Traição - Perguntas dos amigos



"... Tenho ___ anos e ___ de casamento. Descobri que meu marido me trai com uma moça de ___ anos, que esse relacionamento já dura uns ___ anos. De uns dois anos pra cá ele me diz não me amar mais, mas vivemos juntos como um casal normal,... No domingo de páscoa encontrei o telefone dela, além de extrato de hotel, ele confirmou mas não dá mais detalhes. Pede para eu não procurar mais nada. Eu e a outra nos enfrentamos com comentarios desagradáveis uma provocando a outra, por telefone ou internet. O meu problema é não conseguir decidir o que é melhor pra mim: separar ou ficar junto. Preciso muito de orientações, me ajude por favor!!!....."



Prezada ____________, bom dia.

O que você me pede não tenho o direito de fazer... indicar o que é
melhor para você apenas você tem o direito de decidir.

Nem eu, nem ninguém que respeite o próximo, poderá interferir em
problemas pessoais e de relacionamentos, pois não estamos inseridos no
contexto e não sentimos/sofremos/passamos pelos processos que você - e
tantas outras pessoas passam.

Perceba, entretanto, que, da forma como relata, existe um processo de
envolvimento com uma terceira parte que pode - ou não - ser fruto de
alguma ligação do passado; entretando não devemos "culpar" as nossas
encarnações passadas por todos os processos dolorosos que acontecem em
nossas vidas; muitos deles são iniciados aqui e agora - se é que me
entende.

Jesus nos orienta a perdoar não sete, mas setenta vezes sete vezes...
evidenciando que devemos compreender as limitações de nosso próximo e
não julgar severamente seus atos impensados ou errados, pois
gostaríamos da mesma misericórdia para conosco.

Por outro lado, o mesmo Jesus nos orienta também a sermos mansos como
as pombas porém astutos como as serpentes... demonstrando que mesmo
que usemos de misericórdia e não sigamos o caminho da violencia,
vingança e erro, não somos obrigados a compactuar e continuar sofrendo
um processo que nos machuca, podendo nos defender de forma a nos
resguardar e manter a integridade.

Ainda nos orienta o mestre que quanto teu irmão tiver algo contra ti,
vai e fala com ele a sós, em não resolvendo, vai e leva dois irmãos
contigo como testemunhas, não resolvendo ainda leva-o ao conselho de
tua tribo para que a questão seja arbitrada. Evidenciando que o
caminho do diálogo deve ser sempre o caminho a trilharmos,
independente de como nos retornem os outros, não devemos nunca entrar
na mesma sintonia que estão os que erram para conosco.

Então, minha irmã, acredito que o melhor para você é observar os
ensinamentos de Jesus, pesando e ponderando sobre sua atual condição e
as perspectivas de solução que prevê.

Ore aos bons amigos espirituais por orientação e luz. Abra seu coração
em prece sincera para que possa pesar e analisar os âmbitos da questão
e tomar a decisão mais acertada para você.

Os ensinamentos de Jesus sempre são os melhores conselhos que podemos
escutar. Eles contém a sabedoria que muitas vezes nos falta, basta
apenas que livremos nossas mentes dos pre-conceitos que muitos já nos
colocaram na cabeça e busquemos entender sua mensagem em espírito e
verdade, construindo assim a paz interior que necessitamos e nos
livrando dos sentimentos e pensamentos negativos que possam aflorar em
nossa mente..

Perdoe se não respondi como desejava, mas não tenho o direito de
interferir em sua vida.

Paz contigo.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...