Espíritos agridem os encarnados? - Perguntas dos amigos



"... Sempre convivi com pessoas espíritas e já li alguns livros sobre o assunto. Em relação à influência exercida pelos espíritos sobre os encarnados, sempre ouvi que não podem nos fazer mal e aquela antiga frase: " devemos temer os vivos e não os mortos". Mas tenho visto na televisão, mais exatamente no canal Discovery Channel, algumas historias, segundo o canal, verídicas que têm me assustado e que se contrapôem ao que as pessoas espíritas me dizem. Nesses programas, as pessoas narram o que aconteceu com elas enquanto passa uma simulação feita pelo canal. Os espíritos atacam os encarnados, quebrando janelas em cima deles, trancando portas, provocando incêndios e cheguei a ver a cena absurda de um prato parado voar e atingir a cabeça de uma mulher violentamente. Essa mesma mulher viu um espírito que de menino se transformava em um monstro e uma médium disse que esse tal menino não era um espírito humano. Muita coisa, ao meu ver, é doida e nunca ouvi falar no espiritismo. Pelo contrário, sempre ouço que espíritos influenciam nossos pensamentos, chegam até a tocar e mover algumas objetos, mas não nesse nível. Essas histórias, supostamente verídicas, podem mesmo acontecer? Todos esses eventos estranhos podem ser provocados por espíritos? E esse tal espírito que não é humano? Obrigado desde já ......"



Prezado _______________, bom dia.

O fator espiritual está cada vez mais em "moda" no mundo todo, isso pode ser verificado pelo grande número de filmes, livros, documentários, séries, peças de teatro e reportagens na imprensa que tem acontecido e sido produzidos nos últimos anos. Este fato se dá por conta do momento de transição em que a Terra passa e, pelo qual, muitos são os responsáveis de divulgar e tornar públicas as idéias espirituais - cada um em sua área - para que a população busque esta verdade maior e possa ser orientada na direção mais acertada para cada um.

Por este motivo(inconsciente) programas como "investigação paranormal" ou "ghost hunters" tem sido criados e divulgados pelos canais televisivos; obviamente que, como não tem uma orientação doutrinária ou religiosa, os mesmos apresnetam seus casos/episódios através da ótica da curiosidade e do assombrado ou assustador - o que não é o mais indicado - pois este erro tem dado origem a muitos mitos e lendas, histórias e assombrações no decorrer da história.

Estes programas, entretanto, servem para que as pessoas leigas nos assuntos espirituais despertem ou confirmem suas idéias que existe um mundo espiritual e que o mesmo interage conosco... fazendo com que, alguns de nós, busquemos uma orientação mais séria e objetiva em estudos espiritualistas e/ou espíritas.

Quando passamos ao campo do estudo sério - orientados por Kardec - poercebemos que existem muito mais coisas que imaginamos e que, nem sempre, as informações que as pessoas nos dão são corretas - mesmo as que estão envolvidas de alguma forma com o espiritismo mas que não tem uma base sólida no estudo da codificação.

Por este motivo, infelizmente, muitas opiniões idividuais são repassadas como verdade e findam por criar algumas crenças ou idéias errôneas ou simplistas sobre o assunto espiritual.

Perceba que, mesmo baseado no estudo de Kardec, tudo que vou afirmar aqui também representa minha opinião pessoal, e por isso mesmo não deve ser tratada como verdade absoluta - ao invés disso acho muito interessante que se estude atentamente o conteúdo das questões 456 a 557 de "o livro dos espíritos" e da segunda parte de "o livro dos médiuns" nos capítulos 1, 2, 4, 5 e 9 - respectivamente: da ação dos espíritos sobre a matéria, das manifestações físicas, da teoria das manifestações físicas, das manifestações físicas espontâneas e dos lugares assombrados;

Caso não tenha os livros poderá consultá-los em www.biblioteca.radiobomespirito.com

Bem, uma vez feita a explanação acima vou partir para tentar esclarecer seus questionamentos ok?

Acredito que temos confundidos e misturados aqui duas ações totalmente diferentes e independentes uma da outra... pois de acordo com Kardec uma coisa é "influencia dos espíritos" outra coisa é "ação dos espiritos sobre a matéria".

Perceba que na questão LE 459 e seguintes é definida "influencia espiritual" como uma sugestão/orientação que os espíritos direcionam ao nosso pensamento através do pensamento deles; daí esta influencia se apresenta a nós como uma vontade, um pensamento, um desejo, uma lembrança, uma idéia, uma idéia fixa, etc...

Por outro Lado, nos capítulos citados do LM, veremos que a "ação dos espíritos sobre a matéria" se dá através da união do fluido do espírito com o de um médium - que pode ou não ter consciencia do fato - e agem tendo como instrumento o perispírito do espírito sobre a matéria física, podendo ocasionar batidas, ruidos, movimentos, transportes, levitações, etc

Então podemos perceber que um fato é independente do outro, embora os dois possam coexistir e estarem acontecendo ao mesmo tempo num mesmo local, compreende?

Vou agora utilizar seus próprios questionamentos para facilitar a compreensão por tópico, ok?



"Os espíritos atacam os encarnados, quebrando janelas em cima deles, trancando portas, provocando incêndios e cheguei a ver a cena absurda de um prato parado voar e atingir a cabeça de uma mulher violentamente...Essas histórias, supostamente verídicas, podem mesmo acontecer?"
Sim. podem acontecer porque o que vai dar início a estes ataques é o sentimento de raiva/ódio/vingança que o espírito tenha pelo encarnado, então poderá sim utilizar de seu fluido material, unido ao de algum médium que possa existir na casa ou nas redondezas, e agir sobre os objetos lançando-os e quebrando-os nos encarnados.

Lembremos que os espírios são apenas gente sem a carne e, por isso mesmo, também tem ataques de violência e de raiva - desejando quebrar, matar etc...

Vale lembrar que nem todos os espíritos tem conhecimento de como utilizar os fluidos espirituais e animalizados - por isso nem todo obsessor agride a sua vítima - mas os que tem utilizam como desejam.

Vale lembrar também que, na maioria das vezes, estes espíritos agem sobre pessoas que estão em sintonia com eles; apresentando hábitos similares ou débitos cármicos e que, desta forma, está agindo a lei de causa e efeito.

Apenas para exemplo: O espetacular médium e orador Divaldo Franco, por exemplo, teve uma experiencia muito dolorosa neste Âmbito - um dia caminhando pela rua sentiu um murro em seu rosto - um murro espiritual - e teve todas as dores e edemas de um murro físico.

"Em relação à influência exercida pelos espíritos sobre os encarnados, sempre ouvi que não podem nos fazer mal e aquela antiga frase: " devemos temer os vivos e não os mortos""
Isso realmente se dá com relação a influencia espiritual - pois quanto mais equilibrados e harmonizados com os espíritos evangelizados estivermos não daremos espaço para que os espíritos sofredores nos prejudiquem; nossa vibração estará mais alta que a deles, impossibilitando assim uma sintonia fluídica.

Mas o mesmo não acontece quanto não vigiamos e oramos e passamos a sintonizar com os espíritos em sofrimento através de nossos pensamentos, sentimentos ou ações - agindo no erro cada vez mais estreitamos os laços que nos unem a eles e damos espaço e permissão para que influenciem nossos pensamentos.

Esta frase representa uma daquelas crenças que não é necessariamente verdade, as quais mencionei antes.

"Todos esses eventos estranhos podem ser provocados por espíritos?"
Sim. São provocados pela junção das enerias fluidicas espirituais e animalizadas de algum médium, utilizadas por alguns espíritos que tem este conhecimento, para agir sobre a matéria.

Alguns espíritos conseguem este intento "instintivamente", ou seja, sem orientação real; Apenas percebem que conseguem fazê-lo e utilizam de acordo com suas tendencias interiores - para o bem ou para o mal.

A espiritualidade nos esclarece, entretanto, que para que sejam efetuados tais feitos físicos o espírito não pode ser um espírito depurado... tendo que ter ainda seu perispírito mais ligado ao material de forma a interagir com o fluido animalizado e a matéria.

"Essa mesma mulher viu um espírito que de menino se transformava em um monstro e uma médium disse que esse tal menino não era um espírito humano...E esse tal espírito que não é humano?"
As percepções mediúnicas, todas elas, são passíveis de sofrer influencias do meio, do médium, dos espíritos, de fatores psico-religio-culturais, etc... então é natural que as visões de um determinado espírito seja diferente para cada observador medíúnico; pois cada um é um mundo em sí e tem suas capacidades mediúnicas de acordo com suas necessidades e adestramento.

Então por isso a videncia da mulher em questão pode ter sido influenciada por suas crenças e - em um fenômeno mental natural do ser humano - ela ter assimilado uma forma distorcia a de um monstro - como aconteceu antes na historia com a mula sem cabeça, curupira, saci, etc...

Entretanto existem espíritos que estão tão arraigados na maldade de tem realmente suas formas deformadas e assumem o aspecto grosseiro e monstruoso - animalesco até; mas estes espíritos não poderiam assumir a forma de uma criança; pois uma vez deformados pelo aspecto de seus sentimentos eles terão que trabalhar muito para retornarem ao aspecto humano normal.

Então, tendo isso em vista, acredito que podem ter ocorrido duas coisas: ou o espírito do menino estava envolto em energias que deram a ilusão de perda de forma e a mente da médium registrou como uma "transformação" em monstro; ou havia realmente um espírito embrutecido no local e interferiu fluidicamente na videncia da médium, tomando à força a sintonia da médium com o menino.

De qualquer forma era um espírito humano sim, mesmo que disforme... os princípios vitais que animam os animais dificilmente interagem com médiuns.

Bom, amigo, espero ter sido de alguma ajuda; perdoe a extensão da resposta - acho que me empolguei.

qualquer coisa entra em contato.

paz contigo.

Desenvolvimento Espiritual - Perguntas dos amigos



"... Por que não consigo me desenvolver em um centro Kardecista onde é o único que sinto-me bem e em paz, deferente dos outrs que tanto gastei e so fui enfeliz? há sempre alguém que faz eu ñ paticipar das reuniões de dessobsessão e do curso que iria fazer, o COE. Posso fazer issso em casa lendo os livros dos códigos e os de Zibia que tanto gosto? acredito em outros centros que ao começar a desenvolver falaram que eu tinha tantas mediunidades diferentes? ......"



