Mediunidade, Amor, Masturbação - perguntas dos amigos ...


Prezados e queridos amigos, bom dia.

Após um longo tempo sem postar perguntas em nosso blog, estou retomando as atividades normalmente.

Peço desculpas antecipadamente a todos que me enviaram as perguntas e garanto que vou reponder a todas, mesmo que não as publique aqui no blog.

Este é o primeiro post de atualização onde trago diversas perguntas realizadas e outros seguirão a este.

Paz com todos.

João

----------------



"... Boa noite!eu sou o ______,tenho ___ anos e sou um medium. Consigo prever as coisas em sonhos e ver situaçoes ja estão pra acontecer ou que ja aconteceram em pensamentos,agora algo me diz que eu tenho que desenvolver a telecinese,faz parte do meu desenvolvimento espiritual.Eu nao sou espirita e nunca participei de um encontro. Eu gostaria muito que alguem me ajudasse. Por favor aguardo uma resposta ......"

Prezado _________, bom dia.

Perdoe a demora.

Em mediunidade nunca podemos estar 100% seguros de nada, entretanto com estudo e orientação correta podemos abrir os caminhos desta faculdade natural do ser humano e iniciar os trabalhos no bem maior.

Acredito, porém, que no seu caso seja de grande importancia o comparecimento a uma casa espírita séria, embasada em Jesus e kardec, para que possa ser melhor orientado e pessoalmente acompanhado por amigos mais experientes e que estejam com você neste caminho.

Deverá iniciar fazendo uma consulta espiritual e observando o que é recomendado pela espiritualidade amiga da casa, pois assim estará seguindo os passos seguros rumo ao melhor conhecimento de sí mesmo e de sua capacidade.

Vale a pena lembrar que nenhuma iniciação ou educação mediunica deve ser tentada sem o devido acompanhamento ou em sua residência; o local indicado para prática de comunicações mediúnicas é o centro espírita, pois devido as emissões fluídicas e às companhias espirituais que podemos ter ao nosso redor, não devemos tentar nada em nossa residência, onde o ambiente é despreparado e desprotegido.

Espero poder ter sido de alguma ajuda.

Paz contigo.


"... Oi João, boa noite! Primeiramente parabéns pelo blog, sempre leio e só agora tive coragem de mandar minha ‘perguntinha’. Então, no final do ano passado conheci uma pessoa que se tornou importante para mim, em um mês começamos a namorar e em três semanas ele terminou o relacionamento, dizendo ter percebido que não gostava de mim o suficiente (atualmente ele está em outro relacionamento). Estava muito apaixonada e sofri muito. Tive que mudar meu estilo de vida para esquecê-lo, foi aí me tornei uma pessoa mais determinada nos estudos e mais saudável física e psicologicamente, e em mais contato com o espiritismo. Hoje eu vejo que esta pessoa me ajudou, pois, me deu um ‘empurrão’ para que eu mudasse as minhas atitudes e a minha maneira de ver a vida. Porém, apesar de aceitar que esta pessoa só veio de passagem, e apesar de saber que ele não teve atitudes corretas em relação ao nosso relacionamento, ainda sinto saudades e tem momentos que acho que não vou conseguir continuar a seguir em frente. Cheguei a sonhar com ele várias vezes, como se estivéssemos tentando conversar. O que posso fazer para me libertar desse pensamento de posse e saudade? Estou preocupada porque quero levar minha vida adiante, mas sinto de que alguma maneira essa pessoa é importante para mim. Estou com medo de passar o resto da minha vida ligada a uma pessoa que teve atitudes egoístas e que não me deu valor, pois, atualmente não consigo me relacionar com outras pessoas. Minha maior dúvida é se esse meu resquício de sentimentos é porque ele é uma pessoa que era especial para mim ou se é fruto de pensamentos obsessivos para me deixar triste e depressiva. Enfim, desde já agradeço pela atenção. Obrigada! ......"

Prezada _____________, bom dia.

perdoe a demora.

Espero que esta mensagem chegue a você em um período onde já tenha conseguido se libertar deste sentimento de dependencia em relação ao seu ex-namorado.

Para que possamos nos libertar deste tipo de sentimento - posse, necessidade, dependencia, etc - devemos, na grande maioria das vezes, ocupar o local e o tempo que dedicamos a este sentimento com objetivos e coisas que vão nos preencher.

