Perguntas dos amigos...


Queridos amigos, bom dia.

Recebemos através do nosso formulário "Entre em contato" a seguinte pergunta:
"ei existe o ceu e o inferno? ou só exite irmãos que não são educados.....o nosso ser supremo é Deus ou Jesus ou os dois? me explique? porque tenho tudo mas não estou feliz ? pareço magoada triste infeliz sem disposição para fazer nada ? sei que não posso fazer isso pois tenho uma filha e preciso trabalhar.. "

Segue abaixo a resposta enviada ao nosso querido amigo. Vamos dividir com todos para que possamos todos trocar algumas idéias.

"Céu e Inferno no conceito tradicional de locais de redenção e sofrimento eternos não existem. Não há um local onde sejamos forçados a sofrer para sempre, nem um outro local onde as pessoas sejam eternamente felizes; esta idéia é um conceito da idade medieval que muitas igrejas aceitaram como dogmas e que plantam nas cabeças de seus fiéis.

Uma ótima definição de céu e inferno nos deu o sábio Papa João Paulo II quando afirmou "Céu e inferno são estados de espírito"; ou seja: nós carregamos o nosso céu e o nosso inferno interiores, em nossos sentimentos e em nossos pensamentos.

Por este motivo vamos encontrar muitas pessoas que tem poucas posses materiais e estão felizes, enquanto outras que tem muito materialmente estão em sofrimento íntimo; a busca pela paz, pela bondade, pela harmonia ínterior seguindo os preceitos do Cristo vão nos colocar no caminho para um estado de felicidade, e esta felicidade é um predacinho do céu; da mesma forma a busca pelos prazeres materiais, maldade, raiva, vingança e outros sentimentos prejudiciais vão nos colocar no caminho para um estado de sofrimento interior, e este sofrimento que não passa é um pedaço de nosso inferno.

Quando estamos em qualquer uma destas duas sintonias vibramos desta forma, e esta nossa vibração atrai para nós os espíritos que estão na vibrando na mesma faixa; por isso somos sempre acompanhados por irmãos felizes ou infelizes de acordo com o que carregamos dentro de nós. Logicamente que nossos guias e protetores sempre buscam nos orientar e nos proteger, porém eles somente podem fazer alguma coisa se nós ajudarmos; sem o nosso esforço e a nossa participação eles não podem fazer quase nada por nós, a não ser nos inspirar.

Temos um estudo muito completo sobre esta sua pergunta no livro "o Céu e o Inferno" de Allan Kardec; nele temos um profundo e esclarecedor estudo sobre o tema e também, na segunda parte do livro, são apresentadas várias comunicações de espíritos felizes e sofredores; vale a pena uma leitura atenta neste livro.

Nosso ser supremo e pai criador e amoroso é Deus, conforme o próprio Jesus nos diz diversas vezes - "o que me enviou, meu Pai, Pai nosso, o Pai é maior que eu" - e Jesus é o espírito puro que Deus enviou para nos guiar e orientar nos caminhos para o bem e o amor; vamos encontrar explicações sobre isso nas questões 01 a 13 e 625 a 628 de "O Livro dos Espíritos", também podemos encontrar material para leitura nestes links: http://www.bomespirito.com/2008/12/para-melhor-compreender-jesus-parte-1.html , http://www.bomespirito.com/2007/10/jesus-deus.html ; e uma palestra chamada "para melhor compreender Jesus" neste link: http://www.radiobomespirito.com/palestra .

Quando você se pergunta "porque tenho tudo mas não sou feliz?" está implicitamente dando a propria resposta. Percebemos daí que a felicidade verdadeira não pode ser medida em coisas materiais. Por mais que tenhamos dinheiro, objetos, jóias, carros e coisas assim, se não tivermos a harmonia e a paz interiores não seremos verdadeiramente felizes.

Nos esclarec a Doutrina Espírita que a veradeira felicidade é aquela que provém dos bons sentimentos para consigo e para com o próximo; do amor oferecido sem interesse; da caridade praticada de coração... enfim, de seguirmos buscando sempre nos melhorarmos através de nossa reforma íntima.

Muitas vezes sentimos um vazio existencial em nossas vidas e perdemos o rumo e a orientação de nossa caminhada; nestes momentos precisamos fazer uma auto-análise e verificar se estamos realmente com Deus em nossas vidas; Pois na grande maioria dos casos este vazio é a falta de um contato maior e mais profundo com Deus; conversas, orações, pensamentos e fé.

É um momento muito delicado em nossas vidas porque os espíritos menos evangelizados também podem sentir o nosso vazio e aproveitam para investir contra nós nestes momentos de fragilidade; por isso precisamos reforçar nossa fé e nos defendermos utilzando o escudo da oração e dos bons sentimentos positivos.

Quando sentir esta sensação de falta de ânimo e de disposição, levante, mude o pensamento, leia um livro, faça uma prece, saia, passeie, converse com sua filha, vá a casa religiosa, faça algo. Não se entregue! Não se deixe vencer por este sentimento.

Alimente dentro de você bons pensamentos e, com o tempo, os maus "morrerão de fome". Nós somos e vibramos aquilo que acreditamos e queremos; Queira se libertar deste sentimento que ele irá embora, depende de você. Já dizia Jesus "faze por tí e o céu de ajudará".

Espero ter sido de alguma ajuda."

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...