Prezada ________, bom dia.

A educação mediúnica é um assunto delicado e que não deve ser tratado como um simples curso ou estudo que podemos fazer em casa; em primeiro lugar porque para que se eduque a mediunidade é necessário uma equipe espiritual e encarnada - ambas experientes - que irão orientar e direcionar os trabalhos e os espíritos que interagirão conosco; e em segundo lugar porque é necessário um local equilibrado, livre de interferencias energéticas e fluidicamente preparado para isso, sendo o local correto o centro espírita e não a nossa casa.

Uma informação que você me dá e que me deixa muito preocupado é que "gastou" para estudar e frequentar centros onde não se sentia bem... Perceba que , no meu entender, centros espíritas onde existe pagamentos, cobranças e taxas não estão em um caminho sério - salvo excessões aplicáveis para eventos e coisas assim...

Em centros sem uma orientação séria é muito fácil dar a informação que o indivíduo deseja e tentar mantê-lo na casa, pois esse é o objetivo destas casas: fixar e orientar de forma errada quantas pessoas puderem.

Não acho que deva ser levado em conta as informações que foram dadas a você nestas casas - uma vez que está em dúvida da seriedade delas, consequentemente está em dúvidas da seriedade dos médiuns, espíritos e trabalhadores que nelas atuam, compreende?

Acho sim que você deve buscar esta casa onde se sente bem e tentar - com esforço real - atender as suas necessidades nela; se não for indicado - pela direção da casa - que você participe deste ou daquele trabalho, busque saber o porque e o que é necessário fazer para atingir seus objetivos.

Perceba que muitas vezes desejamos fazer algo mas ainda não estamos em condições de fazê-lo... em Mediunidade principalmente.

Aprendi que Mediunidade não tem pressa... pois tudo sempre acontece no momento exato que deva acontecer e nós fazemos a escolha que melhor nos aprouver.

Busque informações com a direção da casa pois talvez seja necesário, neste momento, que você se equilibre mais, harmonize com a casa, busque uma vibração mais elevada - o que pode ser conseguido através da oração e do estudo, da participação em trabalhos sociais, da presença na casa, ingestão de água fluidificada e passes, etc...

Uma vez que tenha atingido o patamar necessário para atender as exigencias mediunicas desta casa, certamente será convidada para atender ao trabalho, se desejar.

O estudo e a leitura dos livros da codificação e os de André Luiz são essenciais para os médiuns - bem como para todos os trabalhadores espíritas - mas não são suficientes para educar a mediunidade... a leitura de livros tipo "romance", embora possa ser útil para divulgação de conceitos e idéias espíritas, não são idicados para um estudo sério; porque muitas vezes eles divulgam faos e ideias que não são espíritas, e sim espiritualistas... por isso é muito importante o critério do que se lê.

Boas leituras para o estudo da mediunidade são: KArdec, André Luiz, Manoel Philomeno de Miranda, etc... escritores e espíritos que estão sintonizados e comprometidos com o espiritismo.

Espero ter sido de alguma ajuda.

PAz contigo.

Desejo de comunicação do Pai - Perguntas dos amigos



"... Gostaria de saber sobre meu pai, como ele está, aonde está. Ele faleceu em 200___ no Hospital de câncer de _________ e até hoje não tive paz e não me conformo com sua morte. Por favor seu nome é __________ e nasceu no dia _______ e faleceu no dia _________ ......"

Prezada __________, bom dia.

A dor da saudade, quando um de nossos familiares retorna para a pátria espiritual, sempre é grande e presente; porém é imporante perceber que para a pessoa que desencarna foi melhor assim; porque cessou um tempo de sofrimento carnal e se abre para ela a porta do retorno ao local de amparo e felicidade que é a nossa real morada. È a liberdade ao cativo. É o retorno do viajante.

Mesmo tendo este ponto de vista e esclarecidos da realidade do espírito , muitas vezes nos pegamos em momentos de dor e sofrimento onde desejamos o contato mais direto com os queridos desencarnados; é nessas horas que buscamos tudo o que puder aliviar o nosso coração , não é?

As cartas consoladoras de parentes e amigos desencarnados que muitos médiuns recebem são os instrumentos que a espiritualidade utiliza para aliviar a dor e diminuir a saudade dos que ficam, bem como para confirmar esta verdade espiritual tão presente entre nós: Não estão mortos, apenas estão "na outra margem do rio".

É importante perceber, porém, que este desejo também abre um leque que pode levar a mistificação e ao engano, onde pessoas inescrupulosas se aproveitam da credulidade dos parentes e amigos; forjando comunicações através de informações obtidas em conversas anteriores e que não são realmente dos desencarnados.

Por este motivo todo cuidado é pouco quando se procura uma comunicação espiritual - nós sempre podemos encontrar alguém que está disposto a nos dar o que queremos, mesmo que não seja real; compreende?

Digo isto porque você solicita uma comunicação/notícias sobre seu pai e em nossa casa espírita infelizmente não efetuamos cartas familiares; e da mesma forma que solicitou a nós, poderá entrar em contato com outras casas e outras pessoas, que não sejam sérias em seu trabalho, entende?

De qualquer forma, minha irmã, o mais indicado, em qualquer situação, é que, devido ao desencarne dolorido de seu pai, você e seus familiares estejam sempre em oração por ele; enviando vibrações positivas e bons sentimentos para ele.

Perceba que todos os nossos pensamentos direcionados ao desencarnado chegam até ele - os bons e os de sofrimento também - por isso é muito importante que se elimine os pensamentos e sentimentos de tristeza, desespero e angústia, que muitas vezes são direcionados ao espíritos desencarnado. Ele os sente e, na maioria das vezes, fica também angustiado porque não pode solucionar os nossos problemas e isso apenas piora a sua situação.

Por outro lado alguns espíritos ainda não estão em condições de entrar em contato conosco, pois estão alguns sendo auxiliados, outros em recuperação, alguns em sofrimento ainda, muitos não possuem a permissão para o contato direto com os familiares, etc... Este é mais um motivo pelo qual não devemos "forçar" um contato com os desencarnados; quando existir a permissão e a condição ele sempre acontece.

Seja em sonhos, intuições, lembranças ou comunicações mediúnicas... mas para isso devemos estar equilibrados e harmonizados o suficiente para reconhecermos e percebermos quando ocorrer.

Espero ter sido de alguma ajuda.

Paz contigo.

Mensagens dos amigos espirituais ...




Haverá, então, esperança para nós que naufragamos no barco do trabalho no bem?

Para nós que preferimos o ouro do mundo ao madeiro do céu?

Para nós que temos na prata e no bronze a nossa recompensa, ao invés de buscar recompensa no olhar do faminto e nas mãos dos aflitos?

Sim!

Esta esperança chama-se Jesus.

Trabalhemos, todos, os nossos pensamentos e os nossos desejos.

Lutemos contra as más tendências e as más inclinações.

Busquemos os ideais nobres, ao invés das idéias baixas e mesquinhas.

Nos esforcemos no amor e na renúncia e teremos a nossa esperança efetivada em cantos de amor e paz.

Tenhamos a intenção e a ação do bem, e no próximo depositemos os nossos esforços...

Somente assim teremos a fé e a esperança em Jesus efetivadas em nossas vidas.

A esperança para nós que erramos está em nossas próprias mãos.

Por isto utilizemo-nas em esforços úteis e benéficos e não em tempo perdido e estéril.

O terreno para a plantação está a nossa frente, tomemos a enxada e plantemos as sementes do amanhã enquanto ainda é tempo.

Eusébio



Ovários Policísticos Causas espirituais e emocionais - Perguntas dos amigos



"... Gostaria de entender quais são seriam as possíveis causas emocionais e espirituais da sindrome do ovario policistico e de mioma no utero. Obrigada ......"



Prezada ___________, bom dia.

A Doutrina Espírita nos orienta que todas as nossas limitações e necessidades especiais em uma vida tem referencia direta com os nossos atos do passado recente e/ou loginquo; desta forma podemos sempre afirmar que doenças pré-existentes, fatais ou limitantes são a colheita, na atualidade, de atos e fatos que cometemos, muitas vezes pela nossa própria inconsciencia, contra o nosso próximo; prejudicando a ele(a) e a nós sob a lei da causa e efeito.

Como você deve ter visto em outros posts no nosso blog sobre assuntos correlatos é uma necessidade da pessoa encarnada - e as vezes do companheiro(a) ou família também - que resgate através da dificuldade ou impossibilidade de engravidar os erros e faltas cometidos no passado, muitas vezes neste mesmo âmbito.

Isto porém não quer significar que não devemos buscar a cura ou tratamentos que tornem viáveis as nossas espectativas e que, se for da vontade e da permissão de Deus, terão sucesso em seu objetivo.

Você me questiona por causas emocionais e espirituais e, acredito, tenha ficado claro pelo que disse anteriormente o fator cármico destes e outros problemas de saúde que, através da causa e efeito, se apresentam em nossas vidas em momentos programados.

Precisamos compreender um pouco sobre reencarnação para facilitar o entendimento deste processo. Na grande maioria das vezes quando nos preparamos para reencarnar somos orientados por nosos guias espirituais a "receber" em nosso corpo as limitações necessárias ao resgate de nossas faltas; e assim muitas destas doenças e limitações são programadas na espiritualidade e gravadas em nosso corpo(nos gens) durante a gestação com datas "marcadas" para acontecerem e com "gatilhos" específicos para que sejam acionados.

Por este motivo muitos de nós desenvolvemos ao longo de nossas vidas, em períodos específicados anteriormentes, doenças e problemas genéticos que venham a alterar a nossa condição física e biológica.

O Aspecto emocional, muitas vezes, pode servir como gatilho para "disparar" ou "acelerar" o aparecimento deste tipo de problema - notadamente nos problemas psicológicos; mas em diversos casos ele não "inicia" com influencias emocionais; em alguns casos - onde existe a necessidade que aconteça - ele se inicia naturalmente e o aspecto emocional apenas poderá agravar ou atenuar os efeitos, de acordo com a reação da pessoa, compreende?

