Um Espírito Amigo - Livro 4 - Mensagem 01

Oremos, meus irmãos, 
pelos que partem de repente,
sem aviso e sem programação, 
e que deixam eternas saudades em nosso coração. 

Oremos, meus irmãos, 
pelos que fecham o corpo
em cárceres e camas de hospitais,
pois que deixam a impressão 
que não voltam mais.

Oremos, meus irmãos, 
pelos doentes e pelos desvalidos
por todos os que necessitem de apoio,
que servem de referência 
para separar o trigo do joio.

Oremos, meus irmãos, 
por todos os que necessitam.
Entretanto, oremos também, 
pelos que aqui na carne ficam.

Pois que as dores e o sofrimento
continuam no dia a dia.
Continuam o choro e o lamento,
seja de noite ou de dia.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...