Campanha de Natal dos Correios - vamos participar???

Queridos amigos, bom dia.


Mais uma vez aproveito a oportunidade para convidar a todos para participar da Campanha de Natal dos Correios, a qual consiste em "adotar" uma das milhares cartas que estão dispostas das agencias dos correios, as quais foram escritas por crianças de todas as idades e cidades, carentes de nosso afeto e carinho.

Muitos são os pedidos realizados, desde as coisas mais simples até as mais difíceis, passando por bolas, bonecas, carrinhos, bicicletas e indo até cestas básicas, sandálias, roupas ou panetone... O desejo e a necessidade de cada um é exposta de forma fácil e prática nestas cartinhas, para que nós possamos observar e fazer a nossa escolha.

Certamente cada um de nós se empatizará com alguma, ou algumas,  e adotaremos aquela carta, sendo assim o "papai noel" que muitos esperam.

A entrega é realizada gratuitamente pelos correios, bastando para isso que seja deixado o presente, anexado da cartinha, na agencia correspondente.

Envio abaixo dois exemplos de cartinhas que estão entre as que pegamos eu e meu amigo Alexandre, para atendermos em parceria.

Paz com todos.







-
           João Batista Sobrinho
      -----------------------------------------
          www.bomespirito.com
       www.radiobomespirito.com
www.biblioteca.radiobomespirito.com

Mensagens dos amigos espirituais ...





No serviço em nome do Cristo

Nos esforçamos, meus irmãos, diariamente para alcançar as recompensas que desejamos no mundo material e, as vezes, no mundo espiritual.

Trabalhamos duro em nome do dinheiro para adquirir o que necessitamos e o que desejamos de supérfluo em nossas casas.

Trabalhamos duro em nome do status para aparecer em sociedades e para aparecer para os amigos e inimigos.

Trabalhamos duro em nome de uma família, que quase nunca é a que temos em casa, mas a que formamos no mundo;

Mas, muito frequentemente, nos esquecemos do trabalho em nome do Cristo.

Trabalho este que tem como único objetivo nos tornar ricos de riquezas eternas, que não fazem sujeira, não são tomadas e nem se acabam com o tempo.

Trabalhem, meus irmãos, em nome de Cristo; porque a nossa recompensa é em eternidade e não em dias mesquinhos e contados na Terra.





Luz e trevas sem Cristo ou Deus

Meus irmãos, temos andando muito e buscado sem frutos o alívio para nossas almas doloridas e para os nossos corações cansados.

Temos visto dores menores que as nossas e também maiores que os nossos sofrimentos.

Temos andado aqui e ali, em busca da paz que não temos.

Temos ido e vindo, de dia e de noite, sem paz ou alívio – sem Cristo ou Deus em nossos corações.

Hoje, após tantas tentativas, podemos perceber que sem o Cristo ou Deus em nossos corações não temos o afeto, o amor ou o alívio para as nossas dores, nem o caminho para os nossos passos e nem o local de descanso para a nossa consciência.

Tomemos, então, por lei os ensinamentos do Cristo de Deus e iniciemos a construção de uma escada, onde de degrau em degrau, ascenderemos para a espiritualidade maior através do amor e do trabalho.




Linha de vida e de morte

emos, meus irmãos, comportamentos e pensamentos que marcam nossas vidas.

São os que nos criam hábitos e costumes, nos caracterizando por onde passamos e convivemos.

Hoje são hábitos de bem estar e de harmonia, amanhã são hábitos de destruição e de dor.

A cada dia reagimos com o que trazemos dentro de nós e estes atos e hábitos marcam a nossa vida e a nossa morte espiritual.

Trazendo luz aos que são de bem e a mor e trevas aos que acolhem a dor.

Esta linha, meus irmãos, pode, entretanto, ser apagada e reescrita ao nosso desejo, forte e sincero, de mudar o nosso íntimo.

Nos esforcemos, então, para que, seguindo o Cristo e trabalhando no amor, construamos novas linhas e marcas em nossas vidas.

Marcas de luz e de amor que ficam com o tempo e não são apagadas jamais.

Revolta pós aborto - Perguntas dos amigos



"... Boa tarde, quero agradece-lo por me explicar atraves de outro depoimento sobre o aborto, sou espirita e realmente qdo aconteceu meu aborto retido dia _________ fiquei triste mas foi exatamente issso q. senti, me senti especial por ajudar alguem e no dia da curetagem me senti super serena, mas de uns dias pra ca esta me batendo uma revolta q. eu ñ sei de onde vem, nem rezar esta me dando vontade, por que sera??? ......"



Prezada _________, bom dia.

Em situações como esta, apesar de entender o que aconteceu e de aceitar nosso papel na teia da vida, muitas vezes - naturalmente - permanecemos subconscientemente abertos a influencias e a sensações que podem, ou não, serem nossas.

Alguns espíritos podem tentar aproveitar estes momentos de fragilidade para nos atingir - tentando influenciar nossos pensamentos com sentimento de revolta, dor, tristeza ou infelicidade.

cabe a nós, conscientes de nossos próprios sentimentos e pensamentos, resistir a estas influencias e manter a calma e a serenidade, bem como a fé e a esperança.

Algumas vezes - e isso não é impossível - o próprio espírito que estava ligado ao feto não aceita a situação de imediato e se revolta pela "perda" de uma oportunidade de encarnação; assim, em casos onde isto ocorre, é natural que o mesmo se aproxime da "mãe", pois que esteve a ela conectado por um bom tempo e se sente seguro junto a ela, e assim transmita seus pensamentos para ela, em uma ligação fluídica que ainda existe e que pode facilmente ser reatada, compreende?