É fato comprovado pela ciencia hoje que a nossa mente exerce um papel fundamental de controle sobre o nosso corpo, podendo gerar problemas físicos através de distúrbios emocionais - psicossomáticos - mas também podendo diminuir e em alguns casos curar estes mesmos problemas através de uma busca de equilíbrio e harmonia de espírito, corpo e mente.

Um fator, entretanto, que temos que levar sempre em conta é a nossa necessidade de passar por aquela experiencia - que enquanto existir não teremos/encontraremos tratamento ou cura - e o nosso merecimento de receber auxílio para aquela limitação - que quanto maior for maiores serão as perspectivas de cura e auxílio espiritual e físico.

As necessidades tem a ver com os resgates que trazemos... os merecimentos, entretanto, são fruto de nosso íntimo - como aceitamos, como reagimos, modo de vida, busca pelo divino, fé e caridade que praticamos... tudo isto irá influenciar grandemente a nossa cota de merecimento, pois uma vez que erramos anteriormente é necessário que acertemos para que possamos ter o erro corrigido; entende?

Espero ter sido de alguma ajuda.

Paz contigo.

Pais e Filhos, quem escolhe quem? - Perguntas dos amigos



"... qual os deveres dos filhos com os pais,e qual os deveres dos pais com os filhos ,quem escolhe,os pais escolhem os filhos ou os filhos escolhem os pais.muito obrigado ......"



Prezada _______________, bom dia.

Allan Kardec trata deste assunto com muita propriedade no capítulo 14 de "o evangelho segundo o espiritismo" bem como nas questões 203 a 217 de "O livro dos espíritos" - que estão disponíveis para consulta online no endereço www.biblioteca.radiobomespirito.com ; caso você não tenha os livros.

Podemos, de um modo geral, afirmar que os deveres dos pais para com os filhos são os de orientar, educar e auxiliar no crescimento e compreensão do mundo - dando cuidados, alimentação, carinho e corrigindo quando necessário.

Muitos pais, entretanto, esquecem alguns destes deveres e daí surgem situações onde vemos negligência dos pais ou superproteção; dois extremos que não são benéficos para o relacionamento pais e filhos.

Por outro lado os deveres dos filhos, ao meu entender, são os de amar, respeitar e cuidar dos seus pais, aproveitar as orientações recebidas, assumir posturas dignas e de respeito, buscar crescer e desenvolver-se como uma pessoa responsável dentro da sociedade e gerar uma família equilibrada que possa servir de apoio para os pais no futuro.

Da mesma forma, na nossa sociedade, muitas vezes desprezamos os pais (os mais velhos de um modo geral) e relegamos ao esquecimento ou a visitas formais em datas festivas... esquecendo que eles poderiam grandemente contribuir para o nosso esclarecimento com sua experiencia de vida e, principalmente, o débito moral e físico que temos com aqueles que tanto se dedicaram para que chegássemos onde estamos hoje.

Feitas estas colocações é necessário também esclarecer que muitos dos relacionamentos pais e filhos não são harmonicos e equilibrados, havendo inclusive alguns que chegam a violência e ao assassínio entre eles.

Estas desavenças são frutos de experiencias vividas no passado e que hoje, em outra encarnação, faz com que as energias fluídicas dos envolvidos muitas vezes não tenham afinidade e assim exista antipatia e até ódio entre eles.

Neste ponto chegamos a outra parte do seu questionamento: "os pais escolhem os filhos ou os filhos escolhem os pais"?

Posso afirmar que acontece uma coisa e outra e também nenhuma das duas, dependendo do caso.

A nossa família terrena é formada por espíritos que, entre sí, tem alguma sintonia - seja ela positiva ou negativa - e que tem a necessidade de reencarnarem unidos em um mesmo grupo para que possam ir resgatando os erros do passado. Neste caso muitas vezes viremos como pais, filhos, irmãos, primos, etc... de acordo com a necessidade e a orientação dos mentores que nos guiam.

Em alguns casos podemos nos dispor a receber como filhos um espírito a quem tenhamos prejudicado anteriormente, para termos a oportundiade de dar amor e carinho a quem tinhamos dado apenas sentimentos negativos antes; Em outros casos escolhemos vir como filhos porque nos dará a oportunidade de resgatarmos nossos erros cuidado - no futuro - de uma pessoa que prejudicamos no passado; alguns casos ainda existem onde encarnamos como pais ou filhos para proteger e orientar outros espíritos; outros ainda que existe a necessidade de terminarmos alguma missão que falimos em nosso passado e recebemos outra chance da mesma maneira que era antes.. ou seja: são diversas as situações e inúmeros os motivos para que um espírito venha como pai ou filho, vai depender de sua necessidade e de seu merecimento.

O importante, porém, é que não deixemos passar a oportunidade que a vida nos dá agora e que façamos o melhor que pudermos, na posição que estivermos, e nos dediquemos com amor e carinho aos que necessitam e que estão conosco em caminho - pois a nossa família representa os próximos mais próximos de nós e, frequentemente, aqueles com quem temos os débitos mais difíceis de serem resgatados.

Por este motivo necessitamos sempre os dedicar e honrar o compromisso familiar, mesmo que não sejamos correspondidos pela outra parte, pois apenas depende de nós o que podemo fazer e não o que outra pessoa deve fazer; devemos nos dedicar ao máximo pelo que nos compete vencer os nossos próprios obstáculos e servir, assim, de exemplo para todos os que nos cercam.

Esperto ter sido de alguma ajuda.

Paz contigo.

Origem dos Espíritos - Perguntas dos amigos



"... Olá! Meu nome é _________ tenho ____ anos e minha formação espiritual católica. Ocorre que sempre me interessei pelo espiritismo e ultimamente tenho lido a respeito. Tenho dúvidas a respeito da origem do espírito, qual seu ponto de partida. Se todos reencarnamos e vivemos vidas anteriores a esta, o nº de habitantes do planeta não deveria permanecer mais ou menos o mesmo? Por favor gostaria que me esclarecessem e me indicassem literatura nesse sentido.Grata ......"



Prezada __________, bom dia.

Allan Kardec descreve muito bem a origem dos espíritos - e outros detalhes - nas questões 76 a 83 e posteriores de "o livro dos espíritos"; bem como fala da sua destinação nas questões 96 a 131 e no capítulo 3 de "o Evangelho segundo o espiritismo". Vale a pena a leitura para um esclarecimento maior sobre o assunto. Caso você não tenha os livros poderá encontrar para consulta em www.biblioteca.radiobomespirito.com ;

Resumidamente podemos afirmar que em algum momento do infinito Deus nos criou todos a partir de sua energia (sopro de vida) a sua imagem e semelhança (ser espiritual imortal) e que trazemos dentro de nós desde nossa criação as capacidades latentes que deverão ser desenvolvidas e educadas durante nossa escalada evolutiva; Até , um dia, atingirmos a plenitude (perfeição espiritual) e nos tornarmos emissários do Divino para outros espíritos em evolução.

Esta caminhada evolutiva se dá através de diversos planetas e sistemas, em inúmeras encarnações (existencias), onde cada planeta tem um nível evolutivo e oferece aos seus habitantes uma certo nível de evolução; ao atingirmos aquele nível somos enviados(convidados) a passar a um próximo planeta, o qual estará em acordo com o nosso estágio evolutivo atual e assim segue até a plenitude. (LE questões 166 a 188)

Por este motivo a população de um globo está sempre oscilando entre mais e menos espíritos que nele habitam... muitos chegam e outros partem de acordo com suas necessidades;

Jesus teve a oportunidade de afirmar "meu pai ainda hoje trabalha" e os espíritos nos confirmaram que Deus nunca deixou de criar, então podemos acreditar que diariamente saem de suas mãos misericordiosas novos espíritos que entrarão no caminho da evolução, fazendo com que sempre existam espíritos nos diversos mundos, desde os primitivos até os angélicos; e que por isso as populações de cada orbe tenham seus números aumentados ou diminuidos progressivamente devido as transmigrações espirituais entre estes orbes, compreende? (LE 189 a 196)

Espero ter sido de alguma ajuda.

Paz contigo

Ciume - Perguntas dos amigos



"... Sou um alguém bem ciumento, tenho tido avanços e estou amadurecimento, todavia, não consigo deixar de ser ciumento e possessivo!Sou casado com uma esposa perfeita, confio nela, mas demonstro o contrário. Busquei ajuda profissional e me ajudou muito, mas esgotou. Agora, quando em profunda reflexão, sinto tristeza com crises de ciume. Como dito, melhorei muito, mas por vezes me depara em tal crise. Fico afetado e imaginando o pior. Acredito que há algo em uma vida anterior que seja a resposta. Tenho força de vontade, mas minha fraqueza momentanea faz com que retorne ao grau zero. Muito obrigado ......"



Prezado ____________, bom dia.

Este processo que você relata PODE ter tido origem em uma vida passada e hoje, em suas lembranças perispirituais, você pode sofrer os efeitos de algum desequilíbrio do passado sim; porém é importante lembrar que a solução para este problema está no HOJE e em VOCÊ.

Não deve buscar aqui ou alí por soluções e idéias que irão tirar este sentimento de seu íntimo - isso não existe.

O que existe - e deve ser feito - é a busca pelo auto-controle através do auto-conhecimento e da reforma íntima; ou seja buscar identificar os motivos que te levam a este comportamento e controlá-los através da força de vontade.

Não é fácil e não é rápido também; pois sempre que temos que mudar algo dentro de nós o nosso psicológico reage defensivamente e tenta impedir este processo; é contra nós mesmos que temos que lutar.

Kardec em o Livro dos espíritos, nas questões 907 a 912, nos fala sobre "as paixões" - estes sentimentos que, quando descontrolados, nos prejudicam e prejudicam aos nossos queridos; Leia e reflita sobre as informações contidas nestas questões.

