Destino e Fatalidade - Perguntas dos amigos



"... a fatalidade e o destino são aspectos diferentes ou estão interligados? ......"



Prezada _________, bom dia.

O conceito e destino e fatalidade são muito pessoais e, normalmente, tendenciosos às crenças de cada um. Mas tenho certeza que, como escrevi um dia, tudo está interligado na teia da vida.

Entretanto o Estudo da Doutrina Espírita me fez compreendê-los de uma forma lógica e racional, a qual tentarei colocar minha opinião em algumas palavras a seguir.

Allan Kardec vem nos orientar sobre a fatalidade em "o livro dos espíritos" nas questões 851 a 867; bem como indica o nosso destino da introdução e na questão 117 do mesmo livro; orientando, na questão 224, que a cada nova encarnação esperamos um novo "destino"; e na questão 259 esclarece que o mesmo não está selado. Vale a pena a leitura destas questões e o estudo atento dos esclarecimentos dados pela espiritualidade.

Perceba que, ao meu entender, temos uma definição de destino totalmente discordante da que a maioria das pessoas aceita e acredita: "que tudo está definido para acontecer daquela forma e que já vem pré-determinado desde quando nascemos".

Acredito, entretanto, que este conceito está mais "mal interpretado" do que "errado" em sí mesmo; simplesmente porque se assimfosse o "destino" deixaria de levar em consideração a característica primordial que Deus nos deu para que fossemos humanos: o livre arbítrio.

Sem a liberdade de escolha não passaríamos de máquinas obedecendo a uma programação pré-estabelecida, sem chance de escolhermos ou modificarmos nada em nosso caminho; compreende?

Então, dentro que compreendo a partir da Doutrina Espírita, posso tentar te esclarecer da seguinte forma:

Ao iniciarmos o nosso processo reencarnatório recebemos - ou preparamos - uma programação de reencarne - a qual podemos chamar para efeito prático de "destino" - onde estão estabelecidos os principais fatos e fatores que irão influenciar a nossa vida, tais como: raça, filiação, classe social inicial, habilidades latentes, características pessoais, indicação de familiares e amigos, mudanças importantes para acontecerem em épocas determinadas, pessoa indicada para relação matrimonial, filhos, etc...

Perceba que, em grande parte, este "destino" está escrito mas não necessariamente será cumprido; devido a liberdade de escolhas que temos em grande parte de nossas vidas - sofremos a influencia de fatores externos, pessoas, gostos, desejos, sentimentos, decepções e tomamos grande parte de nossas decisões sob o efeito destes fatores, o que nos distancia muito de nossa programação inicial - tornando cada vez mais difícil a existencia de "completistas" como diz o espírito andré luiz em "os mensageiros", que são aqueles espíritos que conseguiram cumprir sua programação de acordo com o que havia sido definido anteiormente.

Existem porém fatos e acontecimentos que são "fatais" para acontecerem em nossas vidas - não fatais como entendemos na maioria das vezes sendo "risco de vida" ou "mortais" - mas que "fatalmente" irão acontecer em nossas vidas e não poderemos nos esquivar dos mesmos; entre eles podemos citar: a morte (muitas vezes até o gênero de morte); a raça, sexo e cor, bem como a família; deficiencias físicas ou mentais; situações de escolha extrema em nossa programação - que fatalmente irão acontecer, mas que não se sabe o que iremos escolher; entre outros.

Muitos estão inclinados a dizer que fatais mesmo em nossas vidas apenas o nascimento e a morte são; pois os outros fatores podem sofrer influencias imensas de diversos meios.

Mas certamente temos ao nosso lado os amigos espirituais que trabalharam conosco para realizar a nossa programação de vida; nos auxiliando e influenciando para que mantenhamos o rumo que representa as melhores escolhas em nossas existencias; mesmo quando, na maioria das vezes, forçamos os amigos a voltarem para a prancheta de desenho e tentar traçar novos e menos prejudiciais rumos ao nosso caminho imortal.

Espero ter sido de alguma ajuda para o esclarecimento de sua questão.

Paz contigo.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...