Problemas mãe e filha - Perguntas dos amigos




"... ola gostaria de saber o porque não consigo dar carinho a minha filha por mais q eu tente fico travada, seu cheiro suas atitudes me causa repulsa, devo me policiar para não brigar com ela o tempo todo sem motivos, as vezes sinto que ela é carente e a abraço como por obrigação. E com meu filho nao é assim estou sempre o acalentando até sem perceber.Isso tem explicação, como mudar isso não osto de me sentir assim.
......"


Prezada _________, bom dia.

Perdoe a demora em responder.

Allan Kardec em "o evangelho segundo o espiritismo" no capítulo 14, vem trazendo um belo estudo sobre este tipo de fato, especialmente no ítem 8, de onde tiro as frases seguintes:

"...Os que encarnam numa família, sobretudo como parentes próximos, são, as mais das vezes, Espíritos simpáticos, ligados por anteriores relações, que se expressam por uma afeição recíproca na vida terrena. Mas, também pode acontecer sejam completamente estranhos uns aos outros esses Espíritos, afastados entre si por antipatias igualmente anteriores, que se traduzem na Terra por um mútuo antagonismo, que aí lhes serve de provação...."

Perceba aí, minha irmã, a ação sábia da vida através da reencarnação que juntou você com alguém de seu passado para que unidos nesta vida pudessem resgatar erros do passado, através da relação mãe-filho; que é uma das mais nobres, fortes e verdadeiras que se pode ter nesta Terra.

Através das leis universais da vida os espíritos que adquirem débitos e resgates, uns para com os outros, tem, pela misericórdia divina, a oportunidade de corrigir e transformar os sentimentos e ações menos nobres em ações de amor e reparação; equilibrando novamente a balança da vida de seguindo o conselho do Mestre quando afirma "reconcilia-te com teu adversário".

Estas sensações que você relata são naturais do espírito, pois representam a reação subconsciente de seu próprio espírito que "reconhece" as emanações fluídicas do outro espírito e que, em suas memórias espirituais, sabe que no passado houve algo de desafeto entre vocês - esta aversão fluidica faz com que você tenha estes sentimentos em relação a sua filha.

Perceba, entretanto, que são exatamente estes os sentimentos que devemos vencer nesta oportunidade que a vida nos dá; e que para isso devemos sempre orar pedindo forças e auxílio a Jesus, que sempre enviará seus auxiliares espirituais, caso nossos sentimentos sejam verdadeiros e bons.

Perceba ainda, que, aparentemente, da forma que se apresenta sua situação - Mãe - você foi escolhida para dar maior parcela de contribuição e sacrifício neste processo; evidenciando a sua responsabilidade frente a esta reconciliação; compreende?

Quando recebemos a dádiva de sermos pai ou mãe estamos recebendo a responsabilidade de cuidar, guiar, amparar, socorrer, compreender, perdoar e fazer o bem aquele(s) espírito(s) que está conosco na caminhada.

Atrevo-me a dizer ainda que se estamos em posição de "dar" é porque ou temos mais maturidade para tanto ou já "recebemos" muito em encarnações anteriores.

De qualquer forma, use seu discernimento para orar a jesus por forças e para dar a sua filha todo o amor que puder, incondicionalmente, vencendo pelos laços do carinho e do afeto o que os sentimentos negativos criaram há tempos atrás.

Paz contigo.

João

10 comentários:

Anônimo disse...

A minha mãe faz e sente isso por mim... e eu até hoje nunca consegui entender. Com sua explicação hoje eu entendo, mas já não suporto essa situação, eu a amo tanto. Mas penso que em outra vida eu devo ter a feito muito mal... Gostaria muito de uma solução p/ tanta dor que isso me causa. :/

Anônimo disse...

...Pois comigo já é o contrário, tenho duas filhas e as amo como nunca amei ninguém. Mas as vezes eu acho que devo ter feito algum mal a elas no passado . Mas sempre oro a Deus e N S Senhora para que me de forças para perdoar sempre os aborrecimentos q as vezes elas me causam. E Sempre o melhor acontece,Sempre fazemos as pazes , e sempre perdoo. O conselho que dou para a filha que não tem o amor de sua mãe , que ore por ela , e que lhe dê muito amor, que seja o que for que tenha acontecido a vocês ,não há nada que resista ao amor . Não se sinta a pior das criaturas , apenas deixe que Deus faça o melhor pra vc .Confie nele.Mostre que você a ama . e perdoe.com certeza ela não sabe o que faz.

Anônimo disse...

Eu também tenho problemas sérios com minha mãe,ela sempre fica sem conversar comigo por motivos fúteis,é um martírio na minha vida,sou muito sozinha,não tenho ninguém nem minha mãe é uma mãe,parece mais uma inimiga,penso em suicidar a anos,quando ela não conversa comigo mais ainda,sou única filha mulher,os outros dois são homens e ela combina bem com eles,mais com um do que com outro,nunca achei uma solução,já fiz de tudo,cansei disso,pior que ela vive rezando,é fanática e não vê o mal que me causa,só vejo no suicídio uma solução!!!!

Anônimo disse...

O seu comentario acima acabou d falar tudo que passo e sinto, minha mae vive brigand comigo por motivos futeis, fica sem falar , isso desde d crianca, ela m faz sentir a pior pessoa do mundo, ja pensei em morrer muitas vezes,meus irmaos nao suporta ela tbm porke ela se acha a pessoa mais correta e puritana do mundo eh fanatica vive o espiritismo como lei, alias tudo pra ela eh regra, ela parece mais um general e todos tem q fazer exatamente o q ela quer. Decidi nao falar mais com ela e afastar ela de uma vez da minha vida.

