A Paz que Jesus nos deixou - Palestra em vídeo

A Paz que Jesus nos Deixou

Palestra abordado a construção da Paz em nós mesmos, suas causas, mecanismos, objetivos e necessidades em nossas vidas - permitindo o nosso autoconhecimento e o despertar de nossa consciência.

Um Espírito Amigo - Livro 6 - mensagem 28

Dança a bailarina em minha cabeceira,


iluminada pela pequena janela aberta.



A música que dela vem,


me mantém a alma desperta.



Me alegra o coração,


me cala fundo na alma.



Dança, bailarina bela,


e ao meu ser, me acalma.



Hoje lembro com saudade


dos momentos que vivi,


em que olhava sem maldade


tudo aquilo que senti.



Hoje lembro da caixinha


que guardava meus pertences,


bela, pequena e minha,


que hoje está tão diferente.



A caixinha, não há mais,


a bailarina já se foi.


Hoje, fica a saudade dela


e de tudo que não foi.

Um Espírito Amigo - Livro 6 - Mensagem 27

A vida que nos dá luz e brilho,


é aquela em que vivemos os momentos


voltados ao amor.



A vida que nos dá luz e brilho,


é aquela que tantas vezes choramos


e pranteamos em dor.



A vida que nos dá luz e brilho,


nos traz também esperanças.


Que criamos quando mais velhos


com nossos sonhos de crianças



Vivamos o hoje plenamente


sem estar no passado ou no futuro.


Pois que hoje é tão somente,


o ontem em fruto maduro.



Arrependimentos e dores,


todos nós tivemos.


Mas não deixemos de amar por isso,


pois assim deixamos de amparar ao que tem menos.

Um Espírito Amigo - Livro 6 - Mensagem 26

Gostamos de nossos familiares e de nossos amigos,

 

mas não aprendemos a gostar de um ou outro que 


conhecemos.



O caminho é muito comprido,


mas o final, nós ainda não vemos.



A recompensa vem em tempo certo


e não sabemos o que é.



Mas no caminho que é sempre correto,


o nosso irmão Maior nos quer:


Nos quer caminhando;


nos quer amando;


nos quer dividindo;


nos quer ensinando;


nos quer acolhendo...



Tantas vezes não desejamos o mesmo que ele,


mas ao final de nosso caminho, aprendemos a amar e a 


entender.



Se não aprendemos ainda, é porque o final ainda não 


está aqui...

Um Espírito Amigo - Livro 6 - Mensagem 25

Não fuja da luta, irmão,

que trava consigo mesmo.

Pois duro é o caminho

e doentes ainda somos,

cheios de mágoa e repletos de espinhos.

Não fuja da luta, irmão,

pois que o amanhã sempre vem.

E nos traz a recompensa

que é daquele que se esforça

em nome do amor.


Não fuja da luta, irmão,

pois que amanhã vem o amor

que criamos, que doamos,

em nome do senhor.

Um Espírito Amigo - Livro 6 - Mensagem 24

Por mais que brilhe o vaga-lume

nunca iluminará sozinho o ambiente.


Pois que seu cintilar

faz com que emerjam também um pouco das trevas do seu ser.

Deixando transparecer

além da luz, escuridão.


Mas, se estiverem juntos,

dois ou mais vaga-lumes podem brilhar cada um de uma vez,

trocando e alternando seus brilhos,

fazendo com que, unidos, a luz dure e perdure para sempre acessa.

Um Espírito Amigo - Livro 6 - Mensagem 23

De pé, na beira da cama, observava o menino os seus novos pares de sapatos.

Brincava e se alegrava com as cores e as texturas novas que se apresentavam...


No canto do quarto, jogado, o antigo par de sapatos chorava.

Pois lá, largado e sem atenção,

o menino dele não mais se lembrava.


Quantas vezes protegeu seus pés, quantas vezes o ajudou.

Atravessava lama e asfalto quente, por tantos lugares ele andou.


E o menino, agora com o novo já nos pés,

dele nem um pouco se lembrou...


Assim somos nós, meus filhos,

quando muitas vezes modificamos a nossa compreensão, o nosso estado.

Conseguimos novas coisas, novos poderes, novos encargos...

E não lembramos do que passou, dos que sofreram conosco, dos que nos ajudaram...


