Novas Práticas na casa espírita - Perguntas dos Amigos


Sim, você é um espírito evoluído e fiel aos princípios do espiritismo. Isto, de certo, é louvável. Mas por diversas ocasiões em que exercia minha profissão, como jornalista e pesquisadora, 
pude observar que apenas preservar, em determinadas situações, pode destruir o objeto que tanto queremos defender. Para produzir conhecimento está implícito avançar no desconhecido, sair das considerações empíricas, portanto, do que já nos é conhecido. O espiritismo "para" em Allan Kardec?
(Pergunta vinda de uma anterior troca de e-mails sobre a validade e utilização da regressão de memória como serviço na casa espírita)


Olá _____________. Bom dia.

Obrigado pelo carinho mas não sou evoluido não... estou ainda em franca evolução e tenho muito "feijao com arroz" pra comer ainda... hehehe

É realmente pertinente a sua observação e seguramente, como o próprio Kardec afirma, o que ele deixou é apenas o início do desenvolver do espiritismo, que como ciência, filosofia e religião tem muito a crescer e desenvolver, acompanhando o caminhar da humanidade terrestre.

Desta forma´- no tocante ao espiritismo, e não me referindo a outras tendencias espiritualistas - cada dia mais informações, revelações e orientações estão sendo enviadas do plano espiritual para a Terra através dos espíritos e médiuns direcionados para esta tarefa.

Devemos, entretanto, perceber que estes espíritos declaradamente espíritas - entre eles Joanna de Angelis, Bezerra de Menezes, André Luiz, Emmanuel, Dr Inácio, etc -  tem nos orientado sobre conceitos morais, psicológicos, filosóficos e espirituais, sem fugir do conteúdo doutrinário do espiritismo; sem implementar novas técnicas.

Desta forma técnicas como corrente magnética, apometria, regressão e outras são práticas espiritualistas ou esotéricas que algumas vezes estão sendo adotadas por alguns centros sem que haja uma orientação espiritual ou avaliação; outras vezes por espíritos de outras orientações que não espiritas, tipo universalistas, hindus, ramatistas, novaeristas(ufólogistas), etc...

O espiritismo segue os ensinos de Jesus, as orientações de Kardec e tem um corpo de doutrina e procedimentos formado e orientado pela FEB; portanto percebo que o fato em questão não é "parar" no tempo e não avançar no conhecimento; mas direcionar o objeto de desenvolvimento dentro de uma metodologia de trabalhos e estudos. 

O conhecimento e a base de informações aumenta sempre; as orientações e esclarecimentos estão sempre se atualizando e renovando; as técnicas utilizadas tem atendido as necessidades materiais e espirituais; desta forma - em uma visão particular - percebo a inclusão de um novo objeto de estudo e prática como divisor de recursos na casa espírita.

Talvez por isto os espíritos eminentemente espíritas - assim como as casas por eles orientadas -  não direcionem os estudos e as práticas para "novidades" ou "modismos" mas permaneçam firmes com a base prática fundada na rocha da experiência, mas ampliando e implementando sempre e continuadamente o conhecimento intelecto-moral.

Abraços e paz contigo.


Orientação Sexual - Perguntas dos Amigos


Oi João, tudo bem?

Gostaria de pedir sua ajuda e orientação espiritual.

Parece que meu espírito tem sérios débitos com relação à sexualidade porque essa é a área que mais me faz sofrer atualmente na minha vida.

Tenho dificuldades em lidar com o sexo, tenho certo medo do sexo oposto e uma atração que não entendo e aceito muito bem por pessoas do mesmo sexo.

Junta-se a isso muita instabilidade, insegurança emocional e baixíssima auto-estima, o que me faz ser uma jovem de _____ anos que ainda não namorou e nunca esteve nem perto de ter uma relação sexual com alguém.

Há muito tempo busco entender meu problema e já tentei de tudo para solucioná-lo. 

Certa vez numa consulta com um astrólogo ele analisou que meu espírito praticou muito a castidade e o celibato durante muitos séculos e que agora, nessa vida, eu tenho dificuldades de lidar com o sexo e os namoros, por não ter praticado isso.