Alguns fatores existem que certamente podem te auxiliar neste processo de auto controle/conhecimento - se você realmente se dedicar a isto; entre eles posso citar:

- Oração diária e contínua - converse com Deus e com os amigos espirituais pedindo apoio, força e sabedoria - abra seu coração.
- Leitura de textos edificantes e evangelizadores - gosto muito de Mateus 5,6 e 7, mas pode ser os salmos, ou outro evangelho... o evangelho segundo o espiritismo ou a própria bíblia... o importante é que você leia e estude os textos tentando implementar os ensinamentos em sua própria vida.
- Comparecimento a uma casa de oração - qualquer que seja - pois pode auxiliar imensamente quando se dedica de verdade - encare como uma terapia ocupacional de grupo
- Envolva-se com trabalhos sociais e de caridade - utilize seu tempo e mente para fins positivos e frutíferos, ao invés de desperdiçá-lo com pensamentos e atos inúteis e prejudiciais
- Passeie, viaje e viva com sua esposa o mais harmoniosamente possível; busque o equilíbrio nos sentimentos e ações; demonstre o quanto a ama e o quanto gosta dela.
- Mantenha firme sua vontade de se melhorar - pois muitos serão os impecilhos que aparecerão para tentar desviar sua vontade e atenção; muitos serão as tentações de errar novamente - resista e vença... com o tempo e o esforço constante você superará este problema.

Paz contigo

Sexo sem controle - Perguntas dos amigos



"... Gostaria que você me informasse alguns métodos que a doutrina espírita oferece para ajudar no controle das energias genésicas, pois não consigo mais parar de pensar em sexo... E isso é altamente prejudicial para o meu aprimoramento espiritual. Agradeço desde já ......"


Prezado __________, bom dia.

é importante percebermos que o papel do fator sexual em nossas vidas tem sua importãncia e permissão natural por Deus; de outra forma não seria possível a procriação das espécies ou a interação amorosa e troca de energias entre as pessoas que se amam.

Sexo - diferente do que muita gente pensa - não é errado. O ABUSO é que é.

Sempre que temos abuso ou exagero em algo é um forte indício que algo está errado.

Pelo seu relato você evidencia um pensamento fixo no assunto e, desta forma, podemos ter duas hipóteses para tentar esclarecer este processo:
- o desejo desenfreado pelo sexo devido a sobreposição das sensações sobre os sentimentos e sobre o intelecto - você não consegue ainda cotrolar seus desejos ou paixões e atende-os de forma descontrolada - seja praticando e pensando em sexo ou masturbando-se.

- A influenciação de espíritos que sintonizam com este pensamento e estes desejos e te direcionam/influenciam para que cada vez mais o sexo tome o "controle" de suas ações e sua vida.

Perceba que, tanto a primeira hipótese pode levar a segunda quanto a segunda não pode existir sem a primeira - para que exista influencia espiritual em algum sentido é necessário que tenhamos aquele direcionamento dentro de nós, compreende?

O sexo é um fator natural e permitido por Deus - o prazer que ele proporciona é a razão física para estimular a procriação e a multiplicação da espécie; este prazer, porém, muitas vezes assume uma importancia tão extrema em nossas sensações que desejamos sentí-lo cada vez mais e de forma cada vez mais intensa.

Este comportamento pode nos levar a iniciar um processo intenso de práticas e procedimentos que podem, inclusive, se tornar viciosos ou prejudiciais a nossa saúde e de outros.

As energias genésicas (e pelo que indica você já leu ou se informou a respeito) podem e devem ser controladas e direcionadas para outros aspectos de nossas vidas; entretando para que isso aconteça é necessário que tenhamos antes o controle sobre nossos próprios impulsos e desejos.

Não é fácil este processo e é um processo bastante trabalhoso, um caminho com muitas pedras e quedas, mas que pode ser trilhado quando se tem força de vontade suficiente. Em o livro dos espíritos nas questões 907 a 912 e 919 poderemos encontrar alguns esclarecimentos e orientações sobre este assunto; certamente será de alguma ajuda para você.

Perceba que NÃO estou afirmando que você deixe de praticar sexo - de forma alguma...

Existem algumas pessoas e grupos religiosos que utilizam a prática de negar o sexo ao ser humano, proibindo que se tenha relações naturais que os nossos instintos pedem, e seus membros terminam por fazer ocultamente, prejudicando-se mais ainda... Outras que afirmam poder sublimar o sexo com um comportamento casto mas, ao meu entender, ainda estamos muito distantes deste tipo de controle...

Devemos, nós que somos normais, seguir o caminho do meio - já dizia o buda: a virtude está no meio, no equilíbrio - ou seja: devemos praticar o sexo naturalmente com pessoas que amamos, em momentos de amor e respeito, com o nosso parceiro (e não com muitos) e buscar transformar este momento em uma troca de energias salutares de amor e carinho mútuos... Entende?

Para que busque um auxílio neste autocontrole é necessário que passe a frequentar (verdadeiramente) uma casa de oração; ore, converse com Deus; adquira hábitos saudáveis - caminhada, meditação, leitura; Mude de sintonia quando perceber que determinados pensamentos estão chegando - Reaja - utilize sua força de vontade.

Caso ache necessário visite uma casa espírita séria, que possa fazer uma consulta espiritual e providenciar água fluidificada e passes; para auxiliar nesta primeira etapa do seu "aprimoramento espiritual".

Certamente, se você se dedicar, conseguirá vencer este desafio.

Espero ter sido de algum auxílio.

paz contigo.

Angústia íntima - Perguntas dos amigos



"...Olá!
Bom estou aqui para pedir ajuda, já entrei tentei em tudo quanto é blogs mas nada dá certo, bom acredito muito nisso, vivo pensando se poderei reencontrar as pessoas que mais amei, minha vida não está na fácil parece tudo girar ao contrario as vezes penso em até deixar tudo me esquecer, mas não consigo, parece que sinto só, depois que minha Vó se foi tudo mudou até mesmo eu, eu não consigo mais viver assim essa não sou eu, bom já ocorreu comigo desdobramentos mas mas isso não ocorre mais não sei por que, visito mediuns mas pra mim está difícil agora, pois até minha família não é a mesma, então por isso estou aqui peço ajuda e uma resposta, Obrigado!......"


Prezada __________, bom dia.

Acalme seu coração; busque harmonizar seus pensamentos e diminuir o ritmo de sua ansiedade - sinto que você está muito agitada, ansiosa, buscando uma resposta que não sabe onde... Calma.

Nada na vida vem de forma muito fácil e rápida; porém também não é nada bom buscar descontroladamente algo que ainda não sabemos o que é.

Talvez a perda de sua avó tenha te deixado muito vulnerável sentimentalmente e psicologicamente, e isto não está te fazendo bem.

Acho que, antes de tudo, você deveria buscar auxílio de um profissional de psicologia - não pense que estou dizendo que você está perturbada, não é isso - mas ele, com seu conhecimento tecnico, poderá indicar alguma substancia que irá agir em seu sistema e acalmar seus sentimentos e pensamentos, de forma a facilitar sua busca e auxiliar no convívio com os demais membros de sua família.

Ao mesmo tempo acho muito importante que você busque reencontrar sua ligação com Deus e harmonizar-se espiritualmente.

Isto pode ser feito facilmente através da prática da oração sincera, conversando com Deus, e da frequencia a uma casa de oração onde poderá receber orientações e interagir com outras pessoas que tem a mesma busca - harmonia com Deus.

Muitas vezes achamos que estamos perdidos e entregues ao sabor do vento, sem um direcionamento em nossas vidas, e é exatamente neste momento que devemos buscar no Norte de nossas vidas: JESUS.

Busque uma casa orientada seriamente por Jesus, uma que seu coração tenha sintonia, onde você se sinta bem; converse com pessoas mais experientes nesta casa e certamente elas te orientarão no caminho mais seguro para Jesus.

Leia Mateus 5, 6 e 7 - busque sentir as palavras e ensinaentos para que possa aplicá-los em sua vida e assim ficar mais perto daquele que nos AMA e que deseja que amemos o nosso próximo - trabalhe no bem de quem precisa, isso auxilia imensamente na compreensão de nossos próprios problemas.

Caso necessite estamos aqui .

PAz contigo.

Relacionamento Amoroso - Perguntas dos amigos





"... Primeiramente queria parabenizar o amigo pela iniciativa do site que informa e acalenta o coração de milhares de pessoa. Em segundo gostaria de um auxilio pois passo por um momento difícil em minha vida sentimental.Não consigo manter um relacionamento amoroso duradouro, e isso vem causando grande tristeza em meu coração.Sei que o amigo com sua grande sabedoria terá uma palavra de conforto a me apresentar. Desde já o meu muito obrigado ......"

Prezadao _____________, bom dia.

Antes de mais nada agradeço seu carinho e apreço, mas apenas devemos agradecer a Jesus que nos dá tantas oportunidades de servir sempre mais.

O irmão me pede uma orientação em um assunto amoroso, o que é muito difícil, pois acredito que este aspecto de nossas vidas é o mais particular possível e está sempre diretamente ligado ao nossos sentimentos e instintos mais profundos... tanto que muitas vezes me abstenho de comentar sobre estes assuntos...

Entretanto acredito que possa dar uma opinião sobre o aspecto relacionamento...

De minha opinião particular acredito que o relacionamento entre duas pessoas sempre deve ser maior que apenas uma paixão, compreende? Uma convivência é sempre mais que sexo.

Para um relacionamento dar certo as partes devem estar em comunhão, colaboração e apoio mútuo; ou seja: deve haver respeito, carinho e compreensão entre ambos.

Sempre que for inciar um relacionamento, mais que as sensações e os instintos, acredito que devam ser considerados os objetivos em comum, o que podemos aprender com a outra pessoa, o que devemos ceder para que o relacionamento dê certo - porque sempre temos que ceder em nossos relacionamentos duradouros, não existe ninguém que esteja certo 100% do tempo e que não precise pedir desculpar, voltar atrás, pedir auxílio ou orientação, aceitar opiniões, dar a mão... etc.

Um outro fator importante em um relacionamento, ao meu entender, é que cada um deve ser capaz de viver separadamente do outro - ou seja: não deve haver nenhuma dependencia de um para o outro... assim ambos saberão que se estão juntos é porque se gostam e não porque precisam do outro para viver, compreende?

Conversa, compreensão e respeito SEMPRE devem fazer parte de um relacionamento duradouro... nas discussões, que serão inevitáveis, evitar grosserias, palavrões, acusações ou violência... o respeito entre um casal é um grande alicerce para sua vida juntos.

