquanto a morte é o velho meirinho da grande renovação que não poupa a ninguém.

Espírito Irmão X
Livro Relatos da Vida - Psicografia Francisco Candido Xavier

Músicas em MP3...


Semanalmente disponibilizaremos arquivos em MP3 de músicas espíritas para reflexão e divertimento... (clique no link abaixo com o botão direito do mouse e escolha salvar destino como):



A Lição da Formiguinha

Biblioteca Espirita...


Contribuindo para o enriquecimento cultural do visitante, disponibilizamos alguns títulos completos para leitura(clique no link com o botão direito e escolha 'salvar destino como'):


A Casa do Escritor(PDF)

Grandes Milagres do Dia-a-Dia...


A espiritualidade nos esclarece que os bebês que são formados com algum defeito físico, notadamente os que se geram sem cérebro - anencéfalos - vêm com objetivos definitos e claros.

Quer seja como prova para os pais, talvez para que aprendam a dar valor a algo que não valorizaram em outra vida ou para ensinar a resignação e o carinho que devemos ter com pessoas com necessidades especiais...

Quer seja como necessidade de refazimento para o espírito reencarnante, que precisa deixar "na carne" alguma lesão em seu perispírito ou que necessita daqueles poucos momentos de vida física para completar um estágio em sua programação espiritual...

Muitos são os possíveis motivos, de um lado ou de outro, e certamente através deste fato as partes envolvidas serão auxiliadas a níveis que, muitas vezes, ainda escapam a nossa compreensao.

A medicina nos mostra que essas crianças que nascem anencéfalas normalmente não vivem mais que algumas horas ou um ou dois dias. Recentemente, no Brasil, um caso especial vem mostrando a todos que este tipo de regras não podem ser aplicadas sem excessões à criação Divina.

Marcela é uma bebê que nasceu anencéfala e vem desafiando a ciência há sete meses. Vivendo e desenvolvendo o seu corpo físico normalmente, mesmo que não tenha cérebro, como mostram as duas reportagens abaixo:

"Bebê anencéfala completa 7 meses na quarta-feira
Da Agência Estado - 18/06/2007

09h46-Quando a agricultora Cacilda Galante, 36 anos, descobriu, no quarto mês de gravidez, que carregava no ventre um feto sem cérebro (anencefalia), os médicos disseram a ela que, se o bebê nascesse com vida, resistiria apenas por algumas horas. Com muita sorte, viveria poucos dias. Contrariando os prognósticos, Marcela vai completar 7 meses na quarta-feira. Para a mãe, um milagre. Para os médicos, um mistério.

Depois de passarem cinco meses no hospital, ela e a mãe vivem sozinhas numa casa de dois cômodos, com poucos móveis, no centrinho de Patrocínio Paulista, a 420 km de São Paulo. Antes da terceira gravidez, a vida de Cacilda era cultivar café, frutas e fazer queijos no sítio da família. Agora, é cuidar da filha, a quem chama de 'meu anjinho'. A dedicação da mãe está expressa abaixo dos cotovelos: ela ganhou dois calos de tanto ficar apoiada no berço, adorando a menina. "Agradeço a Deus cada minuto de vida da Marcela. E coloco tudo nas mãos dele.

A menina nasceu com 2,5 kg e 47 cm na Santa Casa de Patrocínio Paulista. Marcela não tem a chamada calota craniana, nem o córtex cerebral. Acima da testa, há uma deformação - líquido envolto por uma pele rosada. O tronco encefálico, na altura do pescoço, mantém a respiração e os batimentos cardíacos. Os olhos claros de Marcela não enxergam. Ela também não escuta. Com esse quadro, segundo a pediatra Márcia Barcellos, que acompanha o caso, Marcela deveria estar em estado vegetativo, sem reflexos. Mas quem a conhece vê o contrário.

Ela sente fome e chora quando a comida não chega na hora certa. Faz reina quando está com cólica, e se mexe irritadamente quando não está numa posição que lhe agrade. Prefere os dias frios aos de muito calor porque transpira e fica inquieta. Marcela se alimenta com a ajuda de uma sonda, que vai até seu estômago. Ela não precisa de aparelhos para respirar, mas usa uma espécie de capacete, que concentra o oxigênio, para evitar que fique cansada."


