Meu pedido de Natal...


Queridos amigos, bom dia.

Minha mensagem de natal este ano vai ser mais um pedido do que uma mensagem; porque quero humildemente solicitar a todos que avaliemos em nossas mentes e corações o real significado desta época de Paz e Renovação.


Pousemos um pouco nossas mentes atarefadas em reflexão e acompanhemos os passos daquele que veio em missão especial nos ensinar o caminho para o Pai.

Lembremos do perdão que Jesus nos doou, mesmo estando pregado na cruz e sangrando até a morte, com sua mãe em lágrimas aos seus pés e a turba gritando “salva-te!” em vozes repletas de ironia;

Lembremos da expressão de compreensão em seus olhos quando do povo que o aclamava há poucos dias, e aos quais ele havia curado feridas, doenças e almas, se ouvia em altos brados o nome “Barrabás – queremos Barrabás”;

Lembremos de sua coragem quando sendo aprisionado por soldados em um jardim repleto de oliveiras, enfrenta a situação de cabeça erguida e coração tranqüilo e segue, pacífico e pacificador, ensinando ainda que aquele que usa de violência recebe-a de volta, pois tal é a lei;

Lembremos do Mestre dividindo o pão com seus semelhantes, ensinando as últimas lições ou lavando seus pés em exemplos sublimes de fraternidade, humildade e amorosa servidão, deixando para nós a trilha de pegadas a seguir na areia de nossas vidas;

Lembremos da expressão em seus olhos quando, de cabeça baixa, entristecido com as ilusões do mundo, adentrava montado sobre uma jumenta na cidade de Jerusalém, aclamado por um povo escravizado que desejava um rei de lutas e exércitos, sem compreender o presente que trazia aquele mestre da paz;

Lembremos do amor que doava em palavras, curas e milagres espetaculares que ficaram para sempre marcados na história de todas as épocas e que chegam até nos hoje como cânticos de esperança no porvir;

Lembremos da sabedoria de suas palavras quando num sermão, em um monte qualquer, falou a todos que os seguiam e explicou, como ninguém, o caminho para a felicidade e o amor ao próximo;

Lembremos da inteligência deste homem quando, aos 12 anos, surpreendeu os sábios que passaram toda sua vida estudando as escrituras e não tinham ainda a capacidade de explicá-las com autoridade, pois Ele as vivenciava e dividia, ali, com os que não temos ainda, a sua experiência de amor;

Porém lembremos, especialmente nesta época, daquela mulher que acompanhou todos estes passos e conheceu todos os sentimentos de amor e de dor que uma mãe pode sentir. Lembremos da dedicação, resignação, sabedoria e força daquela que acompanhava o homem que, enquanto todos aclamavam como “filho de Deus”, era para ela “seu filho”.


Lembremos, finalmente, da emoção que esta mulher sentiu durante os momentos em que, acolhido no seu colo de mãe, ela olhava para o bebê que buscava seu seio e pensava: Nasceu meu filho. Nasceu Jesus!

E assim, seguindo estes exemplos de amor e dedicação, deixemos os sentimentos menos equilibrados de lado e permitamos que Ele nasça em nossos corações a partir de hoje e para sempre, nos preenchendo com seu amor e força para que possamos ter a inspiração para realizar um amanhã melhor.

Depende de nós; de cada um de nós.

Um natal imenso de felicidade e um Ano Novo repleto de realizações.

Paz com todos.

João Batista Sobrinho

Um comentário:

Kelly disse...

Estou passando para agradecer a você que me acompanhou neste meu percurso.
Não peço nada,nao desejo nada nem coisa parecida. Tantos desejos tantos pedidos que já não vale a pena estar a fazer mais...
Mas...Afinal de contas...Também sou gente e mais um pedido não faz mal a ninguém...
Um simples pedido....
Que as pessoas que eu tanto gosto não me deixem nunca...É tudo...
Feliz Natal para todos os blogueiros...Feliz Natal para todos os Meus Amigos...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...