Divulgação de Evento




Maiores Informações
http://www.entremediuns.com.br/

QUINTA, 28/4 (Prévia)
Culto de Louvor | Robson Pinheiro
* O culto de louvor será realizado na Sociedade Espírita Everilda Batista
R. Turquesa, 308, Bairro São Joaquim, Contagem, MG

SEXTA, 29/4
Palestra de abertura com José Medrado | O fim dos tempos

Participação restrita a inscritos previamente:
SÁB, 30/4
Palestras:
Expurgo planetário: hora da seleção dos espíritos | Cláudio Zanatta
Os filhos das estrelas | José Medrado
Característica dos espíritos degredados | Djalma Argollo
Lançamento de livro com Robson Pinheiro

DOM, 1/5
Palestras:
Mundo primitivo: um novo lar | Irineu Gasparetto
Higienização do umbral | Djalma Argollo
Músicas mediúnicas | Irineu Gasparetto
O fim dos tempos e os tempos do fim | Robson Pinheiro


O aborto pode ser "missão" do espírito - Perguntas dos amigos



"... Prezados Senhores, Minha pergunta é., quando você faz um aborto, voce tira a vida, passe-se o tempo essa criança quando vem ao mundo ela morre. podemos dizer que ela veio cumprir sua missão, o seu tempo curto por um erro do passado......"

Prezado ___________, bom dia.

Vou tentar fazer minhas colocações dentro do que compreendi de seu questionamento, portanto perdoe caso não seja esta a resposta desejada.

As condições do espírito antes, e também depois, de um aborto variam imensamente de caso para caso, pois cada um é um universo individual e que tem seus fatores a agir de forma a criar a nova realidade que o espírito necessita.

Existem muitos casos de aborto, notadamente os naturais, em que o espírito somente precisava passar alguns dias ou meses agregado à materia, ou deixar na matéria algum problema perispiritual, e onde após aquele período necessário ele se desprende e ocorre o abortamento natural; que neste caso teve dois objetivos unidos porém distintos: auxiliar o espírito no processo evolutivo e ensinar, através da dor, o valor da vida para os pais.

Em abortos provocados o caso se difere bastante, pois na maioria das vezes o espírito necessitava nascer para cumprir a sua programação e os pais - ou responsáveis pelo abortamento - estão cometendo crime grave frente a vida e frente a Deus. Gerando para si mesmos débitos que serão resgatados mais no futuro.

Então, podemos afirmar que os abortamentos naturais são - em sua imensa maioria - programados para ocorrerem por necessidades do espírito reencarnante e dos pais. Nestes casos, quer sejam por necessidades fluidicas, físicas, psiquicas, resgates ou tempo, os envolvidos estão se auxiliando mutuamente e seu processoe evolutivo não está prejudicado, mas sim correndo da maneira necessária.

E que nos abortamentos provocados existe uma interrupção do processo reencarnatório, sendo esta a causa que virá a gerar efeitos no futuro, como forma de resgate para os envolvidos diretamente.

Espero ter auxiliado de alguma maneira.

Paz contigo

Sensação que espírito se recusa a aceitar desencarne - Perguntas dos amigos



"... Minha mãe desencarnou em ___/___/1981 rápidamente ou seja sem ter nenhuma doença grave e tempo pra entender o q iria acontecer em 11 dias, pois sofreu um avc em ___/___/81 e faleceu na data acima citada desde então eu tenho a sensação de q ela ainda continua se recusando a aceitar essa situação como saber e onde ir a procura dest resposta? obrigada desde já....."

Prezada _____________, bom dia.

Muitas vezes as mortes rápidas realmente não dão ao espírito a oportunidade de absorver o que está contecendo e cria a possibilidade de uma revolta ou inconformismo com a separação dos entes queridos.

Nestes casos o espírito pode ficar acompanhando alguns dos parentes ou em casa ou até vagando sem destivo buscando algo que muitas vezes não sabe o que realmente é.

Em todos os casos, entretando, nunca estão desamparados e sempre estão sendo observados e cuidados pelos irmãos socorristas que, no momento em que o espírito se encontra pronto para ser auxiliado, entram em ação levando-o para um local de auxílio.

Este auxílio pode demorar mais ou menos, dependendo do estado mental/psíquico do desencarnado e por isso é tão importante o nosso auxílio ao desencarnado através de nossas preces e vibrações positivas.

Perceba que sempre que enviamos vibrações engativas - desespero, revolta, insatisfação, dor - estamos "atrasando" o auxílio ao nosso espírito querido pois ele tenderá a ficar cada vez mais sintonizado conosco por conta de nossa própria invigilância e falta de paz.

Quando, ao contrário, enviamos vibrações positivas, com fé, esperança e amor - mesmo que estejamos tristes - são os fluidos e sentimentos necessários para que o nosso espírito querido se sinta fortalecido e amparado para mudar sua frequencia e poder ser auxiliado.

Também existem situações em que desencarnes como este de sua mãe já são programados e preparados para ocorrer, de forma que ela já em coma seria auxiliada pela espiritualidade.

Acredito que, em relação a esta sensação que você tem, deva buscar dentro de sí se realmente sente como uma "intuição" a respeito dela ou se é um sentimento de "inconformismo" seu que sua mente disfarça como uma preocupação com ela - isto é muito importante porque são dois fatos totalmente distintos e que um deles pode estar prejudicando ela por conta de seus sentimentos - que, desculpe a palavra, egoisticamente podem não querer admitir o afastamento e a ausência dela - espero que compreenda o que estou dizendo aqui como uma possibilidade e não como uma acusação.

