Lembrando Sorteio de livros em parceria Bomespirito.com e Entremediuns 2011


Queridos amigos, bom dia.

Desejo Lembrar que estamos sorteando, entre os visitantes do blog, alguns livros em Parceria com o Entremédiuns 2011 e a Casa dos Espíritos Editora.
(Para conhecer mais sobre estes parceiros basta clicar na imagem abaixo.)





Tudo vai correr da seguinte maneira:
1) disponibilizarei no blog uma pergunta para ser respondida pelos queridos amigos e visitantes;
2) deverá ser utilizado o formulário "entre em contato" para responder a pergunta;
3) no "assunto" do email deverá constar "Sorteio Entremediuns";
4) no corpo do email deverá constar o nome do participante, e-mail e resposta da pergunta;
5) cada participante redeberá um email informando o seu número de participação (que será utilizado para o sorteio) e a data do sorteio;
6) será utilizado para realizar o sorteio entre os participantes o site: http://www.random.org/, que permite indicar um intervalo de números e sorteia aleatoriamente um entre eles;
7) o resultado do sorteio será divulgado no blog, na data informada no email de confirmação de inscrição;
8) após a divulgação entrarei em contato com o vencedor para receber o endereço e proceder o envio do livro.



Vou agora divulgar abaixo a primeira pergunta para o sorteio do dia: 05/04
(que deve ser respondida conforme as intruções acima):

"Quais os palestrantes que participarão do Entremédiuns 2011?"



Paz com todos.


Agradecimento



Mediunidade Olfativa - Perguntas dos amigos



"... frequento centros espiritas, cresci com meu pai trabalhando num deles, mas nao me acho uma espirita porq nao tenho conhecimento da doutrina , entretanto, sou acometida de sentir odores, ja senti um muito ruim e foi trabalhado. Mas hoje durante a preparação do passe eu estava bem concentrada com minha filha dormindo ao meu colo, de repente, me veio um forte cheiro de algo como alcool ou eter, que me remeteu a algum tratamento q estava sendo ministrado, era cheiro de hospital. existe medium olfativo? sera q posso ser um deles!!?? ......"


Prezada Carla. bom dia.

Allan Kardec terá a oportunidade de afirmar em "o Livro dos Médiuns" que a mediunidade utiliza variadissimos meios de expressão e atua sobre os nossos órgãos sensoriais, inclusive podendo produzir odores inexplicados no momento.

Este cheiro de éter que você relata realmente é bastante comum de se sentir em uma sala de passes ou de tratamento espiritual, é o fluido que é utilizado para a limpeza fluidica do ambiente e das pessoas que produz este cheiro caracterísitico.

Em diversas oportunidades poderemos sentir cheiros diferentes, agradáveis ou desagradáveis, de acordo com os espíritos que se aproximem do médium olfativo, ou odorífero.

Acredito sim que você POSSA possuir esta capacidade e que ela permita que você identifique a presença de espíritos próximos a você.

Embora não exista, pelo menos que eu conheça, nenhuma literatura específica sobre este tipo de mediunidade, você poderá encontrar mais alguma coisa nestes posts abaixo:

http://www.bomespirito.com/2010/01/cheiro-dos-espiritos-perguntas-dos.html

http://www.bomespirito.com/2011/01/cheiro-de-flores-perguntas-dos-amigos.html

http://www.bomespirito.com/2010/08/sindrome-do-panico-e-perfumes-de-flores.html

Acredito, entretanto, que talvez seja esta a oportunidade de você conhecer um pouco mais sobre a mediunidade, participando de algum estudo na casa que frequenta e, quem sabe, iniciando a participação nos trabalhos assistenciais que a casa promove. Certamente você se sentirá muito bem.

Espero ter sido de alguma ajuda.

Paz contigo.


"Pagar a lingua" e Carma - Perguntas dos amigos



"... Prezado João Batista, boa noite.
Muitas vezes ouvimos a expressão "pagou a língua", situação em que a pessoa passa por uma experiência que desaprovava, rejeitava ou tinha forte preconceito. Há interferência da espiritualidade nesses casos para que se tenha um aprendizado ou seria mera coincidência que esteja acontecendo com a pessoa algo inimaginável por ela? Seguindo essa linha, é possível que um carma adquirido numa existência seja "cobrado" ainda em vida, ou é necessária a reencarnação para se fazer uma programação para lidar com a situação?
Obrigado e um grande abraço. ......"



Prezado _________________, bom dia.

Como sempre trazendo questionamentos que nos fazem pensar, hein?

Vou dividir sua pergunta em dois momentos, onde tentarei esclarecer do meu ponto de vista da melhor maneira possível, cada um.

1 - Partindo do princípio que estas pessoas gozem de plena capacidade mental e liberdade para escolher seus caminhos e realizar suas opções, acredito que "interferencia" da espiritualidade no sentido de tornar determinadas situações obrigatórias não... pois assim estariam eliminando um dos nossos direitos principais - o do livre arbítrio; sou de opinião que, mesmo em face a uma programação espiritual traçada anteriormente, na maioria das vezes apenas as coisas consideradas como fatalidade (problemas físicos e mentais, local ou família de nascimento, conformação física e morte) não estão sujeitas a mudanças em nossas vidas, compreende?