Em um caso, ou em outro, a oração é a melhor companheira que podemos ter para auxiliar estes amigos espirituais que necessitam de amparo e paz.

Converse, em suas orações, e peça esclarecimento e orientação espiritual para o amigo em sofrimento; transmita amor e tranquilidade, assegurando que a espiritualidade irá continuar auxiliando e orientando na melhor direção.

Não se desespere nem perca sua fé; continue na sua busca de paz e equilíbrio, assim auxiliará e será auxiliada.

Paz contigo.

Aborto e sofrimento - Perguntas dos amigos



"... minha esposa teve aborto espontaneo ha alguns dias. SE SOMOS FEITOS A IMAGEM E SEMELHANÇA DE DEUS POR QUE ACONTECE TAL FATO COM FILHOS DELE QUE DESEJAM CONSTRUIR FAMILIA, GERAR OUTRA VIDA? SERÁ QUE ESSE MESMO DEUS QUE COLACA SEUS FILHO NO VENTRE DA MÃE, JÁ MANDA REGRAS A SEREM CUMPRIDAS ( sem importar se suas familias irão sofrer pelos seus entes. alem disso minha esposa passou por sofrimento fisico ha um ano que quase fez a passagem, deixando aqui pessoas que amam e principalmentequem jurou-lhe fidelidade dentro de solo sagrado.duvidas? muitas. respostas... quem sabe as terei ......"



Prezado _________, bom dia.

Compreendo a sensação que você está passando - decepção, angustia, desapontamento, frustração, etc... - porque são sentimentos naturais do ser humano e, principalmente, que afloram em situações de dor e sofrimento, quando nos sentimos impotentes, sem sabe rou poder fazer algo para auxiliar os que amamos.

Entretanto, compreenda, é exatamente nestes momentos que surge a oportunidade de renovarmos a nossa fé - que é ainda muito pequena - e de aceitarmos os designios que a vida nos dá.

A doutrina espírita nos orienta que tudo na vida tem um porque e que nada acontece por acaso; e que quando não vemos o motivo dos fatos e acontecimentos em nossa vida atual, eles se encontram em nosso passado - nas existencias anteriores - como poderemos encontrar nas palavras de Pedro apóstolo quando pergunta ao Mestre, falando sobre o cego de nascença: "quem pecou para que este nascesse cego: ele ou seus pais?"(João 9:2)

Evidenciando assim uma Lei - a qual chamamos de causa e efeito - que é perene e inexorável em nossas vidas; sempre necessitaremos equilibrar a balança de nossos atos para que possamos alcançar a plenitude e a felicidade.

Muitas vezes somos atingidos por fatos e acontecimentos que nos "tiram o chão" e que representam sofrimento e dor nesta vida, mas estes fatos, e estas limitações as quais nos impõem, já estavam em nossa programação reencarnatória de forma a que, quando na carne, pudéssemos eliminar de nossa carga os erros de nosso passado.

Não necessitamos atender aos resgates pela dor - de forma alguma - mas quase nunca no lembramos da moeda do amor e do trabalho no bem, o que incondicionalmente nos leva, em épocas determinadas, a situações que representam uma "lavagem" em nosso espírito, em detrimento do corpo físico.

Sei que é muito fácil falar sobre isto sem estar aí para vivenciar o seu caso, ou o de bilhões de pessoas ao redor do mundo; mas, tenha certeza, nenhum de nós está desamparado e nenhum de nós se encontra em situações com as quais não possa lidar ou suportar - pois o Mestre não coloca cargas pesadas demais em ombros frágeis.

Perceba que, a despeito do que possamos imaginar, a presença de Jesus e a fé em nossa vida será o alívio e o lenitivo de esperança que precisamos para enfrentar as dores e as cobranças do mundo.

Uma vez que acreditemos que Deus é amor e que é Pai, perceberemos que, assim com fazemos com nossas crianças, estamos sendo corrigidos e colocados de castigo por um período curto de tempo nesta vida terrena, frente à imortalidade de nossas almas.

Somos espíritos imortais e, com isso, siginfica que estes anos que passamos encarnados tem o objetivo de deixarmos na carne nossas limitações, erros e problemas, e sairmos dela, de volta ao reino do Pai, lavados e de cabeça erguida, pois vencemos mais uma batalha contra nós mesmos.

É imprescindível perceber que a despeito dos momentos de felicidade relativa que possamos ter nesta Terra, a nossa felicidade plena e perfeita estará no mundo espiritual, quando - livres de nossos erros - pudermos haurir a alegria e a felicidade de convivermos em paz e harmonia com os que amamos.

Assim é importante percebermos que o sofrimento e a dor são, neste mundo, as ferramentas e os educadores que nos talharão e orientarão para o caminho mais correto; se soubermos passar por eles com resignação, esperança e fé.

Sei que não é fácil ver os nossos sonhos atrasados ou frustrados por motivos maiores que nós; mas sempre podemos sonhar de novo e criar novos sonhos. Sempre podemos buscar alternativas e soluções que nos auxiliem e engrandeçam, desde que tenhamos o equilíbrio interno para percebermos assim.

Os doentes e sofredores são os filhos prediletos de Jesus, pois foi para eles que Ele veio - para trazer paz a suas almas cansadas e doloridas; para eliminar o que ha de velho e ruim de dentro de nós e nos completar com novos e bons sentimentos. Mas esta transformação, assim como tudo que vale a pena na vida, exige esforço e sacrifício de cada um de nós.

Lute para transformar este sentimento de incompreensão que hoje habita dentro de você em um sentimento de humildade frente a sabedoria divina - que nos dá o que precisamos, e nem sempre o que queremos.