"Marcela: a anencéfala que desafia os abortistas
(nascida em 20/11/2006, ela permanece viva e recebendo cuidados da mãe)
A Diocese de Franca (SP) e, mais especificamente, a cidade de Patrocínio Paulista, foram agraciadas com um presente do Céu: Marcela de Jesus Ferreira, uma menina anencéfala, filha de Cacilda Galante Ferreira (36 anos) e Dionísio Justino Ferreira (46 anos). Aos quatro meses de gestação, Sra. Cacilda soube que seu bebê era anencéfalo e recebeu a sugestão de "interromper a gravidez" ou "antecipar o parto". Católica e temente a Deus, Sra. Cacilda rejeitou totalmente a idéia do aborto. Marcela nasceu na Santa Casa da Patrocínio Paulista no dia 20 de novembro de 2006. O Diácono Fábio Costa batizou-a logo após o nascimento. Mas a criança, contrariando os prognósticos, permanece viva até o dia de hoje, com 28 dias de nascida. "A Marcela é um anjinho, muito amada. Ela é muito bonitinha", diz Sra. Cacilda. Para as mães, ela tem a seguinte mensagem: "Acreditem em Deus. Deus é o mais importante na vida da gente. Só ele dá a vida. Só ele tem o direito de tirar". E acrescenta: "Que as mães que têm crianças saudáveis nunca se esqueçam de agradecer a Deus".


"Sofrer a gente sofre, mas ela não pertence a mim, mas a Deus, e eu cuido dela aqui [...]. Enquanto isso, cada segundo da vida dela é precioso pra mim" (Cacilda Galante Ferreira, mãe de Marcela)
Anápolis, 18 de dezembro de 2006.
Pe. Luiz Carlos Lodi da Cruz
Presidente do Pró-Vida de Anápolis"

Busquei na internet e verifiquei que se pode definir anencefalia como:
"anencefalia é uma malformação incompatível com a vida. O diagnóstico é preciso e não existe tratamento disponível. Esta é a forma mais grave dos chamados defeitos de fechamento do tubo neural (DTN) que incluem também as mielomeningoceles e as encefaloceles. Sua origem é multifatorial ,portanto, coexistem fatores genéticos e ambientais, em proporções variadas. Segundo estatísticas do ECLAMC (Estudo colaborativo latino-americano de malformações congênitas) a incidência de casos de anencefalia é em torno de 1 para cada 1000 nascidos vivos. Esse estudo foi conduzido pelo Prof. Eduardo Castilla, da Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ), no Rio de Janeiro."

Mas a pequena Marcela vem mostrando que esta doença não é tão "incompatível com a vida" quanto se imagina... e dá claras evidências que o cérebro é meramente a máquina que recebe os comandos de um órgão ainda superior: a mente.

A inexistencia do cérebro de Marcela e a continuidade de seus processos orgânicos é mais uma evidência que o corpo é coordenado por um espírito pensante, e que neste espírito, ligado perispiritualmente ao corpo físico, habita uma mente que gerencia as atividades do pequeno corpo sem cérebro.

Oportunidade de estudo? Merecimento da pequenina? Exemplo para o mundo? Esperança para os pais? Quem poderá saber o designio de Deus para que um pequeno ser que deveria estár morto esteja crescendo e vivendo? Apenas nos resta orar para que ela e sua família possam receber todo auxílio espiritual que merecem e necessitam.

Muita Paz.



Programas em Vídeo...


Esta semana apresentamos um programa televisivo "Reflexão Espírita", apresentando entrevistas e matérias diversas sobre o Espiritismo - Chico como figura pública, Devemos Julgar?, Lembranças do Passado, Evangelho e mensagens, etc.



Não deixe de acompanhar os posts do blog, que semanalmente traz um novo vídeo espírita para apreciação e iluminação de todos nós.

Emmanuel conosco...

DE VOLTA

Não reclames, nem te aflijas.
Trabalhe e segue adiante.

Não invejes quem caminha
Como quem sonha a dormir.

Se alcançaste a realidade,
Reveste-a de paz e amor.

Nunca firas a ninguém
Mesmo quando alguém te agrida.

Ama, constrói, serve e segue
De volta ao Lar, passo a passo.

Trabalho é o nosso caminho
E o Lar nos espera em Deus...

Emmanuel
Do livro "Caminho", Psicografia de Francisco Cândido Xavier

Mensagens em Audio...

Semanalmente disponibilizaremos mensagens em MP3 contendo orientações e esclarecimentos sobre os mais diversos temas... (clique no link abaixo com o botão direito do mouse e escolha salvar destino como):


A honestidade não tem preço

Presença de André Luiz...

MEDIUNIDADE E DOUTRINA

Em Espiritismo, é imperioso distinguir entre Mediunidade e Doutrina para que as surpresas do mundo não nos ensombrem a marcha.

Mediunidade é processo
Doutrina é realização
O processo passa
A realização permanece.

Mediunidade é caminho
Doutrina é bússola
O caminho pode bifurcar-se
A bússola guia sempre.

Mediunidade é pormenor
Doutrina é base
O pormenor é superfície
A base é substancia.