De resto acho que em tudo podemos contribuir para que seja alterado; seja cedendo ou não a influencias espirituais diversas; até porque as influencias, por mais que aconteçam, terão que contar com a nossa escolha para que se tornem realidade. e esta escolha é somente nossa.

Assim, creio que muito comumente o que acontece é que as pessoas passam a emitir pensamentos e julgamentos preconceituosos ou apressados e impensados, criticando muitas vezes o comportamento e as escolhas alheias, sem conhecer de fundo as próprias convicções e as naturais modificações que a vida impõe em nossos gostos, gestos e desejos.

Creio que se aplica aí as palavras sábias de Jesus quado nos esclarece "Não julgueis, porque com a medida que julgardes serás tu também julgado".


2 - Em "o evangelho segundo o espiritismo" vamos encontrar no capítulo 5 os tópicos "causas atuais das aflições" e "causas anteriores das aflições" evidenciando que podemos sim passar por experiencias retificadoras que tenham sido causadas por opções que fizemos nesta encarnação.

Um exemplo bem prático é o de uma pessoa que escolha se exeder na bebida e tome a direção de um carro, no caminho eventualmente ela poderá causar um acidente devido as limitações advindas do álcool, e neste acidente - sem contar os problemas que possa gerar para outros - ele sofre um trauamtismo físico que o deixa paralisado em alguma(s) parte(s) do corpo... esta é uma consequencia para um ato gerado nesta encarnação que terá seu momento de expiação ainda nesta encarnação, compreende?

Nossa programação reencarnatória é preparada carinhosamente para que possamos nos beneficiar ao máximo de nossa tual reencarnação, porém muitas vezes a modificamos e recebemos os efeitos destas modificações.

Outro exemplo prático é o da pessoa que estava programado para casar com uma determinada outra, após alguns anos de casamento, por motivos diversos, conhece outra pessoa e encanta-se, deixando a atual para trás; toda a programação de vida desta pessoa poderá mudar a partir desta escolha - que poderá trazer consequencias felizes ou infelizes para seu futuro, se traduzindo em bençãos ou resgates que poderão ser vivenciados nesta ou em outra encarnação.

Normalmente os efeitos gerados por decisões/ações de uma encarnação atual são mais práticos e fáceis de serem identificados, facilitando assim a compreensão do espírito quanto ao "porquê" do seu sofrimento e propiciando para ele a oportunidade de resgate, seja corrigindo o erro ou convivendo resignadamente com os efeitos gerados.

Mais uma vez lembro das palavras de Jesus "concilia-te com o teu adversário enquanto tu estás a caminho com ele"; isto serve para pessoas, fatos e acontecimentos.

Espero ter sido de alguma ajuda.

Paz contigo e até a próxima.

Desejo de Carta Psicografada - Perguntas dos amigos



"... Perdi meu marido tem 15 dias e queria saber como ele ta o que ele queria que eu fizesse, o que ele sentiu queria noticias, como faço pra receber uma carta psicografada dele? ......"


Prezada ______________, bom dia.

Já dizia o saudoso Chico Xavier que "o telefone somente toca de lá pra cá", evidenciando a unilateralidade da disponibilidade de comuniação entre o mundo espiritual e o nosso.

Devido ao pequeno espaço de tempo do desencarne de seu esposo acredito que ele ainda esteja em adaptação ou orientação no mundo espiritual - dependendo inclusive da carga psiquica que tenha levado ao deixar a vida carnal.

Muitos são os fatores que influenciam/viabilizam as comunicações entre "eles" e nós; por este motivo não existe uma maneira de "garantir" que um espírito vai se comunicar assim ou assado.

Qualquer pessoa que afirme que pode fazer isso merece ser estudada e verificada, pois o próprio kardec afirma que os espíritos não estão à nossa disposição, e André Luiz nos orienta que muitos estão limitados por impossibilidades ou falta de permissões.

No meu entender o melhor procedimento para você é orar constantemente para o nosso irmão e buscar sempre enviar bons fluidos e pensamentos para ele.

Sendo da permissão da espiritualidade uma comunicação acontecerá no tempo permitido, seja por uma carta, por um sonho, por um médium conhecido, etc...

Apenas acho que não é de bom proceder "buscar" inconsequentemente esta comunicação de forma desesperada; pois isso poderá abrir espaço para a mistificação e o engano por parte de pessoas e entidades menos evangelizadas.

Espero ter sido de alguma ajuda.

Paz contigo.

"Desenvolver" a mediunidade - Perguntas dos amigos



"... Boa Tarde, João.
A minha cunhada foi em centro espirita mesa branca, inclusive a medium que a atendeu falou para ela desenvolver para poder ajudar as pessoas ; ela teve problemas espirituais, olhava para uma pessoa e falava sobre a sua vida e depois não se lembrava de nada. So que ela nunca quis desenvolver a mediunidade.
Fique em paz! ......"