Outro aspecto que o querido irmão poderá considerar, também, é qual a verdadeira sintonia que existe entre você e as pessoas com que se relaciona? Onde se conheceram? qual os pontos em comum? Existe harmonia entre os dois lados do casal? Sempre devemos tentar nos relacionar com pessoas com as quais possamos conversar, viajar, orar, trabalhar, poupar, imaginar, projetar e realizar; pois assim estaremos certamente com uma pessoa que vive conosco cada passo de nossas vidas.

Certamente a sua busca pela companhia ideal resultará em um bom fruto, se você souber escolher. Vale lembrar que nem sempre o fruto mais doce é o mais belo.

Espero ter sido de alguma ajuda.

paz contigo.

Fé, Perturbação, Cheiro de cigarro e Umbanda - Perguntas dos amigos



"... Sou um internauta sem religião (não talvez por opção), mas que as vezes deprimido, sem saber onde recorrer a um socorro espiritual leio esses artigos. Gostaria de me sentir bem em alguma religião, mas me decepciona sempre quando percebo que algumas na verdade tem no dinheiro o verdadeiro objetivo. Aí, me entristeço, vejo que que estou mesmo sozinho neste mundo em meio à multidões. Moro em SP, tenho ____ anos e estou desempregado, minha mãe tem ____ anos e recentemente sofreu um AVC, embora eu more perto não posso cuidar sempre dela junto com meu pai que tem ____. Não tenho irmãos próximos. Nossa vida está muito dificil. Tenho sentido ultimamente um desejo tamanho de suicidio (coisa que em épocas passadas jamais havia sentido) Agora mesmo algo tenta me impedir de postar este comentario e me faz pensar que seria sem sentido. Já pensei em procurar um Centro Espirita onde ninguém me conheça, só assim teria a certeza do que venho descofiando pois acho que há algum encosto na minha vida, devido há estes fatos e dificuldades. Sei que minha fé não é uma fortaleza, além do que sou muito questionador, sempre encontro um entretanto no que me dizem a respeito nas religiões. por favor preciso de ajuda. uma palavra de conforto talvez. Obrigado ......"


Prezado __________, bom dia.

Infelizmente muitas pessoas realmente acreditam que para seguir uma religiao existe a necessidade de dinheiro - dar ou receber - e se perdem no caminho espiritual, dando importancia demasiada a coisas que são terrenas e negligenciando os ensinamentos divinos que recebemos de graça do Cristo de Deus.

Não deixe que esta visão ainda "pequena" te impeça de buscar o seu caminho, nem que enfraqueça os teus questionamentos; as dúvidas que carregamos são os maiores estimulos ao nosso crescimento interior.

se não encontrou ainda quem possa esclarecer ou compartilhar os estudos contigo é porque não chegou ao local certo ainda.

Acho sim que você deva buscar um centro espírita sério para fazer uma consulta espiritual - que é muito provável dar positiva para uma obsessão, pelo que você relata (principalmente a idéia de suicídio e a de impedir um contato em busca de auxílio; pois normalmente é assim que os obsessores agem).

Mas isso também não deve ser motivo de desespero ou desmotivação de sua parte- todos nós temos os nossos queridos obsessores conosco e muitas vezes são eles que nos auxiliam a encontrar o caminho da busca espiritual e do melhoramento, por consequencia.

Os fatos da vida são sempre colheitas de nosso passado, por isso não devemos nos revoltar ou angustiar em demasia; devemos sim lutar com força e fé para que possamos sempre melhorar e buscar crescimento - pessoal, profissional,afetivo, social, etc - desde que utilizemos de meios dignos e honestos, e mantenhamos a fé e a esperança, teremos sempre o auxilio dos espiritos amigos, segurando nossas mãos ou nos inspirando alguma idéia positiva - basta que tenhamos o equilíbrio necessário para sintonizar com eles.

Infelizmente na maioria dos casos temos maior facilidade em sintonizar com os sofredores e com os que ainda não nos amam - e por isso temos mais sentimentos e idéias negativas que positivas.

Embora vocÊ se defina sem religião eu acredito que- pelo relatado - não seja sem fé- então busque através da sua fé religar seu ser ao divino que nos cerca.

Ore sempre - converse com Deus, abra seu coração;
busque evitar locais, hábitos e pessoas que tenham sentimentos/vibrações negativas - drogas, sexo,violencia, dor, etc.
passeie, se possível, em parques, praias, bosques e busque sentir as vibraçoes de amor a sua volta - energize-se com as energias posivitas e ore aos bons amigos espirituais.
chore, se necessário - viva suas emoções mas não se deixe descontrolar por elas.
mude sua frequencia de pensamento sempre que sentir alguma coisa negativa se aproximar - pensamentos, sentimentos, etc;
vá a uma casa religiosa em busca de fortalecimento espiritual - porque sozinhos não somos nada.
Se for uma casa espírita receba passes, participe dos estudos e assista as palestras, tenho certeza que você encontrará o que procura.

quanto às doenças físicas muitas vezes elas são a ponte que podem nos reaproximar daqueles que amamos; utiize esta oportunidade para doar um pouco mais de carinho, compreensão, cuidado e talvez perdão àqueles que são seus próximos mais próximos.

Cuide de sua mãe e ampare seu pai SEMPRE que possível - não deixe de fazê-lo - ore com eles, divida dua esperança, converse, conte histórias... neste momento eles necessitam de sua atençaõ e carinho e vocÊ da oportunidade que o universo está oferecendo: trabaho no bem.

Faça a sua parte, meu irmão, e certamente em pouco tempo estará sentindo boas vibrações e pensamentos; que serão a colheita das sementes de esforço e amor que você espalhar.

espero ter sido de alguma ajuda. qualquer coisa entre em contato.

Paz contigo.


"... minha sobrinha de ____ anos e ____ meses faleceu no ultimo domingo dia _____. ela esta aparecendo para a minha vizinha e apareceu a meu cunhado e disse q ia levar a mae dela oq podemos fazer pois a morte dela foi rapida e inesperada porem minha irma deixou muito a dssejar no quesito mae ......"



Prezada _________, bom dia.

Embora não seja impossível acredito ser muito improvável que o espirito que esteja "aparecendo" para sua vizinha e cunhado seja o de sua sobrinha... Normalmente em casos como este o espírito leva um tempo para se readaptar ao mundo espiritual e, na maioria dos casos, fica sob a guarda de espíritos mentores que cuidam de crianças recém desencarnadas; por isso afirmo que é muito difício o espírito de crianças ficar "vagando" errante sem orientação.

Acredito que possa estar acontecendo entre 2 coisas uma:

1 - com o impacto da morte da criança algumas definições psicológicas podem ter sido despertadas em algumas pessoas e pensamentos/sonhos/intuições podem mais facilmente ser associados a "comunicações espirituais"; por isso dando a impressão psiquica de comunicações quando na realidade são nossas próprias idéias e pensamentos que estão agindo.

2 - Espíritos que desejam afetar/desequilibrar a família - ou algum membro - aproveitam-se de alguma percepção que tenham as pessoas próximas e influenciam os seus pensamentos e percepções com imagens e mensagens que venham a perturbar a harmonia ou recuperação da familia em momentos com este; estes espíritos normalmente agem assim por serem obsessores de alguém da família.

De qualquer modo, entretanto, o melhor a fazer neste momento é não se deixar abalar por pseudo-comunicações que venham instalar o sofrimento e a dor entre as pessoas envolvidas; buscar na prece e na conversa com Deus a paz e a harmonia necessárias para reestabelecer o equilíbrio íntimo e, principalmente, orar em benefício do espírito de sua sobrinha que, onde estiver, será benefíciada pelos fluidos salutares da oração.

Inclusive, caso seja realmente o espírito dela que esteja se apresentando, ela será imensamente aliviada de seu sofrimento e dos fluidos pesados que ainda estejam ligando-a a este mundo material. A oração vai somente trazer alívio e paz para ela e para os familiares.

É importante também que não exista entre a família o espírito de "culpa" ou "remorso" nem o de "acusação"; quanto maior o equilíbrio que reinar nos lares dos envolvidos melhor para os encarnados e para a desencarnada.

Busque um centro espírita sério, orientado por Jesus e Kardec, e procure fazer uma consulta espiritual para a mãe; caso exista algo que necessite de um auxílio mais intenso será orientado como proceder.

Espero ter sido de alguma ajuda.

PAz contigo.


"... senti cheiro mto forte durante uma noite toda, e não conseguia nem respirar , pois me envolvi com uma pessoa que que naum sai da csa de ubanda pode ter algumna coisa relacionado a isso ele pode esta querendo me fzer algum mal, me ajudem por favor, ou pode ter algum espirito em minha casa ......"



Prezada ___________, bom dia.

O fato relataqdo por você é mais comum de acontecer do que imaginamos, porém apenas algumas pessoas podem sentir esta presença a partir de percepções mediúnicas.

Sim... provavelmente você foi acompanhada - ou está sendo - durante esta noite por um espírito que ainda está muito ligado a matéria - o cheiro de cigarro é evidencia disto;

Pode ser que este espírito seja um dos que fazem parte do local onde a pessoa que você se envolveu está frequentando; como também pode ser que seja um espírito com o qual você ou esta pessoa tenha algum débito do passado.

Uma vez que você não sentiu nada de mal - apenas o cheiro incômodo - acredito que ele não deseje lhe fazer mal - a não ser que tenha vivenciado sensações ruins, mudanças de humor, perda de sono, irritabilidade, sonhos ruins, etc... aí poderíamos ter indícios de perturbação espiritual.

De qualquer forma, como precaução para você, acredito que seja de abom alvitre buscar harmonizar suas energias através da oração, da visita a casas de oração, da busca pelos ensinamentos de Jesus e pelo trabalho no bem. Isto dará a você a segurança que necessita para "se defender" de qualquer espírito que deseje lhe fazer mal.

