Amizade Colorida - Perguntas dos Amigos

Como o espiritismo, ou melhor, a espiritualidade superior, enxerga o sexo entre amigos, onde existe um sentimento de amor, entretanto, mais prazer e interesse em conhecer pessoas, do que um relacionamento sério?


Prezado Irmão, bom dia.

O sexo - para todas as entidades evangelizadas - é ferramenta sagrada que Deus nos deu para procriação e troca de "hormônios espirituais" - fluidos/energias;
Comeste sentido real e objetivo definido ele deve ser utilizado de forma a que duas pessoas que nutram mutuamente respeito, companheirismo, carinho, amizade e outros sentimentos saudáveis convivam sua relação de forma harmônica e saudável.

O espírito André Luiz, inclusive, em sua obra "evolução em dois mundos", chega a afirmar que o sexo é fonte criadora e divina de energia, sendo praticado em diversos níveis da existências e das formas mais variadas - desde o contato físico até a troca de energias através do pensamento - de acordo com a formação e nível do ser vivo que o pratique.

Entretanto ressalta que como força divina deve ser praticado com respeito e santidade, no mais profundo sentido de união harmônica entre dois seres que se amam.

Ao que você se refere como "amizade colorida", digo de minha opinião pessoal, que embora possa existir simpatia ou afeto entre os envolvidos, não se pode referir a isso como amor - pois o amor é muito maior que este tipo de busca pelo prazer e pela sensação.

Perceba que não condeno ou concordo com tal prática; apenas coloco aqui minha opinião pessoal embasada nos estudos espíritas.

A relação conjugal séria entre homem e mulher deve ser pautada por parâmetros de respeito e reciprocidade de sentimentos, de forma que ambos tenham o desejo de crescerem unidos como casal, crescendo como indivíduos e dividindo as alegrias e os problemas da vida.

O homem, ao buscar apenas o prazer carnal nas relações, perverte o sentido real da união conjugal e abre as portas para influenciações e interferências diversas dos sofredores do mundo espiritual; entre elas o vampirismo e a obsessão.

Para que tenha ideia do que digo basta lembrar o que Divaldo Franco afirmou em uma de suas palestras quando ao chegar em determinada cidade para uma apresentação, por falta de hotel foi levado a um motel para o pernoite. Ao adentrar no quarto teve a visão mediúnica das paredes do quarto expelindo uma espécie de lodo com aspecto repugnante... eram os fluidos deixados ali por todos os que haviam utilizado aquele quarto com objetivo de apenas gozar o prazer carnal, com pensamentos desequilibrados e sentimentos viciosos.

Assim também ocorre - guardadas as proporções - com nossa casa mental, e exteriorizamos espiritualmente o que alimentamos em nosso interior, atraindo para nós as entidades que sintonizam na mesma faixa vibracional que estamos.

Por isso, querido irmão, posso afirmar que a espiritualidade evangelizada não concorda com tais comportamentos ou atitudes - embora respeite o livre arbítrio de cada um ao desejar fazê-lo - pois sabe que estas sensações, sentimentos e atitudes tem repercussões posteriores, efeitos em nossa psique, equilíbrio e harmonia íntimas.

Entenda que não estou afirmando ser o ato sexual um fator de erro e sofrimento; mas apenas os atos sexuais realizados na busca do prazer insidioso e menos nobre; os que são realizados na pura satisfação do instinto primitivo do que na união de duas pessoas que se amam e desejam celebrar este amor.

Por este tipo de motivos que as relações entre casais tem cada vez mais apresentado instabilidades e rompimentos; por não estarem pautadas no amor e na harmonia, mas muitas vezes nos interesses financeiros ou atributos físicos.

Necessário esclarecer que o sexo - como força de união e celebração do amor entre duas pessoas - não necessariamente precisa da efetivação do coito; mas apenas da presença, troca de carinhos e troca de fluidos salutares entre dois espíritos que estão na mesma vibração de amor e harmonia.

Em nossa Terra poucos de nós estão já com a consciencia necessária para compreender o sexo desta maneira; mas todos nós podemos fazer o esforço para tratarmos o sexo e os companheiros de maneira respeitosa e digna.

Espero ter sido de alguma ajuda.

Paz contigo.


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...