Aproveite este momento de dor para extrair dele novos sentimentos de união e amor entre você e sua esposa; novos laços com o mais alto, fortalecidos pela provação superada; novas esperanças no porvir, embasadas na vida que vocês tem pela frente.

Observe o mundo ao seu redor e perceberá que tantos desejariam ter e estar no exato local em que você se encontra, com suas limitações e capacidades, com seus defeitos e qualidades, com sua saúde, com seu emprego, com sua visao, com suas oportunidades de crescimento junto a quem ama... São tantas coisas boas que temos e nem percebemos.

Alivie seu coração, meu irmão, ore a Deus por sabedoria e resignação e deixe ele responder da melhor maneira possível.

Caso tenha possibilidade leia em "o evangelho segundo o espiritismo" os capítulos 5 e 6; se não tiver os livros pode baixar os arquivos em www.biblioteca.radiobomespirito.com .

Paz contigo. qualquer coisa entre em contato.

Sonhos com espíritos - Perguntas dos amigos



"... tenho sonhos mas que parecem muito reais com espiritos q nao conheço e q conheço estao de branco e sorrindo me sinto muiiiito bem em alguns eu estou orando o creio p uma pessoa possuida, no ultimo estava no cemiterio como espirito esperando a chegada de outros espiritos desorientados tanbem orando o creio. no começo eunao aceitava a minha morte mas uma mulher me colocou embaixo de uma luz e poz a mao na minha cabeça e eu fiquei amorteçida mas consiente aceitando tudo a minha morte e deixar meusfilhos na terra depois eu orava e recebia as pessoas com muito amor, era mito bom e sereno.
......"




Prezada _________, bom dia.

Estes sonhos e estas lembranças podem sugerir atividades exercidas no mundo espiritual enquanto desdobrada pelo sono físico; como também, devemos sempre analisar, podem ser frutos de alguma influencia de estudos, filmes, conversas ou qualquer outro fator que ative este recurso psicológico no sonho.

Entretanto, é interessante verificar que, se forem realmente lembranças de atividades no mundo espiritual, a permissão para você lembrar delas foi dada por algum motivo especial.

Acredito, inclusive, que possam ser para que você tome conhecimento e consciencia do trabalho que exerce no mundo espiritual e que, por este motivo, procure manter maios equilíbrio e harmonia em seus momentos no mundo físico - buscando sempre o melhoramento íntimo através da reforma e do auto-conhecimento.

As orientações recebidas também podem demonstrar que você necessita se desprender mais das preocupações com os afetos e os queridos, pois quando de seu desencarne não estarão desamparados - os espíritos que te orientam também trabalham em benefício dos familiares e queridos que estão contigo na estrada carnal.

Isto não quer dizer que você irá desencarnar logo - não se apavore nem se preocupe - apenas que, se forem lembranças reais, está recebendo orientações para melhorar o desempenho dos trabalhos que realiza no mundo espiritual - através da evangelização de sí mesma no mundo material.

A tranquilidade e serenidade que percebeu em seu sonho é a do trabalho bem feito. Continue se esforçando pelo próximo e esta será sua recompensa do reino do Pai.

PAz contigo

Doença de Chico Xavier - Perguntas dos amigos



"... joao gostraia que vc me tirasse uma duvida, pq. no domingo passado o palest. de escada, falou que chico xavier tinha varias doenças assim como sabemos e que um medico falou que le já tinha meritos para ser curado qdo ele respondeu(chico) que nao pq. aquela doença nos olhos era que mantinha-o no caminho certo , mais será que precisamos ter doença para nos manter no caminho certo. ......"



Meu amigo _________.. desculpe a demora em responder seu questionamento, mas o tempo tem sido meio escasso ultimamente.

No meu entender esta afirmação de Chico mostra, mais uma vez, o espírito evangelizado e comprometido que ele é. Pois apesar de todo seu crédito e merecimento ele preferiu continuar suportando as dores e os sofrimentos das doenças que tinha, para nos mostrar como devemos suportar os nossos - a exemplo do próprio Jesus.

Em nosso mundo, no nosso atual estágio evolutivo, temos ainda a necessidade de passar por processos de doença e sofrimento para que resgatemos o nosso passado e para que aprendamos com isto.

Estas doenças normalmente nos dão limitações físicas que impedem que façamos extravagancias e cometamos erros que nos levariam a estados piores que estamos; ou seja: servem de guias e de orientadores sileciosos para nossas vidas.

Acredito que seja neste sentido que Chico estivesse se referindo a sua doença - não que ele precisasse, mas para que nós pudessemos entender a necessidade das nossas.

Muitos de nós, quando temos a plena saúde física, escolhemos seguir por caminhos de excessos, bebida, drogas, sexo descontrolado, violência, etc... e este caminho nos levará - fatalmente - a perda desta saúde e ao aparecimento de limitações ao nosso comportamento errado sob a forma de doenças e problemas de saúde.

É a vida - através de nosso próprio corpo - querendo nos mostrar que estamos exagerando, seguindo por um caminho perigoso para nós e que, através da doença, ela nos "força" a parar e repensar o que estamos fazendo ao próximo e a nós mesmos - quando nossa consciencia está em funcionamento.

Muitas destas vezes se mostram oportunidades de repensarmos a nossa situação e nos aproximarmos de Deus - através das diversas portas que ele abre em nossas vidas.

É importante lembrar também que, muitas vezes, estas doenças vem já programadas desde a espiritualidade para que o indivíduo utilize a dor como moleta para seu aperfeiçoamento - e as vezes a pedido do próprio espírito.