Mediunidade é trato de terra
Doutrina é semente nobre
A leira obedece aos ditames do lavrador
A semente nobre enriquece a vida.

Mediunidade é argumento
Doutrina é lógica
O argumento é variável
A lógica é inamovível.

Mediunidade é fenômeno da alma.
Doutrina é alma do fenômeno.

A mediunidade inclui a telementação e a letargia, a sugestão e a hipnose.
A doutrina é responsabilidade, estudo edificante, serviço ao próximo e sacrifício pessoal.

Na primeira, temos a observação e a experiência; na segunda, a educação e a caridade.
Em síntese, a Mediunidade é trabalho da criatura humana e a Doutrina Espírita é Jesus de braços abertos.

Dignifiquemos, assim, a mediunidade com a nossa consagração ao bem puro e simples, mas não nos esqueçamos de plasmar a Doutrina Espírita no livro da própria alma, a fim de que o nosso coração se converta em flama da Vida Eterna.

pelo Espírito André Luiz
Do Livro "Através do Tempo"
Psicografia de Francisco Cândido Xavier

O Senhor é meu pastor...




SALMO 23

O SENHOR é o meu pastor nada me faltará.
Ele me faz repousar em pastos verdejantes.
Leva-me para junto das águas de descanso;
refrigera-me a alma.
Guia-me pelas verdades da justiça por amor do seu nome.
Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte,
não temerei mal nenhum, porque tu estás comigo;
o teu bordão e o teu cajado me consolam.
Preparas-me uma mesa na presença dos meus adversários,
unges-me a cabeça com óleo;
o meu cálice transborda.
Bondade e misericórdia certamente me seguirão
todos os dias da minha vida;
e habitarei na Casa do SENHOR para todo o sempre.

Comentários Pessoais...

É muitas vezes inacreditável a força que tem a Providênia Divina...

Deus sempre arranja um modo de ajudar a nós... mas muitas vezes não percebemos. Pois estamos tão ocupados "curtindo" o nosso problema que não paramos para encontrar a solução que Ele nos envia.

Em minha vida tenho tido inúmeras ocasiões onde, em frente a situações difícieis, surgiram oportunidades de solucionar o caso; quer seja com um novo emprego, uma oportunidade de ganhar um dinheiro extra, uma viagem, um parente ou amigo que chega e ampara a necessidade, uma palavra de conforto, um livro que se abre em um texto que parece que foi escrito pra mim, etc.


O que não devemos esquecer é que para que Deus participe de nossas vidas temos que convidá-lo. Temos que deixar ele entrar e se fazer presente todos os dias; e não somente nos dias que estamos sofrendo.

O Mestre sempre asseverou: "buscai e achareis, batei e abrir-se-vos-á, pedí e obtereis"; deixando bem claro que para que tenhamos a reação temos que fazer a ação. E esta ação está em vivermos de acordo com a Lei Divina, nos pautando pela regra do amor, da caridade, do respeito, da fraternidade, fazendo aos outros o que gostaríamos que nos fizessem.

Será que eu gostaria de ser ajudado? Então vou ajudar.
Será que eu gostaria de ser compreendido? Então vou compreender.
Será que eu gostaria de ser julgado? Então não vou julgar.

É este tipo de pensamento que orientando nossas ações abrirá os canais para que Deus e Jesus entrem em nossas vidas. Atitudes positivas e boas trarão resultados maravilhosos.


Não espere receber de onde não existe crédito, não espere colher de onde não plantou... faça por tí e o Céu te ajudará.

Muita Paz


O Ambiente Ideal...

Estirado no leito bem cuidado coração em angústia, o médium Ramires Castro extravasava suas mágoas em sofrida oração:

“Senhor Jesus! Derrama sobre meu espírito o bálsamo consolador! Alivia, por piedade, os tormentos de minh'alma! O Espiritismo é luz bendita a inspirar-me o sagrado idealismo de viver consoante os princípios de teu Evangelho! Empolga-me o desejo de seguir teus passos, Mestre! Viver na pureza e simplicidade! Amar o semelhante! Cultivar a virtude! Mas, Celeste Amigo, o mundo é tão perverso!... Sinto-me cercado de iniqüidade, e sombras espessas ameaçam, por vezes, precipitar-me no torvelinho da perturbação... Não me compreende a esposa... não correspondem aos meus esforços os filhos... são ingratos os amigos... Nas tarefas da mediunidade esbarro em obstáculos insuperáveis, pois os companheiros não me favorecem com vibrações de simpatia e ajuda... percebo em cada um o crítico sempre pronto a considerar, intimamente, fruto de minha imaginação as mais singelas manifestações.”