No seu caso, especificamente, que se dedicou mais ao estudo e ao desenvolvimento físico e saudável, acredito que poderia tentar se envolver com projetos de caridade e assistencia social.

A proximidade, através do trabalho voluntário, de pessoas em maior necessidade fará com que, se você assim desejar, sua atenção e dedicação sejam voltados a fins maiores e melhores que "sofrer" por um amor que não poderá te fazer feliz.

é possível, e até provável, que esta ligação tenha origem em um passado próximo, onde possam ter convivido juntos- isto poderá explicar o sentimento forte, mesmo que não correspondido - mas mesmo assim não quer dizer que tenham a obrigação de ficarem juntos nem que você tenha a obrigação e necessidade de "esperar" ou "depender" dele para ser feliz.

Todos convivemos com afetos e desafetos de nosso passado para que, com este convívio, possamos crescer e vencer os resgates necesários. Aproveite esta encarnação para crescer e desenvolver como pessoa, ser humano e cristão; não se deixando paralizar por uma atração sem objetivo visível.

Tenha força e determinação e conseguirá vencer mais este desafio.

paz contigo.


"... o meu problema é saber um pouco mais sobre sensitivo... que me aconcelha pois no centro onde estudo á so evangelho nao tem o estudo da mediunidade e penso que nao tao preparados para me ajudarem.. penso que nao teram respostas para mim pois so me dizem vai ver o livro dos mediuns.. ate hoje so tive uma resposta em que acho possivel.. tudo o que sinto é uma dadiva de deus como uma preparacao para a minha mediunidade... sera um treino para eu sentir e comecar a saber destinguir.. eu destingo algo principalmente dos cheiros podre ou a flores e do bem estar ou mau estar.. será assim ??? ......"

Prezado ________, bom dia.

perdoe a demora.

Em mediunidade não podemos ter crescimento sem estudo e sem orientação; no seu caso, como o centro que você frequenta não tem estudo da mediunidade, é necessário que você realize este estudo por si mesmo.

Além do livro dos médiuns existem muitos outros bons livros que podem ser úteis para seu estudo.

A série de andré Luiz - especialment e "os mensageiros", "missionários da luz" e "obreiros de vida eterna" serão de grande utilidade para seu crescimento intelectual a respeito da mediunidade.

Além disso, busque sempre orientação na oração e na meditação em sí mesmo.

A vigilância de hábitos e pensamentos fará com que os bons espíritos estejam sempre presentes ao seu redor, por isso é tão importante vigiar e orar, como nos orienta Jesus.

Lembre das palavras de André Luiz "quando o trabalhador está pronto o serviço aparece" e assim ore, estude e aguarde pacientemente que seu momento de dedicação a causa mediunica vai chegar; mas para isso é necessário que esteja pronto, não somente como médium, mas como cristão e ser humano também.

Dedique-se ao estudo de todas as obras que puder ler (manoel philomeno de miranda, emmanuel e André Luiz) para que tenha a carga necessária e que, cada vez mais, esteja claro e compreensível o fenômeno que acontece ou acontecerá.

No tempo certo a espiritualidade dará o início ao trabalho; até lá é necessário paciencia, dedicação, vigilancia e oração.

Paz contigo.


"... Muito obrigado por vc responder meu e-mail, porém tenho uma duvida e gostaria muito de saber como a doutrina espirita enxerga essa minha questão;
Gostaria de saber como posso achar na doutrina espirita através de leitura ou até mesmo alguém que possa me responder, a pergunta é " Como a doutrina ver a masturbação masculina ? seria uma afronta a Deus ou uma necessidade do organismo questão de hormonios"
Me desculpe pela minha duvida, msa gostaria muito mesmo de saber e entender até pq sou espirita.
Fico ansioso no aguardo desta respsota caso vc possa me ajudar
Agradecido......"


Prezado _________, bom dia.

perdoe a demora.

A questão "masturbação" está diretamente ligada ao estudo do sexo e da sexualidade; poderemos ter algumas opiniões interessantes sobre este assunto nos livros "sexo e destino" de André Luiz, "Sexo e obsessão" de manoel philomeno de miranda, "vida e sexo" de emmanuel, e nos capítulos 28 a 32 do livro "evolução em dois mundos" de andré luiz. Vale a pena uma leitura atenta para esclarecimento de diversos aspectos do sexo e sexualidade.