De qualquer forma o melhor processo para que ela possa ser auxiliada e amparada onde estiver é através de suas orações em intenção dela - que deverão enviar energias salutares e equilibradas para ela.

Você pode também procurar uma casa de oração séria - orientada por Jesus e Kardec - e buscar fazer uma consulta espiritual para você e para ela. O resultado será informado e você será orientada no que fazer, caso seja necessário algum tratamento.

Espero ter sido de alguma ajuda.

PAz contigo.

Vamos nos unir e AJUDAR!!!!



Queridos, amigos, bom dia.
 
O Núcleo Espírita Missionários da Luz está em grande necessidade de auxílio, pois parte de seu telhado caiu com as chuvas em Recife e precisa do nosso apoio para continuar com os trabalhos da Evangelização Infantil.
 
Vamos ajudar no que pudermos e também enviar esta mensagem a todos os nossos contatos, para que possam ter a oportunidade de auxiliar a quem precisa e trabalha pelo bem do mais fraco.
 
Espero em Deus que todos possamos fazer a nossa parte, maiores informações na imagem abaixo.
 
Paz com todos.



 





--
           João Batista Sobrinho
      -----------------------------------------
          www.bomespirito.com
       www.radiobomespirito.com
www.biblioteca.radiobomespirito.com


Egito e Exilados de Capela - Perguntas dos amigos



"... Querido João Batista, espero que tenha tido ótimas férias em família. O que me faz procurar pelo seu esclarecimento é a colocação do querido Emannuel, no livro A Caminho da Luz, no capítulo IV, sobre a civilizãção do Egito, o mesmo afirma que os egípcios eram daqueles degredados os que menos débitos tinham, diante de seus elevados padrões morais em seu antigo orbe. Então pergunto:se os mesmos eram mais elevados moralmente, mereceriam ser exilados? Quando chegar o momento de o nosso planeta passar pela transformação em um mundo de regeneração, necessitando separar aqueles menos elevados para não mais encarnarem aqui, quão bons teremos que ser para não sermos também exilados em outro local do Universo? Obrigado mais uma vez pelo esclarecimento. Muita paz....."

Prezado ______________, bom dia.

Obrigado pelo seu carinho. Sim, as férias foram espetaculares e bastante proveitosas; conhecemos muitas coisas novas e nos divertimos muito em família, graças a Deus.


Antes de inciar a comentar sobre seu questionamento gostaria de fazer uma observação sobre todo este processo, o da "regeneração" e do "degredo" ou, em outras palavras, da "limpeza espiritual do planeta".

Muitos de nós, ao meu ver, observamos este processo com os olhos errados - com a ótica errada - normalmente enchergamos como um castigo para os que não permanecem no planeta e como uma punição de Deus para os que são maus.

Ao meu entender o processo não deve ser definido assim. Devemos ter em mente que este é um processo natural pelo qual passam, passaram ou passarão TODOS os planetas de TODAS as espécies do universo - e não somente uma vez em sua existencia, mas sempre que estiverem sendo modificadas as caracterísiticas fluídicas/morais de um planeta.

Esta "transição" de um mundo para outro, muito diferente de um banimento brutal, acontece de modo natural, através da sintonia fluidica do espírito que deixa de ser compatível com o mundo em que está e que é atraído para outro onde estará na mesma condição.

É como se fosse a situação do mergulhador que caso fique sem o equipamento embaixo da água é naturalmente impelido à superfície.

Nestes mundos aonde irão eles não estarão em sofrimento, mas em um mundo onde poderão continuar sua caminhada do mesmo ponto onde pararam no anterior - como quando mudamos de casa, bairro ou cidade; tudo muda mas continuamos os mesmos (Não sei se me faço compreender claramente).

Por este motivo não devemos temer este momento de transição, ao contrário, devemos seguir em frente e nos esforçarmos para sermos hoje melhores que ontem e amanhã melhores que hoje - não por medo de ficarmos aqui ou não... mas pela nossa própria necessidade de sublimação constante, compreende?

Retornando à sua colocação, não pude deixar de abrir o livro "a caminho da luz" para verificar a passagen indicada por você, e tomo a liberdade de transcrevê-la aqui para nossa reflexão: " Dentre os Espíritos degredados na Terra, os que constituíram a civilização egípcia foram os que mais se destacavam na prática do Bem e no culto da Verdade. Aliás, importa considerar que eram eles os que menos débitos possuíam perante o tribunal da Justiça Divina. Em razão dos seus elevados patrimônios morais, guardaram no íntimo uma lembrança mais viva das experiências de sua pátria distante."

Acho que a colocação de Emmanuel é que dentre os que vieram à Terra os egipcios eram os que mais tinham uma moral avançada, porém ele não se coloca em relação aos que ficaram em Capela; Acredito que deveria ser imensamente mais avançada do que dos egipcios. Fica claro que o que ocorre aqui é que durante a transição do planeta "capela" aqueles que ainda estavam fluidicamente ligados a orbes de provas e expiações foram migrados para a Terra - onde poderiam seguir em frente com sua elevação.

