Mediunidade e sintomas 2 - Perguntas dos amigos...


Queridos amigos, bom dia.

Recebí recentemente através do nosso formulário "Entre em contato" uma mensagem de um amigo que nos escreve em dois momentos, que seguem abaixo:
"...Sinto insônia,sono conturbado,calafrio no corpo todo ,mudanças de humor de uma hora pra outra sem explicaçoes e motivos,as vezes fortes dores na nuca e um peso enorme no corpo principalmente nas costas e no ombros.as vezes escuto vozes , vejo vultos , sinto presenças ou sensação de estar sendo observado,tambem as veses sou intuitivo com as pessoas,e pressinto situaçoes..."

Ao qual respondi como segue abaixo, para verificação:

"Prezado ______________, boa tarde.

Os sintomas indicados por você PODEM ter a ver com alguma sensibilidade mediúnica, porém antes de qualquer posicionamento de sua parte é importante observar alguns pontos.

1) Allan Kardec na questão 159 de "O livro dos médiuns" nos esclarece que TODO aquele que sente a influencia dos espíritos é, por isso mesmo, médium; porém é importante entender que na prática se define como médium aquele que demonstra sensibilidade mediúnica OSTENSIVA - ou seja tem contato direto e frequente com o mundo espiritual. No entanto não é improvável que possamos estar diante de um despertar de sua sensibilidade.

2) Estes sintomas, além de mediunidade, também podem vir a representar, olhando pelo lado espiritual, um processo obsessivo em estado adiantado. Sabemos, pela literatura Kardequiana e pelo espírito André Luiz, que em processos obssessivos podem vir a ser despertadas, por algum período de tempo, as capacidades medianímicas que tenhamos, devido a forte influencia espiritual e ao desequilíbrio que isto venha a trazer. Uma vez identificada esta influencia e afastados os espíritos em questão a pessoa retorna a sua normalidade. Assim, também não é impossível que possa estar acontecendo este tipo de influencia com você, que melhor do que ninguém sabe o que pensa e o que faz, determinando assim por que tipos de espíritos anda acompanhado.

3)Processos reencarnatórios e resgates individuais podem nos trazer de volta ao mundo físico com a necessidade de reparação em nós mesmos, e assim renascermos com algumas tendencias neurológicas ou comportamentais que venham a despertar, na fase programada, sintomas muito parecidos com estes relatados acima; e neste caso, com causas físicas/materiais é necessário o acompanhamento clínico para que possamos controlar e cuidar destes sintomas. Também esta é uma possibilidade que precisa ser verificada.

Perceba que não estou afirmando que seja nenhuma das possibilidades acima, nem dizendo que não seja. Existem ainda muitas outras que poderiam ser listadas aqui e que não relatei por questão de estas serem as mais comuns.

Uma vez que você me envia um e-mail com o título "mediunidade" acredito que você deva acreditar na comuncação com os espíritos e que, seria lógico pensar assim, concorda com os ensinamentos da Doutrina Espírita, correto? Sendo assim o melhor para você fazer no momento é buscar orientação em uma casa espírita séria, que você deve conhecer aí na sua cidade.

Acho que é importante realizar um atendimento fraterno e solicitar uma consulta espiritual, para que após o resultado seja verificado o que deve ser feito.

Normalmente em casos assim é orientado um tratamento para reequilíbrio dos centros de força e também para afastamento de qualquer espíritos que estejam nos rodeando. A participação nas reuniões, ingestão de água fluidificada e leitura de livros edificantes também é muito recomendável. Indispensável a prática da oração - conversa com Deus e com os Espíritos amigos - para que se busque o sentido de conhecer a sí mesmo e iniciar a reforma íntima.

Após este primeiro tratamento, caso continuem os sintomas - que neste momento deverão estar bem mais controlados e sutis - acredito que deva ser o momento de iniciar estudos sobre a mediunidade e aprofundar os conhecimentos sobre Espiritismo em geral. Normalmente as casas dispõem de uma reunião especial para estudos.

Não é o momento de buscar "desenvolver" mediunidade nem de "trabalhar" na sala mediúnica. Mediunidade é coisa séria e santa (como dizia kardec) e deve ser tratada com muito respeito. Apenas após reequilibrar suas energias e adquirir o conhecimento necessário é que se deve buscar maiores vôos; se for este o seu caso.

Entenda também que, embora eu particularmente tenha o maior respeito e admiração por todas as religiões e casas espiritualistas, o local correto para estudar mediunidade e espiritismo é em uma casa espírita orientada por Jesus e Kardec. Não acho conveniente participar de casas onde existem afirmações como "você é medium, tem que trabalhar!" ou "se você nao desenvolver vai se prejudicar" ou ainda "venha, entre na sala mediúnica e comece logo a trabalhar"; pessoas que se comportem assim demonstram grande DESCONHECIMENTO de tudo que se estuda em "o Livro dos Médiuns" que é a melhor e maior compêncio sobre mediundiade que já foi escrito.

Busque auxílio em um centro próximo a sua casa, mas procure conhecer o centro e ver se está de acordo com a doutrina espírita realmente ou se, como muitos, de espírita somente tem o nome.

Espero ter sido de auxílio para você.

Paz contigo e com os teus."

2 comentários:

Diego disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Ontem estava em casa conversando normalmente com minha empregada quando de repente eu comecei a olhar pra cima e a rodar gritar até cair, depois que cai comecei a me morder a babar de olhos fechados e quando eu abria e via meu marido eu gritava, isso aconteceu por duas vezes até eu abrir os olhos chorando e voltando ao normal. Não lembro de nada que os contei aqui, foi tudo relatado por meu marido e minha empregada. Fiquei preocupada que isso pudesse acontecer de novo e queria entender o que de fato é isso. (NÃO TENHO EPILEPSIA). Obrigada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...