Tenhamos sempre em mente o nosso caminho

e como aqui chegamos...

Observemos os que vieram antes de nós e o quanto a eles devemos...


Familiares, amigos, companheiros...

Todos eles fazem parte de nossa história...


Enderecemos a eles uma prece de amor, de gratidão e de carinho...

Antes que se vão, sem oportunidade de assim o fazermos.

Um Espírito Amigo - Livro 6 - Mensagem 22

Pelo motivo mais nobre o Nosso Senhor se fez carne

e habitou entre nós, nos ensinando a amar.


Pelo motivo mais nobre o Nosso Senhor se fez carne

e aguentou toda dor, até ao ponto de sangue chorar.


Derramou suas lágrimas santas, por pena de nós, sofredores;

entretanto nos mostrou o caminho para aliviar nossas dores.


O amor, a paz, a misericórdia, deseja o nosso irmão Jesus.

Para que amanhã, sem demora, possamos nós seguir sua luz.


Quanto tempo ainda demoraremos, para entender sua mensagem?

Quantas vidas ainda tomaremos, até gravarmos em nós sua imagem?

Um Espírito Amigo - Livro 6 - Mensagem 21

No semblante mirado no espelho, estamos nós mas não somos nós mesmos...

Tantos sonhos e tantos pesadelos estão ali espelhados

e refletindo o que somos e o que desejamos ser...


Observemos os nossos olhos e o fundo deles nos dirá quem somos...

Observemos os nossos sonhos

e o que desejamos nos mostrará o que temos...


A verdade tem muitas faces, mas a nossa verdade tem apenas

a face que nos mostra dentro do espelho... a nossa.


Por isso, meus filhos, a minha verdade não é a de vocês,

mas cada um tem a verdade que observa dentro de si.


Tenhamos a coragem de observar os nossos sonhos

e pesadelos diante do espelho de carne que é o nosso irmão que caminha conosco

e também a coragem e a decisão de tomar as melhores ações para com ele,

pois que no fundo, e na verdade maior, somos todos um...

Um Espírito Amigo - Livro 6 - Mensagem 20

A dúvida nos priva de muita coisa boa,

pois perdemos a oportunidade de ver, ou de conseguir,

porque não conseguimos crer.


Somos os modernos Tomés,

que necessitamos ver, ouvir ou sentir as palavras de um espírito,

sem a necessidade real, pois poderíamos, se quiséssemos,

senti-los em nossos corações.


Abramos, então, nossos corações ao amor

e fechemos os nossos olhos e ouvidos às simples palavras secas,

que não nos podem preencher.

O que precisamos para crescer está simplesmente dentro de nós,

bastando que deixemos que apareça o que Deus colocou em nosso coração.

Um Espírito Amigo - Livro 6 - Mensagem 19

Dar, meus irmãos, não é apenas o ato de se desfazer de algo.


Também damos ao lixo os nossos detritos e os nossos dejetos.


Entretanto, sem a vontade ou a intenção que eles sejam úteis ao que os recebe.


Dar é, antes de tudo, levar ao que precisa algo que atenda a sua necessidade.


Dar é entregar um sonho, ou uma vontade.


É levar ao que sofre, um momento de conforto.


Dar é seguir o exemplo de Jesus e viver para atender o que posso,

e me desfazer até do que necessito para mim,

que tento suprir a necessidade.


Quando agirmos assim, meus filhos, compreenderemos a verdade.

Um Espírito Amigo - Livro 6 - Mensagem 18

No deserto do interior

o pequeno cisco nasceu.

Penou, brotou e cresceu

e ao mundo se apresentou.


No deserto do interior

corria o menino estranho,

que novo e ainda sem tamanho

já desabrochava médium em flor.


No deserto do interior

tinha os olhos doentes e prejudicados,

que mesmo assim,olhavam para o lado,

identificando o irmão sofredor.


No deserto do interior

nascera a mais bela flor,

viveu o homem amor,

cresceu o médium em dor.


Morreu Chico,há anos,

mas vivo está entre nós,

porque nos sempre o chamamos

para ensinar a nós e a vós.


O que não sabemos ainda

mas que o futuro nos dirá,

Chico, amado e querido

que a nós um dia retornará.

