Um Espírito Amigo - Livro 3 - Mensagem 31

Ó dor, palavra doce que abençoa minha vida,
que não traz mal ou sofrimento,
perdoa quantos não te entendem na vida
levando de ti apenas o lamento.

O choro e as lágrimas contidas,
trazem o melhoramento de mim mesmo.
Quando observo o sentido delas na vida
e quando não sigo vivendo o erro.

Ó dor, amiga esquecida,
perdoa quando não te entendemos.
Mesmo hoje, abraça nossas vidas, 
que vamos seguindo sem rumo,
que vamos seguindo sem leme,
que vamos seguindo à deriva.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...