Um Espírito Amigo - Livro 5 - Mensagem 20

Tenho hoje a grata satisfação de poder partilhar com vocês um pouco do meu coração.    Fui feio, tosco e pobre; entretanto humilde e de bom coração.    Não vi homem mais nobre, não tive quem me desse a mão.    Mesmo tendo qualidades, a revolta me cegou e para todas as maldades o meu caminho rumou.    O tempo, que não perdoa, passou e assim fiquei: triste, feio e desfigurado  pois foi isso que plantei.    Hoje, com o tempo passado, guardo apenas sombra e dor;   em um coração magoado, que clama por amor.    Auxilio no que posso  recebendo mais do que dou.  Amparo, ajudo e ando doando por onde vou.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...