Dúvida e culpa - Perguntas dos amigos


... Boa noite, tenho uma dúvida enorme! Antes de casar meu marido tinha uma namorada sem futuro, ela não prestava e ainda traia ele...  enfim quando estavamos perto de casar essa ex apareceu ligando pra ele e dizendo que estava gravida e achava que o filho era dele...  no dia fiquei muito zangada e fiz ele mandar uma mensagem dizendo ser esteril... hj me arrependo pois engravidei e perdi o meu bb, e ate hj tenho essa dúvida se o filho era realmente dele,o que os espiritos iluminados me aconselham a fazer? ...

Querida _________, bom dia.

Não apenas neste fato que você relata, mas em todas as nossas experiencias de vida, o melhor caminho a seguirmos é o da verdade; Jesus já nos falou isso quando orientou que nosso falar fosse "Sim, sim. Não, não."

Evidenciava o Mestre a necessidade de cumprimos para com todos, inclusive para com nós mesmos, a criteriosa orientação que praticarmos atos e utilizarmos nossas palavras de forma a evitar cairmos em armadilhas, contradições e arrependimentos que tão comumente criamos para nós mesmos.

Por este motivo, minha irmã, não é João que te aconselha, mas o próprio Jesus que nos aconselha a todos a seguirmos seu caminho de verdade e vida.

Entretanto não deve elevar a culpa que sente no momento a um patamar tão grande que tenha força de cessar a gestação que carregava em seu ventre.

Embora a culpa paralise e amorteça a nossa vontade de lutar - e por isso deve ser evitada e eliminada de nossos corações - ela não tem este poder tão intenso.

Acredito que, em seu subconsciente, você deva estar procurando uma justificativa para a perda do querido reencarnante, de forma a tentar entender o porque deste fato triste em suas vidas. E para justificar você se submete, inclusive, a carregar uma culpa de atos que possam "explicar" o porque da vida ter levado seu bebê.

Perceba, minha irmã, que todos os nossos atos geram repercussões e efeitos em nosso futuro - mais próximo ou mais distante - e que este fato está diretamente ligado a escolhas que tenha feito no seu passado - provavelmente negligenciando ou evitando a gravidez  e o nascimento - e que hoje solicitam sua compreensão e entendimento para aprender através da dor e da perda.

No nosso nível de amadurecimento espiritual ainda somos levados a aprender desta forma, porque ainda não sabemos aprender com o amor.

Alivie seu coração, entretanto, minha irmã, porque este processo - embora doloroso - é o caminho para sua libertação de um passado delituoso e a porta que se abre para um futuro de alegria e felicidade, quando tivermos cumprido a nossa parte de aprendizado.

Ore para que os amigos espirituais possam te dar força e entendimento, resignação e fé, minha irmã, e sempre, independente do que houver, tente andar pautada na verdade e no amor; estes os melhores caminhos e as melhores escolhas que podemos fazer.

Paz contigo.


           João Batista Sobrinho
      -----------------------------------------
          www.bomespirito.com
       www.radiobomespirito.com
www.biblioteca.radiobomespirito.com

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...