Evolução dos Espíritos...- Perguntas dos amigos


Queridos amigos, bom dia.

Recebí através do nosso formulário "Entre em contato" a seguinte pergunta, infelizmente o amigo que a enviou informou um email inválido para resposta, por isso posto aqui para que ele possa acompanhar a resposta segue abaixo:

"...Prezado João Batista, saudações.
Gostaria de ter esclarecimento a respeito dos espíritos: em uma resposta que deu a uma indagação formulada por um amigo, afirmou, se bem entendi, que o espírito necessita passar por experiências no mundo mineral, vegetal e depois, já mais experiente, encarnar no corpo do homem consciente. Não há a possibilidade de o espírito ocupar, digamos assim, o corpo do ser humano sem ter passado por essas experiências, evoluindo a partir daí? Outra pergunta: se o mundo espiritual é anterior ao mundo material, como se deu a evolução dos espíritos que já habitavam esse mundo espiritual, já que não tiveram condição de aprendizado pelo mundo da matéria. Obrigado pela oportunidade de me esclarecer mais essas dúvidas. Um grande abraço. ..."



"Olá ___________, bom dia.

Como sempre seus questionamentos são bastante interessantes.

Já temos hoje a consciência que todos os seres vivos tem dentro de sí uma energia vital (definição científica) que fornece a vida para aquela matéria - O espiritismo vai mais além e informa que esta energia tem um nome e uma função específica e que, ainda mais, todas foram criadas iguais - simples e ignorantes - destinadas a evoluir e tornar-se algo maior.

No momento de sua criação esta energia - que neste ponto recebe o nome de mônada espiritual ou princípio espiritual - está apto para iniciar a sua escalada evolutiva, trazendo dentro de sí todas as sementes que necessita para atingir o estágio final de sua evolução; Esta evolução se dá lenta e gradualmente em todos os reinos da criação e em diversos planetas ao redor do universo, passando por diversas existencias e experiencias sob as formas mais diversas, e seguindo uma ordem de complexidade que vai do mineral ao animal

É importante, porém, perceber que este princípio vai evoluindo não apenas em suas sensações, sentimentos e inteligencia, mas que vai também modificando o seu teor energético, se depurando sempre mais, e se caracterizando melhor como energia espiritual até o momento em que está pronto para ingressar no reino hominal pela primeira vez, quando então passará a ser caracterizado finalmente como espírito.

Compreendemos, então, que tudo está encadeado e que não é o percurso natural para o ser espiritual pular etapas pois, como disse Einstei sabiamente, "a natureza não dá saltos". Seriam incompatíveis a fisiologia espírito x corpo, a capacidade intenctiva x cérebro, o capacidade de entendimento x mente e, principalmente, o teor energético seria incompatível com o estado da matéria.

Isto poderia ocasionar desencarne, estagnação, incapacidade motora e de percepções, etc. Pois caso fosse um espírito menos evoluido encarnar em um corpo mais evoluido ele não teria as sinapses espirituais necessárias para comandar aquela matéria; caso um espírito mais evoluido fosse encarnar em um corpo menos evoluido haveria um choque anímico que provavelmente causaria a morte do corpo físico.

Allan Kardec nos fala um pouco a respeito disso quando em "o livro dos Médiuns", capítulo 22, ponto 236, transcreve uma mensagem bastante elucidativa do espírito Erasto - vale a pena a sua leitura.

Quanto ao seu outro questionamento, vou me limitar a citar Shakespeare " existem mais mistérios entre o céu e a Terra do que sonha a nossa vã filosofia"... :-)

Nas questões 76 a 83 de "o livro dos espíritos" vamos encontrar algumas colocações sobre a criação e origem dos espíritos; notadamente na questão 83, que tem uma sintonia espetacular com as questões 17 a 20 do mesmo livro, vamos encontrar que: "Há muitas coisas que não compreendeis, porque tendes limitada a inteligência. Isso, porém, não é razão para que as repilais..." confirmando o que os espíritos afirmam na questão 17 e 18: "Deus não permite que ao homem tudo seja revelado neste mundo... O véu se levanta a seus olhos, à medida que ele se depura; mas, para compreender certas coisas, são-lhe precisas faculdades que ainda não possui.”

Compreendemos, então os espíritas, que Deus cria desde sempre e não tem parado de criar - Jesus já nos falava isso quando afirmou "meu pai ainda hoje trabalha"(João 5:17) - e que inúmeros espíritos, em inúmeros mundos, criados anteriormente (qual a idade ou o limite do universo? LE 48 ) auxiliam na evolução dos que são mais jovens, bem como estes mais jovens trabalharão pelos que serão criados no futuro; mas temos a consciencia de nossa limitação ainda para conhecer tudo.

Alguém (que não me lembro) teve a felicidade de afirmar que nós estudamos ainda o perispírito, no mundo espiritual se estuda o espírito e os espíritos evoluidos estudam a Deus... talvez quando chegarmos lá teremos a informação que você solicita; por enquanto acredito que devamos nos ater ao que Ele permite que saibamos através de seus enviados celestes na ciência, na religião, na sociedade e, principalmente, a busca pela nossa própria evolução, através da escalada do amor dentro de nós.

Acredito que certamente ainda nesta Terra não conheceremos toda a verdade, mas apenas a parte dela que nos cabe dentro de nossas limitações - talvez porque ela seja imensamente complexa ou até porque seja tão simples que não aceitaríamos, quem sabe? O que sei, entretanto, é que seguindo as diretrizes que nos foram traçadas por Jesus e compreendendo os esclarecimentos que são trazidos pela Doutrina Espírita juntamente com a Ciência, poderemos buscar a paz e harmonia que desejamos desde sempre, sabendo o porque das coisas e como evitá-las, tornando melhores a nós mesmos e aos que nos observam.

Espero ter sido de alguma ajuda. Desculpe se não respondí como desejava.

Paz contigo."

3 comentários:

Socorro Melo disse...

A resposta foi bastante esclarecedora, pelo menos, pra mim.


Gd abraço
Socorro Melo

nVqvNv disse...

Suas respostas abrem imensamente nosso campo de visão, clareiam nossos conhecimentos! Obrigada.

MAURÍCIO ARANTES disse...

Resposta sensata que traz uma lúcida interpretação dos ensinamentos trazidos pela Doutrina Espírita,mostrando sua coerência e racionalidade, bem como nos fornece embasamento para estudo e utilização em preleções, e demais meios de divulgação, pela qual agradeço.
Um abraço!

Maurício

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...