Um Espírito Amigo - Livro 6 - Mensagem 17

Por mais profunda que seja a dor

não se esconde do amor,

nem se passa despercebida

onde se encontra ainda o rancor.


A mágoa, a dor e o rancor

tantas vezes exaltados,

não são páreos para o amor

quando da misericórdia acompanhado.


Por misericórdia Divina

temos a oportunidade agora,

levemos adiante a sina

que nos lampeja o futuro e o amor.

Um Espírito Amigo - Livro 6 - Mensagem 16

Viva o momento de dor que carregamos no peito,

viva o momento de amor que clamamos sem jeito.


Mas viva também a dor que não cala em nós,

pois podemos ver ainda, dentro de pouco tempo, sua voz.


O que trazemos mais dentro de nós,

é o que precisamos mostrar ao que temos adiante;

o que temos mais profundo em nós,

é dor que fala mais gritante.


Precisamos então entender, meus irmãos,

o que podemos fazer por nós:

procurar o melhor que pudermos compreender

e trabalhar para não sermos mais os mesmos.


A novidade que traremos em nós

é o que levaremos avante:

o melhor que pudermos ser

passemos já adiante...

Curso de Hipnose para Alívio e Controle da DOR - Novas Turmas Abertas




Um Espírito Amigo - Livro 6 - Mensagem 15

Viemos de longe, meus irmãos,

e conhecemos tanto quanto o maior de nós.


Não lembramos da vida, pelo perdão

e a misericórdia do Criador.


A experiência passada vive ainda em nós,

sem que tenhamos consciência dela.


Entretanto, podemos sentir sua voz,

que clama dentro de nós, incessante.


A voz que pede vingança;

A voz que clama o amor;

A voz que já foi criança;

A voz que cala a dor.


Trazemos em nós o que fomos,

e não entendemos o porquê.


Para entender o que somos

e para compreender o que podemos ser.


O degrau mais baixo sustenta o mais alto,

é por isso e para o que,

que a memória está em nós,

e nós não compreendemos o porquê.

Um Espírito Amigo - Livro 6 - Mensagem 14

Na poça escura

ou na lama fedorenta,

está a vida

que o Senhor Deus acalenta.


Na terra marcada

ou na estrada poeirenta,

roda e segue a vida

que o Senhor Deus acalenta.


No verde das folhagens

ou na madeira pardacenta,

vive e brota a vida

que o Senhor Deus acalenta.


No céu que multicolore o firmamento

ou na nuvem que o alimenta,

voa e viaja a vida

que o Senhor Deus acalenta.


No irmão que nos procura

e na paz que ele intenta,

fica a nossa negação

a qual o Senhor Deus lamenta.

Um Espírito Amigo - Livro 6 - Mensagem 13

Na noite escura que ia alta

um pequeno ponto de luz

brilhou mais adiante,

levando o homem que andava perdido

ao local onde um fumante respondeu ao caminhante

onde podia encontrar o que desejava;

e o homem foi em paz

e o fumante largou seu cigarro no chão,

como algo sem importância.


Assim somos nós, meus filhos,

quando nos esforçamos por fazer o que podemos e,

como o pequeno cigarro,

que mesmo a preço de seu próprio sacrifício e sofrimento,

guiou o homem até o local onde pôde encontrar o que desejava.


Quantas vezes nós nos sacrificamos em nome de um amigo,

ou um irmão,

de um filho ou de uma esposa e depois somos largados

sem importância ou reconhecimento,

por parte daquele que ajudamos?


Mas não nos entristeçamos,

pois que, assim como o pequeno cigarro,

que foi largado já sem luz,

a nossa luz nunca se apaga,

pois está fundamentada em Jesus.


E é a Ele que servimos

e a quem ajudamos,

quando doamos de nós o nosso melhor,

mesmo sem ser reconhecidos.


Continuemos a brilhar, meus filhos,

e a cada passo auxiliar os que necessitam

sem nos importarmos com a recompensa ou não.

O amor do Cristo já nos basta.

Um Espírito Amigo - Livro 6 - Mensagem 12

A luz que carregamos é igual a todos nós,

não em acontecimentos,

mas em responsabilidade e em aprendizado.


Se hoje sofro um mal

e aprendo com ele,

amanhã o meu irmão

aprenderá com o mesmo mal.