Prezada ___________, bom dia.

Eu, particularmente, acredito que este tipo de orientação "tem que desenvolver" é uma coisa que não cabe em um mundo onde Deus nos deu o livre arbítrio. Por este motivo determinadas casas que utilizam este tipo de prática, para mim, não estão agindo corretamente e necessitam de esclarecimento dentro da Doutrina dos Espíritos. - Perceba que este é um comentário sobre minha opinião pessoal.

A mediunidade, sem dúvida, é um dom dado como missão aos que necessitam dela para resgatar faltas cometidas em seu passado ou realizar progressos maiores em esta encarnação - isto é fora de dúvida - e é olhando por este lado que as pessoas normalmente utilizam o argumento "você é medium, tem que desenvolver. Senão..."

Perceba que isto implica forçosamente a compreensão que se a pessoa que tem o dom mediúnico não "desenvolver" - ou seja: utilizar em uma mesa mediúnica - terá problemas de saúde física e psicológica, financeiros, amorosos, etc, etc, etc... porque não utilizou sua mediunidade.

Para mim este conceito é arcaico e errado! Caso fosse correto, isto significa dizer que a mediunidade é uma "praga" na vida destas pessoas e que estão "obrigatoriamente" destinadas a servir de instrumentos para os espíritos - mesmo pessoas que tem mediunidade e morrem de medo por isso.

Este tipo de prática, ao meu entender, representaria muito mais um problema do que uma solução para estas pessoas. Muitas iriam para o "trabalho" mediunico por obrigação, com má vontade, sem compromisso, assustadas, ou sabe Deus como... e, no meu entender, e no de Kardec, "mediunidade é coisa santa, que deve ser praticada santamente, religiosamente" (ESE, cap 26, ponto 10); ou seja: mediunidade deve ser praticada com compromisso, dedicação e zelo, dando o melhor de nós mesmos, como toda tarefa de amor.

Por isso sou contra este processo do "tem que desenvolver"; acredito sim que "tem que" se esclarecer a respeito da mediunidade, estudar, conhecer e se conhecer para evitar acontecer o que você relata no seu e-mail - perder o controle do corpo físico para uma entidade.

As pessoas normalmente acham que quem tem mediunidade tem que trabalhar em mesa mediúnica - mas como tudo na vida isso também é escolha (livre arbítrio) - o importante, e aí MUITA GENTE se esquece, é que nós trabalhemos no BEM, no amor e no serviço ao próximo...


Assim, é tão importante para o médium que se dedique ao serviço aos necessitados e desamparados, quanto o serviço mediúnico; lembrando as palavras de Pedro apóstolo: " o amor cobre a multidão de nossos erros".

Tem mais uma coisa que gostaria de te falar, e espero que não fique com raiva, é que não existe esse negócio de "centro espírita mesa branca"... isso é designação de pessoas que ainda tem preconceitos quanto às designações de religiões espiritualistas que existem por aí.

O que existe é centro espírita - todo aquele que é orientado por JESUS e KARDEC - e centros espiritualistas - que utilizam outros tipos de entidades e guias.

Então é importante percebermos onde estamos indo e quem estamos seguindo.

Espero ter sido de alguma ajuda.

Paz contigo.

Ajuda no Amor - Perguntas dos amigos



"... Ola,amigos gostaria de contar minha historia com meu novo namorado, nos conhecemos a pouco tempo porem sentimos que ja nos conhecemos a muito tempo, porem o que nos magoa é que tanto minha irmã quanto a dele comigo, nao nos dão muito bem... e ela nos incomodando...a 3 meses que estamos juntos, nos conhecemos pela internet, em uma comunidade que é nossos grandes pontos em comum, podemos ter errado muito nos nosso relacionamentos passados e queremos continuar nossa historia felizes como sempre fomos,porem o que nos anda prejudicando sao estas influencia externas, peço proteção a nossas almas e nosso namoro... abraço a todos ......"

Prezada ___________, bom dia.

Em minha experiencia pessoal aprendi que a espiritualidade sempre nos deixa "à vontade" para optarmos pelos nossos relacionamentos amorosos e, desta forma, a continuidade ou não destas relações vai depender unica e exclusivamente das partes envolvidas.

Não pense que nada em esta vida está isento de sofrer influencias negativas ou positivas, de espíritos encarnados ou desencarnados; todos estamos sujeitos a recebermos emissões de energias e comportamentos de modo a nos auxiliar no nosso caminho ou a nos atrapalhar nele.

O que posso afirmar, minha irmã, é que se o relacionamento de vocês é forte e o amor verdadeiro, vocês encontrarão forças para seguir em frente, unidos e fortalecidos pelo amor, independente de qualquer outro fator.´

É importante, porém, avaliar o real móvel de seu relacionamento - se é uma paixão recíproca (que mais tarde poderá virar amor) ou se é apenas uma paixão passageira (que será desgastada e sobrepujada pelo tempo e a convivência).

