Um Espírito Amigo - Livro 9 - Mensagem 04

Brilha a moeda solitária reluzente jogada ao chão,

até pouco tempo atrás estava com seus irmãos.

Enchia os cofres de um qualquer e era muito desejada.


Mas agora, caída e sozinha,

passam os homens por ela,

perde o sentido sua existência

e ela se sente solitária.


Assim somos nós, meus filhos,

quando sozinhos e largados,

observamos o passado e lembramos

de tudo quanto fizemos;

quando estávamos unidos

aos que dividiam o nosso ideal conosco.


O que aconteceu que nos perdemos no caminho?

O que aconteceu que hoje pisamos em espinhos?


Cuidado, meus filhos, com as decisões e o desejo,

pois que eles podem se realizar.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...