O caso pode ser aliviado ou piorado,

quando eu resolvo dividir minha experiência

ou ficar calado aguardando o que ocorrer.


Por isto o Mestre Jesus veio,

desceu de sua glória

e nos trouxe toda a sua experiência

de irmão mais velho e mais sábio.


Então, meus irmãos,

quem somos nós para ficarmos regateando

e negando o nosso conhecimento

e a nossa experiência ao próximo?


Abramos os nossos braços

e os nossos corações,

e doemos de nós o melhor e mais importante:

O que somos.

Um Espírito Amigo - Livro 6 - Mensagem 11

Era noite clara e limpa mas,

a pequena ave que estava em seu ninho tinha medo de sair a voar.


O que vou encontrar? - pensava ela -

Porque não conheço o que vou fazer, onde vou ou quem vou encontrar.


E por isso perdia oportunidades de viver mais livre e encontrar mais comida,

pois não saia de onde devia, por medo do que não conhecia...


Muitos de nós somos assim, meus filhos;

temos medo do que desconhecemos e não acreditamos em nossas próprias forças.


Mas o Mestre de Nazaré, que nos guia, nos incentiva a conhecer mais e sempre mais

e nos entregarmos sem medo ao que podemos fazer e ao que podemos aprender.


Apenas assim estaremos nos preparando mais e mais para os dias que virão,

onde seremos chamados a auxiliar os nossos irmãos

e necessitaremos de toda bagagem de conhecimento que pudermos levar.


Quanto mais crescemos e aprendemos, mais nos preparamos

para sermos os instrumentos que o Cristo necessita.


O conhecimento é a chave que abre as portas de todos nós,

de nossa mente e do nosso espírito.


Amemos e busquemos levar o que pudermos a todos os que necessitarem...


Apenas assim, estaremos servindo verdadeiramente.

Um Espírito Amigo - Livro 6 - Mensagem 10

A dor é luz em forma de sofrimento,

que nos ilumina por dentro e nos liberta do passado.


A dor é música em forma de lamento,

que ecoa em nosso espírito o findar do sofrimento.


A dor é paz em forma de sentimento,

quando ampara o que sofremos e cessa o seu tormento.


É luz;

É música;

É paz.


Mas, muito mais importante é o que a dor nos faz.


Nos leva hoje até onde podemos ir,

e nos encontra, anos mais tarde, nos dias que estão porvir.


Quando amadurecidos,

já tivermos tempo de refletir.

Um Espírito Amigo - Livro 6 - Mensagem 09

Seguia a caneta escrevendo e a cada traço, a cada letra, a cada frase,

sua tinta ia acabando e ela ficando cansada e velha, triste e afadigada,

pois que observava que, embora se esforçasse tanto,

não tinha produzido nada de importante ,

apenas listava os afazeres diários de seu dono e os que ele fazia riscava...


Muitas vezes enfrentaremos dilemas assim, meus filhos,

onde vemos nossa vida se esvaindo e o tempo acabando

e observamos o que fizemos e não estamos satisfeitos

com o que produzimos, assim como a pequena caneta...


Entretanto, diferente dela,

nós podemos tomar as rédeas de nosso caminho e mudar o que fazemos.


Escrever novas frases e palavras em nosso livro,

trazer mais vida e vigor aos nossos poemas,

traçar o rumo de nossas vidas em direção ao que achamos certo e bom...


Não esperemos, meus filhos, que os dias passem e nossa tinta se esgote...


Não esperemos que alguém venha dizer o que fazer...


Tracemos nosso caminho maior e mais nítido,

melhor e mais brilhante em direção ao Cristo

e gastemos nisto todas as nossas forças.

Um Espírito Amigo - Livro 6 - Mensagem 08

Melodia sem igual é o canto de paz que sai da boca do Cristo,

quando o encontramos em nós mesmos.


Luz divina sem igual é quando encontramos o seu brilho,

crescendo em nosso coração, invadindo todo o nosso ser.


Oportunidade bendita de amor é quando vemos o irmão caído,

dolorido, combalido e arrependido; e aproveitamos para ajudá-lo.


Sem julgamentos, sem críticas e sem proibições,

no momento em que agirmos assim, estamos do amor bem perto.