Sem entrar no mérito da legitimidade da astrologia, mas poderia tal coisa acontecer com alguém?

Se eu fui uma freira ou alguém que viveu em castidade por sucessivas vidas, posso ter essas dificuldades tão terríveis, que me fazem sofrer tanto para minha vida atual? Fico extremamente confusa perante isso e isso perturba a minha alma profundamente... não sei como resolver isso. 

Obrigada!


Prezada ____________, bom dia.

Perceba, minha irmã, que todos nós somos o somatório de nossas tendencias, pensamentos e atitudes realizadas em todas as nossas encarnações anteriores, culminando no ser que vive encarnado hoje.

Desta forma todas as nossas qualidades e defeitos vem sendo talhados e definidos durante todos os séculos de experiencias anteriores e trazemos dentro de nós, mesmo que inconscientemente, os efeitos de todas as experiências vividas.

Por isso é possível sim que tendo vivido diversas existencias como celibatária possa hoje sentir dificuldades em lidar com a prática do sexo e com o sexo oposto - esta pode ser uma explicação; mas a título de exemplo podemos também supor que em existencias anteriores você pode ter sido abusada sexualmente por indivíduos desequilibrados e que este trauma tenha criado em sua psique esta aversão/receio quanto ao sexo e ao ser masculino; Pode ainda haver vivenciado anteriormente existencias como homossexual feminina e vir sendo trabalhada para vencer este desequilíbrio, sendo esta mais uma encarnação onde receba a oportunidade de sublimar esta tendencia; pode também estar acompanhada de um obsessor masculino que não deseje dividir você com outro homem e influencia suas percepções para que tenha receio e repulsa pelo sexo oposto... perceba que muitas podem ser as explicações para o fato em questão sem que nenhuma possa necessariamente representar a verdade dos fatos.

Acredito, minha irmã, que muito mais importante que a origem deste processo - que certamente se perde na longa noite dos séculos passados - seja buscar orientação e apoio para vencer o fato que aflige sua alma.

Particularmente entendo a homossexualidade ou tendencias homossexuais como um processo natural do ser humano, entretanto não como seu estado normal; compreende?

Muitos de nós passamos hoje ou anteriormente por processos semelhantes e que nos trazem certo desconforto; Compreendo o fator homossexualidade como uma desarmonia entre físico e espírito que pode ter muitas origens e causas; mas que deve ser sublimado para que o espírito reencontre - as vezes depois de algumas encarnações - o seu reequilíbrio e a sua harmonia íntima.

Alguma pessoas tem estas tendencias em níveis muito altos, outras em níveis menores e acredito que você, pelo que relata, tenha apenas indícios leves - o que pode representar já um processo de reequilíbrio em franco andamento.

A ciência dos homens tem avançado muito no âmbito psicológico e psicoterápico, e certamente pode auxiliar na aceitação do problema e direcionamento correto dos impulsos que existem em você, de forma a que busque um reequilíbrio interno e vença as barreiras existentes.

Ao mesmo tempo é muito importante o acompanhamento espiritual e a busca pelo equilíbrio espiritual - que podem ser iniciados em uma casa espírita séria onde poderá fazer uma consulta ou atendimento fraterno e, caso necessário, ser orientada em um tratamento espiritual; bem como poderá participar dos estudos e momentos de esclarecimento e oração para que possa ir equilibrando o seu interior e apaziguando os instintos e as tendencias.

perceba, minha irmã, que muito mais do que "bem" e "mal" devemos buscar compreender a vida como equilíbrio e desequilíbrio; harmonia e desarmonia; e desta forma tentar sempre harmonizar o nosso íntimo através da oração, da compreensão e prática dos ensinamentos de Jesus.

A busca pela prática do amor ao próximo é o melhor remédio para as nossas dores e tristezas.

Envolva-se verdadeira e sinceramente com o amor em nome de Jesus para com o próximo e verá que maravilhas efetuará em sua vida.

Não se cobre ou se culpe. Deixe que a vida siga seu curso e dê a ela também as oportunidades de atender seus anseios; lembre-se, entretanto, que nada conseguimos sem esforço e sacrifício - notadamente no que diz respeito a vencermos tendencias e mudarmos nosso hábito.

