Perguntas dos amigos...


Queridos amigos, bom dia.

Recebemos através do nosso formulário "Entre em contato" uma mensagem de uma amiga de Portugal que nos escreve:
"... deu-me uma sonolencia de repente e dormi um bocado mas tive um sonho tão esquisito só me lembro de algumas partes ...

eu no meu sonho eu vi uma luz ........ essa luz se aproximava de mim .... depois não me lembro de mais nada. há um bloqueio que nao consigo me lembrar ......
depois eu estava num jardim tão lindo ......com tantas flores .... árvores tava muita gente nesse jardim e tava lá uma jovem que eu nao sei te explicar ..... mas me parecia tão familiar ..... nao sei te explicar parececia que a conhecia donde não sei...... ela me levou com ela para um outro sítio mas não me recordo do sítio ......... pois só que o mais interessante .....é que eu senti um cheiro agradável por vezes pois eu sinto exactamente o mesmo cheiro ...

como é que posso recordar ...... se não me lembro..... é tão complicado ....... porque só me lembro de certas cenas ........como faço para desbloquear se sabes me diz por favor ........tenho de fazer algo e isso? será que isto tem a ver com a minha vida passada?? sera que aquela jovem era eu ??? aquela jovem e-me familiar senti isso .......
sim isto é muito giro... sonhar ..... e nao me lembrar .... o porque de não me lembrar ...... das outras partes.....

mas tenho a sensação que aquela jovem eu a conhecia ...... e ela me levou para um sítio qual nao sei..... e o cheiro .... pois .....tdo muito estranho isto.....
o jardim era lindo nem imagina .... nao sei lhe explicar tipo um lugar encantado nao lhe te explicar mesmo cheio de flores arvores e tava muitas pessoas e no meio delas tava aquela jovem porque??? e isso q nao entendo o pk daquela rapariga tar ali e me levar com ela para a algum lado .... o problema é bloqueio aí ....
e eu lhe juro que eu gostava de saber para q sítio e o q fui fazer lá sim porque para ela me levar tem alguma explicaçao .......
que cena!!!!
sabe me dizer o que siginfica estar para alem do espiritual?????? ..."


Segue abaixo a resposta que enviei para nossa querida amiga:

"Prezada ____________, bom dia.

Não respondí sua mensagen antes porque estava viajando... este final de ano (como todos os anos) é bastante corrido para mim porque tenho que preparar uma série de coisas, tanto no trabalho material quanto no trabalho espiritual, porque em janeiro viajo de férias com a família e somente retorno no final do mês. Aí tenho que adiantar o máximo possível.

Sei que o que você deseja, assim como a maioria de nós encarnados, é uma resposta que interprete os fatos relatados e te diga exatamente o que acontece. Porém, em se tratando de mundo espiritual, nunca podemos afirmar nada com 100% de certeza, pois cada caso é um caso e a cada um é dado de acordo com seus merecimentos e necessidades, compreende? Desta forma nunca teremos uma interpretação certa ou errada - cada evento representa um evento único e deve ser tratado como tal.

Pelo que você nos explica em seus e-mails, o mais próvável de haver acontecido, como você mesmo já pôde perceber, é um contato com alguém um pouco mais evangelizado que nós, em um local de tranquilidade e paz.

Resta agora saber o porque disso, não é mesmo?

Martins Peralva, em sua obra "estudando a mediunidade", nos fala sobre os sonhos e caracteriza três tipos principais; dentre eles o que ele chama de "sonhos espirituais" - são sonhos onde visitamos ou recebemos a visita de entidades que nos auxiliam ou prejudicam e dos quais temos a lembrança quando acordamos, mesmo que não a tenhamos completa e que apareçam apenas flashes em nossa memória, nós sempre podemos sentir a presença e as sensações novamente.

O motivo de não nos lembrarmos destes sonhos na íntegra é porque a espiritualidade deseja nos transmitir alguma mensagem mais direta, porém precisa que nós nos esforcemos para compreendê-la e praticá-la - e para isso é necessário a nossa participação através da auto-análise, identificando nossos pontos falhos e fortes, de acordo com a necessidade do nosso momento.

Já ví fatos onde em momentos de grande aflição para determinadas pessoas a espiritualidade a levava para um local muito bonito e florido, com sons e cheiros agradabilíssimos, e conversava com a pessoa para acalmá-la - no outro dia a pessoa não lembrava o que haviam conversado nem lembrava completamente do espírito que havia conversado com ela, mas SABIA que não estava só para enfrentar os problemas e sentia uma grande paz e tranquilidade em seu íntimo.

Outras vezes, como aconteceu comigo quando escreví o meu primeiro livro, tive um sonho(do qual não me lembro totalmente assim como você) em que via o local de pesquisa e criação do livro na espiritualdade e onde estava junto comigo uma pessoa da qual não consegui ver o rosto, mas estava a me orientar; ainda enquanto no sonho uma pessoa que me gosta muito disse pra mim: "meu filho eles não gostam de quem faz isso não" certamente se referindo aos espíritos menos evoluídos e demonstrando seu carinho por mim (mesmo que no mundo carnal ela não lembre) e quando estava acordando ouvi nitidamente em minha mente a frase " a vida e os vivos" - e este foi o título que dei ao meu primeiro trabalho.

Ou seja, é necessário ter a certeza que a espiritualidade está conosco em nosso dia-a-dia e que nos orienta sempre da melhor forma possível; e os sonhos - o momento em que todos estamos desdobrados no mundo espiritual - são a melhor oportunidade para que eles consigam fazer isto porque estamos todos nos encontrando pessoalmente.

Porém, graças a "prisão" do corpo, que entorpece as lembranças do espírito, alguns de nós sentem ao acordar somente a sensação que algo muito bom ocorreu durante à noite e guardam aquela sensação boa junto consigo com esperança. Outros tem a felicidade de merecer lembrar de alguns pedaços destes momentos agradáveis de orientação e buscar com mais efetividade o significado daquela orientação. Outros ainda, por esforço incessante no trabalho do bem, tem a graça de lembrar de todos os detalhes e poder implementar em sua vida carnal as orientações recebidas dos amigos espirituais.

No final o mais importante é saber "o que fazer" e "como fazer" - e o melhor exemplo para isso é seguir a Doutrina deizada pelo Cristo, pautada no amor e na compreensão de Deus no próximo.

Espero ter sido de alguma ajuda e não hesite em entrar em contato caso surja mais alguma dúvida.

Paz contigo e família."

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...