Aborto e sofrimento - Perguntas dos amigos



"... minha esposa teve aborto espontaneo ha alguns dias. SE SOMOS FEITOS A IMAGEM E SEMELHANÇA DE DEUS POR QUE ACONTECE TAL FATO COM FILHOS DELE QUE DESEJAM CONSTRUIR FAMILIA, GERAR OUTRA VIDA? SERÁ QUE ESSE MESMO DEUS QUE COLACA SEUS FILHO NO VENTRE DA MÃE, JÁ MANDA REGRAS A SEREM CUMPRIDAS ( sem importar se suas familias irão sofrer pelos seus entes. alem disso minha esposa passou por sofrimento fisico ha um ano que quase fez a passagem, deixando aqui pessoas que amam e principalmentequem jurou-lhe fidelidade dentro de solo sagrado.duvidas? muitas. respostas... quem sabe as terei ......"



Prezado _________, bom dia.

Compreendo a sensação que você está passando - decepção, angustia, desapontamento, frustração, etc... - porque são sentimentos naturais do ser humano e, principalmente, que afloram em situações de dor e sofrimento, quando nos sentimos impotentes, sem sabe rou poder fazer algo para auxiliar os que amamos.

Entretanto, compreenda, é exatamente nestes momentos que surge a oportunidade de renovarmos a nossa fé - que é ainda muito pequena - e de aceitarmos os designios que a vida nos dá.

A doutrina espírita nos orienta que tudo na vida tem um porque e que nada acontece por acaso; e que quando não vemos o motivo dos fatos e acontecimentos em nossa vida atual, eles se encontram em nosso passado - nas existencias anteriores - como poderemos encontrar nas palavras de Pedro apóstolo quando pergunta ao Mestre, falando sobre o cego de nascença: "quem pecou para que este nascesse cego: ele ou seus pais?"(João 9:2)

Evidenciando assim uma Lei - a qual chamamos de causa e efeito - que é perene e inexorável em nossas vidas; sempre necessitaremos equilibrar a balança de nossos atos para que possamos alcançar a plenitude e a felicidade.

Muitas vezes somos atingidos por fatos e acontecimentos que nos "tiram o chão" e que representam sofrimento e dor nesta vida, mas estes fatos, e estas limitações as quais nos impõem, já estavam em nossa programação reencarnatória de forma a que, quando na carne, pudéssemos eliminar de nossa carga os erros de nosso passado.

Não necessitamos atender aos resgates pela dor - de forma alguma - mas quase nunca no lembramos da moeda do amor e do trabalho no bem, o que incondicionalmente nos leva, em épocas determinadas, a situações que representam uma "lavagem" em nosso espírito, em detrimento do corpo físico.

Sei que é muito fácil falar sobre isto sem estar aí para vivenciar o seu caso, ou o de bilhões de pessoas ao redor do mundo; mas, tenha certeza, nenhum de nós está desamparado e nenhum de nós se encontra em situações com as quais não possa lidar ou suportar - pois o Mestre não coloca cargas pesadas demais em ombros frágeis.

Perceba que, a despeito do que possamos imaginar, a presença de Jesus e a fé em nossa vida será o alívio e o lenitivo de esperança que precisamos para enfrentar as dores e as cobranças do mundo.

Uma vez que acreditemos que Deus é amor e que é Pai, perceberemos que, assim com fazemos com nossas crianças, estamos sendo corrigidos e colocados de castigo por um período curto de tempo nesta vida terrena, frente à imortalidade de nossas almas.

Somos espíritos imortais e, com isso, siginfica que estes anos que passamos encarnados tem o objetivo de deixarmos na carne nossas limitações, erros e problemas, e sairmos dela, de volta ao reino do Pai, lavados e de cabeça erguida, pois vencemos mais uma batalha contra nós mesmos.

É imprescindível perceber que a despeito dos momentos de felicidade relativa que possamos ter nesta Terra, a nossa felicidade plena e perfeita estará no mundo espiritual, quando - livres de nossos erros - pudermos haurir a alegria e a felicidade de convivermos em paz e harmonia com os que amamos.

Assim é importante percebermos que o sofrimento e a dor são, neste mundo, as ferramentas e os educadores que nos talharão e orientarão para o caminho mais correto; se soubermos passar por eles com resignação, esperança e fé.

Sei que não é fácil ver os nossos sonhos atrasados ou frustrados por motivos maiores que nós; mas sempre podemos sonhar de novo e criar novos sonhos. Sempre podemos buscar alternativas e soluções que nos auxiliem e engrandeçam, desde que tenhamos o equilíbrio interno para percebermos assim.

Os doentes e sofredores são os filhos prediletos de Jesus, pois foi para eles que Ele veio - para trazer paz a suas almas cansadas e doloridas; para eliminar o que ha de velho e ruim de dentro de nós e nos completar com novos e bons sentimentos. Mas esta transformação, assim como tudo que vale a pena na vida, exige esforço e sacrifício de cada um de nós.

Lute para transformar este sentimento de incompreensão que hoje habita dentro de você em um sentimento de humildade frente a sabedoria divina - que nos dá o que precisamos, e nem sempre o que queremos.

Aproveite este momento de dor para extrair dele novos sentimentos de união e amor entre você e sua esposa; novos laços com o mais alto, fortalecidos pela provação superada; novas esperanças no porvir, embasadas na vida que vocês tem pela frente.

Observe o mundo ao seu redor e perceberá que tantos desejariam ter e estar no exato local em que você se encontra, com suas limitações e capacidades, com seus defeitos e qualidades, com sua saúde, com seu emprego, com sua visao, com suas oportunidades de crescimento junto a quem ama... São tantas coisas boas que temos e nem percebemos.

Alivie seu coração, meu irmão, ore a Deus por sabedoria e resignação e deixe ele responder da melhor maneira possível.

Caso tenha possibilidade leia em "o evangelho segundo o espiritismo" os capítulos 5 e 6; se não tiver os livros pode baixar os arquivos em www.biblioteca.radiobomespirito.com .

Paz contigo. qualquer coisa entre em contato.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...