Desenvolvimento Mediúnico e segurança - Perguntas dos Amigos

Estou desenvolvendo minha mediunidade em um casa de umbanda branca, onde encorporo, faco transporte . Certa noite acordei para ir ao banheiro e me deparei com dois espiritos um de luz e outro de baixa ordem, o de luz estava dando um passe no meu namorado e outro de baixa ordem estava me pedindo pra impedir. Na surpresa do acontecimento fiquei com medo, voltei pra cama fechei os olhos e rezei muito pra que o espirito de baixa ordem recebesse ajuda e depois disso meu namorado acordou e foi beber algo e voltou a dormir. Gostaria de entender o que se passou se o que eu fiz foi adequado ou não.


Prezada ________,bom dia.

Em muitas casas de umbanda - a despeitos de muitos trabalhos sérios e bem intencionados - ainda existe muita falta de um estudo mais aprofundado da mediunidade, vida espiritual e outros assuntos.

Embora não possa afirmar com certeza o que aconteceu, pois para isso seria necessário um estudo mais aprofundado do caso juntamente com a espiritualidade, acredito que para que você "VISSE" o acontecimento podem ter havido dois processos:
- o espírito amigo permitiu que você visualizasse mediunicamente o processo - sintonizando fluidicamente com você; ou 
- você foi desdobrada em sono, visualizou a cena e retornou ao corpo, sendo permitido que retivesse as lembranças do ocorrido.

De uma forma ou de outra certamente o objetivo da espiritualidade foi educacional, para que você percebesse, conhecesse e compreendesse o que acontece no mundo espiritual e o porque de ser tão importante o trabalho no bem e a busca pelo equilíbrio de nós mesmos.

O espírito que estava aplicando o passe certamente estava relaxando, energizando ou protegendo o seu namorado do espírito sofredor que ali se encontrava.

O espírito sofredor certamente é um dos que nos acompanha diariamente, obsediando, influenciando para o mal, vampirizando, etc.

Este sofredor naquele momento provavelmente estava tentando sintonizar ou vampirizar o seu namorado e o espírito amigo estava impedindo o fato. Tão desesperado ele ficou que ao perceber você no recinto - acredito que em corpo espiritual - ele solicitou sua ajuda para impedir que seu namorado fosse ajudado.

Perceba que ele demonstrou neste momento toda a incapacidade dos espíritos sofredores e trevosos frente aos espíritos de amor e luz.

A sua primeira reação foi de medo - o que é natural para nós humanos; e a segunda foi orar pelo sofredor - o que é exatamente o que podemos fazer por eles; por isso acredito que tenha agido corretamente.

Entretanto quero deixar aqui minha observação que o mais importante de todo este acontecimento foi a lição deixada pelo espírito amigo:

- Todos nós temos espíritos obsessores que nos rodeiam e que muitas vezes estão em nosso próprio lar; onde podem entrar por conta da sintonia que tenham conosco, da falta de cuidado que temos com nossos pensamentos e comportamentos, dos nossos desregramentos sexuais, das discussões ou palavreados ríspidos e grosseiros que utilizamos, etc.

- Frente ao poder do amor eles nada podem. Isto nos dá uma clara evidência de como somos protegidos e orientados pelos espíritos amigos - quando estamos sintonizados com eles - e da hierarquia moral que reina no mundo espiritual, onde encarnados e desencarnados submetem-se as orientações dos espíritos de maior moral evangélica.

- Precisamos SEMPRE estar em sintonia com os amigos espirituais através de nossos pensamentos, comportamentos, atitudes e hábitos. A presença deles ao nosso lado é responsabilidade APENAS NOSSA.

- Devemos trazer o evangelho para o nosso lar através do estudo e da prática do evangelho no lar, onde poderão ser amparados e socorridos todos os sofredores que estiverem em necessidade e merecimento para tal.

Busquemos então, minha irmã, seguir as orientações que o nosso amigo espiritual silenciosamente nos ensina.

Espero ter sido de alguma ajuda.

Paz contigo.



Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...