Quanto a masturbação propriamente dita não conheço leitura especializada no assunto, mas posso dar a minha opinião pessoal, que não representa a opinião do espiritismo, mas que vai embasada nos estudos que fiz, ok?

Eu tenho um conceito muito particular no qual acredito que se Deus permitiu que algo existisse é porque este algo tem uma utilidade e uma necessidade; e dentro deste princípio coloco os objetos ou ações que temos e que classificamos como erro, vício, desvio, etc.

Acho que a masturbação está neste rol de procedimentos. Entendo que ela é um procedimento natural do ser humano, que em necessidade de sentir prazer individualmente (seja pela solidão, pela necessidade dos instintos,pela puberdade, pelo egoismo, pelo vício ou outro motivo) simula o ato sexual e ejacula, atingindo o climax sensorial que pode ser obtido.

Entendo e acho este ato natural - embora não seja o normal de uma pessoa adulta; compreende a diferença?

O prazer sexual foi dado ao homem com o intuito de incentivar a procriação e a multiplicação humanas - paralelamente ao instinto animalizado - e não é errado, ao contrário, antes representando uma "recompensa" da natureza pela nossa inciativa de procriação; até aí tudo bem.

Porém, nós, que conscientemente buscamos o prazer e que desenvolvemos métodos de nos "defendermos" da procriação, entrando assim em uma prática sem limites da sexualidade em busca apenas de prazer físico e da exaustão sensorial, passamos a praticar a masturbação como forma de aliviar o "desejo" e sem uma finalidade justificada pois a propria natureza, através da "polução noturna", nos deu um método de eliminar o excesso de espermatozóides que tenhamos em nossos testículos.

Assim acredito que cabe muito bem neste caso as questões 907 a 912 de "o Livro dos espíritos"; onde nos esclarece que o abuso de nossas paixões é que nos causa o mal.

Vale lembrar, entretanto, que quando da masturbação ocorrem em nossas mentes pensamentos e lembranças que podem gerar fluidos e energias carregadas sexualmente, atraindo assim espíritos que desejem absorver/vampirizar estas energias; e que, cada vez mais, estes espíritos estarão ao nosso redor, convivendo conosco e nos influenciando para que façamos mais e mais vezes a masturbação - isto poderá nos causar transtornos e obsessões.

Por isso acredito que, ao invés de julgar e condenar algo, devemos ter a consciencia e a clareza do que fazemos, para que, ao fazê-lo, não tenhamos consequencias desagradáveis em um futuro próximo e que não nos prejudiquemos em nossa escalada espiritual; pois a lei de causa e efeito é eterna e imutável.

Espero haver sido de alguma ajuda.

Paz contigo.


"... gostaria de saber se uma pessoa pode amar alguem que ja morreu e não tiveram nada em vida ......"

Prezada ___________, bom dia.

Perdoe a demora.

A palavra "amar" adquire, em nosso vocabulário, um tão grande numero de significados que fica difícil afirmar ou negar alguma coisa.

De mina opinião particular acredito que "amar" - o sentido profundo do sentimento entre duas pessoas - apenas acontece quando exite convivência e relação entre elas; para que participem e desenvolvam atividades, sintonia e harmonia durante o período que estejam unidos.

Vendo por este ponto não acredito ser possível "amar" uma pessoa com a qual nunca tenhamos tido contato/convivência.

Outros sentimentos, entretanto, que sejam relativos a esta pessoa nós podemos ter sim, tais como: paixão, desejo, interesse, carinho, cuidado, etc... e esses sentimentos podem ser sentidos em relação as pessoas desencarnadas sim, pois o desencarne não muda o que sentimos por elas; as vezes inclusive aumenta.

Devemos, entretanto, ter muito cuidado com os sentimentos que enviamos para os desencarnados; pois sentimentos são energia - e como energia atingem as pessoas a quem os endereçamos.

Assim, se enviamos sentimentos bons e equilibrados aos queridos desencarnados estes se sentirão confortados, acarinhados e queridos pelos que permaneceram na Terra; ao contrário se os nossos sentimentos são desequilibrados, possessivos, doentios e depressivos, são estes os sentimentos que os nossos desencarnados receberão no mundo espiritual e que, certamente, os farão infelizes e sofredores.

Por isso, independente dos sentimentos que abrigue em seu coração, ore sempre pelo amigo desencarnado para que ele seja cada vez mais consolado e auxiliado em sua transição.

Espero ter sido de alguma ajuda,

Paz contigo.




Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...