Um Espírito Amigo - Livro 6 - Mensagem 09

Seguia a caneta escrevendo e a cada traço, a cada letra, a cada frase,

sua tinta ia acabando e ela ficando cansada e velha, triste e afadigada,

pois que observava que, embora se esforçasse tanto,

não tinha produzido nada de importante ,

apenas listava os afazeres diários de seu dono e os que ele fazia riscava...


Muitas vezes enfrentaremos dilemas assim, meus filhos,

onde vemos nossa vida se esvaindo e o tempo acabando

e observamos o que fizemos e não estamos satisfeitos

com o que produzimos, assim como a pequena caneta...


Entretanto, diferente dela,

nós podemos tomar as rédeas de nosso caminho e mudar o que fazemos.


Escrever novas frases e palavras em nosso livro,

trazer mais vida e vigor aos nossos poemas,

traçar o rumo de nossas vidas em direção ao que achamos certo e bom...


Não esperemos, meus filhos, que os dias passem e nossa tinta se esgote...


Não esperemos que alguém venha dizer o que fazer...


Tracemos nosso caminho maior e mais nítido,

melhor e mais brilhante em direção ao Cristo

e gastemos nisto todas as nossas forças.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...