Perceba que não digo isso desejando o mal ou algo assim, apenas para que compreenda que todo relacionamento bom e verdadeiro, que nos engrandece a alma, está baseado na harmonia entre os seres, a verdade, o amor, a confiança, a compreensão, o companheirismo e o respeito fazem parte deste amor.

Cuide para que estes sentimentos estejam sempre presentes em seu relacionamento e seja muito feliz.

Um filósofo disse uma vez: "você não pode ser feliz com o que não depende de você" então, baseado nas palavras dele, convido você a fazer, junto com seu amado, o máximo possível para construir a felicidade de ambos.

paz contigo.


Sorteio de livros em parceria Bomespirito.com e Entremediuns 2011


Queridos amigos, bom dia.

É com imensa alegria que informo aos amigos que a partir deste mês, e até Maio de 2011, estaremos sorteando, entre os visitantes do blog, alguns livros em Parceria com o Entremédiuns 2011 e a Casa dos Espíritos Editora.
(Para conhecer mais sobre estes parceiros basta clicar na imagem abaixo.)





Tudo vai correr da seguinte maneira:
1) disponibilizarei no blog uma pergunta para ser respondida pelos queridos amigos e visitantes;
2) deverá ser utilizado o formulário "entre em contato" para responder a pergunta;
3) no "assunto" do email deverá constar "Sorteio Entremediuns";
4) no corpo do email deverá constar o nome do participante, e-mail e resposta da pergunta;
5) cada participante redeberá um email informando o seu número de participação (que será utilizado para o sorteio) e a data do sorteio;
6) será utilizado para realizar o sorteio entre os participantes o site: http://www.random.org/, que permite indicar um intervalo de números e sorteia aleatoriamente um entre eles;
7) o resultado do sorteio será divulgado no blog, na data informada no email de confirmação de inscrição;
8) após a divulgação entrarei em contato com o vencedor para receber o endereço e proceder o envio do livro.



Vou agora divulgar abaixo a primeira pergunta para o sorteio do dia: 05/04
(que deve ser respondida conforme as intruções acima):

"Quais os palestrantes que participarão do Entremédiuns 2011?"



Paz com todos.


As mães de Chico Xavier - Divulgação


Queridos amigos, bom dia.

A partir do dia 1º de abril poderemos conferir nas telas em todo pais o mais novo filme com temática espírita: "As mães de Chico Xavier".

Certamente o filme será um emocionante relato mostrando como este grande homem pôde através de sua mediundiade auxiliar no sofrimento e renovação da esperança de tantas pessoas que passaram por sua vida tão longa e breve ao mesmo tempo.

Mais uma vez poderemos contar com uma divulgação especial da Doutrina Espírita e sua atuação "prática" no papel do "consolador prometido".

Vamos todos prestigiar este filme e conferir o sucesso que certamente será.

Paz com todos.


Site oficial: http://asmaesdechico.blogspot.com/

Sinopse

Três mães vêem sua realidade se transformar por completo... São elas: Ruth, cujo filho adolescente, Raul, enfrenta problemas com drogas; Elisa, que tenta suprir a ausência do marido dando total atenção ao filho, o pequeno Theo, e Lara, professora que enfrenta o dilema de uma gravidez não planejada. Essas três mulheres, vivendo momentos distintos de suas vidas, buscam conforto junto a Chico Xavier. E o repórter Karl permanece insistindo em entrevistar o médium, mesmo sem estar preparado para isso...

Elenco
Elenco Principal:
Caio Blat - Karl
Cristiane Gois - Lica
Daniel Dias da Silva - Raul
Gabriel Pontes - Théo
Gustavo Falcão - Santiago
Herson Capri - Mário
Joelson Medeiros - Guilherme
Nelson Xavier - Chico Xavier
Neusa Borges - Governanta
Paulo Goulart Filho - Cassiano
Tainá Müller - Lara
Vanessa Gerbelli - Elisa
Via Negromonte - Ruth


Gravidez Anembrionária - Perguntas dos amigos



"... Me ajuda por favor.
estou passando pelo processo de uma gravidez sem embrião. Estou com nove semanas e a gravidez estacionou em cinco. Apesar de espirita estou muito abalada pelo fato, afinal essa gravidez apesar de não planejada recebeu muito amor desde o inicio. Bem, agora não sei qual a melhor saida: aguardar a expulsão natural ou induzir. Meu corpo continua lutando para manter essa gestaçao embora não haja embrião. O que faço? Gostaria de um conselho a luz do espiritismo, para tomar uma decisão que não prejudique a mim nem influa na programação espiritual dessa gestação, já que a médica informou que clinicamente tanto faz. Me ajuda, por favor!
Aguardo resposta. ......"



Prezada ________________, bom dia.