Empolgado pelas próprias lamentações, na superexcitação do sentimento, continuava, banhado em lágrimas:

“Oh! Senhor! Como anseio por libertar-me das grades mundanas! Habitar planos mais altos, onde estejam erradicadas a incompreensão e a maledicência, a falsidade e a criminosa irresponsabilidade! Onde a fraternidade reine sem oposição! Que ventura não sentir o assédio das sombras nem a influência do mal escondido em alheios corações! Que alegria desenvolver as tarefas espirituais sob o amparo de coletividades sintonizadas com teu Amor!”

Perdido nestas cogitações, Ramires dormiu e, sob influência de benfeitores espirituais, seu Espírito passou a viver experiências intensas que permaneceriam registradas no resumo das imagens oníricas.

Sonhou que aportava em planeta distante, onde paisagens deslumbrantes, sem similar na Terra, faziam, o encanto de seus olhos.

— Seja bem-vindo ao nosso orbe! — disse-lhe delicado recepcionista. — Jesus, o Divino Amigo, sob cuja amorosa tutela também permanecemos, decidiu conceder-lhe a graça de viver neste mundo superior, distanciado das misérias e infortúnios terrestres.

Emocionado, incapaz de conter as lágrimas, o medianeiro prosternou-se e agradeceu ao Senhor. Agora, sim, serviria fielmente, aproveitaria plenamente suas possibilidades mediúnicas, viveria seu ideal: encontrava-se entre verdadeiros cristãos!

Ante os imperativos do aprendizado a que era submetido, esquecera familiares problemas humanos, empolgando-se com as perspectivas de aproveitamento das lições, qual aluno aplicado na escola perfeita.

Em breve, porém, desiludiu-se, e eis que, procurando o dedicado instrutor que atendia à tarefa de orientação mediúnica, externou suas queixas:

— Imploro-lhe, generoso amigo, ajuda para meu espírito atribulado. Almejo servir a Jesus nas tarefas da mediunidade, mas não creio que isso seja possível aqui. Vejo-me envolvido pelas mesmas influências desequilibrantes que me afligiam na Terra. Pensamentos confusos vibram em meu cérebro e sou assaltado por crises de angústia e desalento... Os companheiros recebem-me com aparente bondade; todavia, parecem demasiado imperturbáveis. Quando lhes relato meus problemas, sorriem, aparentando complacência, qual se estivessem diante das birras de uma criança, confundindo-me com exortações sobre o trabalho, como se eu não conhecesse suficientemente bem os meus deveres... Percebo em muitos a falsidade e a hipocrisia. Infelizmente, ainda não encontrei o clima ideal para que eu possa viver, integralmente, a mensagem cristã.

O sábio mentor ouviu, atento, enquanto Ramires, com a segurança de quem, pronuncia um discurso muitas vezes repetido, desfiava o rosário das queixas. Afinal, o Orientador, benevolente, tomou a palavra:

— Filho, tuas mágoas são as mesmas de quando estavas na Terra; entretanto, aqui elas não têm razão de ser. Dizes-te perturbado, ante o assédio de forças malfazejas; no entanto, em nosso orbe Espíritos encarnados e desencarnados vivem para o Bem, sem cogitações inferiores. Proclamas a incompreensão dos companheiros e usas adjetivos fortes; todavia, nestas paragens ninguém busca ventura maior que a de amar e servir. Falas de intraduzíveis amarguras íntimas, quando estagias em mundo superior onde reina, soberana, a harmonia. Não percebeste, ainda, que todos esses males são interiores e não exteriores. Permanecem dentro de ti e não no próximo ou na paisagem. Por não teres compreensão, julgas-te incompreendido... Por não cultivares a fraternidade, acreditas que te desprezam... Alimentas desajustes e imaginas que te assediam... Asilas o mal e o enxergas onde ele não existe... Buscas o ambiente ideal, mas nunca o encontrarás enquanto não o edificares no próprio coração.

Ante a surpresa de Ramires por aquelas advertências inesperadas, o mentor acentuou, delicado:

Em lugar algum do Universo, nem junto de Jesus estarás livre dos espinhos que te torturam, fruto da semeadura de desajustes e desatinos no passado distante, a não ser que te proponhas a orientar a vontade na direção do Bem verdadeiro, que não julga nem critica, não reclama nem condena, não esmorece nem desanima, não ambiciona nem exige — apenas serve! A Terra é a melhor escola para as tuas necessidades atuais. Nas mesmas regiões onde delinqüiste, mais fácil será reajustares o destino. Lá, as fraquezas de teus irmãos te alertarão quanto às próprias deficiências e seus erros ajudar-te-ão a distinguir o caminho certo. Conviverás com vitimas e verdugos do passado, muitas vezes ligado a eles pelos laços da consangüinidade, a fim de aprenderes a conjugar os verbos amar e perdoar.... E, para que sejas sempre forte e perseverante na luta, modifica a concepção de que o planeta terrestre é palco de tragédias, onde imperam o crime e o vício, e reconhece que, antes de mais nada, o mundo onde nasceste é oficina bendita de Deus, onde edificarás o futuro de bênçãos.