Não sei se esclareci o que você desejava, mas espero ter sido de alguma valia.

Paz contigo.





Vidas Passadas - Perguntas dos amigos



"... gostaria muito de saber o que eu fui em outras vidas,obrigada ......"



Prezada __________, bom dia.

Este tipo de informação não está disponível para que possamos sabê-la com facilidade, apenas em alguns casos especiais a Divina Providencia permite que as pessoas lembrem ou conheçam o seu passado e, mesmo assim, quando isso vai ser útil para a sua missão nesta vida.

Devemos aceitar e resignar com a sabedoria Divina ter achado melhor não conhecermos os fatos de nosso passado, pois assim nos poupa de uma imensidão de sofrimentos e culpas; e ao mesmo tempo nos abre a porta para que possamos sempre reiniciar e escrever um novo futuor pautado no amor e na fraternidade.

Para que tenhamos uma pálida idéia de quem realmente fomos no passado, observemos quem somos no presente.. o que trazemos dentro de nós - sentimentos, pensamentos, vontades, comportamentos e hábitos - e fazendo uma autoavaliação teremos uma ideia - percebendo quem somos hoje - de quem fomos anteirormente; e assim, identificando os nossos erros e limitações, iniciarmos o processo de melhoria íntima, e assim, construir quem seremos no futuro.

Paz contigo.

Torradas Queimadas





Quando eu ainda era um menino, ocasionalmente, minha mãe gostava de fazer

um lanche, tipo café da manhã, na hora do jantar.

E eu me lembro especialmente de uma noite, quando ela fez um lanche desses,
depois de um dia de trabalho, muito duro.

Naquela noite, minha mãe pôs um prato de ovos, linguiça e torradas bastante
queimadas, defronte ao meu pai.

Eu me lembro de ter esperado um pouco, para ver se alguém notava o fato.

Tudo o que meu pai fez, foi pegar a sua torrada, sorrir para minha mãe e me
perguntar como tinha sido o meu dia, na escola.

Eu não me lembro do que respondi, mas me lembro de ter olhado para ele
lambuzando a torrada com manteiga e geléia e engolindo cada bocado.

Quando eu deixei a mesa naquela noite, ouvi minha mãe se desculpando por
haver queimado a torrada.

E eu nunca esquecerei o que ele disse: " - Adorei a torrada queimada..."

Mais tarde, naquela noite, quando fui dar um beijo de boa noite em meu pai,
eu lhe perguntei se ele tinha realmente gostado da torrada queimada.

Ele me envolveu em seus braços e me disse:

" - Companheiro, sua mãe teve um dia de trabalho muito pesado e estava
realmente cansada... Além disso, uma torrada queimada não faz mal a
ninguém.
A vida é cheia de imperfeições e as pessoas não são perfeitas. E eu também
não sou o melhor marido, empregado, ou cozinheiro, talvez nem o melhor pai,
mesmo que tente todos os dias!

O que tenho aprendido através dos anos é que saber aceitar as falhas
alheias, escolhendo relevar as diferenças entre uns e outros, é uma das
chaves mais importantes para criar relacionamentos saudáveis e duradouros.
Desde que eu e sua mãe nos unimos, aprendemos, os dois, a suprir um as
falhas do outro.

Eu sei cozinhar muito pouco, mas aprendi a deixar uma panela de alumínio
brilhando. Ela não sabe usar a furadeira, mas após minhas reformas, ela faz
tudo ficar cheiroso, de tão limpo. Eu não sei fazer uma lasanha como ela,
mas ela não sabe assar uma carne como eu. Eu nunca soube fazer você dormir,
mas comigo você tomava banho rápido, sem reclamar.

A soma de nós dois monta o mundo que você recebeu e que te apoia, eu e ela
nos completamos. Nossa família deve aproveitar este nosso universo enquanto
temos os dois presentes.

Não que mais tarde, o dia que um partir, este Mundo vá desmoronar, não vai.
Novamente teremos que aprender e nos adaptar para fazer o melhor.

De fato, poderíamos estender esta lição para qualquer tipo de
relacionamento: entre marido e mulher, pais e filhos, irmãos, colegas, com
amigos e, também, no ambiente profissional. Então filho, se esforce para
ser sempre tolerante, principalmente com quem dedica o precioso tempo da
vida, a você e ao próximo."

*"As pessoas sempre se esquecerão do que você lhes fez, ou do que lhes
disse. Mas nunca esquecerão o modo pelo qual você as fez se sentir."*

(autor desconhecido)




Comunicação espiritual em sonhos - Perguntas dos amigos



"... Olá, Gostaria de saber se é possível o encontro com um espírito desencarnado através de sonho, pois minha mãe faleceu há 6 meses e esta semana uma prima me disse q a escontrou através de sonho e que ela tinha um recado pra mim. Disse que sente muita saudade, se arrepende de tudo q fez e chora muito de saudades de mim e do meu irmão mais novo e que se pudesse voltar faria tudo diferente. Estou grávida e ela disse que tomaria conta da minha filha q irá nascer. Minha prima disse ainda que ela me encontrará através de sonho e q eu entenderei muita coisa. É possível? Minha prima é espírita, eu ñ. ......"



Prezada __________, bom dia.

Desculpe a demora em responder mas estive absorvido por compromissos profissionais e do centro, dificultando o tempo livre. Espero que compreenda.

Allan Kardec vem analisar os sonhos e as comunicações em sonhos nas questões 400 a 418 de "o livro dos espíritos" que, caso você não tenha para consulta, poderá encontrar em nossa biblioteca virtual - www.biblioteca.radiobomespirito.com .

