Engravidar ou não - Perguntas dos amigos



"... Olá amigos,
no último dia ___/___ tive alta do hospital. Tive hellp síndrome e perdi minha filha. Minha dúvida é quanto a conduta que devo seguir. Há médicos que dizem que tenho que pensar bem antes de engravidar novamente devido a ser uma gestação de alto risco! Essa era a primeira gravidez e não sei se tenho direito de arriscar a minha vida e de um feto em nova gestação só por ter a vontade de ser mãe ou se o fato de ter essa essa doença indica que não nasci com o direito de ser mãe devido a carmas passad. devo mais engravidar e, com isso, me contentar com o fato de não ter direito de ser mãe ....."




Prezada __________, bom dia.

A querida irmã me pede um conselho de âmbito pessoal e, devo afirmar, que não tenho o direito de influenciar ou interferir em suas escolhas ou vontades.

Acredito, minha irmã, que todos retornamos a este mundo com uma missão - que pode também ser uma prova ou expiação.

Perceba que o seu caso clínico específico evidencia uma necessidade de "dificuldades" para engravidar ou para gerar o bebê; entretanto, querida irmã, Deus não impede que utilizemos os processos clínicos especializados em tratamentos e cuidados especializados para atingirmos o nosso objetivo.

Ele nos dá a cada um o livre arbítrio de modo a realizarmos o que julgarmos correto e coerente, sempre observando suas leis e orientações - pelo menos deveríamos assim proceder.

Em casos como este o mais importante é o amadurecimento espiritual que este processo deve levar a você e ao seu companheiro; Amadurecimento este que tem com objetivo provar sua união, resignação e fé.

Perceba, entretanto, minha irmã, que caso você opte por não engravidar mais e não arriscar sua vida ou a de outro bebê, sempre existem opções para atender seu desejo de "ser mãe".

Tantos pequenos tem o mesmo ardente desejo de "ser filhos"; tantas crianças existem que necessitam do carinho que tuas mãos podem dar e das palavras doces que tua boca pode pronunciar para eles.

Caso não tenha a certeza, ou a intenção, de receber um filho do coração, aconselho que se envolva em atividades sociais com crianças carentes.

Conviva com os pequenos que necessitam de apoio, seja - mesmo que por curtos momentos - a mãe que eles necessitam e viva esta experiencia maravilhosa de cultivar o melhor em seus corações.

Tenho certeza que assim, caso não resolva engravidar novamente, seu coração poderá se abrir para esta possibilidade.

Paz contigo.



Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...