Devido ao misto que é uma população planetária é evidente que MUITOS níveis morais e espirituais foram atraídos para o nosso orbe, e a Misericórdia divina permitiu que os menos embrutecidos - ou mais moralmente avançados - constituissem a civilização egípcia e tivesses a oportunidade de crescer em conjunto - juntamente com toda uma civilização.


Percebamos, porém, que mesmo estes menos embrutecidos não eram tão suficientemente avançados a ponto de abolir as guerras, diferenças sociais, escravatura, sacrifícios, politeísmo, zoomorfismo e antropomorfismo, etc. - e se aceitavam este tipo de comportamento naturalmente é porque ainda tinham algum caminho para trilhar em sua evolução, compreende? Por este motivo me atrevo a afirmar que mesmo sendo os mais moralmente avançados que vieram à Terra ainda eram muito menos adiantados que os que ficaram em Capela.

E então, comentando sobre seu segundo questionamento, acredito que não seja "o quão bons teremos que ser" mas o quando estamos conscientes de nosso estágio evolutivo e o quanto estamos dispostos a melhorar - pois acredito que a vida leva muito mais em conta o sentimento/inclinações/objetivos do que os fatos em sí.

A mudança é inevitável e muitos de nós seremos migrados a outros orbes não como castigo, mas como necessidade de crescimento contínuo - porém não pense que a vida será um mar de rosas para os que ficarem na Terra de Regeneração.

Todas estas mudanças trarão também destruições, catástrofes, tragédias e coisas assim e, para os que permanecerem, ficará o árduo, porém gratificante, trabalho de reconstrução de uma nova civilização.

Acho realmente que não devemos os preocupar em "irmos" ou "ficarmos" mas em "fazermos a diferença" e aprender a viver o evangelho de Jesus - se conseguirmos fazer isto estaremos em paz onde estivermos.

Espero ter auxiliado em algo.

Abraços amigo.

Paz contigo.

Oração do Pastor Joe Wright


Recebi esta mensagem de uma querida muito querida e pesquisei para buscar a veracidade do fato - pelo que encontrei na internet realmente aconteceu. a oração original pode ser lida e escutada aqui: http://web.archive.org/web/20010205155900/http://centralcc.org/joe.html

Talvez a história abaixo esteja um pouco enfeitada, não sei, mas as palavras da oração são realmente muito bem colocadas de maneira a nos fazer refletir.

Paz com todos.
-----------

Oração de Joe Wright


No dia 23 de Janeiro de 1996 realizou-se a cerimónia de abertura dos
trabalhos da Casa Legislativa do Estado do Kansas (EUA), na cidade de
Topeka. Por lá estava o Pastor substituto Joe Wright, o qual foi
convidado a dizer algumas palavras em reverência ao momento. Eis que, para
espanto geral, ele sacou da memória uma *oração de autoria do pai de Bob
Russell, da Igreja Cristã de Louisville, Kentucky (EUA), iniciando uma
das maiores polêmicas que aquele lugar já tinha visto! Transcrevo, a seguir,
suas palavras:

“Ó, Senhor, sabemos o que diz Sua palavra, ‘maldição aos que chamam o mal de
bem’, mas é exactamente o que temos feito.
Nós temos perdido o equilíbrio espiritual e invertido nossos valores.
Nós confessamos que temos ridicularizado a verdade absoluta da Sua palavra e chamado a isto pluralismo moral.
Nós temos adorado outros deuses e chamado a isto diversidade cultural e espiritualidade dos novos tempos.
Nós temos cometido adultério e chamado a isto um caso. Nós temos aprovado a perversão e chamado a isto estilo de vida alternativo.
Nós temos explorado os pobres e chamado a isto destino.
Nós temos negligenciado os necessitados, e chamado a isto gestão económica.
Nós temos recompensado a inércia e chamado a isto bem-estar social.
Nós temos assassinado nossos filhos que ainda não nasceram, e chamado a isto escolha.
Nós temos sido negligentes ao disciplinar nossos filhos, e chamado a isto desenvolvimento de auto estima”.
Nós temos deixado de executar a justiça rapidamente, conforme Seu comando, e chamamos a isto de devido processo legal.
Nós temos encarcerado ofensores não-violentos ao invés de dar-lhes a oportunidade de uma reparação, e chamado a isto proteger a sociedade.
Nós temos deixado estupradores e assassinos livres para escárnio dos inocentes e chamado a isto justiça”


A esta altura, segundo consta, algumas pessoas já haviam se retirado da sala
em protesto. Mas ele prosseguiu:

“Nós temos falhado em amar nosso vizinho por conta da cor de sua pele, e
chamado a isto manutenção da pureza racial.
Nós temos abusado do poder, e chamado a isto política.
Nós temos cobiçado as coisas de nossos vizinhos, e chamado a isto ambição.
Nós temos poluído o ar com profanações e pornografia, e chamado a isto liberdade de expressão.
Nós temos feito do Dia do Senhor o maior dia de compras da semana, e chamado a isto livre empresa.
Nós temos ridicularizado os honrados valores de nossos ancestrais, e chamado a isto iluminação”.