Através daí perceberemos que é possível os espíritos desencarnados, e também os encarnados, se comunicarem através de sonho sim. Este tipo de faculdade recebe o nome de mediunidade onírica onde o médium é a pessoa que recebe a mensagem do espírito.

Todos nós temos contato com os espíritos no momento do sono físico, quando nosso espírito está mais liberto das amarras físicas e pode entrar em contato direto com o mundo espiritual - muitas vezes não nos lembramos porque o corpo denso "atrapalha" as lembranças do espírito e outras vezes porque não nos é lícito ou apropriado lembrar; porém, quando temos a liberdade ou o merecimeto, a espiritualidade permite que lembremos das comunicações que recebemos em nossos sonhos; para o auxílio ao próximo ou a nós mesmos.

Acredito, porém, que você não deva "encucar" com este fato que, se estiver realmete programado para acontecer com você, se dará de uma forma natural e acompanhada pela espiritualidade - que auxiliará em todo o processo; Então, antes de tudo o melhor a fazer é orar por sua mãe, enviar bons fluidos e vibrações positivas a ela, para que seu espírito possa se harmonizar e sintonizar melhor - pois pelo que você relata ela sente muita culpa e remorso... é importante que você auxilie ela a se livrar deste sentimento - através de suas orações e conversas com ela.

O fato de ela afirmar que permanecerá "tomando conta" de sua filha também é uma possibilidade sim, como veremos em "o livro dos espíritos" questões 507 a 517.

Entretanto para isso ela deverá estar equilibrada em seus sentimentos e com a permissão e auxílio dos espíritos amigos; caso contrádio as energias desequilibradas que ela emitirá poderão, com o tempo, também desarmonizar o ambiente e as pessoas da família com as quais ela deseja conviver.

Mais uma vez se faz necessário a oração e a vibração em benefício dela, de forma a aliviar seus sentimentos de culpa, para que possa ser amparada e harmonizada pelos amigos espirituais do bem.

Embora você não seja espírita deve compreender que este tipo de situação é mais comum que pensamos, pois ao desencarnar as pessoas não mudam... apenas não podemos vê-las mais com os olhos do corpo.

Esperto ter sido útil. Qualquer duvida ou questionamento entre em contato.

Paz contigo.

Cirurgias Espirituais - Perguntas dos amigos



"... como acontecem as cirugias espirituais? ......"

Prezada Simone, bom dia.

Peço desculpas pela demora em responder seu questionamento mas estive bastante ocupado e o irmão tempo me foi escasso estes dias.

As cirurgias espirituais existem em dois tipos: as com incisões físicas (cortes) e as puramente espirituais; vou fazer um breve relato dos dois tipos abaixo , tentando esclarecer para seu entendimento.


- Cirurgias espirituais com cortes - foram as que tornaram famosos os médiuns Zé Arigó e Edson Queiroz, que trabalhavam com o espírito Dr Fritz, o qual utilizava as mãos dos médiuns em transe mediúnico para realizar as cirurgias.

Nestes procedimentos são utilizados instrumentos cirurgicos ou perfurantes (bisturis, lâminas) e os problemas são tratados no corpo físico através de incisões no corpo físico e extração de massas, tumores, cataratas, cistos, cálculos, etc...

Normalmente não é utilizada anestesia e os pacientes não sentem dor ou sofrem, nem tampouco existe sangramento nos locais, havendo apenas alguns filetes de sangue superficial, devido ao corte da pele.
A equipe espiritual que auxilia o espírito médico aplica energias tranquilizadoras que dão o efeito da anestesia, bem como aplicam também fluidos de limpeza, evitando infecções ou inflamações.

Estas cirurgias foram muito divulgadas nas décadas de 60 e 70 para que a população pudesse verificar e comprovar a existencia do mundo espiritual através de ações e fatos comprovados.




- Cirurgias espirituais sem cortes
- São procedimentos realizados totalmente por uma equipe espiritual, que pode ou não ser auxiliada por uma equipe encaranda para vibração e doação de fluidos.

Esta equipe age sobre o corpo espiritual - perispírito - do paciente e efetua nele as alterações e aplicações de energia necessárias a atender as necessidades de cada caso.

Embora seja efetudas no perispírito o paciente sente os toques, as aplicações e muitas vezes o local fica "dolorido" como se a cirurgia fosse física.

Neste tipo de cirurgia é tratado o perispírito para que, então, a cura seja somatizada no corpo físico.

As cirurgias espirituais realizadas por equipes espirituais podem ser realizadas em centros ou a distãncia, na casa do paciente, mas para isso devem ser respeitadas as orietações que são passadas quando da consulta espiritual.

É importante lembrar, porém, que independente do tipo de cirutgia que seja realizado, tudo vai depender de dois fatores essenciais para a cura real do indivídio: necessidade e merecimento - que formam o carma de cada um.

São os nossos procedimentos, comportamentos, pensamentos e hábitos os verdadeiros causadores de nosos males físicos e espirituais - muitos sendo consequencias de nosso passado remoto ou atual; e, desta forma, refletem-se sem nosso corpo físico, somatizando os nossos sofrimentos e angustias íntimas.

Entã para que consigamos realmente alcançar a cura devemos buscar a cura interior, curar nossa alma, e assim trabalhar a saúde do corpo.

Por este motivo Jesus advertia aos que curava: "vá e não peque mais, para que não te aconteça isto ou pior..."

Assim,entendamos que existem problemas que podem ser extirpados do corpo físico agora, mas que são cármicos e que "devem" existir em nossas vidas para que aprendamos com eles - então eles retornarão mais tarde sob a mesma forma ou outra similar.