Um Espírito Amigo - Livro 6 - Mensagem 07

Ao beber do cálice do Senhor,

colocamos nossas vidas à sua disposição.


Colocamos nossos dias em suas mãos,

ao escolher o caminho do Senhor.


Ao escutar as palavras do Mestre,

nos dispomos a viver e repetir.


Nos preocupamos em esclarecer e não iludir,

ao ouvirmos o canto celeste.


Ao buscar o caminho do Cristo,

nos dispomos a andar sem destino.


Nos colocamos, inocentes meninos,

nos caminhos de leste a oeste.


Nós podemos seguir e servir, de agora em diante,

entretanto o sacrifício é permanente.


Pelo caminho que nos leva à vida

vamos seguindo, enquanto podemos.


Temos o que fazer já escrito,

pois há muito que nos foi dito.


Temos o que fazer sempre à frente,

ajudar, amparar e acudir

a toda a gente.

Um Espírito Amigo - Livro 6 - Mensagem 06

Voava na noite escura um pequeno mosquito atraído pela luz de um poste.

Quanto mais alto ele ia, mais brilhante e claro ficava.

E ele ficava mais encantado pela luz

que a tudo clareava.


Um momento,antes de ir mais adiante, sentiu um calor gostoso

e decidiu seguir em frente.

Ao tocar a luz, o pequeno mosquito foi queimado

e caiu paralisado pela energia que recebera...


Quantas vezes somos assim, meus filhos, em nossas vidas...


Seguimos a luz de um guia, mestre ou amigo,

mas quando chegamos perto,

percebemos que não podemos fazer o mesmo.


Pois que o caminho dele é apenas dele,

e só assim ele poderá crescer.


Mais adiante, percebemos que subimos muito no caminho do outro,

e quando nos tocamos do poder que ainda temos que buscar,

caímos assustados ou desapontados com o que descobrimos que precisamos fazer.

E chegamos ao fundo de nossa vida, em busca de uma nova luz,

de um novo amanhecer.


Somos assim, meus filhos,

pois que ainda não aprendemos a seguir a luz que nos guia em segurança,

sem malícia ou sem interesse.

A luz do Cristo brilha para todos de forma pulsante

e apreciada é por cada um na sua frequência correta.


Muitas vezes olharemos para o Cristo e pensaremos: Quando poderei chegar ali?

Mas Ele sempre nos dará a resposta: Sem pressa, um passo de cada vez.


Sigamos os passos firmes de Jesus e não nos queimaremos,

nem seremos decepcionados pelo que esperamos...

Pois em Jesus toda espera é certa e todo amor é infinito.

Em Jesus podemos tudo o que somos e somos sempre o infinito.

Campanha de Páscoa 2019 - solicitação de auxílio

Queridos amigos, bom dia.
Mais uma vez estamos nos aproximando do período de Páscoa e, como antes, gostaria de poder contar com o auxílio dos amigos para realizar esta nova campanha de distribuição.
Será atendida  a comunidade quilombola de "Guaribas", na zona rural da cidade de Bezerros, que conta hoje com aproximadamente 60 crianças de 1 a 15 anos.
Estamos solicitando dos amigos a doação de caixas de chocolate tipo BIZZ e leite em pó para as crianças de colo.
Além do chocolate será realizado para as crianças um lanche composto de refrigerante, bolo e salgadinhos e balas e doces; bem como brincadeiras.

A entrega será efetuada dia 28/04 às 09:00hs, e estaremos recebendo as doações até o dia 26/04

Qualquer dúvidas sobre os itens que desejarem doar, fiquem a vontade para perguntar.
Agradecemos a confiança, colaboração e o carinho de todos, e estamos a disposição para maiores esclarecimentos.

Seguem abaixo os links para algumas das campanhas anteriores, para os amigos que ainda não conhecem o trabalho efetuado.




Paz com todos.

"tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas"
Antoine de Saint-Exupéry - O pequeno príncipe

-- 
João Batista Sobrinho
-----------------------------------------
"No seu ponto de partida, o homem só tem instintos;  mais avançado e corrompido, só tem sensações; mais instruído e purificado, tem sentimentos; e o amor é o requinte do sentimento." Lázaro, 1862, O Evangelho Segundo o Espiritismo, cap.11
-----------------------------------------


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...