Um Espírito Amigo - Livro 8 - Mensagem 35

Voava o pequeno vaga-lume no céu, brilhando e atraindo

as atenções dos que ali estavam.

Muitos observavam alegres e outros se extasiavam.

Alguns porém, observavam o vaga-lume e

desejavam uma maneira de o prender

para que não brilhasse mais, pois que sua luz os incomodava.


Assim somos nós, meus filhos,

quando observamos os outros fazerem coisas que desejamos,

e não sabemos ou não podemos.


Mas que tantas vezes sentimos a emoção corrosiva da inveja.


Os outros se esforçam e decidem fazer a sua parte.

O que nos impede de fazer a nossa?


Se desejamos brilhar também, deixemos que a nossa luz se espalhe...

Se não conseguimos fazer como o irmão faz,

que façamos da melhor maneira que pudermos: a nossa maneira.


Bastante para isso, encontramos esta maneira

e transformá-la em realidade

dentro de nós.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...