Mas também não se violente para atender os padrões de sexualidade da sociedade; se nada ocorrer, utilize o potencial energético do sexo para criar e gerar em outros âmbitos de sua vida. Ame e trabalhe pelo que necessita de amor fraterno, sinta a satisfação plena do amor em ação e não simplesmente a momentânea e incompleta satisfação sexual .

Espero ter sido de alguma ajuda.

PAz contigo.

Dificuldades Conjugais - Perguntas dos Amigos

Uma amiga enviou alguns e-mails relatando problemas de ordem conjugal os quais ao final do processo culminaram em uma separação.

Transcrevo abaixo a última mensagem que trocamos para apreciação dos amigos.

Prezada _______________. bom dia.

Sinto muito, minha imã, pelo doloroso processo que sua família está passando. Mas, como filho de casal separado tardiamente, posso te assegurar que é muito mais saudável para a criança uma separação do que uma convivência conturbada e violenta, a qual mais tarde gerará traumas e processos interiores de difícil remédio.

Uma vez que a sua decisão está tomada acredito que tenha meditado e pensado muito sobre os aspectos de sua vida conjugal - como você mesmo relatou - e que esteja com a consciência tranquila de estar fazendo o que acredita ser correto.

As chantagens, desculpas e tentativas de mudar seu pensamento são consequencia natural e "mecanismo de defesa" daquele que está perdendo o seu "apoio"; tão frágeis devem ser os sentimentos que dão suporte a estes atos que provavelmente são intercalados entre bons e maus, desculpas e acusações, ajuda e prejuízo. Este fato, por si mesmo, evidencia a imaturidade psicológica do seu esposo, o qual certamente ainda necessitará de muita compreensão e apoio de sua parte; pois pode continuar com este tipo de comportamento mesmo depois da separação efetuada.

Ame-o como irmão e compreenda o que dele advier, pois é o que o seu espírito tem ainda a capacidade de doar. Todos somos espíritos doentes em busca de redenção e cada um de nós traz em si virtudes e defeitos que afloram a medida que somos testados/experienciados pela vida e reagimos conforme o nosso nível espiritual.

Lembre sempre que Jesus não coloca fardos pesados sobre ombros fracos e que todos sempre podemos compreender mais, desculpar mais, entender mais - pois é isso que desejaríamos para nós mesmos; compreende?

No tocante a sua filha também é natural que ele tente utilizar e influenciar a pequena colocando inverdades e distorcendo os fatos em sua mente infantil.

O melhor remédio para isto - ao meu entender - é a verdade e o amor.

Converse sempre com sua filha, explique o que ela necessitar saber, não esconda fatos, trate-a como o espírito imortal e consciente que ela é. Isso vai dar a segurança que ela precisa para entender o processo - mesmo que do modo infantil dela.

Não deixe de acompanhá-la, estimulá-la, passear, brincar, curtir, etc... pois ela precisa compreender que não está perdendo a mãe nem o pai e principalmente que não é culpa dela.

Muitas crianças tendem a se culpar pela separação dos pais por falta de diálogo e da presença dos pais junto a ela nestes momentos - muitas vezes os pais estão tão preocupados e ocupados um com o outro que não percebem a necessidade do filho e se "distanciam" da criança, que compreende aquilo como sendo um castigo pela "culpa" que ela tem.

Converse com seu marido - pois que é pai e deve amá-la - para que ele também aja desta forma; buscando manter o equilíbrio e o carinho pela pequena.

A oração é sempre caminho certo para o amparo e apoio que necessitamos todos nós. Mantenha seu evangelho, suas orações e não deixe de levar a pequena a evangelização - pois ela receberá lá também muito apoio e esclarecimentos.

Utilize sempre a verdade, fraternidade e amor e, certamente, ao final tudo dará certo.

Jesus te dê forças e abençoe neste momento.

espero ter sido de alguma ajuda e caso necessite não hesite em entrar em contato.

Paz contigo e família.

João

Convite 57º Aniversário Grupo Espírita Obreiros da Caridade em Palmares

Queridos irmãos, bom dia.

Segue abaixo o convite para o nosso mês de aniversário. Sejam todos bem vindos.


Paz com todos.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...