Em primeiro acho necessário te lembrar que nosso Pai nada faz sem um motivo justo e um propósito dirigido, então, tenhamos a certeza que este processo em que te encontras tem a função de reparar e preparar teu espírito, do teu companheiro e de tua familia de equívocos cometidos no passado e para as perspectivas de um futuro porvir.

Me pedes um conselho "À luz do espiritismo" e, observando-se os ensinamentos espíritas - embora não tenha o direito de te dizer o que fazer, que esta escolha deve ser sua - acredito que este processo deva ser levado a termo de forma natural, vivenciando-se cada passo dele, pois uma vez que o mesmo existe é porque existe também a necessidade do mesmo.

Kardec, quando comenta sobre a interrupção de gravidezes através do abortamento indica que a única opção onde este processo é aceitável é quando o caso possa levar à morte da mãe; então, acredito, que este mesmo conceito se encaixe no seu caso; ou seja, apenas interromper clinicamente o processo caso este se apresente como danoso, infeccioso ou prejudicial ao seu bem-estar - o que deve ser verificado com seu médico.

Perceba, entretando, minha irmã, que todo processo nos traz oportunidades de encararmos nossos erros do passado e aceitarmos com resignação os fatos que a balança da justiça divina nos apresenta como colheita de nosso pretérito.

Por ter uma base espíria, como você afirma, se torna mais fácil a compreensão e aceitação destas verdades universais e, embora não diminua a dor que está sentindo, é o auxílio para que não incorramos em erros maiores desde já.

Entendo que esta gravidez tenha sido cerdade de mimos e carinhos desde o começo até o dia atual, porém acredito que esta não seja a última ou única oportunidade que terá de realizar o sonho de ser mãe...

Por este motivo, uma vez passados os efeitos desta descoberta e também após expelido o "embrião", com a recuperação do seu corpo ao estado natural de saúde e equilíbrio, acredito que deva seguir sua vida naturalmente, convivendo de forma saudável com seu parceiro e buscando, sem se cobrar, novamente o dom da gravidez.

Perceba também a importância da busca pelo equilíbrio interior através da oração, participação em algum grupo de estudos em casas de oração, atitudes sadias, hábitos saudáveis de leitura, passeios, conversas... Tudo isso vai auxiliar para que vença, no menor espaço de tempo possível, este processo traumático e retome seu caminho em busca de crescimento.

Espero ter sido de alguma ajuda.

Paz contigo.

Sonho, Paixão e vazio - Perguntas dos amigos



"... Na noite de ____ para _____ de fevereiro de 2011, tive um sonho com um homem que não conheço.No começo do sonho era de noite e estávamos em um lugar cheio de gente, me parecia um parque de diversões, eu o conheci e nos imediatamente nos beijamos, ficamos ali juntos por algum tempo de logo depois ele sumiu. Fiquei procurando por ele e não o encontrava. Durante o tempo que eu o procurava, eu estava sentindo um vazio, como se algo estivesse me faltando. No mesmo sonho, também à noite, mas algum tempo depois, este homem reapareceu de uma maneira linda. Tinha uma pessoa gritando no meio da rua e o como os gritos me incomodavam eu cheguei ate a varanda da minha casa para ver quem estava gritando, e na hora que eu olhei para baixo ele estava me olhando com um sorriso mais lindo, e com os braços cruzados, e olhando para cima, como quem olha para o amor verdadeiro. Sei que falei o nome dele (mas não me lembro qual era o nome), e exclamei assim ?nossa, como foi que você me achou?, lembro também que desci as escadas correndo e cai nos braços dele. E daí por diante eu não me lembro de mais nada. O que eu senti na hora que eu o abracei foi um sentimento inexplicável, uma sensação jamais sentida por mim antes. Foi tão profundo, tão puro que estou com saudades de alguém que não está presente na minha vida neste momento. Agora não sei como lidar com este vazio que esta dentro de mim. ......"


Prezada ______________, bom dia.

Allan Kardec em "o livro dos espíritos" vai estudar o fenômeno dos sonhos nas questões 400 a 417 e, notadamente, a questão da visita entre espíritos após a 413; além de outras obras onde poderemos encontrar base para definir a relação entre espíritos durante o sono físico como "constante".

Não posso afirmar ou negar que seu sonho tenha sido realmente um encontro entre espíritos afins ou simplesmente um produto de sua imaginação que foi disparado por algum motivo predisponente.

Entretanto os sintomas do pós-sonho são reais e visíveis, segundo seu relado, o que nos dá uma grande probabilidade de ter sido realmente um encontro espiritual em desdobramento.

Um ponto a se questionar é o "porque" de ser permitido que você retivesse tantas informações e sentimentos deste sonho - certamente, caso tenha sido um encontro, isto tem um motivo. Perceba que, mesmo assim, você ainda não consegue lembrar o nome do rapaz, nem se o conhece do passado ou do futuro, não é?

O mais que posso te indicar neste momento é que não se fixe apenas neste ponto de sua vida... pois toda ela está à sua frente, nem se prenda emocionalmente a uma pessoa que você nunca viu - mesmo estando com sintomas de paixão; deixe que sua vida tome o rumo dela e participe ativamente de cada decisão pensando no seu futuro e no que deseja de melhor para sí.