Sob forte impressão, ante aquelas exortações inesquecíveis, Ramires acordou. Em seus ouvidos ressoavam, ainda, como se viessem de muito longe, as últimas palavras:


Não esqueças, filho, a recomendação de Jesus:
Buscai o Reino de Deus dentro de vós"!


Richard Simonetti - Reformador – novembro, 1965

Emmanuel conosco...

"Sois a luz do mundo! Não se pode esconder uma cidade edificada sobre o monte, nem se acende uma candeia para colocá-la debaixo da terra, mas coloca-se no candelabro e ela ilumina a todos que se encontram na casa. Assim brilhe também vossa luz diante dos homens, para que vejam vossas boas obras
e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus!" - Jesus (Mateus 5, vs. 14-16)


A candeia luminosa, acima do velador, não é somente um problema de verbalismo doutrinário.
O ensinamento do Cristo lançou raízes mais profundas no solo do nosso entendimento. A lâmpada acesa da lição divina é, antes de tudo, o símbolo de nossa atitude positiva, nos variados ângulos da existência.

O discípulo do Evangelho é convidado a afirmar-se, no mundo, a cada instante...

- Se foste ofendido, não conserves a luz do perdão nas dobras obscuras dos melindres enfermiços.
- Se encontraste a dificuldade, não escondas a coragem nos resvaladouros da fuga.
- Se foste surpreendido pela provação, não enterres o talento da fé no deserto do desânimo.
- Se foste tocado pela dor, não arremesses a esperança ao despenhadeiro da indiferença.
- Se sofres perseguição e calúnia, não arrojes a oração no precipício do desespero.
- Se a luta te impôs a marcha entre espinheiros, oferecendo-te fel e vinagre, não ocultes o teu valor espiritual, sob os detritos da inconformação ou do desalento.

Faze a tua viagem na Terra, em companhia do Amigo Celestial, de coração elevado à Vontade Divina, de cabeça erguida na fidelidade à religião do dever bem cumprido, de consciência edificada no bem invariável e de braços ativos e diligentes na plantação das boas obras.


Não disfarces os teus conhecimentos de ordem superior e aprende a usá-los, em benefício dos semelhantes e em favor de ti mesmo, porque assim, ainda mesmo que o sacrifício supremo na cruz se te faça prêmio entre os homens, adquirirás na Vida Maior a felicidade de haver buscado a luz da própria sublimação.

EMMANUEL
Do livro Nascer e Renascer,Psicografia de Francisco Candido Xavier

Mensagens em animação...


Arquivos do Power Point contendo mensagens sobre os mais diversos temas... (clique no link abaixo com o botão direito do mouse e escolha salvar destino como):


Não Desista

Recebí esta mensagem de alguém que amo muito (minha mãezita) e chegou em uma hora muito propícia, achei tão especial que resolví dividir com vocês.

Emmanuel conosco...


Destino

Nasceste no lar que precisavas.

Vestiste o corpo físico que merecias.

Moras onde melhor Deus te proporcionou, de acordo com o teu adiantamento.

Possuis os recursos financeiros coerentes com as tuas necessidades,

nem mais, nem menos, mas o justo para as tuas lutas terrenas.

Teu ambiente de trabalho é o que elegeste espontaneamente para a tua realização.

Teus parentes, amigos são as almas que atraístes, com a tua própria afinidade.

Portanto, teu destino está constantemente sob teu controle.

Tu escolhes, recolhes, eleges, atrais, buscas, expulsas, modificas tudo aquilo que te rodeia a existência.

Teus pensamentos e vontades são a chave dos teus atos, atitudes e são as fontes de atração e repulsão na tua jornada vivencial.

Não reclames, nem te faças de vítima.

Antes de tudo, analisa e observa.

A mudança está em tuas mãos.

Reprograme tua meta, busque o bem e viverás melhor.

Emmanuel
Psicografia de Chico Xavier

Frases do Chico...




Não vemos luta competitiva entre a Doutrina Espírita e as religiões tradicionais que zelam pela memória e pelos ensinos de Jesus. Ante o Evangelho do Divino Mestre, a Doutrina Espírita é portadora de princípios que aclaram com segurança as lições do Cristo, sem qualquer pretensão de superioridade sobre as organizações cristãs, sempre dignas do maior respeito.