Outra coisa importante que desejo dizer é que não necessariamente um frequentador ou espírito de umbanda é mau. Existem espíritos e trabalhadores na umbanda que são excepcionais no bem que produzem - tudo vai depender da linha de trabalho que seguirem; por isso é importante você buscar conhecer como são realizados os rituais e com que objetivo - nada que seja realizado para o bem de um e o mau do outro é realmente bom.

Lembre-se que Jesus nos afirmou: pelos frutos reconheceremos as árvores.

Esperto ter sido de alguma ajuda.

PAz contigo.

Psicografia e Fraude - Perguntas dos amigos



"... Amiigo vê esse link e me diz o que achou: http://www.guiame.com.br/v4/materia.asp?cod_pagina=1608&cod_noticia=48531

Tô cheia de dúvidas agora quanto as psicografias e em especial as de Chico Xavier.
Tb lí outras matérias sobre e sempre dizem que tem provas das fraudes em suas psicografias. Afinal,essas provas negativas realmente existem?......"


Prezada _________, bom dia.

Neste caso, como em tantos outros que já comentei com você e com outras pessoas, acho que estamos diante da comprovação da afirmação de Jesus "que vejam os que tiverem olhos para ver"; explico abaixo.

Neste site de origem gospel/protestante (por sinal - esclareço que não tenho nada contra a religião protestante, tendo inclusive vários amigos protestantes com quem converso muito Deus, Cristo e religiosidade) está explicitado em um artigo de autoria de um Pastor a descrença sobre a capacidade mediunica de psicografia - inclusive da do querido Chico, que é descrito por ele como "homem atormentado "..."iludido"..."e grande instrumento de ilusão"; realizando também algumas afirmações que são simplórias, típicas de quem acusa sem term base ou estudo sério sobre o Espiritismo. Apresento abaixo algumas delas e a correta interpretação, à luz do espiritismo:

" A psicografia nada tem a ver com o além. É um transe. ...certos distúrbios neuropsiquiátricos e suas características associadas, podem ser vistas como positivas...Psicografar é uma escrita inconsciente, automática"
Certamente para que haja a psicografia é necessário que o médium entre em transe - um estado alterado de consciencia - que permitirá a comunicação entre o espírito e o encarnado.

Acaso fosse um distúrbio neuropsiquiatrico, como afirma o nosso irmão, o médium somente poderia escrever - mesmo dizendo que é de autoria dos espíritos - coisas que ele tivesse conhecimento, domínio e informação a respeito... e não é o que vemos na prática da psicografia;

Na maioria dos casos os médiuns trazem mensagens que abordam assuntos dos mais diversos - poéticos, temáticos, científicos, etc... - os quais os médiuns não tem conhecimento nenhum; mensagens em linguas estrangeiras as quais os médiuns não falam; mensagens que revelam detalhes das vidas de pessoas e famílias que vivem a centenas ou milhares de quilômetros do médium; datas, nomes, acontecimentos são detalhados em mensagens diversas os quais o médium nunca teve conhecimento ou esteve presente...

A psicografia se apresenta, de acordo com a mediunidade de cada um, em 03 possibilidades básicas: mecânica, semimecânica e intuitiva; onde cada de acordo com a capacidade de cada médium o mesmo terá um nível de consciencia maior ou menor do que escreve - não se tratando, portanto, de um "processo inconsciente".

"nunca diria que psicografava...por Emmanuel, senador romano dos tempos de Cristo. Naquela época nenhum senador romano poderia se chamar Emmanuel, um nome católico-cristão, que significa ''Deus-conosco''"O estimado irmão esquece - ou desconhece - que o real nome de Emmanuel em sua encarnação como senador romano foi Publiu Lentulus (esta informação pode ser conseguida através da leitura de "há 2000 anos", ou escutando o áudio-livro em http://www.radiobomespirito.com ) e que o mesmo ESCOLHEU se apresentar com a APARENCIA do senador pois havia sido a encarnação que mais marcara sua existencia.

Ainda como esclarecimento sobre o porque da escolha do nome EMMANUEL: ele representa uma referencia a última encarnação do espírito, que teve participação de muita importancia no sudeste do Brasil, como Padre Manuel da Nóbrega ( http://pt.wikipedia.org/wiki/Manuel_da_N%C3%B3brega ); que trabalhou grande parte de sua vida em Portugal e Espanha onde assinava suas cartas como E. Manuel (abreviação de Ermano Manuel ). Estes documentos ainda estão em museus para a comprovação.

"se ... tivesse psicografado um senador romano dos tempos de Cristo, então ele escreveria em latim, sua escrita corrente"
Novamente caímos no engano de limitar a comunicação espiritual ao nível de nós humanos e ainda muito pequenos para compreendermos os parâmetros celestes.

A Psicografia representa uma ligação fluidica entre o espírito do médium (receptor) e o do espírito (transmissor) esta ligação possibilida a comunicação espiritual - especialmente quando falamos de espíritos mais evangelizados - que se da pela linguagem do pensamento; ou seja: são trasmitidos aos médiuns os impulsos fluídicos do que se deseja falar e, dentro de sua capacidade intelectual, o mesmo organiza as palavras em linguagem nativa; qualquer que seja sua lingua.

Por este motivo se aconselha que os médiuns - mais que todos - estudem, leiam e estejam sempre atualizados; para poder dar material aos espíritos que necessitarem trabalhar por seu intermédio.

Outrossim, em casos onde a mediunidade utilizada foi a audiencia ( livros ditados por espíritos ) os espíritos ditam os textos na linguagem nativa de sua última encarnação - sendo, então, natural ao médium ouvir e escrever como se alguém o ditasse uma carta.

"São inúmeras fraudes atribuídas ao princípio da psicografia de Chico"
Infelizmente o amigo parece desinformado que muitas das psicografias de Chico tiveram suas afirmações e informações comprovadas por amigos, parentes e, inclusive, a ciência.

Indico a quem se interessar pelo assunto assitir ao DVD "As cartas de Chico Xavier" ( http://www.arquivoluceliasantos.com/fichatecnica/linhadireta/ascartasdechicoxavier.htm ) onde poderão ser encontrados 03 dos casos inéditos que foram levados aos tribunais e inocentados os acusados por meio de cartas psicografadas por Chico.

Estas cartas foram estudadas por grafologistas e peritos da Polícia tendo sido declaradas como verdadeiras pois a escrita alí era IDENTICA a das pessoas desencarnadas que retornaram para inocentar os que estavam sendo acusados. Tanto a caligrafia das cartas como as assinaturas foram estudadas e foi comprovada sua autenticidade. ( http://www.atarde.com.br/cidades/noticia.jsf?id=2221795 , http://fredericodrummond.blogspot.com/2010/04/professor-carlos-augusto-perandrea.html , http://pt.wikipedia.org/wiki/Psicografia )

"Os poetas 'desencarnados' se repetem e se parodiam, a todo momento"
Provavelmente o estimado irmão se refere ao fato dos poetas desencarnados escreverem textos que se ligam de alguma forma (contexto, título, rima ou métrica) a textos seus enquanto encarnados; esquece porém (como poderemos ler em "parnaso de além túmolo") que a maioria, para não dizer todos, estes textos vem tentando modificar a "visão" antiquada e errônea que os poetas tinham do mundo enquanto encarnados e que, após o desencarne - conhecendo as verdades espirituais - tiveram seus "olhos abertos" e retornaram para "corrigir" os erros ideológicos que tenham divulgado.

"uma vez que para ser bom, não há a necessidade de ser espírita"
Em nenhum momento das obras espíritas é indicado esta afirmação... pelo contrário; Na questão 842 de "o livro dos espíritos" Kardec pergunta aos espíritos "qual religião tem o direito de se apresentar como sendo a expressão da verdade?" - e seria de se esperar que eles indicasse o espiritismo, é claro - mas não... Eles afirmam que "é aquela que formar mais homens de bem e menos hipócritas" - ou seja: A que mostrar a cada um de nós o melhor caminho de acordo com o nosso nível consciencial.

Para ser bom devemos apenas seguir os ensinamentos do Cristo... mas quantos de nós não lembramos disso e esquecemos; principalmente da parte do "não julgueis"...

"uma única pessoa morreu e voltou dos mortos para nos contar como era: Jesus de Nazaré"
Sou obrigado a discordar do nosso irmão nesta afirmação - embora respeite o seu direito e tenha compreensão que esta é a crença dele.

Na própria bíblia encontratemos referencias "inquestionáveis" constantes na "palavra de Deus" (como afirmam os nossos irmãos protestantes): o caso da filha de Jairo e o de Lázaro - apenas para dar mais 2 exemplos - que mostram que Jesus não foi o único a retornar da Morte.

Mas,sem desejar discutir, ao longo dos anos o trabalho na casa espírita tem me mostrado realidade o que eu já sabia existir em meu coração: a continuidade da vida após a morte do corpo físico e a comunicação entre os "vivos" e os "mortos" acontecendo e sendo cada vez mais aceita pelas pessoas.

Já tive inúmeras experiencias pessoais onde vivenciei sentimentos, palavras, gestos e pensamentos que não eram meus...Sob a influencia espiritual dos desencarnados já escrevi textos sobre assuntos que não dominava e conversei sobre idéias que não aceitava... fiz ameaças a pessoas que estimo e consolei e esclareci com palavras que não tinha em meu coração...

Jesus certamente morreu na carne e voltou... para nos mostrar que é possível e que todos podemos, complementado seu ensinamento "vós podeis fazer TUDO que faço e muito mais".

Não posso afirmar que TODAS as psicografias são verdadeiras, pois muitos mistificadores se dizem médiuns e se aproveitam da credulidade das pessoas; como também muitos representantes de outras religiões se utilizam da credulidade de seus fieis para praticar atos ilícitos ou enriquecer...

Estes problemas São dos homens... A religiões nada tem a ver com isso.

Espero ter sido de alguma ajuda.

Paz contigo.

Mediunidade de Cura - Perguntas dos amigos



"... Olá amigo João! Gostaria que você falasse ou indicasse leituras sobre a mediunidade de cura onde poderia verificar como ela se manifesta no médium, que sintomas indicam esse tipo de mediunidade. Que Deus te ilumine sempre pelo difusão da doutrina! Abraços ......"

Prezada _________, bom dia.

Primeiramente peço desculpas pelo atraso em responder teu questionamento, mas estive com alguns contratempos e somente agora estou colocando a "casa" em ordem...