Espere e dê tempo para que possa observar melhor os acontecimentos - acaso seja permitido pela espiritualidade e você possa se encontrar novamente com ele, você saberá que não é fruto de sua mente; acaso venha a descobrir que ele está encarnado e venham a se encontrar em um futuro próximo, dê a você a chance de ser feliz; porém, caso venha a descobrir que ele é um espírito desencarnado e que nesta vida não será possível viver este amor tão forte, tenha força, fé e resignação para cuidar de você e orientá-lo no caminho dele também... aguardando assim um novo encontro no porvir.

Preencha os seus dias com atividades que possam te auxiliar, envolva-se com atividades de amor e caridade, participe de grupos de oração, busque equilibrar sua mente e espírito para realizar sempre o melhor e seguir sempre o evangelho de Jesus.

Qualquer outra dúvida entre em contato..

Fica em paz.

Adoção / Rejeição e espiritualidade - Perguntas dos amigos



"... Caro amigo,
gostaria de saber como o espiritismo explica o abandono de filhos pelas mães ,e a adoção desses por outra pessoa ......"



Prezado _____________, bom dia.

Em meu entendimento pessoal, sem representar o espiritismo, acredito que todos estes casos onde existem fatores de abandono, falta de apego, solidão e até ódio, são frutos de erros cometidos no passado e que não foram ainda sanados, nos deixando a conta até o último ceitil.

Percebo que, como somos todos espíritos, temos uma convivência eterna entre grupos que se relacionam entre sí - muitos chamam de famílias espirituais - espíritos que sintonizam em um mesmo teor vibratório e que por isso geram fatores de similaridade, simpatia e também antipatia recíprocas.

Muitas vezes, mesmo inconscientemente do fato, estamos recebendo em nossos braços espíritos que nos foram desafetos em nosso passado e, mesmo que nosso consciente não lembre, o nosso inconsciente lembra e percebe as vibrações daquele espírito - identificando-o como alguém que não gostamos - e reagindo da forma que estivermos preparados para tal.

Entre os fatores que esta reação causa, observando pelo lado do espírito reencarnante, estão os enjôos das grávidas ou a rejeição da esposa ao marido durante o período de gravidez - que são causados pela rejeição do feto ao pai, exteriorizados na mãe, que se torna "médium" do espírito reencarnante.

Observando pelo lado da mães podemos citar os "não desejo" do nascimento da criança - que muita vezes provoca um abortamento por rejeição - ou, como colocado por você, o abandono do bebê por parte da mãe - gerando essa imensidão de órfãos e abandonados que vemos por aí.

Porém acredito que a Espiritualidade nada faz de inútil, e que em casos como este, mesmo esperançosa que as partes envolvidas venham a se entender e perdoar mutuamente, trazendo um final ao sofrimento de ambos, sabe que em muitos casos não há ainda solução viável e que, fatalmente, acontecerá o abandono da criança.

Os motivos alegados podem ser inúmeros - juventude da mãe, abandono da família, falta de emprego, tempo errado, etc... mas muitas mulheres não conseguem perceber a dádiva que receberam em suas mãos e deixam passar a oportunidade redentora e - se posso dizer isso - felizes são aquelas que levam a sua gravidez a termo, sem optar pelo erro do abortamento delituoso - o que complicará mais ainda sua situação num futuro.

Por outro lado, experimentanto outra realidade, existem mães/casais que estão impossibilitados de gerar filhos biológicos nesta encarnação - certamente por motivos que provém de incidentes em seu passado - e aos quais a espiritualdiade inspira o carinhoso ato de receber como seus estas crianças abandonadas pelas mães biológicas.


Percebo assim, mais uma vez, a misericórdia de Deus e da vida, porque mesmo onde há a necessidade de reparação dos erros passados e é vetada a procriação genética, o Pai nos abre a possibilidade de aliviarmos as dores em nosso coração recebendo os filhos que não geramos; mas que podemos dar uma chande de "reencarnação" em uma família que o ama e que vai saber aproveitar a oportunidade oferecida pela vida.

É, infelizmente, ainda muito grande o preconceito que as pessoas tem quanto a adoção...mas a medida que a sociedade for crescendo espiritualmente e os homens forem compreendendo que nossa real família é a espiritual, teremos muito mais sorrisos nos rostos de famílias formadas por pessoas de diferentes origens.

Espero ter sido de algum auxílio

Paz contigo.

Visão de espírito e Preto Velho - Perguntas dos amigos



"... Boa tarde, João! Espero que esteja tudo bem com voce. Queria que voce me tirasse algumas dùvidades. A minha cunhada também tem mediunidade, vim visità - la e perto de mim ela ver o seu irmão e sem a minha presença ela não censegue vê-lo, porque que isso acontece? Estou estudando mais ainda não encontrei nenhum material que fale sobre isso, ela jà teve problemas espirituais. Uma vez ela foi em um centro espirita buscar auxilio e lhe falaram que a Entidade Preto Velho tinha se manifestado nela, gostaria que voce me falasse sobre essa Entidade, se è uma boa ou se è ruim. Desde jà agradeço sua atenção, muito obrigada! ......"


