Perguntas dos amigos...


"João, me diga uma coisa, se puder:
Anjo da guarda e Guia Espiritual é a mesma coisa?
A quem devemos nos dirigir em nossas preces ao pedir orientação?".




Oi ___________,

Quanto ao seu questionamento, dentro de meu simples entender, Há casos em que ambos são a mesma entidade e outros em que são entidades diferentes.

Para me explicar melhor:

1) Nós, todos os mortais, temos um espírito que nos protege e guia chamado comumente de Anjo da Guarda ou espírito Guardião. Este normalmente é um pouco mais avançado que nós próprios, de forma que para um selvagem até nós com nossos defeitos poderíamos ser anjos da guarda, porém para uma pessoa um pouco mais evoluída um anjo deve apresentar características de esclarecimento maiores que as do protegido. Para as pessoas que não tem "missão" maior neste mundo, na maioria das vezes, o anjo é o seu prórpio guia, uma vez que ele nos intui e influencia de forma a nos proteger de nossos próprios erros e guiar nossos passos para o que seja melhor para nós.

2) Em casos especiais, como por exemplo, Chico Xavier, igual a todos nós tem um anjo da guarda que o protege, porém, devido a sua missão doutrinária, recebeu da espiritualidade a presença de um Guia Espritual, ou seja, alguém para orientá-lo no seu crescimento espiritual de forma que ele se dedique mais e melhor à causa. Com o tempo, com o seu desenvolvimento e a ambiencia ao seu redor, acredito eu que o anjo da guarda de Chico tenha trabalhado cada vez menos, pois os próprios espíritos do grupo de Emmanuel o protegiam e guiavam. Deu pra entender?

Podemos ter um maior esclarecimento sobre este ponto nas questões 489 a 514 do Livro dos espíritos, e sobre influência nas 459 a 472.

Nas nossas preces, que devem ser realizadas com palavras do coração, podemos nos dirigir ao nosso anjo da guarda ou a algum espírito que tenhamos admiração, como Bezerra de Menezes, ou ao próprio Jesus até. O mais importante são os sentimentos que colocamos, pois sabemos que nunca estamos desassistidos. Sempre haverá ao nosso lado um ser espiritual que receberá nossas súplicas e leve ao mais alto para análise e providências.

Muitas vezes nós pensamos que ninguém nos escuta, pois queremos a resposta imediatamente, em nosso senso de tempo. Mas, sabemos que elas ocorrem ao tempo de Deus. Outras vezes queremos determinada coisa e não conseguimos, pensamos que é porque não gostam de nós, mas Jesus já havia nos ensinado que o que "queremos" e o que "precisamos" nem sempre são a mesma coisa... e que o nosso pai que está nos céus sabe do que "precisamos" antes mesmo que o peçamos.

Ao final, precisamos hoje, mais que nunca, nos abrir para o nosso interior, escutar o nosso coração, perguntar ao amor.Gastar alguns minutos, ou horas, em um estado de contemplação da vida e de nosso íntimo para que possamos abrir os canais que trarão as respostas que ansiamos. Novamente, repito, desejamos as respostas escritas em preto e branco na nossa frente (e isso é normal, principalmente quando estamos angustiados com algo. Não pense que é só você, todos nós somos assim), porém ela vem da maneira de Deus, sutil, singela. As vezes como um amigo, um texto, uma mensagem, uma intuição, uma palavra amiga - quem não nos dará a receita pronta de como proceder, mas que poderá nos abrir a mente e auxiliar a termos maior resignação e paciência.

Tem uma mensagem antiga, que não me lembro exatamente agora, que diz o seguinte: quando estivermos em dúvida ou incerteza de como proceder sobre determinado assunto, perguntemos ao amor. Ele nos dará a resposta mais correta.

...

A nossa fé é sempre engraçada. muitas vezes eu digo que acreditamos em reencarnação, em comunicação, em Deus e tal, mas quando o caso é causa e efeito ou resgate, nós nos esquecemos do que aprendemos e nos ressentimos com Deus, achamos que estamos sofrendo injustamente e coisa do gênero. Lembro que Joanna de Ângelis disse uma vez que na época do Cristo e até o segundo século haviam dado sua vida em sacrifício pela causa mais de um milhão de pessoas. Hoje nós não temos a necessidade de repetir este sacrfício, porém os nossos são de outra sintonia: econômica, social, familiar, profissional... já passamos a fase do sacrifício da carne (no nosso caso que temos casa, emprego e etc) e entramos na fase das provações do espírito, sendo isto sinal de nossa constante evolução, não é?

Independente de que dificuldades estejamos passando, porque todos temos as nossas, é indispensável permanecermos conscientes que colhemos hoje os frutos de nossa sementeira multimilenar. Se acreditamos que o "acaso" não existe, devemos então compreender e resignar; porém em nenhum lugar está escrito que não devemos buscar saídas e melhorias para quaisquer situações. Portanto, devemos desistir de nos desanimarmos e ficarmos curtindo a dificuldade e partir para a luta, e nesta luta é mais que permitido buscarmos o auxílio dos amigos, para nos orientar e também auxiliar.

Espero ter sido de alguma valia, no mais estamos pos aqui para tentar sempre auxiliar.

Muita Paz.



Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...