Sobre a mediunidade de cura especificamente apenas conheço o que Kardec fala em "o Livro dos Médiuns" quando estuda as mediunidades em geral; outro livro que li há algum tempo foi uma "biografia" de zé arigó; mas não conheço nada especificamente sobre a mediunidade de cura.

Na prática - estudo diário de casos que conhecemos - percebemos que ela se aplica de duas maneiras diferentes; sendo uma onde o espírito EMITE através do médiun as energias curativas (como um passe, só que mais intenso) e outra onde o espírito AGE através do médium executando processos cirurgicos.

Em ambos os casos é imensamente necessário que tenhamos muito cuidado e zelo com a situação; pois por ser uma das mediunidades mais procuradas é também uma das mais mistificadas e que apresenta o maior numero de pessoas fraudulentas.

Por isso é indicado sempre um acompanhamento sério nos estudos e prática desta mediunidade, sem descuidar do acompanhamento médico clínico para que se possa verificar os resultados.

Ao meu entender se tivéssemos um maior acompanhamento - e mais sério - entre as pessoas que afirmam servir de instrumentos de cura, teríamos menos problemas com mistificações.

É sempre bom lembrar que, como todo processo mediúnico, deverá sempre seguir as instruções de Jesus e "dar de graça o que de graça recebe", pois vemos muitos médiuns que atendem de graça mas "vendem" a preços "módicos" os medicamentos fitoterápicos, óleos, unguentos etc.. sob a desculpa de "arcar com as despesas".

Normalmente quando o médium tem esta qualidade especial ele recebe a informação de alguma maneira; seja por um sonho, convite, mensagem ou diretamente através de outos médiuns/expíritos.

Não devemos nos preocupar em "buscar" a mediunidade ou "descobrir" se somos ou não... a mediunidade é um processo programado em nossas vidas e está preparado para aflorar em um momento determinado - o universo não dá saltos.

Espero ter sido de alguma ajuda.

PAz contigo.

Jesus e os dias de hoje

 
Aqueles dias, nos quais esteve Jesus cantando as glórias de Deus, pelas terras da Palestina, eram dias de grandes dificuldades morais.
As aflições, dramas pessoais, dificuldades de relacionamento, de entendimento entre povos e culturas faziam-se constantes.
A incompreensão, o preconceito, a preocupação com a aparência externa e com o aspecto social era a tônica, nos relacionamentos, principalmente nas classes mais abastadas.
Não muito diferente dos dias de hoje. Em termos morais e valores íntimos, ainda somos muito parecidos com aqueles que encontraram Jesus, durante Seu périplo de amor.
Os dramas vivenciados há mais de dois mil anos, na intimidade daquele povo, se assemelham muito aos desafios emocionais que hoje enfrentamos.
Por isso, os conselhos de Jesus são ainda tão atuais.
Ele falava para um povo que vivia em um mundo sem recursos tecnológicos, utilizava de analogias e comparações que pudessem ser compreendidas, pelas gentes simples.
Não obstante, Seus conceitos e orientações são ainda atuais.
Jesus não Se preocupava com as coisas do mundo. Ensinava as coisas da alma.
Sem preocupar-Se com os valores temporais, era, por excelência, o Sábio dos valores da alma, que os conhecia em profundidade.
Assim, Seus conceitos atravessaram os séculos chegando até nós com atualidade arrebatadora.
Nestes dias onde o estresse emocional e a ansiedade são doenças crônicas, Jesus nos aconselha a deixar a cada dia suas próprias preocupações e necessidades, sem nos afligirmos com o futuro desconhecido.
Ensina-nos a ter confiança e fé em Deus. Serve-Se do exemplo das aves dos céus, que não semeiam, nem ceifam e dos lírios do campo, que não tecem, nem fiam, mas têm uma beleza incomparável, para falar da Providência Divina.
Alerta-nos a não termos atitude inercial, esperando um salvacionismo ilusório, dizendo-nos que é necessário buscar para achar e bater para que as portas se abram.
Nestes dias onde, muitas vezes, nos colocamos como omissos e descomprometidos com nossa vida em sociedade, Jesus nos fala que somos o sal da Terra. E o sal deve atender à sua finalidade de preservação e de sabor.
Quando se mostra tão frequente o descrédito com o ser humano, Jesus nos alerta que somos a luz do mundo e que devemos fazê-la brilhar em nós, através das boas obras que somos capazes de executar.
Nestes dias onde o ter costuma sobrepujar o ser, onde a cobiça e o comprar são as grandes sensações, é Jesus que nos alerta para não nos preocuparmos com tesouros que a traça e a corrosão consomem.
E mais: que onde estiver nosso tesouro, aí estará nosso coração.
Os conceitos de Jesus talvez jamais tenham sido tão importantes como nos dias desafiadores que registra a Humanidade.
Nestes dias, onde os valores e as instituições são questionadas e abalam-se, perante a sociedade e os homens, Jesus prossegue como Modelo e Guia.
É Ele a referência indispensável para bem atravessarmos os mares encapelados da atualidade, para que Sua luz seja o farol que nos haverá de conduzir ao porto seguro que nos aguarda, após a tempestade.
 
Redação do Momento Espírita.
Em 01.07.2011.


 

Diversas Perguntas dos Amigos 2

preciso de ajuda nao consigo estar bem nunca estou sempre pertubada por alguma coisa ou por alguem; sinto que é por alguem

Prezada ____________, bom dia.
 
Em nossas vidas sempre estamos expostos a diversos fatores que possam nos tirar o equilíbrio e a harmonia íntima, gerando desconfortos e perturbações em diversos níveis.
 
Estes fatores podem ser de origem física, social, econômica, afetiva, psicológica e também espiritual.
 
Pelo que você relata posso perceber que acredita que seja de ordem espiritual, correto?
 
Então o melhor a fazer é seguir a orientação de Kardec quando nos orienta no capítulo 9, questão 13, de "o livro dos médiuns" : O melhor meio de expulsar os maus Espíritos consiste em atrair os bons. Atraí, pois, os bons Espíritos, praticando todo o bem que puderdes, e os maus desaparecerão, visto que o bem e o mal são incompatíveis. Sede sempre bons e somente bons Espíritos tereis junto de vós

Portanto podemos perceber que para que você retorne ao seu estado de harmonia interior é imprescindível urgentemente uma modificação interna em hábitos, ações e pensamentos.
 
Como exemplos posso citar:
- não frequentar lugares que possuam energias deletérias e prejudiciais - sensualidade, bebida, drogas, violência, depressão, etc...
- criar o hábito da oração diária
- ocupar a mente com leituras edificantes, músicas de qualidade, programas não violentos e/ou apelatórios, etc.
- participar de uma casa de oração e de atividades sociais/fraternas
- buscar tomar o passe pelo menos uma vez por semana
 
Certamente buscando equilibrar o seu interior você estará eliminando a sintonia que possa existir entre você e algum espírito que deseje te prejudicar; bem como atraindo para sí - e deixando eles te ajudarem - os amigos espirituais do bem.
 
Espero ter sido de alguma ajuda.
 
Paz contigo.

 

NO MOMENTO ESTOU VIVENDO UMA SITUAÇAO QUE ESTA ME DEIXNDO MUITO ANGUSTIADA, ...CONHECI UMA MULHER QUE TODOS DIZEM QUE QND ELA BEBE TEM CONTATO COM ESPIRITOS E FALA COISAS PARA AS PESSOAS QUE SÓ AS PROPRIAS PESSOAS SABEM E AINDA FALA COISAS QUE VAO ACONTECER NA VIDA  DE TAIS PESSOAS...NO MOMENTO QUE ME FALARAM EU FIQUEI UM POUCO NA DUVIDA SE ACREDITAVA OU NAO, MAS POR SE
TRATAR DE PESSOAS BEM INSTRUIDAS TERMINEI ACHANDO Q PODERIA REALMENTE SER VERDADE.

QND A ENCONTREI ELA ESTAVA BEBENDO E FALOU COISAS QUE IRIAM ACONTECER EM MINHA VIDA, ASSIM COMO NA DE MINHA IRMA-
DEU INCLUSIVE NOMES, MANDOU EU TER CUIDADO COM UMA PESSOA ... SENDO Q NA EPOCA N TINHA IDEIA DO Q ESTAVA FALADO, NEM
QUE PESSOA ERA AQUELA

HOJE, UNS ____ ANOS DEPOIS ALGUMAS COISAS REALMENTE ACONTECERAM, ELA TINHA DITO Q MINHA IRMA ESTAVA DE PAQUERA COM UM RAPAZ ( E DEU O NOME), MAS MINHA IRMA N CONHECIA NINGUEM COM AQ NOME, E HOJE ELA NAMORA COM UM RAPAZ DO NOME QUE ELA TINHA DITO.

FICO ME PERGUNTANDO SE ELA REALMENTE TINHA COMO SABER ISSO OU NAO PASSA DE UMA COINCIDENCIA?

ESTOU MEIO ANGUSTIADA, PQ VOU CASAR NO FIM DO ANO E NA EPOCA ELA TINHA DADO A ENTENDER Q NAO IRIA FICAR COM MEU NOIVO (NA EPOCA NAMORADO), E HOJE UMA PESSOA QUE CAUSOU PROBLEMAS EM NOSSO RELACIONAMENTO VOLTA A MORAR NO MSM ESTADO QUE AGENTE (TAL PESSOA PASSOU UM PERIODO FORA).

ENTENDO UM POUCO DO ESPIRITISMO ,JA LI MTS LIVROS, MAS CONFESSO QUE FIQUEI INSEGURA...SEI QUE QND ALGUEM BEBE ABRE PORTAS PRA INFLUENCIAS DE ESPIRITOS, MAS ATE QND POSSO CONFIAR NESSAS INFORMAÇOES Q TAIS ESPIRITOS MOSTRAM??

POR FAVOR GOSTARIA QUE ME RESPONDESSE ESTOU MT ANGUSTIADA.

Prezada _________, bom dia.
 