Como podemos facilmente imaginar, iniciou-se ali uma polémica daquelas
acirradas. Alguns acusaram o Pastor Joe Wright de intolerante, enquanto
outros enalteceram sua coragem. Poucos meses depois, quando o assunto já
estava meio que esquecido, deram a palavra a um parlamentar de nome Mark
Paschall, em uma cerimónia acontecida na Casa Legislativa do Colorado. E
eis que o dito cujo repetiu, letra por letra, aquela que acabou sendo
conhecida como “a oração de Joe Wright ”. Também lá, segundo apurei,
muitas pessoas se retiraram do recinto em protesto, enquanto outras
aplaudiam vivamente. Uns bons 14 anos se passaram desde aquela manhã na
cidade de Topeka, mas a polémica continua, aqui e ali. E tenho que
continuará por muito tempo. Afinal, como dizia Mark Twain, “nada precisa de
tantas reformas quanto os hábitos dos outros”

Fonte: Jornal A Tribuna, de 31 de Janeiro de 2010, página 26.

Ódio e família - Perguntas dos amigos


(Recebi em meu e-mail a mensagem abaixo, mas o endereço de resposta estava errado, por isso estou postando aqui na esperança que nossa amiga possa ler e receber a resposta para seu questionamento)

"... ola! tenho um problema muito serio com alguns familiares os mais graves são meu irmão e minha sogra.Tivemos desintendimentos bobos mas que não consigo perdoar de forma alguma,as vezes tento esquecer mas derepente sinto um odio mortal e acho que não serei capaz me sinto mal com isso e tambem tenho a imprensão de ser uma pessoa má,ruim,negativa e invejosa que não merece o amor que tem as vezes acho que esses pensamentos não são meus será que trago tudo isso de outras vidas??? ....."


Prezada ______________, bom dia.

A nossa história passada, nossas escolhas em nossas anteriores existencias, faz com que estejamos hoje em um momento de reajuste do passado e plantio do futuro - TODOS nós, sem excessão.

Perceba que estamos em uma terra de Provas e expiações; o que significa que teremos muito mais aflições e situações dolorosas do que situações de conforto e tranquilidade - porém, é necessário perceber que tudo estará orientado pela "necessidade" e "merecimento" de cada um.

Equivale dizer que cada um de nós retorna (nasce) no lar que precisa e convive com os familiares que necessita - tendo em vista a recuperação de delitos do passado e a superação de nossas limitações, defeitos e sentimentos negativos.

Infelizmente o nosso espírito embora não saiba conscientemente que aqueles com que convivemos são figuras com participações importantes em nosso passado, sente inconscientemente as energias que eles emitem - e assim sente automaticamente atração ou repulsa pelas pessoas - de acordo com o teor das energias sentidas.

Por este motivo é que você tem tão forte dentro de você estes sentimentos por algumas pessoas.

Porém, é imprescindível lembrar, que isto não é apenas uma brincadeira da vida para que no encontremos e nos odiemos mais... pelo contrário. é a oportunidade que ela nos dá de aprendermos a conviver e vencermos os erros do nosso passado através do perdão, do carinho, da convivência fraterna e do ESFORÇO PESSOAL em verncer as más inclinações, como nos convida Allan Kardec.

Não devemos esperar dos outros que se melhorem para conviver conosco e sim nos esforçarmos SEMPRE para aprender a calar, entender, compreender e perdoar. Este é o nosso compromisso.

Cada vez que emitimos este tipo de sentimento negativo nós atraimos os espíritos sofredores que sintonizam com estes pensamentos e eles passam a nos influenciar cada vez mais e vamos cedendo a estas influencias e terminamos por confundir os pensamentos nossos com os deles e vice versa - é aparentemente o que ocorre com você.

Para que possamos eliminar estas influencias a espiritualidade nos dá um caminho certo e direto - porém que exige vigilancia e oração de nossa parte - mudar a nossa sintonia: fazer da oração uma companheira constante, vibrar bons pensamentos para os que desgostamos, mudar nossas atitudes e hábitos menos felizes ou saudáveis, evitar locais que possam nos prejudicar; aprender a ouvir e a calar quando necessário, entre tantos.

O evangelho de Jesus é a orientação segura que precisamos para vencer este tipo de influencia que se incia em nós mesmos e pode atingir dimensões imensas com o auxílio dos espíritos em sofrimento.

Não se preocupe com o que traz ou deixa de trazer de outras vidas; o importante é o que você pode fazer nesta para vencer este círculo vicioso e para se melhorar.

Caso ache, como eu acho para mim, que é uma tarefa muito difícil para se fazer só, busque a companhia de irmãos com a mesma necessidade em uma casa de oração.

Envolva-se em trabalhos de caridade, visitas a abrigos, tarefas sociais, participe de estudos e palestras doutrinárias e, principalmente, busque conhecer o evangelho e estudar os ensinamentos de Jesus - praticando-os no dia-a-dia.

Certamente assim conseguirá vencer este sentimento negativo que traz dentro de sí.

Espero ter sido de alguma ajuda.

PAz contigo.

Cheiro de flores - Perguntas dos amigos



"... eu tive um experiencia na casa da minha mãe. Depois de chegar de um velório de uma pessoa querida senti um forte cheiro de rosas na sala da casa da minha mãe ( obs: o cheiro estava concentrado na sala, fomos no quarto mas não havia cheiro nenhum). E outro dia senti na sala da minha casa mas cheiro não era o mesmo, pois era cheiro de dama da noite o estranho é que não tem dama da noite na rua da minha casa, e nem tenho flores em casa e nem minha mãe. Se alguém puder me explicar o que aconteceu eu agradeço....."


