Missão Cumprida...


Estampa uma matéria da folha online o seguinte título:
Menina anencéfala morre com 1 ano e 8 meses em Franca (SP)


A qual reproduzimos abaixo:

A menina Marcela de Jesus, de 1 ano e 8 meses, morreu na noite de sexta-feira (1º), em Franca (398 km de São Paulo). A criança, que nasceu sem o cérebro e surpreendeu os médicos pelo tempo de vida, sofreu uma parada cardíaca por volta das 22h.

De acordo com a pediatra de Marcela, Márcia Beani Barcellos, a menina estava bem na manhã de ontem, até a mãe perceber um problema respiratório após alimentar a criança, por meio de uma sonda. Encaminhada à Santa Casa de Patrocínio Paulista (411 km de São Paulo), os médicos detectaram que a criança tinha aspirado o leite, comprometendo o funcionamento de um dos pulmões.

No início da tarde, Marcela foi transferida à Santa Casa de Franca, onde foi encaminhada para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para que pudesse respirar com a ajuda de aparelhos. Ela, porém, não resistiu e morreu ao lado dos pais e da pediatra que a acompanhava.

O enterro da menina ocorreu por volta das 17h deste sábado, em Patrocínio Paulista.

Para Humberto Leal Vieira, presidente da ONG Pró-Vida e Pró-Família, o tempo que Marcela viveu foi suficiente para provar que a "criança anencéfala, realmente, não está morta no ventre da mãe". Mesmo lamentando a morte de Marcela, Vieira salienta que os quase dois anos de vida da menina "foram suficientes para que recebesse o carinho dos pais".


Esta pequena notícia, embora respeitosamente reidigida, não faz justiça ao tamanho da missão desempenhada por esta pequena criança em nossa sociedade.

Em um momento onde a terra se envontra descrente religiosa e cientificamente; onde a necessidade da crença em algo maior se faz mais presente que nunca; este pequeno ser nos mostrou que é possível contrariar as "certezas" humanas e vencer.

Não há como sabermos se o caso de Marcela foi uma prova ou expiação; quem sabe até uma missão divina? Mas comcerteza veio forçar uma renovação nos conceitos estabelecidos pelos "doutos e prudentes". Onde termina o cérebro? onde começa a mente? Existe o espírito?

Apenas podemos agradecer a esta pequena grande criança pela oportunidade de conscientizar a humanidade que a vida não se restringe as capacidades do vaso físico.

Muito Obrigado Marcela! Que deus te guie.

outras reportagens sobre o assunto:

Mãe diz que filha anencéfala foi "presente divino"

STF deve julgar aborto de anencéfalo até novembro

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...