Velas, Wicca, espíritos elementais e Deuses - Perguntas dos Amigos

Olá João,como está?Sou praticante de Wicca,não sei se o Sr conhece,mas é uma religião,enfim,pagã,com adoração de 2 divindades em equilíbrio,Uma Deusa e um Deus.Existe o culto á natureza e sua sazonalidade e toda uma mitologia celta,festivais sazonais nos Solstícios e Equinócios e a prática de magia natural.Lidamos com os 4 elementais ,seus regentes no reino de cada qual....com a Deusa e os Deus Cornífero....invoca-se outra divindade em função de qual ritual ou feitiço é realizado(a Wicca permite esse sincretismo,todas as deusas são a Deusa....todos os deuses são um Deus só).
Minha mãe está frequentando um centro espirita....e agora está me proibindo de acender velas dentro de casa...falando que vai atrair espiritos obssessores...eu ja tive problemas com drogas,já pratiquei magia negativa numa epoca imatura adolescente,mas a Wicca não concorda com uso de drogas nem nada disso...é melhor que eu faça meus rituais ao ar livre? Afinal meus ancestrais o faziam....só não faço por medo,de ser assaltado,sociedade é fogo... 
Abraços e que Hécate o proteja



Prezado ___________, bom dia.

Estou bastante bem, obrigado pelo carinho.

Conheço a Wicca apenas de pequenas leituras, mas acho muito interessante este culto a Deusa/Deus que englobam todos os deuses e deusas. Acho, inclusive, que esta ótica tem muita lógica; pois uma vez que a força criadora universal é atemporal e acorporal pode ser representado por todo e qualquer simbolismo, desde que a reverencia e a fé sejam verdadeiras.

A ligação com os elementais também é uma prática muito interessante pois nos coloca em contato com as forças responsáveis pela organização do "todo" e que são aspectos divinizados da divindade maior; espíritos para os espíritas, espírito santo para os católicos, e que recebem tantos outros nomes em outras religiões; mas sempre sendo o mesmo "motor" espiritual que organiza, administra e faz girar a roda do mundo.

Acredito realmente que cada religião tem seu aspecto especial que chama para si os indivíduos que tem sintonia com seus postulados; e assim o ser criador (deus, deusa, krishna, tupan, etc0) mostra sua infinita caridade em não deixar nenhum de seus filhos órfãos espiritualmente.

Por isso amigo parabéns pela sua escolha. Siga com fé e verdade, buscando sempre o bem e o amor, e certamente encontrará a felicidade e a completitude que todos procuramos

É interessante conversar com sua mãe que as velas - no sentido literal do ato - nada influenciarão a visita ou não de espíritos obsessores ou em sofrimento; as velas são uma tradição "criada" pela igreja católica que teve em seu início a intenção de servir de guia e acompanhamento para as orações feitas em intenção dos mortos. 

Infelizmente hoje muitos esquecem da oração e acendem apenas as velas - perdendo todo o sentido do ato.

Ao meu entender o medo de sua mãe, embora respeite sua opinião, é desprovido de sentido. 

Os espíritos obsessores serão atraídos até o nosso lar as vezes por vinganças pessoais, mas também por nossas sintonias mentais, nossos comportamentos, nossos hábitos, nossos vícios e tudo que possamos fazer para criar sintonias com eles e servir aos seus propósitos. Portanto as energias que os alimentarão são os fluidos que emitirmos através de nossos pensamentos e não a chama da  vela.

Aconselhe a ela que procure ler as questões 464 a 480 e 320 a 329 de "o livro dos espíritos" e perceberá que a ligação dos espíritos conosco é energética e psíquica - através dos pensamentos e sentimentos - do que por objetos ou práticas externas; não existindo fator que comprove ou justifique a atração de obsessores por velas acesas; a não ser que estes queiram estar ali naquele recinto e, neste caso, é uma opção deles, tomada através de seu livre arbítrio.

Converse com ela e tente mostrar que de acordo coma Doutrina Espírita nada existe que confirme seus medos, também que a sua fé é tão importante e válida quanto a dela e que talvez estes rituais possam ser efetuados em um local específico - seu quarto talvez - sem que sejam levados a outros cômodos da casa.

Entretanto, querido irmão, busque a conversa e o entendimento de forma fraterna, evitando desgastes maiores para que não haja discordâncias ou desentendimentos entre vocês.

Em último caso pode tentar unir-se a outro praticante de Wicca que não tenha este tipo de dificuldade e efetuar seus rituais em um espaço cedido por ele.

Espero ter sido de alguma ajuda.

Paz contigo.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...