Prezada Amiga, bomdia.

Este fato é mais comum do que você imagina e ocorre com muitas pessoas. DEVE tratar-se de um tipo de mediunidade pouco comentado ou estudado - mediunidade olfativa.

Diferentemente das pessoas que vêem ou falam com espíritos o médium olfativo sente a presença dos espíritos através da percepção de odores nos locais onde frequenta.

Odores bons e perfumes agradáveis normalmente indicam a presença de um espírito amigo; ao contrário os cheiros desagradáveis indicam a presença de um espírito em sofrimento.

É muito importante, porém, antes de qualquer coisa fazer uma busca minunciosa no ambiente e/ou região para se certificar que não está confundindo a percepção mediúnica com odores que podem estar ao nosso redor - perfumes, lenços, apetrechos, flores, árvores, cosméticos, etc...

Espero ter sido de alguma ajuda.

PAz contigo

Os espíritos dormem e Espíritos dos animais - Perguntas dos amigos


"... Amigo João,
Gostaria de lhe fazer mais algumas perguntas em relação ao Livro dos Espíritos. No Livro dos Espíritos, à questão 401, em relação ao sono, temos a seguinte resposta: "O Espírito jamais esta inativo",explicando que enquanto dormimos o Espírito esta acordado. Já ouvi médiuns, porém, falarem que viram tal espírito ainda dormindo em algum hospital.
Minha segunda pergunta é em relação aos animais. Na questão 600 do mesmo livro, temos na resposta a seguinte afirmação: "O Espírito do animal é[...] quase imediatamente utilizado, não tendo tempo de se colocar em relação com outras criaturas".Existem, porém, diversos relatos de pessoas que desencarnaram e estão juntas aos seus animais de estimação nas colônias. Além disso, relato de pessoas que dizem ver animais andando e voando pela natureza são frequentes.
Minha ultima indagação é sobre animais em outros planetas. Segundo o Livro dos Espíritos, existem animais em outros planetas, eles, porém, são mais ou menos perfeitos, dependendo do mundo que habitam. Podemos, ainda, ser animais em mundos mais evoluídos, já que eles são mais perfeitos, ou uma vez como seres humanos, não seremos mais animais em nenhum mundo?
Obrigado pela atenção, espero por sua resposta, como sempre muito boa e atenciosa. ...."



Prezado _____________, bom dia.

Desculpe o longo tempo em responder mas estava am viagem e apenas agora estou atualizando os e-mails.

Quanto aos seus questionamentos vou tentar responder por tópico, para melhor ser compreendido, ok? sendo assim segue abaixo:

1) As sensações, sentimentos e reações dos espíritos são inerentes às suas qualidades intelecto-morais-evolutivas. Ou seja de acordo com o nível que este espírito tenha chegado ele tem maior ou menor domínio e/ou conscienciasobre suas capacidades em desdobramento.

O exemplo dado por você demonstra exatamente o que afirmo - o espírito não precisa dormir, mas quando o físico está cansado demais,ou doente e debilitado, e a mente está "consciente" disso ela plasma no desdobramento exatamente o que deseja... Outro exemplo é que o espírito, sendo imaterial, não sente fio ou calor, sede nem fome - porém vemos inúmeros espíritos angustiados por estas sensações - que são inerentes ao corpo físico, mas que estes espíritos não tem a consciencia da libertação que o desdobramento ou o desencarne dá ao corpo fluídico - continuando limitados pelo que suas mentes "julgam" ser a realidade e a verdade para eles.

Para você ter idéia de até que ponto pode chegar esta limitação existem espíritos que não saem dos cômodos onde desencarnaram ou estão, porque acreditam que não podem atravessar as paredes...

2) Os estudos levantados sobre os animais no mundo espiritual é um dos que, a meu entender, ficou como secundário na implantação codificação, sendo um dos assuntos que deveriam ser revelados e aprofundados a posteriori, através da evolução do espiritismo.

Acredito que muitos animais sejam realmente "redirecionados" poucos momentos após o seu desencarne - principalmente os mais primitivos e de menor inteligência.

Porém o próprio André Luiz em vários livros nos traz informações sobre animais na espiritualidade, e acho particularmente que seria contraditório da criação não dar a estes irmãos a oportundiade de fruir da tranquilidade e harmonia do mundo espiritual por algum tempo, antes de retornar ao caminho evolutivo.

Perceba, entretanto, que devemos utilizar o crivo da razão e verificar as fontes de origem destas afirmações, pois infelizmente a literatura espírita, como qualquer outra, está repleta de interesses comerciais e tem editado obras que verdadeiramente não tem nada de espiritas ou doutrinárias, apenas pelo apelo da "psicografia" - se é um erro acreditar em tudo que lemos sem realizar as devidas observações é um erro muito maior publicar estas coisas sem o devido cuidado e respeito pelos leitores e pela codificação.

Acredito sim que existam animais no mundo espiritual e que eles desempenhem papel importante no ciclo de vida - para mim é mais um passo em sua coleção de experiencias para que possa sair do estado de "princípio espiritual" e se tornar "espírito hominal".