---

Acreditamos que o Criador nos fez ricos a todos, sem exceção, porque a riqueza autêntica, a nosso ver, procede do trabalho e todos nós de uma forma ou de outra, podemos trabalhar e servir.
Quanto à felicidade, cremos que ela nasce na paz da consciência tranqüila pelo dever cumprido e cresce, no íntimo de cada pessoa, à medida que a pessoa procura fazer a felicidade dos outros, sem pedir felicidade para si própria.

Comentários Pessoais...


O que estamos fazendo com nossos pequenos?


Recentemente chegou em minhas mãos uma mensagem do momento espírita alertando sobre o tipo de exemplo que nós estamos dando as nossas crianças. Nos conscientizando que a cada minuto o nosso comportamento está sendo analisado e gravado no subconsciente dos pequeninos e, mais tarde, eles irão reproduzir os nossos atos, mesmo que inconscientemente.

Isso nos alerta para que pensemos melhor em que tipo de ações estamos praticando em nossas vidas, porque todas as crianças, mesmo que inconscientemente, tem o melhor aparelho de aprendizado do mundo: um cérebro cheio de espaço para gravar informações.

Atitudes banais como uma mentirinha, tirar proveito de outra pessoa, rir de alguma situação, ou outras que para nós não tenham significado maior, são para elas o exemplo de ação que irá se repetir quando estiverem naquela situação ou outra parecida.

No mesmo dia que recebí e repassei esta mensagem um amigo me enviou um vídeo feito por uma entidade australiana, a respeito do mesmo assunto. Não pude resistir à coincidencia , que sabemos que não existe, e tive que publicá-lo aqui.

Outra coisa que tenho que ficar alerta é que também tenho um filho, hoje com 7 anos, e que minhas atitudes também serão um exemplo para ele. Coloco-me então no lugar de observador e percebo muitas vezes que em sua pouca idade física ele já tem muito a me ensinar também.


A relação Pais e Filhos, na minha opinião, deve ser sempre encarada como uma via de mão dupla, onde todos os dias ensinamos e também aprendemos. Os nossos pequenos estão sempre cheios de muita vontade de aprender e de vitalidade para seguir em frente.

Sempre têm muito a nos ensinar em como confiar em nós mesmos, acreditar nos sonhos, não desistir, esquecer e perdoar com facilidade, ser amigo sincero, amar de verdade, não enganar os outros e tantos sentimentos lindos que trazem dentro de sí e que nós encobrimos com a desculpa de vestir a carapaça da sociedade.

Não deixemos os nossos pequenos se apagarem, pelo contrário, vamos aprender a brilhar com eles.

O vídeo abaixo chama-se "Criança vê, Criança Faz", assita-o e reveja as atitudes do seu dia-a-dia para que possamos dar aos nossos filhos o melhor exemplo possível.

Muita Paz


Palestras Espíritas...

Semanalmente apresentaremos uma palestra espirita em mp3 para livre cópia, cada uma com oradores diferentes e temas variados. Clique no link abaixo com o botão direito e escolha "salvar destino como":


O Tempo em Nossas Vidas

Mensagens em animação...


Arquivos do Power Point contendo mensagens sobre os mais diversos temas... (clique no link abaixo com o botão direito do mouse e escolha salvar destino como):

O Cacto e a Borboleta

Programas de Rádio...


Apresentaremos aqui alguns programas espíritas apresentados em rádio, em mp3, com uma programação que busca fornecer informações e esclarecimentos aos ouvintes. clique no link abaixo com o botão direito e escolha salvar como:
Fonte de Luz 02/06

Biblioteca Espirita...


Contribuindo para o enriquecimento cultural do visitante, disponibilizamos várias revistas espíritas, em uma retrospectiva do ano de 1997 até hoje(clique no link com o botão direito e escolha 'salvar destino como'):

Revista O Reformador Abr/98(PDF)

Músicas em MP3...


Semanalmente disponibilizaremos arquivos em MP3 de músicas espíritas para reflexão e divertimento... (clique no link abaixo com o botão direito do mouse e escolha salvar destino como):


Oração de São Francisco

Biblioteca Espirita...


Contribuindo para o enriquecimento cultural do visitante, disponibilizamos alguns títulos completos para leitura(clique no link com o botão direito e escolha 'salvar destino como'):


O porque da vida(PDF)

Programas em Vídeo...


Esta semana apresentamos um programa televisivo "Reflexão Espírita", apresentando entrevistas e matérias diversas sobre o Espiritismo - Chico e Ecumenismo, Reflexões da Juventude, Ética e moral, Disponibilidade para o Bem, etc.



Não deixe de acompanhar os posts do blog, que semanalmente traz um novo vídeo espírita para apreciação e iluminação de todos nós.

Montagens Espetaculares...

Emmanuel conosco...

REINO DE DEUS
Se aspiramos conquistar o Reino de Deus, recordemos Jesus que no-lo
revelou, conjungando "dizer" e "fazer".


