Masturbação e espiritismo - Perguntas dos amigos



"... Como a doutrina espirita ver a masturbação em pessoas adultas que nao tem parceiros? ......"



Prezada ______________, bom dia.

É necessário, antes de tudo, esclarecer que muitos dos tópicos que abordamos aqui não representam a opinião da Doutrina Espírita e sim a opinião de um espírita, baseado em conhecimentos da Doutrina, ok?

Isto posto vou também indicar 02 posts onde abordamos o mesmo tema:

Link 1
Link 2

Para que você possa também ampliar o leque de observações realizadas e avaliar dentro de suas observações a validade das mesmas.

Perceba que a Masturbação é um processo "natural" do ser humano, embora não possa ser considerado o "normal"; assim como o "sexo" que é natural mas que não é "normal" o praticarmos o tempo todo, excessivamente e sem limitações, compreende?

Em casos de pessoas adultas e com parceiros a masturbação pode indicar uma compulsão - que pode variar de leve a séria, conforme a frequencia da prática da mesma.

No caso citado por você - de pessoas adultas sem parceiros - acredito ser a masturbação um dos fatores que irá aliviar fisicamente o desejo sexual da pessoa e gerar a sensação de "gozo" e "prazer" físico que seria natural em um ato sexual com a intenção de procriar ou interagir com o ser amado.

É necessário, entretanto, observarmos que, assim como o sexo, a prática constante ou excessiva da masturbação pode acarretar efeitos indesejados para os encarnados; entre eles podemos citar:

- companhias espirituais indesejadas - com o intuito de influenciar nossos pensamentos e vampirizar as energias sexuais
- criação de formas pensamento carregadas de sentimentos e sensações pouco saudáveis - atraindo espíritos que sintonizem com as mesmas
- emissão de energias deletérias para pessoas que possamos ter em mente
- abertura psíquica para influencias menos nobres; entre outras.

Perceba que não estou afirmando ser um erro a masturbação; mas sim a sua prática constante; pois compreendo que o homem - em seu atual estágio físico e moral - tem a necessidade de sentir as sensações sexuais e, muitas vezes, não está sem parceiros por decisão própria.

Devemos todos, entretanto, tomar cuidados e precauções para que não abramos a porta de nossas mentes para as influencias dos sofredores espirituais e para que possamos manter o equilíbrio e a harmonia íntimas.

Espero ter sido de alguma ajuda.

Paz contigo.

6 comentários:

Anônimo disse...

ESCLARECEDOR COMO SEMPRE...A DOUTRINA ESPIRITA ABRE PORTAS!

Anônimo disse...

Eu sou espirita, mas acho errado a teoria de que a masturbacao ser algo atrativo de trevas e etc. Uma pessoa que nao tem ninguem sente vontade de sexo e algo fisico, do corpo, proncipalmente quando a mulher ta para menstruar, a vontade aumenta, a pessoa nao tem ninguem, da uma vontade a noite e ela nao pose se tocar, se conhecer?

Anônimo disse...

eu tb acho complicado isso, ainda mais pra pessoas que como eu, tem o carma de estar sempre sozinho e ficar muitos anos sem sexo, como faz? vem o desejo e aí? eu posso nao estar nessa evoluçao espiritual de conseguir sublimar o sexo, mas se nem mesmo os "seres" podem me ajudar fazendo aparecer alguem pra eu namorar, porque nao gosto de sexo casual, se nao sou merecedor de namorar agora, como faz? acho meio complexo isso...

Carlos L disse...

Irmãos, Nossa irmã explicou muito bem. "Tudo posso, mas nem tudo me convém" é a tônica da conversa. Exageros não são recomendados. Cuidado para se viciar na prática da masturbação para não atrair companhias indesejadas. Em uma palavra: equilíbrio! Sempre.

rildo mendonca disse...

Meus queridos irmãos e amigos, uma coisa é SUBLIMAR, outra coisa é SUBSTIMAR, NÃO VAMOS substimar uma coisa tão boa que Deus nos deu que é o SEXO.
iMAGINEMOS: Voce casado com uma mulher que de repente sem explicação resolve não fazer mais sexo, e quando faz, é uma vez por ano e de repente resolve não mais fazer mais. Eu só tenhjo um caminho: Ou procuro outra pessoa, sem pressisar separar da esposa simplesmente por falta de sexo, ou recorro quando preciso, a masturbação o que cada vez vai ficando pior, eu prefiro procurar alguem que nao seja qualquer hum, que exista pelo menos simpatia, eu não posso é ficar com fome, quando Deus colocou a comida no mundo. Por fazer sexo fora do casamento sem prejudicar a familia, por necessidade, já que a mulher resouveu não mais querer, eu ainda estou vivo fisicamente e tenho fome. Gostaria de resposta de todos irmãos que lerem essa minha colocação.
UM forte abraço
e muita Paz para todos.
Rildo Mendonça (não sou anônimo)

Anônimo disse...

Amigos, entendamos o que foi colocado aqui... Masturbação não é "das trevas", dependendo da intensidade com que é praticada, pode vir a ser prejudicial SIM!
Não existe problema em você fazer isso de vez em quando, nós somos carne e dependendo do nosso estado os desejos podem mudar... 1 vez por semana, 1 vez por mês, a cada 3 dias... Dependendo da frequência, a masturbação pode até mesmo não ser "SEU DESEJO/CORPO" que pede e sim nosso "irmãos" que estão nos circundando!
Existem espíritos viciados em sexo que fazem com que pensemos nisso e "vampirizam" de nossa consumação... Mas nesse caso, creio eu, são em que existe o grande desejo sem necessidade... diferente de uma mulher perto da menstruação, grávida e afins.
Caro Rildo, existe uma coisa chamada fidelidade, por mais que sua mulher não queira mais, existe algum motivo por trás disso. Como parceiros de vida, a primeira e principal coisa que você deveria fazer é descobrir o motivo da desinteresse sexual, infelizmente nós somos humanos e as vezes acabamos por nos distancias das pessoas que gostamos e nos fazem bem, ou por novos interesses ou por simples "vontade". Então em vez de simplesmente quebrar essa fidelidade, amor e companheirismo, porque não conversa com ela? E se isso não der certo, pode existir um problema que não queria ser resolvido por um dos lados. É melhor a separação do que a traição, independente das atitudes de outrem.
Um Grande abraço e felicidades a todos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...