Isabella disse...

Agradeço por ter lido tal questão, sua resposta e comentários de outras pessoas.
Às vezes também me sinto mal diante de tal situação. Fico pensando que tenho 'colegas' como pais, pr serem tão desligados e desprovidosde afeto para comigo, isso segundo a minha opinião.
Não tenho muito conhecimento sobre o espiritismo mas, apesar de pensar certas vezes no assunto, sei que o suicídio não é uma opção. Inclusive porque o débito uma hora deverá ser resgatado, e com os mesmos espíritos, isto se não forem aumentados peli ato de tirar o bem maior que Deus nos Deus para resgatarmos nossos erros.
Acho que uma vez que reconhecemos que algo possa estar errado, quando outros envolvidos, no caso aqui sobre os pais ou as mães e nós, devemos mesmo apegar a Deus para pedir força e rogar para que possamos entender que as provações são necessárias. Quando alguém as designa a nós, sejam espíritos superiores ou nós mesmos é porque é nossa missão aqui. Então mais produtivo que darmos nosso melhor.
Assim podemos nos ajudar e ajudar nossos irmãos carnados como familiares.
Não sei bem como escrevi tais palavras, mas espero ter sabedoria e foça para acatá-las e utilizar em minha vida.

Anônimo disse...

Minha mãe tb me trata dessa maneira.

Depois de adulta, eu percebo que ela me vê como um fardo, um peso, como se ela já tivesse feito a obrigação dela e agora não sou nada.

Durante toda minha vida tive problemas com depressão e tudo no fundo tinha ela como motivo. Nunca consegui ser boa o suficiente pra ela. Minha mãe é única pessoa no mundo que consegue arrasar com a minha auto-estima. Ela me faz me sentir um lixo, totalmente inútil e incapaz. Eu a amo muito apesar de tudo, tento sempre cuidar dela, mas eu sinto que ela não tem o mesmo sentimento por mim. Tenho uma irmã que fez tudo errado na vida, e minha mãe nunca a condena por isso. Ao contrário, está sempre a apoiando. Quanto a mim, é como se eu não fosse nunca suficiente. Sou cheia de defeitos pra ela.

Não sei mais o que fazer. Já tentei suicídio uma vez, já me cortei toda com faca, já fui parar em diversos psiquiatras e só hoje entendo que isso tudo só pode ter um motivo: é espiritual. Não sei como resolver. Oro todos os dias em silêncio e peço a Deus que ilumine nossas vidas e resolva esses conflitos, pois está se tornando insuportável viver assim e não sei se aguento mais.

Anônimo disse...

Estou tão triste, então procurei algo que me ajudasse a entender minha mãe. Sinto a repulsa dela por mim o tempo todo: não senta ao meu lado, se sento ela se levanta. se me aproximo se afasta como se eu a fosse atacar. Isso dói profundamente, pois a amo. Ela não faz isso com nenhum dos meus sete irmão, só comigo. Começo a pensar que é espiritual, pois sou uma boa filha, nunca dei trabalho, sou responsável. Lembro-me que quando criança minha mãe nunca me defendia dos comentários racistas de meu pai de uma irmã. Já minha tia parecia mãe: defendia, cuidava, eu gostava de me parecer com ela. Até hoje é ela quem me abraça, beija, elogia.

Anônimo disse...

Infelizmente sei o que e isso... Mas meu caso e pior; além de minha mãe me "re pulsar" ela ainda me controla...e o pior ainda esse controle obssesivo vem de meus pais...isso mesmo meu pai também me controla;porém não me repulsa tanto minha mãe já e bem mais... Eu morava em SP capital com meu esposo vivíamos bem meu esposo estava trabalhando em uma ótima empresa e meus pais fizeram que fizeram e me convenceram se utilizando do meu psicológico que eu voltasse para o interior que e onde eles moram. Hoje meu marido trabalha em uma empresa não tão boa eu estou desempregada... e minha mae mal vem me ver ... Conversa com ela sempre me critica; e os olhares que me lança de total ódio ;desprezo... Ela quer me manter próxima pra me controlar e judia de mim...e eu to sempre chorando ; arrasada sem entender esse sentimento só queria uma mãezinha... Ja minha irmã e um primo que tenho ela os trata melhor do que filhos se isso e possível fora isso ela e uma pessoa materialista gosta de estar perto de quem tem dinheiro... Sofro demais...isso machuca muito... Mas mesmo assim quando a visito pois quase nunca ela vem ate mim eu digo mae Deus a abençoe...

Anônimo disse...

Eu não consigo estabelecer uma convivência harmônica com minha mãe. Não há diálogo. Eu digo uma coisa ela entende outra. Não aceita minhas opiniões. Vive dizendo que eu não sou uma boa filha e de uns tempos para cá, passei a acreditar nisso. Não consigo lhe dar muito atenção. Sou carinhosa mas ela não gosta que lhe faça carinho. Ela chega a dizer que os filhos do meu pai são melhores que eu e isso me magoa tanto. A minha irmã materna morreu há 10 anos e me sinto só com a responsabilidade de fazê-la feliz. Sinto-me frustrada por não corresponder as suas expectativas. Simplesmente não sei como agir com minha mãe que hoje é uma pessoa idosa e doente, que precisa muito de mim.

Andressa Souza disse...

Eu me sinto um fardo... por mais que eu faça nunca consigo agrada-lá... me trata diferente do meu irmão, parece que estou na família errada. Quanto mais faço mais ela fica ríspida.Hoje disse que sou insuportável... ouvir isso da sua mãe... Nem sei porque nasci.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...