Nenhum médium - levado em conta que esta senhora seja mesmo médium - que exerça sua mediunidade sob a influencia de álcool ou drogas pode estar bem acompanhada espiritualmente; Isto porque os espíritos evangelizados apenas em caso de grande necessidade utilizariam um instrumento mediúnico com fluidos contaminados por álcool ou outras drogas e, devo afirmar que, este não é um destes casos.
 
É muito natural que as pessoas se "encantem" com as "predições"  de um possível futuro feitas por esta senhora - porque nós temos a tendencia a querer conhecer o futuro e tentar mudá-lo de acordo com os nossos desejos; independente de como esta informação chegue a nós e por que meios.
 
Perceba que você mesmo afirma "algumas coisas realmente aconteceram" outras não... porque? porque é a loteria do "eu acho" que os espíritos menos evangelizados gostam de jogar com pessoas desavisadas que incentivam este tipo de mistificação.
 
Eu inclusive me pergunto: será que esta senhora viu que sua irmã iria namorar com um rapaz chamado "fulano" ou será que sua irmã passou a esperar conhecer um rapaz chamado "fulano" para começar a namorar com ele?  compreende o que eu digo?
 
O espiritismo nos orienta que todos temos o nosso livre arbítrio e que, por isso mesmo, não existe um futuro escrito e selado - existem possibilidades de futuros que mudamos a toda hora. Algumas coisas são mais estáveis e fáceis de imaginar como estarão daqui a algum tempo, outras mudam diariamente como o nosso humor.
 
Para entender melhor o que tento explicar é necessária a leitura das questões 868 a 871 de "o livro dos espíritos" e dos capítulos 20, 26 e 27 e "o livro dos médiuns" - onde perceberemos que a espiritualdiade séria não revela o futuro, a não ser em casos excepcionais, e que o médium tem um papel de grande responsabilidade pelos espíritos que atrai para junto de sí.
 
Quanto a sua insegurança pelo fato desta pessoa estar de volta ao seu estado acho sinceramente que deve avaliar o histórico passado e ver onde existiram os erros e evitar repreti-los. Se existiram problemas no passado foi porque houveram falhas entre a relação sua e do seu noivo... Como estão estes pontos de ruptura? como está a sa relação? existem sintonia/harmonia entre vocês? estão mais maduros?
 
Através destes questionamentos você poderá verificar se existe realmente problemas com a aproximação desta pessoa e tomar os cuidados necessários para que não venha a tê-los novamente - e não acreditar na palavra de um espírito que não se sabe quem é, através de um médium irresponsável - independente de quem tenha indicado ela.
 
Somente através do esclarecimento e do estudo sério da Doutrina Espírita você poderá ter certeza da confiança que merece um médium e os espíritos que trabalham através dele
 
Embora todos sejamos influenciaveis pelos espíritos (LE 459) e todos possamos sentir mediunicamente esta influencia (LM 159) o que realmente vai decidir o futuro é como responderemos a estas influencias, pois no final quem decide somos nós.
 
Espero ter sido de alguma ajuda.
 
PAz contigo.

 

Preciso me libertar de uma pessoa má,me ajudem,sofro a cada minuto e estou sem forças!!!preciso de muita oração

Prezada ___________, bom dia.
 
A despeito do pouco que me relata acredito que esteja tendo uma convivencia - amorosa, profissional, fraterna ou familiar - com alguma pessoa que não está sintonizada/harmonizada com você e isto está te fazendo passar por maus momentos; estou certo?
 
Este processo de convivencia nunca é fácil, principalmente quando não nos harmonizamos com determinadas pessoas; entretanto é forçoso lembrar que este pode ser um dos resgates que você tem necessidade de enfrentar nesta encarnação, compreende?
 
Na maioria das vezes as pessoas difíceis para nós são espíritos com quem temos dívidas no passado - ou eles tem conosco - o que torna as energias fluídicas entre nós incompatíveis e daí surge esta má convivência.
 
Estas oportunidades aparecem em nossas vidas para que possamos exercitar o crescimento espiritual, a caridadeda compreensão e a paciencia - pois apenas assim estaremos no caminho que vai nos libertar deste tipo de processo.
 
É certo que muitas vezes acreditamos que não temos como suportar o fardo que levamos, mas lembremos que Deus não coloca peso demais em ombros frágeis e que sempre estamos onde é melhor para nós naquele momento de nossa existencia.
 
Entretanto, algumas vezes, decidimos não continuar com este "sofrimento" e ao invés de trabalharmos por desenvolver uma convivência salutar e harmoniosa - mesmo que tenhamos que calar muitas vezes - decidimos nos afastar da pessoa, solicitar alguma transferencia, mudar de cidade ou bairro, sair do emprego e coisas assim...
 
Esta atitude, embora possa parecer a saída mais fácil e rápida, apenas representa uma fuga temporária - pois teremos que nos encontrar com esta determinada pessoa em nosso futuro novamente, até que, como diz Jesus, tenhamos pago o último ceitil.
 
Nunca é fácil conviver com pessoas que não nos agradam ou maltratam, mas na grande maioria das vezes é necessário - por isso devemos buscar em Jesus o auxílio para vencer este desafio. Compareça com mais frequencia a uma casa de oração, participe de grupos de apoio e estudo e tente libertar sua mente destas preocupações incluindo nela pensamentos mais felizes e momentos de harmonia em sua vida.
 
Leia no capítulo 9 de "o evangelho segundo o espiritismo" a nota "a paciência" pois certamente te auxiliará.
 
Espero ter sido de alguma ajuda.
 
Paz contigo.

--
           João Batista Sobrinho
      -----------------------------------------
          www.bomespirito.com
       www.radiobomespirito.com
www.biblioteca.radiobomespirito.com

Motivos de Resignação

Queridos amigos, bom dia.
 
Estava nos meus estudos diários hoje quando me deparei com um daqueles tesouros que estão sempre à mostra e nunca percebemos - Pelo menos eu nunca havia me dado conta da clareza e dos esclarecimentos trazidos por este texto; talvez porque tudo está às claras apenas quando temos "olhos de ver", não é?
 
Por isto se torna tão importante o estudo e a busca pelo esclarecimento; cada dia estamos mais aptos a entender as verdades que estão sempre à nossa frente e muitas vezes não percebemos.
 
O texto se chama "Motivos de Resignação" e está no capítulo 5 de "o evangelho segundo o espiritismo"; o qual tomo a liberdade de transcrever a seguir. Tomo a liberdade de colocar em negrito alguns techos que acho essenciais e fazer alguns comentários entre parênteses.
 
Fiquem todos em paz.
 

                12 – Pelas palavras: Bem-aventurados os aflitos, porque eles serão (na vida futura, no reino de deus, no mundo espiritual) consolados, Jesus indica, ao mesmo tempo, a compensação que espera os que sofrem e a resignação que nos faz bendizer o sofrimento, como o prelúdio da cura.(quando bem compreendido e portanto bem aceito)

            Essas palavras podem, também, ser traduzidas assim: deveis considerar-vos felizes por sofrer, porque as vossas dores neste mundo são as dívidas de vossas faltas passadas, e essas dores, suportadas pacientemente na Terra, vos poupam séculos de sofrimento na vida futura. Deveis, portanto, estar felizes por Deus ter reduzido vossa dívida, permitindo-vos quitá-las no presente, o que vos assegura a tranqüilidade para o futuro.

            O homem que sofre é semelhante a um devedor de grande soma, a quem o credor dissesse: "Se me pagares hoje mesmo a centésima parte, darei quitação do resto e ficarás livre; se não, vou perseguir-te até que pagues o último centavo". O devedor não ficaria feliz de submeter-se a todas as privações, para se livrar da dívida, pagando somente a centésima parte da mesma? Em vez de queixar-se do credor, não lhe agradeceria?

            É esse o sentido das palavras: "Bem-aventurados os aflitos, porque eles serão consolados". Eles são felizes porque pagam suas dívidas, e porque, após a quitação, estarão livres. Mas se, ao procurar quitá-las de um lado, de outro se endividarem, nunca se tornarão livres. Ora, cada nova falta aumenta a dívida, pois não existe uma única falta, qualquer que seja, que não traga consigo a própria punição, necessária e inevitável. Se não for hoje, será amanhã; se não for nesta vida, será na outra. Entre essas faltas, devemos colocar em primeiro lugar a falta de submissão à vontade de Deus, de maneira que, se reclamamos das aflições, se não as aceitamos com resignação, como alguma coisa que merecemos, se acusamos a Deus de injusto, contraímos uma nova dívida, que nos faz perder os benefícios do sofrimento. Eis por que precisamos recomeçar, exatamente como se, a um credor que nos atormenta, enquanto pagamos as contas, vamos pedindo novos empréstimos.

            Ao entrar no Mundo dos Espíritos, o homem é semelhante ao trabalhador que comparece no dia de pagamento. A uns, dirá o patrão: "Eis a paga do teu dia de trabalho". A outros, aos felizes da Terra, aos que viveram na ociosidade, que puseram a sua felicidade na satisfação do amor próprio e dos prazeres mundanos, dirá: "Nada tendes a receber, porque já recebestes o vosso salário na Terra. Ide, e recomeçai a vossa tarefa".

            13O homem pode abrandar ou aumentar o amargor das suas provas, pela maneira de encarar a vida terrena. Maior é o eu sofrimento, quando o considera mais longo. Ora, aquele que se coloca no ponto de vista da vida espiritual, abrange na sua visão a vida corpórea, como um ponto no infinito, compreendendo a sua brevidade, sabendo que esse momento penoso passa bem depressa. A certeza de um futuro próximo e mais feliz o sustenta encoraja, e em vez de lamentar-se, ele agradece ao céu as dores que o fazem avançar. Para aquele que, ao contrário, só vê a vida corpórea, esta parece interminável, e a dor pesa sobre ele com todo o seu peso. O resultado da maneira espiritual de encarar a vida é a diminuição de importância das coisas mundanas, a moderação dos desejos humanos, fazendo o homem contentar-se com a sua posição, sem invejar a dos outros, e sentir menos os seus revezes e decepções. Ele adquire, assim, uma calma e uma resignação tão úteis à saúde do corpo como à da alma, enquanto com a inveja, o ciúme e a ambição, entregam-se voluntariamente à tortura, aumentando as misérias e as angústias de sua curta existência.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...