Ensinou o Divino Mestre:

"Faze aos outros o que desejas que os outros te façam".
E viveu para os outros, sem nada exigir.

"Dá a César o que é de César e a Deus o que é de Deus".
E, respeitando as autoridades constituídas no mundo, dedicou-se
integralmente aos interesses do espírito.

"Quem se humilhar será exaltado".
E ninguém se apagou até hoje quanto Ele para que a Infinita Bondade se
destacasse.

"Quem procura ser o maior seja o servo de todos".
E, nas mínimas circunstâncias, colocou-se invariavelmente no lugar de quem
serve.

"Não saiba a tua mão esquerda o que dá a direita".
E ouvido algum jamais lhe escutou qualquer expressão de elogio a si mesmo.

"Não é o que entra pela boca que torna o homem impuro, mas o que lhe sai do
coração".
E banqueteou-se com criaturas consideradas desprezíveis, acordando-lhes o
sentimento para a realidade superior.

"Ao que te peça mil passos, caminha com ele dois mil".
E fez-se entre os homens inimitável modelo de tolerância.

"A quem te rogue a capa, cede também a túnica".
E deu-se constantemente ao próximo, consagrando-lhe a própria existência.

"Ama aos teus inimigos".
E suportou, em silêncio, as forças das trevas que o situaram em aparente
derrota.

"Ora pelos que te perseguem e caluniam".
E aceitou a flagelação injusta, exorando perdão em favor dos próprios
carrascos, no suplício da cruz.

Não precisas aguardar revelações estranhas e nem fenômenos espetaculares
para surpreender as maravilhas do Reino de Deus.

Nem catástrofes cósmicas.

Nem convulsões da natureza.

Nem Terra fulminada.

Nem céus abertos.

Tudo pode alterar-se, a teus olhos, se tens a luz por dentro de ti.

E, além disso, a qualquer momento, a verdadeira vida pode trazer-te a
Grande Mudança.

Nosso problema será sempre construir na própria alma a perfeição que
reclamamos nos outros.

Não nos esqueçamos de que o Evangelho vem preparar no mundo o reino do bem
que Jesus anunciou e o próprio Jesus foi suficientemente claro, asseverando
que o Reino de Deus está dentro de nós.

Emmanuel
Do Livro: Neste Instante - Psicografia Chico Xavier

Frases do Chico...




Esperemos que o amor se propague no mundo com mais força que a violência e a violência desaparecerá, à maneira da treva quando a luz se lhe sobrepõe. Consideremos, porém, que essa obra,naturalmente, não prescindirá da autoridade humana, mas na essência e na prática exige a cooperação de nós todos.

---

Acreditamos que as administrações na Terra, gradativamente, estão resolvendo o problema da penúria, mas até que o problema seja solucionado, admito seja nossa obrigação auxiliar-nos, uns aos outros, para que as provações da carência sejam atenuadas.

Presença de André Luiz...

Excesso e Você

Amigo, Espiritismo é caridade em movimento. Não converta o próprio lar em museu. Utensílio inútil em casa será utilidade na casa alheia.

O desapego começa das pequeninas coisas e o objeto conservado, sem aplicação no recesso da moradia, explora os sentimentos do morador.

A verdadeiramorte começa na estagnação. Quem faz circular os empréstimos de Deus, renova o próprio caminho.

Transfigure os apetrechos, que lhe sejam inúteis, em forças vivas do bem. Retire da despensa os gêneros alimentícios, que descansam esquecidos, para a distribuição fraterna aos companheiros de estômago atormentado.

Reviste o guarda-roupa, libertando os cabides dasvestes que você não use, conduzindo-as aos viajores desnudos da estrada. Estenda pares de sapatos, que lhe sobram, aos pés descalços que transitam em derredor.

Elimine do mobiliário as peças excedentes, aumentando a alegria das habitações menos felizes. Revolva os guardados em gavetas ou porões dando aplicação aos objetos parados, de seu uso pessoal.

Transforme em patrimônio alheio os livros empoeirados que você não consulta, endereçando-os ao leitor sem recursos.

Examine a bolsa, dando um pouco mais que o simples compromisso da fraternidade, mostrando gratidão pelos acréscimosda Divina Misericórdia quevocê recebe.

Ofereça ao irmão comum alguma relíquia ou lembrança afetiva de parentes e amigos, ora na pátria Espiritual, enviando aos que partiram maior contentamento com tal gesto.

Renovemos a vida constantemente, cada ano, cada mês, cada dia...
Previna-se hoje contra o remorso amanhã.

O excesso de nossa vida cria a necessidade do semelhante.
Ajude a casa de assistência coletiva.

