Anjos e presságio de desencarne - Perguntas dos Amigos

meu filho ________ de ___ anos do nada, sem nenhuma imfluencia externa diz q vê um anjinho q diz q ele vai morrer, isso ja acomteceu 3 vezes, conta das asas, q mora no ceu, posso afirmar q vi uma imagem de anjo muito antes de ele falar isso ao seu lado quando acordei na madrugada depois de ter rezado muito por sua proteção antes de uma cirurgia, sera q meu filho esta sendo mesmo preparado para partir?anjos existem mesmo? DEVO ME PREOCUPAR? aguardo resposta muito aflita. 


Prezada __________, bom dia.

A figura dos anjos - e seus similares - existem desde tempos imemoriais em todas as culturas que estiveram sobre a Terra; de uma forma geral eles são sempre entidades espirituais evoluídas/perfeitas e que representam o bem e a vontade do criador.

A doutrina espírita esclarece que os "anjos" como os conhecemos são espíritos evangelizados que atingiram - através de inúmeras reencarnações - um nível espiritual muito evoluído e que, por isso mesmo, servem de mensageiros e emissários para Deus, agindo conforme sua vontade nos diversos planos da existência.

Nos esclarece também que, devido ao nosso apego as tradições religiosas e ao nosso psiquismo, temos sempre a característica de identificar os espíritos mais evangelizados próximos a nós ou que nos socorrem como "anjos" pois sempre emitem uma luz, tranquilidade e paz que ainda não compreendemos ou temos conosco e então sempre que podemos "ver" uma destas entidades realizamos o paralelo com os anjos de nossas crenças e ensinamentos evangélicos.

Ainda de acordo com a Doutrina Espírita as crianças até os 07 anos de idade estão ainda em "ajuste" de seu perispírito com o corpo físico e que por isso mesmo o seu espírito tem mais "liberdade" podendo então entrar em contato com maior facilidade com o mundo espiritual; daí surgindo as figuras dos "amigos imaginários" ou de "bicho papão", "anjos" e etc. Pois a criança, em sua simplicidade mental, descreve da melhor forma que entenda as entidades espirituais que percebe ao seu redor, sentindo medo ou tranquilidade de acordo com as atitudes e aparência das mesmas.

E embora estas informações transmitidas ao pequeno POSSAM ser verdadeiras, não devemos, entretanto, descartar a possibilidade da criança ser "mistificada" por espíritos que desejem apenas se divertir ou prejudicar a ela e aos familiares, dando a criança informações que não representam a verdade, mas que serão transmitidas dentro de sua "inocência".

Acredito, minha irmã, que de forma a tranquilizar teu coração deva buscar uma casa espírita próxima a sua casa e efetuar um atendimento fraterno ou consulta espiritual para o pequeno e aguardar as orientações que advierem do processo.

Não acho prudente deixar que a tristeza e o desespero tomem conta de suas atitudes agora ou depois, pois este pode ser o desejo de entidades que estejam tentando prejudicar sua família; mas também não podemos descartar a possibilidade de serem verdadeiros os avisos e, neste caso, é bem prudente buscar orientação e conforto prévios para que possa enfrentar um possível desencarne com mais equilíbrio e mais serenidade você e sua família.

Perceba que não estou afirmando ou desejando nada; apenas realizando observações sobre o assunto em questão.

O desencarne, minha irmã, embora seja um fato que, pelo nosso nível espiritual, ainda não aprendemos a lidar com ele; é um fator existente na vida e inevitável.

Necessário é que compreendamos muitas vezes os desígnios que regem nossas vidas, gerando necessidades de idas e vindas - ao nosso ver prematuras - mas que tem um propósito e um objetivo na vida imortal do espírito.

Percebo, pelas suas palavras, que o pequeno apresenta um quadro clínico com algum problema de saúde e com necessidade de cirurgias; sem maiores detalhes posso apenas acreditar que exista a POSSIBILIDADE que o mesmo tenha encarnado para deixar na carne algum problema perispiritual de existencias anteriores e que agora seja o momento. Recebeu como mãe uma pessoa amorosa e cuidadosa que dá e dará todo o apoio que o mesmo necessita durante todo o processo e, assim desejamos, por todos os anos seguintes. E que também, certamente, está envolvida no processo de resgate, diretamente ou indiretamente, como participante ativo.

Perceba, minha irmã, que os desígnios de nossas vidas pertencem a uma programação que desconhecemos; e que devemos buscar agir sempre da melhor maneira possível e de acordo com os ensinamentos de Jesus para que tenhamos cada vez mais possibilidades de cumprimos fielmente nosso papel na vida.

Não posso afirmar ou negar nada do que te foi dito, mas posso te aconselhar a buscar forças e fé na oração e em Jesus que está sempre conosco quando necessitamos. Ore e busque a harmonia com o mais alto para que possa ser fortalecida e amparada em todos os momentos - de dor ou felicidade - e que esteja sempre segura que a justiça divina é sempre fruto do amor que Deus tem por nós.

Espero ter sido de alguma ajuda.

paz contigo.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...