3) Sim, certamente existem animais em outros planetas - até porque não temos condições de viver todas as experiências necessárias para a evolução na Terra; é necessário que o princípio espiritual desfrute das possibilidades de outros mundos - dos mais primitivos aos mais evoluidos - para que caminhe rumo a chegada ao estágio de "espírito hominal"

Não, após chegar ao estágio hominal o espírito não retorna e reencarna como animal, mesmo em mundos mais evoluidos. O que ocorre é que enquanto princípio espiritual vamos escalando os mundos até chegar no animal mais perfeito que possamos ser; para logo após retornarmos ao mundo primitivo para nossa primeira encarnação como ser humano, e aí correr novamente todas as classificações de mundos.

Existe um poema do Sr De Porry, na revista espírita, que diz o seguinte:
"O Verbo Criador dormita na planta, sonha no animal, no homem se levanta; desce de grau em grau para logo subir, brilha na Criação, no conjunto a fulgir, forma nas ondas do éter a imensa cadeia que na pedra começa e no arcanjo se alteia”

Acredito que ele descreva em poucas palavras o que passamos por milhares de anos.

Espero ter sido claro e respondido o que você solicita. Precisando é só entrar em contato.

PAz contigo.

Suicídio do filho - Perguntas dos amigos



"... Por favor, tenho profunda admiração pela doutrina espírita, mas queria encontrar um conforto pois o meu filho no dia ____/12/2010 desencarnou vitima de suicídio, estou muito desesperada com o que leio a respeito, e não entendo , ele era um filho, neto , sobrinho maravilhoso, e não posso acreditar que ele possar estar desamparado em locais como umbral.Por favor me ajude....."


Prezada ___________, bom dia.

Existem diversos fatores que podem levaro indivíduo ao suicídio - morais, sentimentais, profissionais, econômicos, etc... - e não teremos nunca a idéia real do que se passa na mente do nosso próximo... apenas cada indivíduo tem a noção de como andam seus pensamentos e emoções.

Junte-se a isso a influencia espiritual dos sofredores, que podem achar identificação (sintonia) com os sentimentos do indivíduo e assim ampliar, com suas vibrações, os pensamentos e as influencias negativas neste sentido.

A decisão de tirar sua própria vida representa o ato extremo do desgosto, da depressão ou do desespero. Infelizmente, por mais que pareça frio e insensível o que estou te dizendo, é a maior possibilidade de ter acontecido.

Nós, seres humanos, temos a capacidade de mascararmos os nossos sentimentos por trás da carapaça física e isso muitas vezes dificulta aos que nos cercam o real conhecimento de nós e nossos pensamentos.

Outras vezes não somos capazes de enxergar os problemas por que passam os que nos cercam - como um pai ou mãe que não percebe quando seu filho está envolvido com vícios, drogas ou más companhias, até ser tarde demais. Sempre acreditamos que somos "imunes" a estas influencias e iterferências e que os nossos também o são.

Allan Kardec vai discorrer sobre o suicídio de uma forma geral nas questões 943 a 957, e elas podem ser bastante esclarecedoras caso deseje lê-las e, embora muitas pessoas tenham conceitos pré estabelecidos sobre a sorte dos suicidas no mundo espiritual, Kardec afirma com muita segurança que as consequencias do suicídio são muito diversas e seus efeitos não são idênticos para cada espírito.

Deus, que é justiça e bondade, observa antes a intenção do que o ato em sí e, em muitos casos, as consequencias são mais brandas que pintam os pseudo-sábios que julgam tudo o que não conhecem.

É, porém, fora de dúvida que todo suicida irá passar por momentos de sofrimento - maior ou menor, desapontamento, desespero, dor e solidão - mais ou menos fortes de acordo com as suas necessidades e merecimentos.

É também inegável, graças a misericórdia Divina, que podemos auxiliá-lo sempre através de nossas orações e vibrações positivas - aliviando o seu sofrimento e atenuando suas dores. Consolando o nosso ente querido que necessita de nosso carinho e atenção, ao invés de nosso desespero e dor.

Ore e incentive os de sua família a orarem pelo nosso irmão desencarnado, para que ele possa sentir as vibrações unidas em um bálsamo curativo e aliviador para suas chagas e dores. Neste momento é o que ele mais necessita.

Não esqueça também de solicitar auxíli aos amigos espirituais para que possam, assim que for permitido, ampará-lo em sua caminhada e levá-lo a um local onde ele poderá descansar e se recuperar.

Alivie sua mente das idéias de sofrimento e dor, e encha-a de esperança de renovação e paz para o seu filho.

Espero ter sido de alguma ajuda.

PAz contigo.



Saudade de Ente Querido - Perguntas dos amigos


"... Meu pai foi embora em 2006 e naum suporto a falta que ele me faz.Precios de ajuda!?.........pois tenho contatos com ele, através de sonho e ainda me aflijo pelo fato de q ficou em coma durante seis meses, sem se comunicar.Sinto que por causa do silêncio do coma, ele possa ter deixado de dizer algo para nós(família).Me ajudem!. ...."


Prezada _____________, bom dia.

A ausencia dos entes queridos é um dos sentimentos que mais nos abala e entristece - o que é muito natural; entretanto devemos ter o cuidado de não nos deixarmos levar pelos sentimentos mais profundos de tristeza e desespero, pois estes também irão afetar - e prejudicar - os nossos queridos na espiritualidade.

Por estarem em espírito (sem o corpo) eles se tornam muito mais sensíveis aos nossos pensamentos e fluidos que enviamos através de vibrações mentais; por isso mesmos sempre que lembramos deles com dor, tristeza, mágoa, etc... eles estarão recebendo a descarga fluídica destes sentimento e sofrendo as influencias de nosso descontrole.

