Mediunidade sintomas e desenvolvimento - Perguntas dos amigos



"... Bom dia, meu pai é médium e disse que a minha mediunidade vai acontecer aos ___________ anos. Porem sinto dores na nuca, calafrius, meus ombros pesam as vezes. Será que pode ser o seu desenvolvimento?
Frequento a casa espirita e amo aquele lugar, quero sempre estar la e sinto muita falta quando não vou..
Como posso saber se estou pronta?
Será que o médium que atua na casa espiritual sabe da minha situação?
Gostaria muito entender melhor o que acontece com o nosso corpo nessa fase.
Obrigada ......"




Prezada __________________, bom dia.

Perdoe a demora em responder seu questionamento.

A mediunidade, minha irmã, é um fator programado em nossas vidas e pode sim ser determinado para "aparecer" em uma determinada idade ou ocasião, embora na maioria das vezes nós não tenhamos consciencia disso. Talvez os companheiros espirituais de seu pai tenham dado a ele esta informação ou esta intuição e o mesmo achou por bem dividir com você.

Perceba, entretanto, que não devemos aceitar esta informação como verdade absoluta pois diversos fatores existem que evidenciam a necessidade da observação e análise criteriosa deste tipo de informação - como nos orienta Kardec - entre elas: o tipo de entidade que convive com o médium, a possibilidade anímica da afirmação, o tipo de local de trabalho que o médium desenvolve, entre outros.

Entretanto, julgando que seja procedente a informação, devemos observar os sintomas que você vem apresentando: "dores na nuca, calafrios, meus ombros pesam as vezes" - que indicam a presença de entidades espirituais tem tentativa de conexão/comunicação com o seu perispírito. A nuca é o ponto de contato mais utilizado pelos espíritos para uma comunicação psicofônica, os calafrios podem indicar a sensibilidade a presença espiritual, entretanto os ombros pesados são, na maioria das vezes, sintomas de recebimento de energias deletérias que podem indicar uma suscetibilidade maior de seu campo energético/fluídico a perceber os espíritos sofredores ao seu redor ou, entre tantas possibilidades, a presença de espíritos pouco evangelizados frequentemente ao seu lado.

Perceba, minha irmã, que a sua presença no centro espírita e o estudo da doutrina, bem como o fato de se sentir bem na casa espírita, não são garantias que tenha mediunidade nem que os espíritos que a acompanham são evangelizados.

Para que tenhamos a companhia dos bons amigos espirituais é necessário que afastemos os sofredores que desejam o mal; e para isso devemos buscar um caminho de vida pautado nos ensinamentos do Cristo, reto e justo, evitando locais, comportamentos e hábitos que possam "abrir" nosso campo fluídico para influencias negativas, compreende?

Por este motivo a mediunidade com Jesus é um compromisso sério e que exige renuncia e disciplina.

Não se preocupe em saber "se está pronta" ou se "é médium"... Caso a mediunidade seja um dos seus comprometimentos nesta encarnação a espiritualidade vai orientar e acompanhar o processo, sem pressa e sem saltos, observando suas vontades e dedicação ao melhoramento de si mesma, a evangelização interior e ao estudo sério da Doutrina e, após algum tempo, como afirma o espírito André Luiz: "quando o trabalhador está pronto o trabalho aparece".

Portanto não se preocupe nem apresse com o que pode acontecer; a espiritualidade sabe o que faz e você deve confiar na sua atuação, fazendo sua parte - caso seja seu desejo - para se tornar cada vez mais digna e preparada para este compromisso.

Durante o processo de "abertura" dos canais mediúnicos é comum que a espiritualidade promova conosco sessões de "treinamento" e "adestramento" em que somos receptores de energias e fluidos que tem como objetivo facilitar a comunicação mediúnica dos espíritos; isto pode nos dar pequenas dores de cabeça, tonturas, formigamento em algumas partes do corpo, movimentos musculares involuntários entre outros.

Entretanto, devo afirmar, que este tipo de "adestramento" deve acontecer em locais e horários determinados pelos amigos espirituais, quando já devidamente identificada a mediunidade na casa espírita, e que, caso aconteçam em momentos inconvenientes ou prejudiciais pode ser o indício que estamos de "guarda aberta" para recebermos influencias de espíritos sofredores, que se aproveitam de nossa situação de maior sensibilidade espiritual - isto pode e deve ser evitado mantendo-se sempre em estado de vigilancia e oração, sintonizando com os bons amigos espirituais.

No mais, minha irmã, não se precipite e mantenha os estudos e o equilíbrio internos; para que esteja sempre a disposição dos amigos espirituais quando eles te chamarem.

Espero ter sido de alguma ajuda. Caso haja ainda duvidas e questões fique a vontade para entrar em contato.

PAz contigo.


5 comentários:

Anônimo disse...

Tenho os seguintes sintomas:formigamento,falta de ar,fortes dores nas costas,nuca,corpo,calafrio,depressao e alternancia de humor e estou sentindo muito medo.

Anônimo disse...

Tenho sensações de como estivesse uma mão na minha nuca, sinto um peso no meu ombro, meu braço fica com formigamento e esse sintomas são mais claro no meu lado direito, no lado esquerdo mal sinto algo, sinto também calafrios e um pouco de medo!

Anônimo disse...

Além de alguns dos sintomas mencionados, na última visita ao Centro, senti cheiro de flores, rapidamente mas muito nítido. Costumo ter também zumbido no ouvido, dentre outros. Mas o que me deixou intrigada foi o peso sempre no braço direito. Alguém sabe dizer o motivo?

Anônimo disse...

TENHO TIDO DORES DE CABEÇA CONSTANTE , DOR NA NUCA E OMBRO ESQUERDO E FORTE DORES NO PEITO, AGORA A DOR PASSOU PARA O MEIO DAS COSTAS O QUE PODE SER A PRESSÃO AS FEZES DESCE UM PONTO E ONTEM SUBIU 3 PONTO ALGUEM PODE ME AJUDAR.

Anônimo disse...

alem da dor de cabeça q fica de 3 a 4 dias,sinto as vezes durante o dia um formigamento nas costas do lado direito,como q se algo se locomovesse ali,oq pode ser?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...