Um Espírito Amigo - Livro 5 - Mensagem 27

A dor em meu peito   cobre de lágrimas o meu rosto,  veste de tristeza o meu semblante,  quando observo e sinto da vida o gosto.    Gosto amargo que o fel imita,  mas que não sabe representar,  em sua totalidade.    Fel que representa sofrimento, desdita  e que da humanidade representa a maldade.    O mal que dentro de nós fez morada  e que ao próximo acusa sem dó.  É o mesmo mal que tentamos viver desatando  dentro de nós os seus nós.    O que podemos vencer em nós mesmos?  O que podemos em nós melhorar?  Atingimos os picos da dor e do erro,   mas ainda não aprendemos a amar.    Mas vem o dia e a noite se vai,  quando abraçaremos o amor da luz.  Peçamos e oremos por forças ao Pai,  para seguir os passos de Jesus.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...