Estas influencias são sofridas em dois moementos, sendo o primeiro quando recebe a descarga energética deletéria em seu perispírito ocasionando dor, apatia, prostração, angustia etc. e o segundo quando sabe que estamos mal e não pode fazer nada para auxiliar, ocasionando a natural tristeza de um ente querido que nos vê sofrer e não pode ajudar.

Por este motivo, minha amiga, mesmo tendo idéia da sua dor, peço que controle seus sentimentos e pensamentos para que ele não sofra estas influencias.

Estes sonhos que você relata podem ser, inclusive, a ação dele já em pedido de socorro e auxílio, pois pode estar sofrendo em demasia por conta desta ligação fluídica sua com ele.

Além deste aspecto deve se preocupar também com sua saúde física, espiritual e mental - pois processos longos de sofrimento ou de angustia podem levar a estados depressivos, e isto não é bom para o físico nem para o espírito.

Agradeça ao céu que seu pai tenha desencarnado após um período de longo retiro físico, pois normalmente são os desencarnes menos dolorosos para o espírito - pois ele tem tempo de ser preparado e orientado pela espiritualidade quanto à necessidade do desencarne e, normalmente, aceita sem grandes sofrimentos.

Perdoe minha sinceridade mas, acho, que muito desta sensação e deste incomodo com o silêncio pode ter origem em alguma culpa que você sinta interiormente. Talvez algo que acha que deveria ter falado, contado ou algo assim; mas não se preocupe com isto nem se martirize por este fato.

Este silêncio a que você se refere pode ser vencido facilmente a partir do momento em que você se reequilibrar inteiriormente e, em oração sincera, entrar em contato com ele sem o fantasma da dor, da culpa ou da mágoa. Da mesma forma que ele escuta e sente as energias de sofrimento que você hoje envia , ele poderá sentir muito mais as energias e palavras de amor e carinho que você enviar em harmonia com o sentimento de seu coração.

Por isso, minha amiga, busque harmonizar seus sentimentos o mais rápidamente possível para que possa enviar para ele vibrações de amor e paz.

Espero ter sido de algum auxílio.

Paz contigo.



Porque sou diferente? sou de outro planeta? - Perguntas dos amigos



"... Olá João! Preciso de orientações.

Eu sempre me senti muito fraco e inferior diante das outras pessoas por não gostar de fumar, beber ou fazer sexo desregradamente. Quando faço alguma dessas coisas fico com a consciência pesada, ouço uma voz interior que recrimina essas minhas atitudes. Por eu ser jovem (tenho 23 anos) me sinto muito mal, sabendo que precisarei sempre fingir que sou igual a todos, quando não sou e nem gosto de fazer o que eles fazem.

Há alguns meses tive uma experiência estranha com psicotrópicos.

Fiz uma espécie de projeção astral, fiquei consciente mas totalmente sem controle do que me acontecia enquanto estava fora do meu corpo. Naquela ocasião, conversei com entidades que me orientaram sobre vários aspectos da minha vida e tentaram tranquilizar minhas mais profundas inquietações. Uma dessas minhas inquietações era o fato de eu me sentir diferente em relação aos demais.

Lembro de me ter sido mostrado que era para eu ficar tranquilo porque eu realmente era diferente das outras pessoas, de alguma forma boa.

Desde então tenho me voltado para a espiritualidade, curioso para me conhecer. Se eu sou mesmo diferente dos demais, então quem eu sou? Comecei a me interessar pelo lado espiritual da ufologia e descobri que podem existir extraterrestres encarnados na Terra, para cumprimento de várias missões. Me aprofundei no assunto, eu tinha certeza que eu era um desses.

Tenho tentado me projetar no astral, como forma de acessar essas informações sobre minha história e na noite passada, enquanto me relaxava, atingi um estado mental diferente onde eu tive a mais plena certeza de que eu era um extraterrestre e era isso que as entidades espirituais que me orientam estavam querendo que eu entendesse. Senti como se quase pudesse me lembrar exatamente de que parte do universo eu era. Me senti extremamente feliz e agradecido por saber que eu pertenço a um grupo, que eu tenho uma origem, um lugar onde eu posso ser do meu jeito e todos me aceitarão.

A minha dúvida: será que eu estou em devaneios? Como ter certeza de que eu realmente descobri minha origem e não que as minhas pesquisas estão influenciando minha imaginação? É aconselhável que eu procure algum tipo de profissional, grupo ou terapeuta para me ajudar?

Obrigado pela ajuda e que os seres de luz continuem abençoando seu excelente trabalho!
...."



Prezado ___________, bom dia.

Antes de mais nada desculpe pela demora em responder seu quesitonamento.

É sem dúvida que existem seres extra-terrestres reencarnando na Terra agora e desde sempre. Como também a terra envia estes seres para reencarnarem em outros planetas mais ou menos evoluidos.

Estes "seres" nada mais são do que espíritos que vivem em outras civilizações e que através das migrações planetárias estão sempre chegando, indo e vindo para o nosso planeta - mas é importante verificar que o Espiritismo nos fala destas migrações e chegadas e saídas através de forma natural, ou seja, com nove meses de gravidez e um desencarne posterior.

