o que é o passe - Perguntas dos amigos ...

Poderia me explicar o que é realmente o passe espírita?



Minha Irmã

De forma bem sintética o passe, dentro do espiritismo, é transmissão de energia (bio energia, energia vital, fluido vital, energia eletromagnética, etc, etc) sempre de um doador (passista) para um receptor (paciente).

Esta transmissão pode se dar de forma exclusiva do passista encarnado para o receptor encarnado, como também ser um misto de energias onde um passista encarnado juntamente com um doador desencarnado irão doar energias ao paciente. Este tipo misto é o mais comum nas casas espíritas e espiritualistas.

O passe pode ser utilizado como parte do tratamento espiritual, como harmonizador, como repositor de energias, como processo de limpeza de energias deletérias, etc.

O principal e mais importante para observarmos e recebermos o efeito do passe é a necessidade juntamente com o merecimento de cada um que receba.

Qualquer pessoa pode receber o passe, de qualquer idade, de qualquer sexo ou cor. Assim como, de forma geral, qualquer pessoa pode aplicar o passe, entretanto para que este seja mais efetivo devem ser observadas algumas técnicas e comportamentos, de forma a que o passista seja mais efetivo e mais receptivo e harmonizado com a espiritualidade evangelizada.

Ainda é necessário compreender que, partindo do princípio que "passe" é transmissão de energia, podemos compreender que existem passes bons - equilibrados - e passes ruins - desequilibrados (olhados, por exemplo). De forma que sempre que pensamos a respeito de alguém, enviamos a ele nossas energias e somos responsáveis pelo tipo de energia que estamos enviando.

Algumas definições para passe: 


O Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, a palavra passe
significa, entre outros conceitos, “ato de passar as mãos repetidas vezes por
diante ou por cima de pessoa que se pretende magnetizar ou curar pela força
mediúnica.” 

O Dicionário de Parapsicologia, Metapsíquica e Espiritismo, de João
Teixeira de Paula, conceitua passes como sendo “movimentos com as mãos,
feitos pelos médiuns passistas, nos indivíduos com desequilíbrios
psicossomáticos ou apenas desejosos de uma ação fluídica benéfica”.

A FEB define passe como sendo: “uma transmissão conjunta, ou
mista, de fluidos magnéticos – provenientes do encarnado – e de fluidos
espirituais – oriundos dos benfeitores espirituais, não devendo ser considerada
uma simples transmissão de energia animal (magnetização)”. 
(FEB – Estudo sobre o passe: o passe nas reuniões mediúnicas)

Para Emmanuel é: “... uma transfusão de energias psíquicas...
(O Consolador, Cap. V, questão 98).

Divaldo Franco o define como: “...é, antes de tudo, uma transfusão de amor”. 
(Diálogo com Dirigentes e Trabalhadores Espíritas – O Passe – propriedades e efeitos)

Paz contigo.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...