Olá _____________, bom dia...

Perdoe o atraso em responder sua questão, mas o tempo é algo meio raro para mim nestes últimos dias, espero que compreenda.

O saudoso Chico Xavier já dizia, em total concordância com "o livro dos médiuns", que o telefone só toca de lá para cá... Ou seja: os espíritos apenas se mostram aos médiuns ou entram em comunicação quando eles tem a possibilidade ou o desejo ou ainda a sintonia para isso.

Muitos de nossos entes queridos certamente desejam nos confortar, conversar ou apenas dar a saber que estão bem; mas muitas vezes não conseguem atingir seus intentos.

Algumas vezes não tem permissão para isso, outras não conseguem sintonizar com nenhum médium disponível, outras não sabe como fazer e assim vai...

Neste caso, acredito, que podem estar acontecendo duas coisas aí, sem ter a intenção de ser 100% certo ,ok?

- O espírito do seu irmão está acompanhando você mair proximamente e por este motivo ela apenas consegue vê-lo quando você está presente; ou
- Seu irmão precisa de algum fluido seu para poder sintonizar com ela, e apenas consegue obter este fluido com sua presença, pois não sabe obtê-lo à distância.

Antes de tocar na questão do "Preto Velho" gostaria de perguntar: este centro que eça foi era espírita mesmo? ou era espiritualista ou de umbanda? Porque normalmente a entidade "preto velho" se manifesta mais em centros espiritualistas e de umbanda... Não que ela não possa se manifestar em centros espíritas, mas é menos frequente e, normalmente, não acontece em público.

O "preto velho" é uma entidade tradicional da umbanda/candomblé e representa, na verdade, um velho Pai de senzala, com sabedoria e conhecimento do mundo espiritual. Alguns espíritos muito antigos e sábios, que estavam reencarnados durante a época da escravatura, utilizam esta figura para se apresentar nos centros e aos médiuns, pois foi a encarnação que os marcou mais profundamente...

Porém é interessante perceber que nem todos os espíritos que se apresentam como "preto velho" estão voltados ao bem... em centros que buscam fazer o mal exites espíritos que se apresentam assim para poder fazer os "trabalhos" e "despachos" utilizados nos rituais de quimbanda e baixo espiritualismo.

De minha experiencia pessoal já tive contato com um espírito "preto velho" que me foi muito simpático e sábio, mostrando grande conhecimento das coisas espirituais e da relação entre espíritos e pessoas, e pessoas e pessoas.

Acho que não devemos julgar o livro pela capa, então somente porque um espírito se apresenta com uma vestimenta simples não quer significar que seja ignorante, e apenas porque existem espíritos voltados para o mal que utilizam aquela mesma roupagem, não significa que todos os sejam, compreende?

Acredito sim, que de acordo com as orientações de Kardec - que nos ensina a buscar o sentido das mensagens enão apenas os nomes que estão assinadas - e de Jesus - que nos mostra que pelos frutos se conhece a árvore - devemos dar espaço e oportunidades a todos os espíritos para que possam contribuir com o aprendizado na casa espírita.

Mais informações sobre a figura do "preto velho" poderá encontrar nos links abaixo:
http://www.bomespirito.com/2008/03/lies-de-preto-velho.html
http://www.bomespirito.com/2008/03/perguntas-dos-amigos.html
http://www.bomespirito.com/2008/02/perguntas-e-respostas.html

Espero ter sido de alguma ajuda.

Paz contigo.


Tristeza imensa - Perguntas dos amigos



"... gostaria de ajuda de vcs,pois vivo com angustia,e tristeza muito grande,consigo encontrar o porque da minha grande tristeza.obrigada ......"


Prezada ______________, bom dia.

Existem inúmeros motivos que podem estar gerando dentro de você esta tristeza tão grande; entre eles poderíamos citar dificuldares familiares, amorosas, sociais, econômicas, profissionais, etc.

Entretanto acredito, como você entrou em contato através de um blog espírita, que suponha que esta tristeza possa ser fruto de uma influencia espiritual - o que não é impossível nem improvável, uma vez que todos nós sofremos estas influencias diariamente e não nos damos conta disso.

Acho que, no seu caso, o melhor caminho é buscar em sua cidade uma casa espírita séria e comprometida com Jesus e Kardec para realizar um atendimento fraterno/consulta e, dependendo da indicação - caso seja identificado algum predisponente espiritual - buscar realizar um tratamento para amparar o espírito em sofrimento e o seu também.

Normalmente estes tratamentos são realizados a base de comparecimentos a reuniões de estudo e palestras, ingestão de água fluidificada, recebimento de passes e vibrações, leituras do evangelho no lar e MUITA oração pelo desencarnado e por você. O tempo de ratamento pode variar, mas dura normalmente de 4 a 10 semanas.