Divulgue o livro nobre.
Medique os enfermos.
Aplaque a fome alheia.
Enxugue as lágrimas.
Socorra feridas.

Quando buscarmosa intimidade do Senhor, os valores mumificados em nossas mãos ressurgem nas mãos dos outros, em exaltação de amor e luz para todas as criaturas de Deus.

André Luiz
Psicografia Francisco Cândido Xavier

Comentários Pessoais...


Junte-se a nós nesta iniciativa tão importante para a preservação da vida que não pode se defender.

O aborto hoje representa muito mais que um problema particular, está caracterizado como problema social.

A incompreensão, o medo, a frustração, a dor, a ignorância, o preconceito e muitos outros sentimentos negativos servem como desculpa para que pessoas cometam o grave erro de interromper uma gravidez; façamos a nossa parte e enviemos este material a todos os nossos conhecidos, para que esta campanha abranja o maior número de pessoas possível, e assim, possamos nós também dar a nossa parcela de contribuição para a prevenção desta ilusão que se alastra em nossa sociedade.

Encontram-se abaixo alguns links para palestras, mensagens e vídeos sobre o tema; não deixe de escutá-los ou assistí-los, eles podem mudar a nossa vida e a das pessoas que nos cercam.

Muita Paz para todos

João Batista Sobrinho
vbjoao2@gmail.com

O Aborto na Visão Espírita (palestra em áudio)

A Delicada questão do Aborto (palestra em áudio)

Diário de uma criança que não nasceu (mensagem em audio)

Aborto não realizado (mensagem em áudio)

Vídeo com imagens sobre aborto

Vídeo com imagens sobre aborto 2

Trecho de palestra em vídeo sobre aborto
com Divaldo Pereira Franco


Texto Sobre Aborto e Reencarnação

Demonstração de vida do pequeno bebê ainda no útero materno

Clique aqui para ver a
Apresentação em Power point
com o bebê já nascido e outras fotos do feto pegando na mão do cirurgião.

Biblioteca Espirita...


Contribuindo para o enriquecimento cultural do visitante, disponibilizamos alguns títulos completos para leitura(clique no link com o botão direito e escolha 'salvar destino como'):


Aos Pés do Mestre(PDF)

Músicas em MP3...


Semanalmente disponibilizaremos arquivos em MP3 de músicas espíritas para reflexão e divertimento... (clique no link abaixo com o botão direito do mouse e escolha salvar destino como):


Te Ofereço Paz

Montagens Espetaculares...

Programas em Vídeo...


Esta semana apresentamos um programa televisivo "Reflexão Espírita", apresentando entrevistas e matérias diversas sobre o Espiritismo - Raul Teixeira, Chico, etc.



Não deixe de acompanhar os posts do blog, que semanalmente traz um novo vídeo espírita para apreciação e iluminação de todos nós.

Presença de André Luiz...

APROVEITE O ENSEJO

Não é o companheiro dócil que exige a sua compreensão fraternal mais imediata, É aquele que ainda luta por domar a ferocidade da ira, dentro do próprio peito.


Não é o irmão cheio de entendimento evangélico que reclama suas atenções inadiáveis.
É aquele que ainda não conseguiu eliminar a víbora da malícia do campo do coração.

Não é o amigo que marcha em paz, na senda do bem, quem solicita seu cuidado insistente. É aquele que se perdeu no cipoal da discórdia e da incompreensão, sem forças para tornar ao caminho reto.

Não é a criatura que respire no trabalho normal que requisita socorro urgente. É aquela que não teve suficiente recurso para vencer as circunstâncias constrangedoras da experiência humana e se precipitou na zona escura do desequilíbrio.

É muito provável que, por enquanto, seja plenamente dispensável a sua cooperação no paraíso. É indiscutível , porém, a realidade de que, no momento, o seu lugar de servir e aprender, ajudar e amar, é na Terra mesmo.



André Luiz - Psicografia Francisco Cândido Xavier

Mensagens em Audio...

Semanalmente disponibilizaremos mensagens em MP3 contendo orientações e esclarecimentos sobre os mais diversos temas... (clique no link abaixo com o botão direito do mouse e escolha salvar destino como):


A Grandeza da Amizade

Frases do Chico...




O amor é o clima em que as menores expressões da vida, em todos os planos, crescem nos laboratórios do tempo, para a divina glorificação.

---

Tenho aprendido com os Benfeitores Espirituais que a paz é doação que podemos oferecer aos outros sem tê-la para nós mesmos. Isto é, será sempre importante renunciar, de boa vontade, as vantagens que nos favoreceriam, em favor daqueles que nos cercam. Em razão disso, seríamos todos nós, artífices da paz, começando a garanti-la por dentro de nossas próprias casas e dos grupos sociais a que pertençamos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...