Existem problemas que são extirpados e que não precisariam aparecer novamente, mas que foram criados por sintonia vibratória e fluídica que atraimos para nós com comportamentos e pensamentos desregrados e que, se não mudarmos nosso íntimo, atrairemos novamente.

Existem problemas que são extirpados de nós e que, por graça divina e merecimento nosso - pelo esforço de modificação íntima - não retornam e são definitivamente curados de nossas almas e corpos.

Epero ter sido de alguma ajuda.

Paz contigo.

Velas e espíritos - Perguntas dos amigos



"... Olá João!
Parabéns pelo blog e pelo seu excelente conteúdo! Sempre muito interessante! Gostaria de tirar uma dúvida. Pratico meditação há dois anos e meu ritual consiste em apagar a luz do meu quarto, acender uma vela e meditar na penumbra, sempre à noite. Mas me lembrei outro dia que meu avô nunca deixa minha avó acender velas em casa porque ele acredita que as velas "atraem espíritos". Então fiquei preocupado: acender velas em casa, especialmente no nosso quarto, pode ser perigoso de alguma forma?
Obrigado pela ajuda ......"



Prezado ___________, bom dia.

Peço desculpas pela demora, mas devido aos compromissos profissionais e do centro o tempo tem sido meio escasso.

Esta "crença" que as velas atraem espíritos tem a ver coma idéia espalhada pela igreja católica que elas servem para "iluminar" o caminho dos espíritos sofredores ou "aquecer" aqueles que estão solitários e na escuridão...

Embora seja uma idéia baseada na "caridade" para com os espíritos dos desencarnados - sem levar em conta que na idade média a igreja também fabricava velas e que hoje em dia muitas igrejas tem "luzinhas" que a pessoa paga para acender por "x" minutos - o verdadeiro sentido das velas era que a pessoa que a acendia deveria ficar alí, rezando pelo desencarnado, e na idade média não tinha como ficar clarear o ambiente sem o uso de velas...

Com o passar do tempo, e buscando sempre a lei do mais fácil, os homens foram alterando a tradição e deixando a vela acesa, sem rezar pelo desencarnado; e assim transformou-se um momento de oração em benefício do desencarnado em apenas um foco de fogo material que não serve de nada para o desencarnado; pois o verdadeiro alívio para os espíritos vem de nossos pensamentos e orações em favor deles; como poderemos entender nas questões 320 a 329 do LE.

Assim sendo, é totalmente sem sentido esta preocupação de velas atrairem espíritos, pois o que realmente atrai os espíritos são os nossos pensamentos em favor deles... entretando, se no ato de acender a vela a pessoa inica preces em benefício do desencarnado este poderá ser atraido para o local; mas não pela chama da vela.

Então não se preocupe e pode continuar sua meditação sem medo de atraír espíritos para seu quarto; pois apenas estarão aí os que já habitam sua casa e convivem com você e sua família, pois, como disse o apóstolo Paulo todos "estamos cercados por uma nuvem de testemunhas".

Espero ter sido de alguma ajuda.

Paz contigo.

Será carma não engravidar? Posso mudar meu carma? - Perguntas dos amigos



"... Estou tentando engravidar a 3 anos.Fiz 5 inseminações,1 aborto espontâneo e depois tentei 3 fertilizações mas não deu certo..Faço tratamento espiritual no centro Espírita ________ em ________ e o médico(espirito) me disse na última consulta qdo lhe perguntei o que podia fazer para engravidar e ele me respondeu bravo que devia pensar o que eu fiz em outra vida,que não iria gostar de saber o que tinha feito.Fiquei muito triste e estou muito angustiada por entendi que não vou engravidar por ter feito algo em outra vida.è assim mesmo?Deus pode me perdoar?O que posso fazer??Tenho como mudar ? ......"



Prezada Irmã, bom dia.

Allan KArdec vem, em "o livro dos espíritos" nos esclarecer sobre a volta do espírito a vida corpórea nas questões 344 a 360, em especial neste caso, as questões 354 a 356.

Em diversos momentos a espiritualidade tem esclarecido que os fatos em nossa vida são ligados à lei de causa e efeito, ou como alguns chamam: ação e reação. Significando isso que todos os acontecimentos em nosso viver estão gerando consequencias para o nosso futuro ou sendo já as consequencias de fatos do passado.

Sem sombra de dúvida os problemas para engravidar estão entre estes efeitos que são a colheita de uma ação - ou ações - pretérita; e, embora seja doloroso perceber isso, é necessário que passemos por este processo para que, vivenciando a necessidade/desejo de gerar vida, aprendamos a dar valor a vida que muitas vezes negligenciamos no passado.

Necessário lembrar que, no passado, em nossas existencias anteriores, todos estávamos em um mundo com menos avanço mora, uma sociedade violenta e mais brutalizada, éramos espíritos mais jovens e menos conscientes de nossas necessidades e real propósito no mundo; desta forma os atos de barbárie e brutalidade de cometemos - todos nós - em nosso passado estavam de acordo com o nível que tinhamos na época e que era apenas mais um degrau em nossa escalada em busca da perfeição.

Isto certamente atenua as nossas faltas - estarmos anteriormente mais brutalizados que estamos hoje - mas não elimina o erro, nem a necessidade de reparação que temos; já disse Jesus "a cada um de acordo com suas obras" e bem lembrou que "o escândalo é necessário, mas ai daquele por quem ele venha".

Percebemos assim a responsabildiade que temos e que nos cabe e que, hoje - quando estamos mais aptos a entender os recados da vida - chega para nós a cobrança por meio de limitações e oportunidades para mudarmos e resgatarmos o que fizemos anteriormente.

