Existência do Espírito - Perguntas dos amigos




... Olá! Sei que o espiritismo trabalha muito com oração, passes magneticos, estudos, mas gostaria de saber quais outros meios, digamos concretos podemos utilizar para nos assegurar
da existencia real da espiritualidade? Nossa, eu sempre estudei muito, tento sempre ajudar as pessoas que aparecem a minha frente, por que acima de tudo isso me faz um bem enorme...
Ultimamente ando muito confusa, descrente mesmo, angustiada , porque tenho muita vontade de ter certeza dessas realidades. A maior parte do tempo questiono tudo, mas a existencia do espírito
eu não quero mais questionar, quero ter a certeza dessa realidade e não sei como fazer nesse momento. Essa questão anda me angustiando porque sempre fui uma pessoa muito mais espiritual, esse mundo de materialismo não me agrada tanto, mas ao mesmo tempo fico confusa achando que isso pode ser só mais uma crença e cá pra nós crença não serve pra nada, só serve para tapar os olhos para a verdade. Eu posso tá confusa e não tá conseguindo enxergar as coisas direito. Quero muito uma dica do que fazer para obter o que eu busco e a sua opinião sobre isso também será de grande valia. Opinião pessoa e tambem sobre o meu problema.
Obrigada.
Namastê! ...




Querida __________, há quanto tempo...

É uma pena, querida irmã, perceber esta angústia em sua alma. ôpa... se você tem alma, você não é somente um pedaço de carne... se não é só carne tem um espírito, não é??? (brincadeira)

Perceba, minha irma, que você pede uma prova "concreta" (meterial??) para algo que é imaterial, fluídico e, portanto, impossível de ser mensurado, testado e aprovado pelos meios contemporâneos de medição e aferimento.

Acredito que esta sua angústia deva ser porque está sendo criticada ou pressionada por pessoas que convivem contigo - talvez até de outras religiões ou sem religião - e isso é muito natural, minha irmã.

Posso tentar auxiliar nesta sua busca, citando alguns exemplos, mas a verdadeira solução - a crença (a qual entendo diferente de você que disse que "não serve para nada") deve ser fortalecida e recuperada por você, pelas suas convicções embasadas no estudo, na experiencia e na fé.

No centro espírita posso perceber a presença de espíritos diferentes do meu, que utilizam meu corpo para dar comunicações verbais e escritas, como também posso sentir emoções e sensações que não são minhas - que vão de uma raiva intensa, passam por tristeza profunda e chegam a uma paz angelical, que nunca senti em mim - me invadirem e tomarem conta de mim naqueles momentos em que a espiritualidade se utiliza de minha capacidade mediúnica.

Na terapia posso ver cada vez mais as pessoas se utilizando de Terapias de vidas passadas, buscando conhecer as origens para seus traumas e tormentos psicológicos , que nasceram não nesta existência, mas em outra anterior quando o espírito imortal habitava outro corpo e era outra pessoa. A riqueza de detalhes e a emoçao e vida dos relatos torna impossível que sejam criação de um louco ou mistificador.

Na psiquiatria posso pesquisar e encontrar a existencia de suas coisas distintas: o cérebro e a mente - que tem cada uma seu ramo de estudos e suas doenças diferenciadas - fisiológicas e psicológicas; sendo o cérebro uma massa orgânica cinzenta que dá origem a pulsos magnéticos e a mente??? O que é a mente??? se não a parte intelectual, pensante, imortal que é a alma; agindo sobre a ferramenta do corpo; percebo ainda pessoas que tem o cérebro danificado fisicamente e a mente perfeita e pessoas que temo cérebro perfeito e problemas mentais, evidenciando cada vez mais a separação e existencia de duas realidades separadas.

Na Medicina posso encontrar a aceitação cada vez maior da verdade da existencia dos espíritos quando percebo que o catálogo de doenças internacional (CID) já reconhece a influencia espiritual com sendo uma doença classificável (veja artigo: http://www.guia.heu.nom.br/medicina_reconhece_obsessao.html ) sob o código: CID 10, item F.44.3 ; reconhecendo e diferenciando a comunicação com espíritos de estados de alucinação ou psicoses.

Nos relatos populares percebo a aceitação e crença das pessoas nos espíritos - normalmente vistos como fantasmas ou assombrações - mas que muitas vezes também aparecem para amigos e parentes pedindo auxílio ou conversando; e esta crença é comum a mais de 90% da população da Terra, o que somente pode evidenciar que algum fundo de verdade existe; nada que não exista pode se sustentar por tanto tempo, em tantos locais, em tantas culturas diferentes.

Nas casas religiosas percebemos relatos de anjos e demônios que se comunicam, amparam, são expulsos, interagem com as pessoas, e os quais são apenas espíritos - iguais ao que tenho dentro de mim - que são personalidades intelectuais sem um corpo físico. E, finalmente,

Na bíblia teremos entre tantos relatos de espíritos bons e maus, em Mateus 17:1-8 o própio Jesus conversando com os ESPÍRITOS de Moisés e Elias; e eu acho que Ele não estaria Mentindo nem falando com o que não existe, concorda?

Entenda, minha irmã, que ninguém poderá eliminar a sua incredulidade senão você mesmo; ninguém existe que possa embasar suas convicções senão sua própria crença individual. E se nesta "crença" cabe lugar para dúvidas, deve buscar - independente de influencias exteriores - a sua verdade íntima, fortalecê-la e segui-la fielmente.

A crença, para mim, é o norte que teremos para atingir a nossa fé e pautar nossa vida de acordo com nossas convicções.

Para mim a existência do espírito é um fato muito concreto e real; pois desde criança tenho a certeza de sua veracidade... E para você?

Desculpe se não respondi como desejava.

Espero ter sido de alguma ajuda.

PAz contigo.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...