Perguntas dos amigos...


"Estou iniciando a exposição doutrinária espírita e necessito desenvolver o tema "Muitos os chamados e poucos os escolhidos" - Cap. XVII do Evangelho Seg. o Espiritismo. Solicito a gentileza de enviar sugestões para a palestra de 40 minutos.
Muito Grato."

----

____________, bom dia.

Desculpe a demora em responder a sua mensagem mas estava em viagem e apenas cheguei ontem, por isso ainda estou colocando os emails em dia.

Este tema é muito interessante, inclusive já fiz uma abordagem sobre ele que pode ser de alguma utilidade para você, ela pode ser encontrada no endereço abaixo:
http://www.fileden.com/files/2007/2/23/810836/muitos_os_chamados.mp3

no meu entender uma das coisas que devemos deixar mais claras quando abordamos este tema é que Deus não escolhe ninguém, ao contrário, nós fazemos as escolhas diariamente. temos oportunidades de ir abrindo a porta larga ou estreita e fazemos a nossa escolha.

sempre busco apresentar meus temas de modo a não criar um sentimento de culpa ou pesar nas pessoas, mas deixando sempre claro a participação que nós temos em nossa própria melhoria, esclarecendo que somos herdeiros do que fazemos. precisamos entender que quando o mestre afirmou que "muito se pedirá" nos exorta a assumirmos a responsabilidade, afinal, com certeza esta não é a primeira reencarnação que tentamos trabalhar a seu serviço, nem será a última em que caímos muitas vezes devido as nossas falhas. todos nós temos falhas, o mais importante é o sentimento e a determinação em vencê-las. Algumas pessoas tentam vender a imagem que Doutrina Espírita é apenas pensamento positivo e tudo ficará ok. na minha opinião Doutrina Espírta é fonte de esclarecimento para conhecermos os porquês e praquês dos sofrimentos diversos que passamos nesta escola, e para nos lembrar do caminho certo que nos guia para a felicidade - o amor e a caridade, sentidos, vividos e praticados principalmente para com o próximo; já dizia o evangelista "o amor cobre a multidão" de nossos erros tão constantes; o amor em forma de trabalho e auxílio.

a consciência de que temos um compromisso maior e uma responsabilidade "social" em sermos coerentes com a nossa posição é também um dos pontos a ser abordados, afinal muitos podem dizer "senhor, senhor" e poucos agirem com ele no coração.

nossas obras devem falar por nós. mesmo muitas vezes quando estamos em silencio as obras revelam-se e terminam por esclarecer alguns enganos e erros que as pessoas podem cometer para conosco. todos somos julgados e medidos pelas pessoas que nos cercam, e nem sempre são medidas justas e corretas, o que no mais das vezes nos entristece. mas devemos buscar semear o melhor que pudermos para colhermos o resultado. Pelos frutos se reconhecerá a árvore.

sejamos nós esta árvore frondosa que oferece frutos a todos, mesmo aqueles que tentam derrubá-los com pedradas.

Estou sempre as ordens para tentar auxiliar no que for possível.

Muita paz para você.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...