O pouco que conheço de ufologia não me permite formar uma opinião sobre os fatos que ela aborda, apenas acredito que quando eles se referem a extra-terrestres estão se referindo, na maioria das vezes, a grupos de indivíduos de outras civilizações que vem em missão específica através de um veículo espacial para efetuar visitas ao nosso planeta - então se for neste sentido que está falando perceba que não é, de modo algum, compativel com o que o espiritismo orienta.

Embora o espiritismo não negue a vida em outros planetas e, acredito eu particularmente, que muitas destas civilizações podem realmente ter condições tecnológicas de viajar pelo cosmo - mas no quesito reencarne de extra-terrestres uma coisa é diferente da outra.

Esta sensação de diferença que você sente - e que muitas pessoas também sentem - é natual em um mundo que está passando por um processo de regeneração, onde espíritos mais evangelizados estão reencarnando para servir de guia e orientação para os menos evangelizados.

Acredito que isso não signifique especificamente que você seja "de outro planeta", mas sim que você já tenha vencido os apelos dos vícios e das sensações, se tornando um ser humano mais apto a reconhecer os valores reais de nossa vida - e isso é muito bom!

O grande problema que você está sentindo vem de um aspecto psicológico que todos temos - a necessidade de aceitação. Você se sente diferente porque a maioria dos jovens de sua idade estão em um nível psico-socio-moral diferente do seu e executando atos que para você já perderam o "valor" ou o "interesse" - atos que representam os excessos físicos.

Este fato, em minha opinião, pode indicar que você está seguindo por um caminho que não vai te levar a felicidade ou completitude; acredito que você deva buscar um grupo que se afine com seus reais interesses e que tenha os mesmos objetivos.

Conheço muitas pessoas, inclusive eu e minha família, que são capazes de se divertir e "curtir" sem necessidade de álcool, sexos desregrado, drogas, etc... tudo vai depender do grupo a que você se filiar.

Acredito que você deva, tendo em vista isso, buscar uma casa de oração que tenha um grupo jovem onde sejam realizados trabalhos de amor e caridade, reuniões de diversão, estudado o evangelho de Jesus e coisas assim - certamente você estará entre pessoas que se afinam mais com seu modo de ser - independente de que casa de oração seja esta, busque a que mais se sintoniza com você.

Quanto aos seus estudos ufológicos - não creio que sejam devaneios, apenas que você esteja buscando longe demais uma solução que está mais próxima do que imagina. Os amigos espirituais estão tentando te orientar e auxiliar a seguir sua programação de vida nesta Terra. faça sua parte se esforçando pelo bem e pelo amor, aprendendo o evangelho de Jesus e dando o exemplo para os que estão próximos a você de como podemos ser felizes sem que tenhamos a necessidade de nos prejudicarmos ou prejudicarmos os outros através de maus hábitos e vícios.

Não se preocupe com o que possam vir a falar ou pensar de você - eu mesmo já fui chamado de "bobão", "matinê", "dominado" etc por pessoas que acham que se divertir é tudo o que eu não gosto... mas, entretanto, respeito a opção de quem gosta de fazer e, a Doutrina ensina que todos estamos no momento de consciencia que mais se adequa a nós em nossa evolução, portanto é normal que passem por esta necessidade de experiencias para seu crescimento espiritual.

Acredito que não seja necessário buscar nenhum profissional ou realizar estudos com projeciologia em seu caso, é sim necessário buscar um grupo que se adeque a você e então iniciar sua mais importante busca: por você mesmo e pelo seu equilíbrio interior.

Espero ter auxiliado. Qualquer coisa entre em contato novamente.

Paz contigo.



Mensagens dos amigos espirituais ...


(oremos em benefício dos irmãos do Rio e São Paulo)


Não olvidemos, meus irmãos, os que sofrem o tanto ou mais que nós em cidades distantes.

Se a distância não nos permite colaborar com o que necessitam materialmente, não nos impede de orar e vibrar positivamente pelos que sofrem ou pelos que desencarnam em situações tão extremas.

Não duvidemos da Misericórdia Divina que tudo permite para que haja a renovação do físico e a libertação do espírito.Seja através do rompimento dos laços da carne, como do estreitamento dos laços afetivos ou familiares e sentimentais.

A espiritualidade do Senhor se faz presente em momentos como este para amparar e auxiliar no que é possível e permitido; e para isso se fazem necessárias grandes quantidades de energia e oração, que podem ser auxiliadas pelos nossos pensamentos em intenção dos que sofrem ou desencarnam ao longe nos estados do Rio e São Paulo.

Tenhamos a fé e contribuamos com as nossas orações oferecendo, assim, o melhor de nossa caridade cristã.

Fiquem em paz.

Um amigo

Férias...



Queridos amigos,

Estamos (eu, a esposa e o filho) saindo de férias esta semana para curtirmos um pouco a família, ou como chamamos carinhosamente "nois treis" (com erro de português e tudo...) :-)


Este ano estamos indo para o SESC Triunfo - Uma cidade localizada no sertão de Pernambuco.

Maiores informações, caso desejem conhecer um pouco da cidade e do sesc poderão encontrar nos sites abaixo:

http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=422113
http://www.sesc-pe.com.br/materias_ler.asp?id=394



Por estes dias as atividades aqui no blog estarão suspensas pelo motivo da viagem, mas estaremos de volta a partir dia 15 de janeiro.

Paz com todos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...