Muitas pessoas tem uma visão conformista e estagnada - e consequentemente errada, na minha opinião - da lei de causa e efeito. Acreditam estas pessoas que apenas sofrendo é que poderemos resgatar os erros de nosso passado e, assim, ficam inertes,sofrendo e deixando as oportundiades passarem por eles sem nada fazer.

Acredito de uma forma diferente... para mim tem muita validade as palavras do apóstolo Pedro que diz que " o amor cobre a multidão de nossos pecados" - desta forma evidenciando que o trabalho no bem e no amor ao próximo nos aproxima de uma "limpeza" e vai nos tornando pessoas melhores.

Aí está o que você me pergunta: o que posso fazer? tenho como mudar? - SIM! inicie hoje mesmo a participação em trabalhos assistenciais com crianças... visite orfanatos... seja a mãe daqueles que não tiveram esta felicidade e aproveite para deixar fluir a mãe que existe dentro de você desejando abraçar filhos nos braços.... dedique-se com todas as forças e todo o amor aos pequenos que necessitam de você; e assim estará realizando através do amor o que até agora somente experimentou pelo sofrimento.

Está na hora de deixar o sofrimento para trás e dividir momentos alegres e felizes com as crianças que precisam de carinho, amor e de uma mãe... e você pode ser esta mãe que atende as tão grandes necessidades destes que estão a margem de uma sociedade hiprócrita.

Ame e deixe-se ser amada por estes pequeninos e certamente, através desta troca de energias tão maravilhosas, você poderá, do fundo de sua alma, se perdoar... porque Deus já perdoou ha muito tempo... Deus nos ama e é por este amor que nos dá tantas e maravilhosas oportunidades - as quais quase sempre perdemos.

Fica em paz, minha irmã, e trabalha para resgatar tua própria felicidade. Não é em nenhum centro espírita - ou não espírita - que você ai encontrar a resposta para suas necessidades e limitações... mas dentro de você mesmo através do resgate de teus laços com o mais alto.

Confia em Deus e ama os que necessitam de amor.

Espero ter sido de alguma ajuda.

PAz contigo.

"... Prezado João,boa tarde.
Gostaria muito de lhe agradecer por ter me respondido pois estou num momento de muita angústia e medo..
Se não for abusar de sua generosidade gostaria de só mas um esclarecimento.
Eu sempre tive medo de ser mãe por não me achar capaz de cuidar de alguém tão dependente e acabei demorando um pouco pra decidir.Estou com 41 e há 3 anos tentando engravidar. Não tenho nenhum problema fisiológico, apenas não deu certo minhas tentativas.
Mas algo que não me deixa perder minha esperanças de conseguir engravidar é que há quase dois anos sonhei com meu pai (falecido há 9 anos) chegando em nossa casa.Vi ele no portão e sai correndo ao seu encontro e ele me disse que estava muito cansado e que tinha vindo só pra me dizer que eu iria engravidar.Me abraçou bem forte e eu acordei.Tenho certeza que foi de verdade,eu senti.Já sonhei com ele logo que faleceu.Estava com sua roupa preferida, sorrindo pra mim e andando com várias pessoas num lugar muito bonito.Foi ai que parei de chorar todos os dias.
isso não é bom? Eu ter sonhado com ele me dizendo isso não é um sinal de que vou conseguir??
Eu posso mudar meu carma confiando em Deus ou não, quando algo deve ser de um jeito não tem como mudar?Pois ouço tantas histórias de mulheres que adotaram e depois engravidaram, ou que desistiram e depois conseguiram..
Agradeço a Deus sempre por tudo que sou e tenho.
Desculpe a minha ansiedade e mais uma vez lhe agradeço por me responder e me ouvir(ler)..Obrigada ......"


Prezada ____________, bom dia.

Desculpe a demora em responder mas tenho andado bastante ocupado com as tarefas profissionais e do centro, por isso o tempo tem sido meio escasso; espero que compreenda.

Sim... podemos modificar nosso carma - pelo menos eu penso assim - mas não apenas com a confiança em Deus e sim com confiança (fé), resignação e trabalho duro no bem e no amor.

Através do trabalho pelo próximo que necessita de nosso auxílio e socorro estamos transformando nossos erros do passado e aliviando nossa carga cármica - como disse o apóstolo Pedro.

Mas existem coisas que "tem que" acontecer... também conheço alguns casos em que as pessoas desejavam engravidar e não conseguiam..,. e um tempo depois de adotar conseguiam engravidar naturalmente.

Entendo este processo como tendo suas possibildiades dos dois lados da vida - espiritual e material - da seguinte forma:
- é possível que houvesse a necessidade do casal receber em seus braços um filho do coração - que certamente tem ligações passadas com eles - e assim vencer barreiras e preconceitos sociais, culturais e psicológicos que possam existir; recebendo aquele filho podem estar se libertando das amarras que faziam com que aquela adoção fosse uma "libertação" cármica e abrem as portas para nova experiencia de amor e afeto, como recompensa divina por vencerem seus medos e/ou preconceitos.
- também é possível que a mulher que deseje engravidar esteja se cobrando tanto que, subconscientemente, o organismo "trave" de forma a não conseguir engravidar, não conseguir o PH certo, não ovular corretamente, etc... sabemos - e a medicina comprova - que o nosso corpo reage a estímulos de nossa mente, somatizando o que trazemos dentro de nós naquele momento. Assim ao receber um filho do coração a mulher "relaxa" aquela cobrança, desvia sua atenção para a nova realidade e o organismo "retorna" ao seu funcionamento normal, abrindo assim a oportunidade para que engravide de forma natural e normal.