é natural que durante o tratamento, nas primeiras semanas, os sintomas piorem e até cheguem a aparecer novos - pois os espíritos em sofrimento não desejam se afastar do seu "amigo" encarnado e se agarram a nós fortemente; com a mudança íntima de nossa vibração/sintonia provocada pela ação do tratamento realizado de forma séria e correta, eles em certo tempo não poderão mais nos afetar, pois estaremos vibrando mais elevado que eles e, consequentemente, estaremos melhores de nossos problemas.

Devemos sempre levar o tratamento até o final e, mesmo depois de terminado, continuar com as orações, evangelho no lar, leituras e palestras - para que possamos continuar com nossa vibração em alta sintonia e evitarmos termos "recaidas".

Espero ter sido de alguma ajuda. qualquer outa dúvida entre em contato.

Paz contigo.

Inseminação artificial e dificuldade de engravidar - Perguntas dos amigos



"... Ola, minha duvida sobre a inseminacao e um pouco diferente. Fico pensando se nao estou contrariando o que ha de ser. Vou explicar melhor, se nao é para eu ter filhos se nao é para eu ser mae? Será que esse sofrimento nao esta entre as coisas com que aprender? Será que devo me conformar e achar que nao esta nos planos dessa encarnacao? Uma vez vi uma emtrevista em que dizia que (um espirita bem famoso, nao lembro o nome) se nao eh para vir um espirito, mais um, naquela familia e forcamos, isso traria consequencias muito serias. Fiquei com isso na cabeça. Por favor, me de uma luz.
... Esqueci de dizer que venho tentando ha sete anos engravidar. E o mais importante, que me leva a minhas duvidas, nao tenho nenhum problema fisico que explique a dificuldade. Nenhum problema em Nenhum exame. Ja fiz o tratamento de hormonios apenas para aumentar a chance, mas tambem nao adiantou... Agora estou pensando na inseminacao muito obrigada. ......"



Prezada _________, bom dia.

Allan Kardec nos esclarece que na quase totalidade dos problemas de gravidezes enfrentados pelas famílias é uma provação para os pais (LE 347 e LE199); por este motivo posso afirmar com certeza que esta sua dificuldade é fruto de algum equívoco realizado em seu passado e que hoje é trazido à luz pela justiça divina.

Certamente este "sofrimento" como você declara é uma das ferramentas que a vida está utilizando para que você, sentindo e percebendo as implicações da importancia de um nascimento, possa criar em seu consciente/sobconsciente o real valor deste fato e assim, conscientizada através da dor, não efetuar mais nenhum ato contra a vida, nesta ou nas próximas encarnações.

É um procedimento que podemos encarar como duro, quando visto com os olhos do hoje, mas que se pudéssemos conhecer quantas oportunidades desperdiçamos e quantas vezes deixamos de lado compromissos assumidos, perceberíamos que esta é a forma da vida nos "acordar" para a solução de erros em nosso passado. Infelizmente nem todos utilizamos as palavras de Pedro como exemplo e cobrimos os nossos erros com o amor...

Não podemos, porém, afirmar que "não é para ser mãe nesta encarnação" - pois nada conhecemos dos designios divinos e devemos confiar que a espiritualidade nos guia da melhor forma para nós...

Acredito sim que nesta encarnação você necessitará passar por dificuldades e problemas para atingir seu objetivo de "see mãe" mas que também é lícito a você utilizar todas as formas que puder para realizar tal ato - tratamentos, terapias, fertilizações, etc... Pois de outra forma, se não fosse para servir ao homem, Deus não permitiria que estas tecnologias fossem descobertas, compreende?

Não concordo com a afirmação de que se "tentar" engravidar trará "consequencias muito sérias"... acho inclusive que se não for para haver a gravidez, mesmo com os tratamentos mais modernos, não acontecerá... a espiritualidade sabe o que faz e não permitiria que um espirito chegasse ao útero de uma mãe sem o consentimento espiritual. Agora, se estas consequencias a que se refere forem de ordem moral ou psicolígica para os pais - principalmente a mãe - aí pode ser que aconteça algum disturbio... mas somente que a pessoa deixar que seus desejos e vontades se exarcebem a tal ponto que chegem a desequilibrá-la.

Acredito que, durante este empenho em engravidar, seria muito proveitoso que você se envolvesse em trabalhos assistenciais voltados para a infancia... busque uma casa de oração ou um lar temporário, um orfanato.. algum lugar onde possa passar algum tempo sendo a mãe que deseja ser e que estes pequenos não conhecem; certamente isso servirá para aliviar em muito a tristeza e sentimento de "falta" que certamente carregas em teu coração.

E, por fim, uma vez que se envolva com estes filhos do coração, poderá, quem sabe, abrir o seu para receber um deles e assim "engravidar" e dar a oportunidade de reencarnação social e familiar para um espírito que mesmo estando na carne está abandonado...

espero ter sido de alguma ajuda.

Paz contigo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...