Gravidez Anembrionária - Perguntas dos amigos



"... Me ajuda por favor.
estou passando pelo processo de uma gravidez sem embrião. Estou com nove semanas e a gravidez estacionou em cinco. Apesar de espirita estou muito abalada pelo fato, afinal essa gravidez apesar de não planejada recebeu muito amor desde o inicio. Bem, agora não sei qual a melhor saida: aguardar a expulsão natural ou induzir. Meu corpo continua lutando para manter essa gestaçao embora não haja embrião. O que faço? Gostaria de um conselho a luz do espiritismo, para tomar uma decisão que não prejudique a mim nem influa na programação espiritual dessa gestação, já que a médica informou que clinicamente tanto faz. Me ajuda, por favor!
Aguardo resposta. ......"



Prezada ________________, bom dia.

Em primeiro acho necessário te lembrar que nosso Pai nada faz sem um motivo justo e um propósito dirigido, então, tenhamos a certeza que este processo em que te encontras tem a função de reparar e preparar teu espírito, do teu companheiro e de tua familia de equívocos cometidos no passado e para as perspectivas de um futuro porvir.

Me pedes um conselho "À luz do espiritismo" e, observando-se os ensinamentos espíritas - embora não tenha o direito de te dizer o que fazer, que esta escolha deve ser sua - acredito que este processo deva ser levado a termo de forma natural, vivenciando-se cada passo dele, pois uma vez que o mesmo existe é porque existe também a necessidade do mesmo.

Kardec, quando comenta sobre a interrupção de gravidezes através do abortamento indica que a única opção onde este processo é aceitável é quando o caso possa levar à morte da mãe; então, acredito, que este mesmo conceito se encaixe no seu caso; ou seja, apenas interromper clinicamente o processo caso este se apresente como danoso, infeccioso ou prejudicial ao seu bem-estar - o que deve ser verificado com seu médico.

Perceba, entretando, minha irmã, que todo processo nos traz oportunidades de encararmos nossos erros do passado e aceitarmos com resignação os fatos que a balança da justiça divina nos apresenta como colheita de nosso pretérito.

Por ter uma base espíria, como você afirma, se torna mais fácil a compreensão e aceitação destas verdades universais e, embora não diminua a dor que está sentindo, é o auxílio para que não incorramos em erros maiores desde já.

Entendo que esta gravidez tenha sido cerdade de mimos e carinhos desde o começo até o dia atual, porém acredito que esta não seja a última ou única oportunidade que terá de realizar o sonho de ser mãe...

Por este motivo, uma vez passados os efeitos desta descoberta e também após expelido o "embrião", com a recuperação do seu corpo ao estado natural de saúde e equilíbrio, acredito que deva seguir sua vida naturalmente, convivendo de forma saudável com seu parceiro e buscando, sem se cobrar, novamente o dom da gravidez.

Perceba também a importância da busca pelo equilíbrio interior através da oração, participação em algum grupo de estudos em casas de oração, atitudes sadias, hábitos saudáveis de leitura, passeios, conversas... Tudo isso vai auxiliar para que vença, no menor espaço de tempo possível, este processo traumático e retome seu caminho em busca de crescimento.

Espero ter sido de alguma ajuda.

Paz contigo.

2 comentários:

Olga Britto disse...

Aproveito a oportunidade para compartilhar da semelhança 'exata' que hoje vivo da situação que a nossa irmã, compartilha á cima...Hoje ao entrar nesse site, busquei a mesma resposta...e confesso que sinto-me mais fortalecida, estou aguardando a expulsão natural do meu saco gestacional 'VAZIO'...ate o momento pensava: Porque não fazer de uma vez por todas a curetagem??...acabar de vz por todas com a aflição e angústia da espera do momento em que saberei que não existe mais nada dentro de mim...Só após sair tudo...sentirei que não estou mais gravida.....Descobrimos ontem, com laudo de 100% de certeza de uma gestação anembrionária...Foi um choque...Agradeço do fundo do coração pelo conselho... aguardarei o tempo que for necessário para que a expulsão ocorra de maneira natural...e sofrei o que for preciso nesse período de aflição e frustração, pois sei que é uma oportunidade de resgastes, e evolução espiritual.
Obrigada pela Força!!
Foi uma imensa Satisfação ter conhecido essa fonte de Benção!!

claudia disse...

Olá... Passo pela mesma situação... Soube que meu embrião estava vazio no exame intravaginal e estou aguardando o meu corpo expelir de forma natural. Por favor, se possível alguém poderia me dizer se existia um espírito nessa gestação? Mesmo sem embrião. Agradeço desde já.... Paz a todos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...