Em minha opinião as duas coisas estão intrinsecamente ligadas e - quase sempre - temos as duas situações agindo em parceria para que possamos ser instruidos e vencer os desafios da vida.

Por isto sempre digo às amigas que entram em contato que não se cobrem demais... levem suas vidas normalmente e criem o hábito de trabalhar pelo bem em orfanatos, creches ou locais onde possam utilizar a mente e o corpo em benefício de crianças que necessitam de carinho e atenção, compreende?

Quanto ao fato do sonho de seu pai pode ter sido realmente uma comunicação onírica - embora não possamos ter certeza - mas se te tranquilizou e ajudou a diminuir sua angustia é muito bom.

Por vezes a espiritualidade permite que tenhamos contato com os nossos queridos que nos precederam na pátria espiritual de forma a nos transmitir comunicações e orientações sim. Mas não podemos ter a certeza nem afirmar nada definitivamente porque temos que considerar a possibildiade do seu subconsciente ter gerado este sonho de forma a amenizar sua angustia através da imagem de uma pessoa que você confia e ama. Sempre temos que considerar todas as possibilidades.

Mas, a despeito de qualquer coisa, o mais importante é que você continue com sua vida normal, amando, trabalhando, viajando, orando, auxiliando o próximo e construindo através do amor a ponte que te ligará ao teu objetivo, te libertando de um passado cármico e abrindo as portas do futuro .

Paz contigo.

Acetitação de problemas para engrvidar - Perguntas dos amigos



"... Oi, ja passei por 2 abortos, o primeiro foi uma gestação anembrionaria e o segundo aborto retido, sem causas aparentes, estou gravida mais uma vez de 8 semanas porem não foi visualizado embrião, e talvez terei o diagnostico de gestação amenbrionaria mais uma vez.posso ate parecer egoista, mas não consigo aceitar isso que esta acontcendo comigo, acredito em deus, e sei que tudo que esta acontcendo e para meu crescimento esperitual, mas não consigo aceitar,ja fiz varios exames e todas deram tudo normais, eos medicos dizem "que não chegou a minha hora", estou mto mal com isso me ajude aceitar!!! ......"



Prezada ________, bom dia.

Perdoe a demora em responder mais ando atarefado e o tempo tem sido escasso.

A aceitação daquilo que desejamos ardentemente e não conseguimos não é um processo fácil; principalmete porque normalmente desejamos o que nos atende os anseios e as vontades, mas não conhecemos os motivos pelos quais não conseguimos atingir o nosso objetivo.

Motivos estes que vem desde muito antes de agora, respondendo a lei universal de "causa e efeito" que rege as nossas vidas de maneira invariável e inexpugnável - de onde não poderemos sair até que resgatemos o último ceitil, como disse o Mestre Jesus.

Na grande maioria das vezes, e esta deve ser uma delas, nós passamos por estas limitações para que possamos resgatar, através das experiencias necessárias, o nosso equilíbrio interior e com a vida; mas também para testarmos a nossa fé e resignação - diante das adversidades - reconhecendo a nossa pequenês diante daquilo que "deve" ser e que é nosso dever aceitar sabendo que Deus não nos envia o pior, apenas o melhor.

Quando não conseguimos aceitar os fatos da vida como procedem e iniciamos dentro de nós um processo de "revolta" ou "frustração" desmedidas, desacreditando do amor do criador, de sua justiça e de nossa necessidade - estamos indo contra a humildade que devemos sentir para com o mais alto e deixando que o nosso orgulho ou egoismo tomem o nosso coração e dêem espaço a sentimentos negativos - depressão, raiva, vingança, irritação, paralisia, frustração, etc...

Não estou com isto dizendo que não devemos lutar para modificar as nossas limitações, nem que não devemos questionar e buscar soluções e explicações para os problemas que enfrentamos - não é isso!

Mas estou dizendo que devemos buscar esta solução e lutar pelas melhoras sem perder a fé e a eperança. Sem revolta. Sem deixar de contar com o amor e a compreensão divinas e nos afastar de Deus.

Esta aceitação que você procura não está em minhas palavras, nem em mim mesmo; muito menos na rua ou na igreja que você frequenta... Em vão buscamos explicações e receitas de bolo para solucionarmos situações que não aceitamos, tentando nos livrar delas.

Mas esquecemos que elas fazem parte de nós mesmos e que as respostas para a aceitação e compreensão delas estão dentro de nós... no esforço que fazemos para reatar as ligações com o mais alto e trazer a presença dos bons espíritos de Jesus para o nosso lado.

Quando observamos a vida e percebemos que, mesmo com todos os nossos problemas, ainda temos forças e condições de auxiliar ao nosso próximo - que muitas vezes tem necessidades muito maiores que as nossas - e que assim agindo estamos socorrendo e curando a nós mesmos...

Ore, medite e pense... mas principalmente trabalhe pelos que necessitam. Seja a mãe que muitos filhos não tem... Seja as mãos do senhor levando alívio e consolação aos corações que tanto necessitam.

Aceite a sí, minha irmã, mesmo com todas as limitações que tem, mas principalmente perceba e acredite nas infinitas capacidades de fazer o bem e de amar que Deus colocou em suas mãos...

Apenas assim estará a caminho da aceitação... vencendo a fixação de seu pensamento no passado e na dor e levantando os olhos e observando todo um novo horizonte à sua frente; porque, como disse o apóstolo, "o amor cobre a multidão de nossos erros".

Espero ter sido de alguma ajuda.

Paz contigo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...